Tag: Afro-americanos e suas lutas

    WalterHoy

    EUA: Protesto contra o genocídio da raça negra!

    O pastor Walter Hoy é uma voz constante que se levanta na defesa dos cidadãos norte-americanos de pele negra. O articulista Charles Colson, cristão proeminente naquele país, informa que ele foi preso no ano passado por protestar em frente a uma das "clínicas de aborto", que proliferam naquela terra. Hoy organizou a Fundação Questões da Vida (Issues for Life Foundation), contra o aborto generalizado que vem causando o que ele chama de "genocídio negro". Ele calculou que desde 1973, ano da controvertida autorização do aborto pela Corte Suprema Norte-Americana, 14.500.000 bebês afro-americanos foram assassinados pela prática do aborto. A cada dia 1.200 bebês são dizimados dessa forma e isso significa que metade das crianças negras concebidas são abortadas. Sua trágica conclusão é que, pelas estatísticas, uma criança negra está mais segura nas vizinhanças violentas de qualquer grande cidade ou gueto de pobreza e violência, do que no ventre de sua ...

    Leia mais
    header logo

    Open Government Partnership será lançado em Nova Iorque

    A iniciativa internacional pretende difundir e incentivar globalmente práticas governamentais como transparência orçamentária, acesso público à informação e participação social A Presidenta Dilma Roussef e o Presidente Barack Obama estarão à frente, no próximo dia 20 de setembro, do lançamento oficial do "Open Governmet Partnership (OGP)" – Parceria para o Governo Aberto – que será realizado em cerimônia paralela a Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque, durante o evento, intitulado "O poder da abertura de dados". O evento contará com mais de 200 participantes de governos, da sociedade civil, de líderes empresariais e da mídia. O OGP é uma nova iniciativa internacional destinada promover avanços nos compromissos concretos por parte dos governos no sentido de garantir maior acesso às informações públicas, aumentar a participação cívica, combater a corrupção e aproveitar novas tecnologias para tornar os governos mais transparentes, eficazes e responsáveis diante dos cidadãos. A ...

    Leia mais
    king-dreamspeech

    Hoje na História, 1963, Marcha de Washington e do discurso ‘Eu tenho um sonho’

    Data: 28 De Agosto de 1963. Local: Washington – Capital Federal dos Estados Unidos. Personagem: um pastor afro-americano de apenas 34 anos de idade, discursando para uma multidão estimada em 250 mil de pessoas. Resultado: um ano depois foi aprovada a Lei dos Direitos Civis – o primeiro passo no Combate ao Racismo dado pelo Governo Federal Norte-Americano. Efeito Colateral: no dia 4 de abril de 1968, com apenas 39 anos, o mesmo orador foi assassinado. O jovem pastor era Martin Luther King Junior – um dos principais lideres na luta contra a discriminação racial nos Estados Unidos. A Marcha de Washington foi um marco histórico da militância negra que mostrou sua força e organização. Os coordenadores da passeata estimavam que conseguissem no máximo colocar 100 mil pessoas nas ruas. Igrejas e organizações não governamentais estavam auxiliando nesse transporte. A TV tinha uma visão mais tímida, falava de apenas 25 ...

    Leia mais
    martin luther king memorial

    Washington terá memorial em homenagem a Martin Luther King

    O ícone da luta pelos direitos civis Martin Luther King Jr. terá seu próprio memorial na esplanada National Mall, em ocasião do aniversário de seu discurso "I Have a Dream" (Eu tenho um sonho), no domingo, e será o único monumento do local não dedicado a um presidente ou a uma guerra. Cerca de 300.000 pessoas - entre as quais o presidente Barack Obama - são aguardadas na cerimônia de consagração na National Mall, a enorme esplanada gramada ao sul da Casa Branca, cercada de monumentos dedicados aos heróis do país. A cerimônia ocorrerá 48 anos depois que o líder dos direitos civis proferiu seu famoso discurso, pedindo igualdade racial e o fim da discriminação. Ele foi assassinado quase cinco anos depois, em 4 de abril de 1968. O Memorial Martin Luther King é "o primeiro da National Mall a celebrar um homem de cor, esperança e paz", declarou Harry ...

    Leia mais
    Table of Brotherhood | Chevrolet Honors MLK | Spike DDB

    Mesa da Irmandade – Table of Brotherhood – Martin Luther King Jr

    Table of Brotherhood | Chevrolet Honors MLK | Spike DDB A Chevrolet está patrocinando uma turne por quatro cidades norteamericanas em honra ao legado de Martin Luther King, Jr., que culmina em 28 de agosto dedicado a Martin Luther King, Jr.  no National Memorial, em Washington, DC. "Nós admiramos e respeitamos o legado eterno do Dr. King e tudo o que ele representa", disse o presidente do GM eo CEO Dan Akerson. "Este é um momento importante na história da nossa nação e nós esperamos que este memorial vai inspirar outros a transformar seus sonhos em ação própria". A homenagem vai marcar o aniversário de 48 anos do discurso "I Have a Dream". A turnê passa em Atlanta, Memphis, Chicago e Washington, onde líderes comunitários diversos evocam o espírito de King retomando o diálogo sobre questões de actualidade social. A turnê contará com uma mesa desenhada por Scott Tucker ...

    Leia mais
    senator-don-oliver

    Canadá: Senator urges blacks to ‘rise up and claim our rightful place’

    OTTAWA — Blacks in Canada need to unite, rise up and address the deep racism in this country that keeps them out of positions of power, a Conservative senator says. "What will it take for our collective Afro-Canadian family to unite — to rise up and claim our rightful place in Canadian society?" Conservative Senator Don Oliver recently asked in keynote speech to black professionals. Despite being the fourth largest visible minority group in Canada, blacks continue to be victims of racism and are under-represented in high-level positions including on Parliament Hill, Oliver said Monday, Canadian Multiculturalism Day. "Racism still holds us back, both in the public and the private sector . . . Our co-workers do not accept us, do not treat us fairly, that equality is wanting and diversity is not a reality as it should be," he said. Oliver said he's experienced overt racism throughout his life. ...

    Leia mais
    afro-americanos migracao

    Em movimento migratório inverso, negros trocam Nova York pelo sul dos EUA

    Crise econômica impulsiona marcante mudança demográfica, em que negros nova-iorquinos buscam melhores oportunidades no sul do país No folclore familiar de Deborah Brown, o sul dos Estados Unidos era um lugar apenas para brancos com seus chafarizes e linchamentos encobertos pela escuridão. Era um lugar do qual as pessoas negras como a sua mãe haviam fugido. Mas, para Brown, 59 anos, funcionário pública aposentada do Queens, o sul agora promete salvação. Três gerações de sua família - 10 pessoas ao todo - estão se mudando de Nova York para Atlanta, em busca de um recomeço econômico e, em certo sentido, alguma conexão com um passado amargo. Os membros da família incluem Brown, sua mãe de 82 anos de idade e seu filho de 26, que já conseguiu um emprego e se estabeleceu na cidade. "Eu sinto uma forte atração espiritual para voltar para o sul", disse Brown. A crise econômica ...

    Leia mais
    cinelandia

    The Greatest Freakshow on Earth

    New York might have the "Naked" Cowboy and Tokyo might have outlandish Harajuku street fashion, but São Paulo's where you'll see 40 skateboard punks commandeer a city street and a truly-naked homeless man walking down the street swinging low amidst the skateboarders. Then, seeing people coaxing the man into his clothes without the slightest tinge of judgment, as if this manner of streaking were a common occurrence. Two streets over from my house is the world's highest concentration of transsexual prostitutes in existence, where a truly woman-like person in fishnets and stilettos shivers on the street corner, every now and then letting out a heavy cough from a man-sized esophagus, not unlike the sound of a construction worker choking on asbestos. The humor is in how many passing cab drivers actually slow down as they pass her/him in order to get a better look. The other day, I saw an ...

    Leia mais
    legacy_tv

    Byron Allen lançará no próximo ano um canal de tv para afro-americanos

    Entertainment Studios, a empresa de propriedade de Byron Allen, anunciou que irá lançar um canal de alta definição no próximo ano com programação voltada para um público Afro-Americano.  Legacy TV, que ainda não fez um acordo com um provedor de TV via satélite ou para a transmissão, mas a ideia é que ela ofereça programas sobre a história negra e biografias de líderes Afro-Americano.  "A missão da Legacy.TV é celebrar os Afro-Americanos de excelência em todas as áreas", disse Allen, o comediante ex-chefes Entertainment Studios.  "Nosso objetivo e compromisso é fazer com que Legacy.TV seja uma plataforma atraente e convincente que mostre o legado Afro-American. Todo o conteúdo produzido garantirá o mais alto nível de qualidade criativa, bem como a capacidade de distribuir nosso conteúdo globalmente em todas as plataformas. " Entertainment Studios produz atualmente seis canais de nicho orientado HD incluindo ES.TV, Comedy.TV, Pet.TV, Car.TV, Recipe.TV e MyDestination.TV. 

    Leia mais
    elaine_riddick

    Americanos esterilizados em programa de eugenia lutam por indenização do Estado

    Programa para evitar que pobres e deficientes mentais procriassem levou à esterilização de mais de 60 mil até 1979 nos EUA Em 1968, nos Estados Unidos, Elaine Riddick foi violentada por um vizinho que ameaçou matá-la se ela relatasse o ocorrido a alguém. Criada em ambiente cercado de abusos, filha de pais violentos, na empobrecida cidadezinha de Winfall, na Carolina do Norte, a adolescente tinha 13 anos de idade. Nove meses mais tarde, quando estava no hospital, dando à luz uma criança – fruto do crime de que tinha sido vítima – Riddick foi violentada pela segunda vez, agora pelo Estado – ela diz. Uma assistente social que a tinha declarado 'mentalmente fraca' pediu ao Eugenics Board – órgão americano encarregado de implementar no país as ideologias da eugenia – que esterilizasse a adolescente. Hoje tida como uma falsa ciência, a eugenia foi um dos pilares do Nazismo na Alemanha ...

    Leia mais
    US215

    EUA: Hispânicos superam pela 1.ª vez afro-americanos na maioria das áreas metropolitanas

      Washington, 14 abr (Lusa) — Os hispânicos superam os afro-americanos pela primeira vez na maioria das áreas metropolitanas dos Estados Unidos (EUA), o que muda a dinâmica política e étnica nas cidades outrora dominadas por brancos e negros, noticia a AP. Os números dos censos divulgados hoje ilustram a diversidade crescente das 336 áreas metropolitanas, que concentram 83,7 por cento da população norte-americana, um máximo histórico. O apuramento da informação recolhida em 2010 está a motivar o redesenho das divisões administrativas em muitos estados, onde os mapas políticos estão a ser alterados em função da variação populacional e étnica.   Fonte: CNotícias

    Leia mais
    mumiaj

    Mumia Abu Jamal: Do corredor da morte ao mundo

    "Porque é preciso muita gente para fazer a revolução, e muita gente para preservá-la". Durante um ano tentamos uma entrevista com Mumia, um dos presos políticos mais conhecidos do mundo. Enviamos cartas e pedidos através de todos os contatos possíveis que tivemos à mão, entre eles os membros do coletivo Amigos de Mumia México, os quais se ofereceram amavelmente para nos apoiar com uma gestão que tinha como destino o corredor da morte da prisão de Waynesburg, Pensilvania, onde Mumia permanece preso há 29 anos. Até que, certo dia, deslizou por baixo da porta um envelope com o nome de M. A. Jamal como remetente. Chegava a nós a primeira entrevista que concede a um meio mexicano o ativista da causa afroamericana nos Estados Unidos, ex-membro do Black Panthers Party, o Partido dos Panteras Negras. Na carta de duas páginas escrita a máquina, Mumia fala da necessidade de organização social, ...

    Leia mais

    Escritor angolano participa em actividades sobre cultura negra

    Canada, Ottawa – O escritor angolano residente no Canada Francisco Alexander Fwallah participou na cidade de Edmonton, província de Alberta, nas actividades ligadas às celebrações da história e da cultura negra no norte da América, promovidas simultaneamente pelo governo federal canadiano e daquela província. Durante o evento, comemorado este ano sob o lema "Ajudando a edificar o Cana da de amanhã na unidade e diversidade e integração dos africanos na sociedade canadiana", Francisco Fwallah procedeu a leitura de dois poemas seus, nomeadamente "I Have seen rivers" (Tenho visto Rios) e Black (negritude). O escritor angolano co-participou igualmente na assinatura de autógrafos de uma antologia intitulada "Sol e Neve", escrita por autores canadianos e africanos com o objectivo de angariar fundos a serem canalizados para um hospital no Ghana. Francisco Fwallah, residente na cidade de Edmonton, nasceu em Angola na província do Uíge, município de Quinguangua. Tem publicado as obras "Quingungua ...

    Leia mais
    MARY_MCLEOD_BETHUNE2

    Mary McLeod Bethune, a conselheira presidencial filha de escravos

    Por: Elvira Palomo.   Washington, 14 fev (EFE).- Os Estados Unidos relembram neste mês o legado na história de luta pelos direitos dos negros deixado por Mary McLeod Bethune (1875-1955), que, mesmo tendo sido filha de escravos, chegou a ser conselheira do presidente Franklin D. Roosevelt. Pode até ser que haja personalidades mais lembradas como a ativista Rosa Parks, que em 1955 se negou a ceder seu assento de ônibus a um branco, ou o reverendo Martin Luther King, cujo discurso "I have a dream" faz parte da história do movimento pelos Direitos Civis nos EUA. No entanto, todo esse esforço não teria sido possível sem precursores como Mary Jane McLeod Bethune, destaca Jamie Eurken, guia da casa onde a ativista fundou o Conselho Nacional das Mulheres Negras (National Council of Negro Women - NCNW) na capital americana, aberta ao público nestes dias. "Neste mês, americanos de todo o país ...

    Leia mais
    wakeforest_ap300

    Técnico da Universidade Wake Forest doa rim para um de seus comandados

    Por: Leo Velasco   Muitos jogadores falam em suas entrevistas que devem suas conquistas a seus treinadores. Mas Kevin Jordan, calouro do time de beisebol da Universidade Wake Forest, será muito mais do que agradecido ao técnico Tom Walter. O atleta precisava de um novo rim, mas nenhum parente poderia ser doador. O treinador, então, decidiu fazer o teste e descobriu que era compatível. Nesta segunda, os dois passaram por uma cirurgia para realizar o transplante. - Eu faria qualquer coisa para ajudar qualquer dos meus jogadores e qualquer um dos meus familiares. Minhas prioridades número um na vida são minha família e meu time, e eu vou fazer qualquer coisa para ajudar essas pessoas – afirmou Walter. Walter mostrou que está realmente no espírito do time. O slogan de 2011 da equipe de beisebol de Wake Forest é "What are you willing to sacrifice to help make this team ...

    Leia mais
    bf7bn2cnsgu7l890s88tltaem

    O espinhoso caminho de um museu sobre a cultura negra Centro sobre história afroamericana em Washington D.C. tem desafio de retratar fielmente vida dos negros nos EUA

    Por Kate Taylor   No fim dos anos 70, quando Lonnie G. Bunch III teve seu primeiro emprego no Museu Nacional do Ar e Espaço, os veteranos do grupo de aviadores negros Tuskegee acusaram o museu de minimizar suas contribuições durante a Segunda Guerra Mundial. Em resposta, o museu pediu que alguns de seus funcionários afroamericanos permitissem que seus rostos fossem usados em manequins, aumentando a "presença negra" em suas exposições. "Eu não aceitei", disse Bunch. "Não é daquele jeito que eu gostaria de fazer parte de um museu".   Katricia Gray (E), de Detroit, entrega escultura para Tulani Salahu-Din, pesquisadora do Smithsonian, do Museu Nacional da História e Cultura Afroamericana Trinta anos depois a história de Bunch e de todos os afroamericanos faz parte de um museu Smithsonian, mas de uma maneira muito diferente. Como diretor do Museu Nacional de História e Cultura Afroamericana, Bunch, 58 anos, é responsável ...

    Leia mais
    little_girl

    Raça, sexo e renda determinam nível de saúde nos EUA

    A raça, o sexo e o nível de renda determinam os fatores de risco e o acesso à saúde nos Estados Unidos, revelou um estudo publicado na quinta-feira, segundo o qual a eliminação de algumas desigualdades permitiria economizar bilhões de dólares ao ano. O acesso aos cuidados de saúde, a exposição a riscos ambientais e os fatores de risco de comportamento variam muito de acordo com a origem étnica, o sexo e a classe social das pessoas, destacou o relatório dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC). De acordo com os CDC, a eliminação de algumas diferenças poderia economizar 6,7 bilhões de dólares por ano. Por exemplo, os homens e mulheres afroamericanos são muito mais propensos que os brancos a morrer de doença cardíaca ou acidente vascular cerebral. A taxa de gravidez na adolescência entre os hispânicos é cinco vezes maior do que a dos asiáticos, e os ...

    Leia mais
    cornelius_

    Teste de DNA inocenta homem que passou 30 anos na cadeia nos EUA

    Cornelius Dupree Jr., 51, era acusado de estupro e homicídio no Texas.Exames que o inocentaram saíram 10 dias após sua liberdade condicional   Um americano do Texas acusado de roubo e assassinato teve sua condenação cancelada nesta terça-feira (4) depois de ter passado 30 anos na cadeia. Ele foi inocentado após um teste de DNA. Cornelius Dupree Jr., de 51 anos, foi considerado legalmente inocente do crime de assalto agravado, que o manteve preso de dezembro de 1979 até julho de 2010. Ele cumpriu 30 dos 75 anos de sua sentença até conseguir liberdade condicional, em julho. Cerca de dez dias depois de começar a condicional, os resultados dos testes de DNA provaram sua inocência. "É uma alegria estar livre de novo", disse ele, após ouvir a decisão do tribunal, em Dallas. Desde 2001, o Texas já libertou 41 pessoas que já cumpriam pena, mas tiveram sua inocência comprovada pelo ...

    Leia mais
    sho_black01

    Raça e etnia influenciam acesso aos recursos de saúde para tratar infecções

    Os afro-americanos e os latinos têm menos acesso a medicamentos, seguro médico e especialistas, quando comparados aos brancos Um estudo, realizado em parceria por pesquisadores da Faculdade de Medicina David Geffen na Universidade da Califórnia (UCLA) e da Faculdade de Medicina de Harvard, Estados Unidos, descobriu que as disparidades raciais e étnicas entre as crianças com infecções de ouvido frequentes podem influenciar o acesso aos recursos de saúde. As infecções de ouvido são um dos problemas de saúde mais comuns para as crianças, a maioria delas experimentam pelo menos um antes de seu terceiro aniversário. Os custos anuais nos Estados Unidos chegam à casa dos bilhões de dólares. Quando estas infecções são deixadas sem tratamento, as complicações podem incluir perda de audição, problemas de fala e infecções mais graves que podem se espalhar para ossos e cérebro, causando meningite. Mas nem todas as crianças têm o mesmo acesso a médicos ...

    Leia mais
    hipertensao

    Hipertensão arterial é mais perigosa para crianças afro-americanas

    Resultados de pesquisa reforçam a necessidade de um diagnóstico e um tratamento precoce para essas crianças Pressão arterial persistentemente elevada, ou hipertensão, pode trazer problemas mais graves para o coração de crianças afro-americanas com idade inferior a 13 anos do que para outras crianças da mesma faixa etária, de acordo com uma pesquisa liderada por cientistas do Centro Infantil da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. O estudo analisou dados de 184 crianças e adultos jovens, 45 deles negras, com idades entre 3 e 20 anos. Resultados do estudo reforçam a necessidade de um diagnóstico e um tratamento precoce para essas crianças. As crianças negras foram, em geral, mais propensas à hipertrofia ventricular esquerda (HVE), um espessamento perigoso do músculo cardíaco, uma das complicações mais precoces e mais comuns da hipertensão, e a diferença foi particularmente acentuada naquelas crianças menores de 13 anos de idade. "A linha inferior é monitorar ...

    Leia mais
    Página 12 de 14 1 11 12 13 14

    Últimas Postagens

    blank
    blank

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist