quarta-feira, julho 8, 2020

    Tag: Cinema

    Lars Niki/Getty Images

    Reboot de Candyman inicia as filmagens e ganha reforços no elenco

    As filmagens do reboot de Candyman já começaram! O anúncio foi feito nesta quinta-feira (22). O longa está sendo gravado em Chicago. POR  ALEXANDRE GUGLIELMELLI, do Observatório do Cinema  Reboot de Candyman  (Credit: Tristar Pictures) Além disso, o elenco do novo Candyman ganhou alguns novos reforços. Brian King (The Chi), Rebecca Spence (Inimigos Públicos), Kyle Kaminsky (One Night in Hollywood) e os atores de teatro Carl Clemons, Cedric Mays e Christiana Clark foram confirmados no longa. O clássico terror O Mistério de Candyman acompanha uma estudante, Helen Lyle (Virginia Madsen), que começa a escrever uma tese de que a lenda urbana Candyman não existe. Para provar a sua teoria, ela vai até o local onde aconteceu um brutal assassinato e invoca cinco vezes o fantasma. O inacreditável acontece e o Candyman, originalmente interpretado por Tony Todd, inicia uma série de assassinatos. O Mistério de Candyman foi ...

    Leia mais
    blank

    Filme ‘Simonal’ mostra a ascensão e a queda de um ídolo brasileiro

    O ator Fabrício Boliveira defende a atualidade de 'Simonal', que estreia nesta quinta e põe racismo e fake news em debate ao rever trajetória do cantor Wilson Simonal, acusado de ter ligação com a ditadura; veja o trailer Luiz Carlos Merten, Do O Estado de S. Paulo O ator Fabrício Boliveira no filme 'Simonal' Foto: Paprica Fotografia Mais do que swing, ele tinha swagger. O balanço era inerente à figura de Wilson Simonal, à sua postura perante o público. O swagger era algo mais – arrogância, essa certeza, nascida da autoestima, de que era o melhor, o mais gostoso. Fabrício Boliveira não se parece nem um pouco com Simonal, mas, com treino, adquiriu seu balanço, aprendeu a dublá-lo com perfeição nas canções. Já o swagger é coisa dele. Numa temporada nos EUA, era o que as pessoas lhe diziam. O swing atrai o público, o swagger ...

    Leia mais
    blank

    Fabrício Boliveira vive Simonal em cinebiografia: “Ele pagou muito caro por uma mentira”

    Com direção de Leonardo Domingues, filme estreia no dia 8 de agosto Por ISABELA PACILIO, do Quem  Fabrício Boliveira (Foto: Ricardo Konká/Divulgação) Após o sucesso como Roberval em Segundo Sol, Fabrício Boliveirapoderá ser visto em breve nas telonas como Wilson Simonal na cinebiografia do cantor. O filme, Simonal, que estreia no dia 8 de agosto, conta também com Isis Valverde no elenco. A produção traz o sucesso do carioca nos anos 1960 e 1970 e aborda a polêmica de ter sido acusado de ser um informante do Dops durante a ditadura militar. Em bate-papo com a QUEM, o ator ressalta a atualidade da história, que inclui debates sobre racismo, fake news, delação e o contexto da época. "Acho que é um avanço para o Brasil a discussão da história do Simonal. Um filme com um protagonista negro, essa temática de miscigenação e como isso aconteceu. Casou com esse momento histórico do país [que ...

    Leia mais
    blank

    Harriet: Biografia de heroína abolicionista dos Estados Unidos ganha trailer

    Drama sobre a vida de Harriet Tubman chega aos cinemas em 16 de janeiro. Por Nathália Gonçalves, Do AdoroCinema (Foto: Reprodução do filme Harriet) Foi divulgado o primeiro trailer de Harriet, a cinebiografia da icônica abolicionista Harriet Tubman, que fugiu e ajudou a libertar dezenas de escravos. Dirigido por Kasi Lemmons (Luke Cage), o filme traz Cynthia Erivo (As Viúvas) no papel principal. O drama histórico acompanha Harriet Tubman desde o início de sua vida como escrava em Maryland, sua fuga de lá para Philadelphia e a luta pela liberdade de outros milhares de escravos. O filme também promete explorar suas ações militares, trabalhando como espiã e liderando o ataque à balsa de Combahee, durante a Guerra Civil. Com uma importante e muito bem documentada história, a heroína americana tem potencial para render um filme cheio de intensas emoções. O roteiro é de Kasi Lemmons em ...

    Leia mais
    Joel Zito de Araújo (Foto: Imagem retirada do site EBC)

    Joel Zito de Araújo

    Joelzito Almeida de Araújo (Nanuque, Minas Gerais, 1954). Diretor, roteirista, escritor e pesquisador. É tido como um dos responsáveis pela implantação do chamado cinema negro, tanto na ficção quanto no documentário, com filmes que debatem o racismo e a desigualdade entre negros e brancos. O tema também se encontra em suas pesquisas universitárias, particularmente, na presença dos afrodescendentes no audiovisual. Forma-se em psicologia na Fundação Mineira de Educação e Cultura (Fumec) e faz mestrado em Sociologia da Educação na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Entretanto, é como bancário, nos anos 1980, que Araújo se aproxima da militância. Exibe filmes em bairros populares e trabalha nos setores de educação e TV de entidades sindicais, antes de se dedicar à sua produção. Em 1988, vira sócio da produtora Tapiri Cinema e Vídeo. Temáticas referentes às desigualdades raciais ocupam sua carreira cinematográfica, desde o primeiro curta, Memórias de Classe (1989), sobre negros no movimento ...

    Leia mais
    James Baldwin (1924-1987), American writer, 1964. (Photo by Jean-Regis Rouston/Roger Viollet/Getty Images)

    Uma Tarde com James Baldwin

    James Baldwin (1924-1987), American writer, 1964. (Photo by Jean-Regis Rouston/Roger Viollet/Getty Images) Uma tarde dedicada ao escritor norte-americano James Baldwin, com exibição de dois filmes inspirados em sua obra –Eu Não Sou Seu Negro e Se a rua Beale Falasse – e uma mesa de debate sobre a atualidade do autor, composta por Márcio Macêdo, Carol Rodrigues, Alex Ratts e Allan da Rosa. Nascido em 1924, Baldwin é um dos mais importantes nomes da literatura do século XX e do movimento de direitos civis nos EUA. Seus romances e ensaios abordam especialmente questões raciais, de sexualidade e identidade. Esta mostra é uma parceria entre as Curadorias de Cinema e Literatura do CCSP. Do Centro Cultural  PROGRAMAÇÃO  20/7 15h Eu Não Sou Seu Negro 17h  Mesa de debate sobre a atualidade do autor – com: Márcio Macêdo, Carol Rodrigues, Alex Ratts e Allan da Rosa 19h30 Se a Rua Beale ...

    Leia mais
    blank

    Halle Bailey será a primeira “Pequena Sereia” negra no cinema

    Atriz e cantora americana de 19 anos participou de séries e de clipe da cantora Beyoncé no Carta Capital FOTO- REPRODUÇÃO:FACEBOOK A atriz americana Halle Bailey viverá a protagonista do live-action de “A Pequena Sereia”, da Disney. Será a primeira Ariel negra no cinema. A jovem de 19 anos faz parte da dupla Chloe X Halle, que ganhou fama no YouTube ao cantar músicas autorais e de outros artistas. Halle celebrou a escalação de seu nome em sua rede social: “Sonho que se torna realidade”, escreveu. Segundo a revista Variety, o diretor do filme, Rob Marshall, afirmou que, em meses de testes, a atriz revelou tudo o que ele procurava. dream come true... 🧜🏽‍♀️🌊 pic.twitter.com/sndjYUS6wO — chloe x halle (@chloexhalle) July 3, 2019 “Depois de uma extensa pesquisa, ficou muito claro que Halle possui uma combinação rara de espírito, coração, juventude, inocência e substância, além de uma ...

    Leia mais
    Cena do filme O Barco Da Esperança, do senegalês Moussa Touré.

    Cinema africano ganha duas mostras em São Paulo

    Festivais no Reserva Cultural e no Cinesesc exibem mais de 25 filmes de 15 países do continente africano. Do HuffPost Brasil  Cena do filme O Barco Da Esperança, do senegalês Moussa Touré. (Imagem retirada do site HuffPost Brasil ) A produção cinematográfica do continente africano é destaque em duas mostras - que acontecem entre os meses de junho e agosto - em São Paulo. Os festivais exibem filmes recentes de países como Senegal, Costa do Marfim, Quênia, África do Sul, Tunísia, entre outros. E a grande maioria é inédita no Brasil. No Reserva Cultural, entre os dias 30 de junho e 25 de agosto, o Cinéclub, um projeto de exibição de filmes em língua francesa, traz o ciclo Cinema Africano Hoje: Um Panorama.  Essa edição traz três longas-metragens de diretores africanos ligados ao universo da francofonia, e produzidos durante a última década: Moussa Touré (Senegal), Phillipe Lacôte ...

    Leia mais
    Ícaro Silva e Iza — Foto: Divulgação/Caroline Lima

    ‘O Rei Leão’ terá Iza e Ícaro Silva dublando Nala e Simba

    Cantora dubla personagem que tem Beyoncé na voz original e ator assume o posto de Donald Glover. Refilmagem do desenho da Disney estreia em 18 de julho no Brasil. Do G1  Ícaro Silva e Iza — Foto: Divulgação/Caroline Lima Iza e Ícaro Silva foram anunciados nesta quinta-feira (27) entre os dubladores dos personagens de "O Rei Leão", refilmagem do desenho da Disney. Ela será Nala, dublada por Beyoncé no original, e ele fará a voz de Simba, assumindo o posto de Donald Glover. A lista também tem nomes como João Acaiabe (Rafiki), Graça Cunha (Sarabi) e Robson Nunes (Kamari). O filme estreia no Brasil no dia 18 de julho, com a mesma história da animação lançada em 1994, mas em uma versão realista. "O Rei Leão é um filme que marca emocionalmente todo mundo que assiste pela primeira vez. Foi uma grande emoção poder dublar a ...

    Leia mais
    Reprodução/Facebook

    Mostra de Cinemas Africanos traz a São Paulo 24 filmes de 14 países do continente

    10 a 17 de julho. Evento promove janela de exibição da cinematografia africana contemporânea no Brasil, com diversos títulos inéditos no país. Em sua quarta edição, chega ao CineSesc em julho de 2019. Do Facebook Reprodução/Facebook A Mostra de Cinemas Africanos, com curadoria de Ana Camila e Beatriz Leal, entra em sua quarta edição, desta vez no CineSesc em São Paulo. Durante uma semana, o público poderá conferir uma cuidadosa seleção de filmes africanos e afrodiaspóricos reconhecidos em grandes festivais e respaldados pela crítica e públicos internacionais. Com o objetivo de mostrar a explosão de riqueza, criatividade e diversidade na última década de uma cinematografia com um pouco mais de meio século de vida, a Mostra reúne 23 títulos procedentes de 14 países, com atenção especial à produção contemporânea. A maioria dos filmes é inédita no Brasil ou em São Paulo, chance rara de assistir a ...

    Leia mais
    blank

    ‘Queen & Slim’, a empolgante aposta da nova geração de cineastas negros dos EUA

    Filme marca a estreia de Melina Matsoukas na direção de um longa; ela ficou conhecida por dirigir clipes de Beyoncé, incluindo "Lemonade" e "Formation". Por Rafael Argemon, do HuffPost   Daniel Kaluuya e Jodie Turner-Smith como Slim e Queen, um casal que vira, meio sem querer, um símbolo de resistência negra. (Queen & Slim/Universal) Quando você lê a sinopse de Queen & Slim, a impressão que se tem à primeira vista é que o filme é apenas mais uma história estilo Bonnie e Clyde , mas é só ver os 1 minuto e meio de duração de seu primeiro trailer, lançado nesta segunda (24), para mudar de ideia. E ficar impactado. Veja aqui:   Com roteiro de Lena Waithe, que venceu o Emmy de Melhor Roteiro em Série de Comédia por Thanksgiving, episódio de Master of None; e direção ...

    Leia mais
    blank

    Cineasta e roteirista Joel Zito Araújo fala na ABL sobre ‘O negro no cinema brasileiro’

    O Cineasta, roteirista e produtor Joel Zito Araújo faz na Academia Brasileira de Letras a palestra de encerramento do Ciclo “Vozes d’África na cultura brasileira”, intitulada “O Negro no cinema brasileiro”, sob a coordenação do Acadêmico e professor Domício Proença Filho. O evento está programado para o dia 27 de junho, quinta-feira, às 17h30min, no Teatro R. Magalhães Jr., Avenida Presidente Wilson, 203, Castelo. Entrada franca Da  Academia Brasileira de Letras A Acadêmica e escritora Ana Maria Machado é a coordenadora geral dos Ciclos de Conferências de 2019. Acadêmico Domício Proença Filho convida para o ciclo "Vozes d'África na cultura brasileira" Serão fornecidos certificados de frequência. O CONFERENCISTA Premiado diretor conhecido por tematizar o Negro na sociedade brasileira. Cineasta, roteirista e produtor, curador de festivais, é doutor em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, e pós-doutor pelo Departamento de Rádio, TV e Cinema na Universidade do Texas, ...

    Leia mais
    blank

    Ancine quer aumentar participação feminina nas produções audiovisuais

    Agência promoverá em junho o Seminário Internacional de Mulheres no Audiovisual Do Exame Foto: Joshua_Willson/Pixabay.com Criar instrumentos para aumentar a participação feminina nas produções audiovisuais é uma das preocupações da Agência Nacional do Cinema (Ancine). A última pesquisa mostra que a participação de mulheres na direção de filmes foi de 19,7. Em média, a participação de mulheres nos filmes lançados comercialmente no Brasil alcança 15%. Dependendo do ano, chega a 21%; em 2014, registrou apenas 10%. Por conta disto, a agência promoverá em junho o Seminário Internacional de Mulheres no Audiovisual. Além de trazer experiências de outros países, será assinado um memorando de entendimento entre a Ancine e a entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres, conhecida como ONU Mulheres, para aumentar a igualdade de gênero no setor audiovisual, por meio da promoção de ações transversais em diversas áreas. ...

    Leia mais
    Fabrício Oliveira viverá o cantor Wilson Simonal nos cinemas - Reprodução/YouTube/Downtown Filmes

    Simonal: Fabrício Boliveira vive a fama e as dificuldades do cantor em primeiro trailer

    A cinebiografia do músico chega aos cinemas em agosto. Por Amanda Brandão, do Adoro Cinema  O drama musical Simonal, estrelado por Fabrício Boliveira e Isis Valverde, trará a vida e obra do cantor que encantou os palcos de todo o Brasil. Para seguir com a divulgação do longa, a Downtown Filmes acaba de divulgar o primeiro trailer e novo cartaz. A cinebiografia irá apresentar a vida de Wilson Simonal, uma das maiores vozes do Brasil, que, junto com a companheira, levaram uma vida repleta de regalias. A produção acompanha o cantor a partir de seu sucesso meteórico que quebrou paradigmas da sociedade. Com hits como “Meu Limão, Meu Limoeiro”, “País Tropical” e “Nem Vem Que Não Tem”, o artista enfrentou também um período de queda: foi considerado como informante do Dops durante o período da ditadura. O trailer traz esses momentos enquanto apresenta o elenco. Com direção de Leonardo Domingues (Serra Pelada, A Lenda da Montanha de Ouro), além ...

    Leia mais
    (Antony Jones/Getty Images)

    Mati Diop: a 1ª mulher negra a concorrer à Palma de Ouro em Cannes

    O Festival de Cannes, evento que prestigia cineastas, produtores e atores, começou na última terça-feira (14) e vai até sábado (25). Lá, diversos filmes são exibidos e, após, há a entrega de prêmios àqueles que mais agradaram o juri. Por  Fernando Gomes, do MdeMulher Mati Diop (Antony Jones/Getty Images) A Palma de Ouro é o prêmio mais importante do festival. É equivalente à categoria de Melhor Filme do Oscar. Dentre os indicados desse ano, ‘Atlantique‘, da França, chama a atenção. Isso porque a direção do longa é comandada por Mati Diop, a primeira mulher negra a concorrer ao prêmio principal. Ela compete com outras 18 produções de diversos países. Mati tem 37 anos, é atriz e diretora franco-senegalesa – e possui 18 filmes em seu currículos. Nascida em Paris, ela é filha do músico Wasis Diop e sobrinha de Djibril Diop Mambéty. O talento para as artes e o audiovisual já estava em ...

    Leia mais
    blank

    Lançado filme que mostra mulheres da Comunidade Guerreira Zeferina; assista

    Moradores da comunidade marcaram presença no lançamento do filme, que conta ainda história da líder quilombola Por Naiana Ribeiro, Do Correio* Vanderlice Reis, Edvana Carvalho, Cassileide Bonfim, Miriã Santos e Tâmara Duarte (Divulgação) A líder quilombola guerreira Zeferina, que viveu capital baiana no século XIX, é sinônimo de resistência e liberdade para homens e mulheres. Quase 200 anos depois, as ‘Zeferinas’ são outras, mas o ideal libertário e a luta permanecem. Guerreiras como as centenas de mulheres que viveram na antiga Cidade de Plástico e hoje moram no conjunto habitacional batizado com o nome da líder, em Periperi. Representadas por quatro delas - Cassileide Bonfim, 42 anos, Miriã Santos, 37, Tâmara Duarte, 29 e Vanderlice Reis, 76 - elas protagonizam  o  documentário Zeferinas – Guerreiras da Vida, que foi lançado nesta segunda-feira (13) no Espaço Glauber Rocha. O média-metragem, produzido pela prefeitura e Propeg, está disponível no ...

    Leia mais
    Lázaro Ramo faz sua estreia como cineasta de um longa-metragem — Foto: Reprodução/Instagram

    Lázaro Ramos estreia como cineasta dirigindo Adriana Esteves, Taís Araújo e Renata Sorrah

    'Estamos construindo uma família aqui', diz o diretor, sobre o set de 'Medida Provisória' Por Rodrigo Fonseca, do Gshow Com mais de 30 filmes no currículo, Lázaro Ramos estreia como cineasta no longa "Medida Provisória". Gravado no Rio de Janeiro, o projeto é baseado na peça “Namíbia, Não”, de Aldri Anunciação - dirigida por Lázaro nos palcos em 2011 -, e fala sobre um amanhã distópico de maneira engraçada e consciente dos dilemas raciais do Brasil. No elenco nomes como Renata Sorrah, Taís Araújo, Adriana Esteves, Seu Jorge, Mariana Xavier, Dan Ferreira, Flavio Bauraqui, Pedro Nercessian, Hilton Cobra e o ator britânico Alfred Enoch: “Estamos construindo uma família aqui. É um filme de ator. Conquistei coisas lindas na atuação de todos aqui”. “Dirigir é saber tomar partido, escolher aquilo que é melhor para uma história. Temos cinco semanas de filmagens ao todo". "Manter a paixão de todo mundo acessa é cansativo, mas a equipe é forte”, diz o ator, chamado carinhosamente de “Lazinho” por seus ...

    Leia mais
    Cena do filme "A gente se Vê Ontem" (Foto: Reprodução / Youtube)

    Filme sobre viagem no tempo produzido por Spike Lee ganha primeiro trailer; assista

    "A gente se Vê Ontem" é a nova ficção científica do cineasta que estreia no dia 17 de maio Do Rolling Stone Cena do filme "A gente se Vê Ontem" (Foto: Reprodução / Youtube) O tão aclamado cineasta Spike Lee se juntou mais uma vez a Netflix para produzir a ficção científica A gente se vê Ontem. O primeiro trailer do longa foi lançado nesta segunda, 22, e tem data de estreia marcada para o dia 17 de maio na plataforma de streaming. Lee, que levou um Oscar para casa com o roteiro de Infiltradona Klan na categoria de Melhor Roteiro Adaptado, chamou Stefon Bristol para dirigir o filme. A narrativa tem o ponto de partida quando uma jovem prodígio da ciência tem o seu irmão mais velho morto pela polícia, mesmo estando desarmado e não ter reagido às ordens dos oficiais. Com isso, a personagem utiliza a sua mais recente criação, uma máquina do tempo, ...

    Leia mais
    blank

    Mostra de Cinema Africano abre inscrições para exibição de filmes na cidade de Salvador

    Divulgação Estão abertas as inscrições para a Mostra de Cinema Africano – Espelhos D´África, festival internacional de audiovisual que reunirá filmes de diretores africanos ou filmes que possuam a África e seus países como tema central. Do  Atualiza Bahia A Mostra Espelhos será realizada entre os dias 25 e 30 de maio, com exibições gratuitas em espaços culturais, escolas e praças da cidade de Salvador. O prazo para envio de obras cinematográficas será entre os dias 10 e 30 de abril. O evento tem realização da Aiocá Produções e foi contemplado através do Edital Arte Todo Dia – Ano IV, da Fundação Gregório de Mattos, Prefeitura Municipal de Salvador. As inscrições poderão ser realizadas através do site: http://mostraespelhos.com

    Leia mais
    Escritor, produtor e diretor Jodan Peele posa no set de "Nós"

    Humorista Jordan Peele ganha milhões fazendo filme de terror com protagonistas negros

    Jordan Peele, o responsável por “Nós”, filme de terror que liderou as receitas de bilheteira no fim-de-semana passado nos Estados Unidos por Leonardo Ralha no Jornal Econômico Pt Escritor, produtor e diretor Jodan Peele posa no set de "Nós" Estabelecendo o novo recorde numa estreia desse género cinematográfico, com 70,2 milhões de dólares (62 milhões de euros), escreveu e protagonizou, há apenas quatro anos, “Keanu”, uma comédia de baixo orçamento na qual dois amigos se faziam passar por bandidos para resgatarem o gato de rua que um deles acolhera. O norte-americano de 40 anos tornou-se o quinto negro nomeado para o Oscar de Melhor Realizador graças a “Corra”, o filme de terror de 2017 que lhe valeu a estatueta dourada na categoria de Argumento Original, mas antes fizera carreira no humor. Autor de textos e membro do elenco do programa televisivo “MadTV”, juntou-se ao amigo Keegan-Michael Key, ...

    Leia mais
    Página 3 de 24 1 2 3 4 24

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist