Tag: meritocracia

    blank

    Meritocracia: Filhas de prefeito e de vice, além do chefe de gabinete, ficaram em primeiro lugar em suas categorias

    O Ministério Público Estadual (MP) investiga uma suspeita de fraude em um concurso público da prefeitura de Cristal do Sul, na região norte do Rio Grande do Sul. Dentre os classificados nos primeiros lugares para as 36 vagas oferecidas (sendo 14 de cadastro reserva), a maioria seria parente, amigo ou ligado a agentes da prefeitura. Por: Jaqueline Sordi no ZH No total, foram quase 700 inscritos para o concurso da cidade, que tem 2,8 mil habitantes. As provas ocorreram no dia 13 de dezembro do ano passado, e o resultado foi divulgado duas semanas depois. Na classificação, a filha do prefeito Cézar de Pelegrin (PMDB), Micheli Carolini De Pelegrin, ficou em primeiro lugar para o cargo de fisioterapeuta, com salário de R$ 3 mil. Ela concorria com outros 36 candidatos. O chefe de gabinete do prefeito, André Martins De Azevedo, foi também o primeiro classificado para o cargo de agente de compras ...

    Leia mais
    blank

    Para não ter diversidade, um ambiente respeitoso e inclusivo na empresa

    Há aqueles que não querem diversidade em suas empresas. Algumas pessoas utilizam discursos que produzem efeitos muito positivos para este fim de gerar exclusão, desrespeito e violências de toda ordem.  por Reinaldo Bulgarelli no Diversos somos Todos Não cabe aqui analisar a motivação, se há maldade ou ingenuidade, o que seria cair nas armadilhas destes discursos da exclusão. Pensei em relatar o que escuto daquelas pessoas que rejeitam a diversidade e as mirabolantes argumentações que utilizam. Há quem nem utilize os argumentos abaixo porque simplesmente excluem e ponto final. Portanto, pelo menos estes 10 argumentos são de pessoas que estão se sentindo na obrigação de dizer algo, mesmo que seja para manter as coisas como estão. Os diálogos são apresentados com uma pitada de humor, ironia e são fictícios, mas devo alertar que você pode se encontrar nestas falas ou se deparar com elas na organização. Não se apavore e não ...

    Leia mais
    http://www.generoseetnias.com.br/wp-content/uploads/2012/ 06/1-a-priv-cabelo-desenho-da-Shery.jpg

    Não posso te contratar com este cabelo

    Percebemos que hoje em dia as mulheres negras têm assumido seus cabelos naturais e sentido mais determinadas a enfrentar os padrões de beleza que a sociedade tem impondo a anos dizendo o contrario que seus cabelos são feios, duros, inapropriados para trabalhar em certas empresas e alguns cargos os quais não entendo no que interfere já que o importante em uma empresa são suas experiências e conhecimentos que podem ajudar no crescimento. Mas o que vejo tanto nas redes sociais são mulheres negras que não são aceitas em algumas empresas devido a não ter uma aparência adequada, ou seja, padronizada e com isso tem dificultado a entrada das mesmas no mercado de trabalho. Enviado por Jéssica Jeffer Palma via Guest Post para o Portal Geledés Encontro mulheres com experiências fascinantes que tem o perfil que as grandes empresas procuram como: um inglês avançado, tem graduação e pós-graduação com ênfase em alguma ...

    Leia mais
    blank

    “Vocês nos devem até a alma”

    Semana passada um vídeo com uma intervenção em uma sala de aula na USP viralizou. Nele vemos o destemido papo reto de uma integrante do coletivo negro responsável pelo ato. Ao longo do vídeo, motivado por uma série de pichações racistas em um banheiro da unidade, ouvimos reivindicações por respeito e condenações aos alunos e à sociedade branca que se calam diante de repetidos atos discriminatórios. Dentro e fora da universidade. E como era de se esperar essaafronta aos herdeiros da Casa Grande não ficou impune. Capatazes virtuais prontamente devassaram a vida das três meninas e as expuseram na nova praça de repúdio público: o Facebook. Por LEOPOLDO DUARTE, no Os Entendidos  A fala, sem meios termos, da representante negra causou maior indignação do que com as pichações de julho que tudo motivaram. Frases como: “preto deve morrer”, “preto é escravo” e “fora macacos lugar de negro é na senzala” produziram pouquíssimas manifestações além ...

    Leia mais
    Foto: Flávio Florido

    Enem: A meritocracia e outras fábulas para ninar adultos

    Passando perto de um local de realização do Enem, neste sábado, parei um pouco para ver o pessoal que seguia, cheio de pensamentos, para as salas de prova. Perto de mim, dois pais conversavam sobre o futuro de suas filhas e, claro, sobre o país. Não consigo reproduzir exatamente as palavras, mas a conversa foi mais ou menos esta: Foto: Flávio Florido Por Leonardo Sakamoto, do Blog do Sakamoto – Nunca poupamos investimento na minha família para a educação. Educação sempre em primeiro lugar. A Paulinha, desde cedo, frequentou os melhores colégios, teve todos os livros que pediu, viajou para fora para ampliar a cultura… – Se o Brasil fosse justo, um lugar em que o mérito fosse levado a sério, nossas filhas estariam com vaga garantida. Mas essas cotas distorcem tudo. – É. Acaba entrando quem não merece, quem não se esforçou o bastante. Sempre acho ...

    Leia mais
    blank

    Quadrinho desconstrói o conceito de “meritocracia”

    De forma quase didática, um ilustrador australiano resumiu bem como a ideia de que as pessoas têm as mesmas oportunidades não é verdadeira; confira Do Portal Fórum É muito comum no Brasil, principalmente depois da ascensão de parte da população com os programas de transferência de renda do governo, algumas pessoas recorrerem ao conceito de “meritocracia”. Essa ideia é, normalmente, utilizada para criticar as medidas sociais usando a justificativa de que todos têm as mesmas oportunidades e que o mérito verdadeiro – o sucesso profissional, por exemplo – depende unica e exclusivamente do esforço individual. De modo simples e quase didático, o ilustrador australiano Toby Morris consegue desconstruir esse conceito. Por meio de duas histórias distintas, em um quadrinho intitulado “On a Plate” , Morris resume bem a condição a que muitos estão submetidos e expõe os privilégios que os defensores da meritocracia carregam consigo e não enxergam. Confira a versão ...

    Leia mais
    blank

    Duas noções de Justiça para entender a tirinha sobre meritocracia

    Na semana passada uma tirinha bombou na internet, por discutir de forma muito contundente o tema da meritocracia. Se você ainda não viu, pode conferir aqui. Por Guilherme Spadini Do Brasil Port O debate sobre essa tira fica raso, no entanto, quando se confunde o que significa meritocracia. Para muita gente, defender ideais meritocráticos é ser elitista e conservador. Segundo os últimos quadrinhos da tira, o meritocrata é aquele escroto que fica jogando na cara que pobre tem que ser pobre mesmo, porque é preguiçoso. Quem lê muito literalmente o argumento da tira fica com uma impressão de determinismo social: o privilegiado não tem outra opção além de se tornar um cego social e um elitista preconceituoso. A menos, é claro, que seja iluminado pela razão e rejeite completamente a noção de meritocracia. Mas, será mesmo assim? Vamos por partes. Primeiro, é preciso entender que existem duas noções diferentes de justiça, que ...

    Leia mais
    blank

    De bandeja: Se você acha que todos têm as mesmas oportunidades, dá uma lida nessa história em quadrinhos

    Privilégio e justiça social são dois temas que ganharam inúmeras discussões nas redes sociais ultimamente. por Will no Awebic Em tempos de Eleições e crise econômica, todo argumento parecia rodear essas questões. A verdade é que o entendimento sobre os assuntos são muito mais complexos do que qualquer discussão no Facebook costuma levantar. Mas, para nossa sorte, o ilustrador australiano Toby Morris criou um quadrinho que coloca um pouco de luz sobre isso. leia também: Existe racismo no Brasil? Faça o Teste do Pescoço e descubra Feito para qualquer um entender, “On a Plate“ (“De bandeja”, em tradução livre) foi traduzido pelo pessoal do catavento*.

    Leia mais
    Claudio Munhoz

    Justiça e Meritocracia

    Uma quantidade expressiva de pessoas acredita estar onde está porque trabalhou (ou alguém por ela) por isso e que quem não está é porque não trabalhou ou trabalhou pouco (ou quem por ela). por Tayná Leite no Brasil Post Tendo sido algumas vezes citada em roda de amigos e até para desconhecidos como exemplo de determinação e força de vontade, gostaria de usar este espaço para deixar bem claro: não estou onde estou porque trabalhei por isso... Estou onde estou porque sou branca, inteligente, de classe média e tive muitas oportunidades. Sim, agarrei-as e transformei o meu privilégio e oportunidades em frutos positivos para mim e a minha família. Mas tenho plena consciência de que em outro contexto as coisas poderiam ter sido completamente diferentes. A questão da maioridade penal é apenas uma das que tem me tocado profundamente pois não consigo crer que 80% da população realmente não enxergue a catástrofe na qual estamos ...

    Leia mais
    blank

    “O negro não é. Nem tampouco o branco”

    O texto publicado pela escritora Cintia Moscovich no jornal Zero Hora do dia 13/04 não me chocou nenhum pouco, pois não é a primeira assertiva preconceituosa que ouço desta escritora. Também não acho que ela quis provocar polêmica e ter seu nome citado, pois ela não precisa por já ter um público que a segue, admira e compra seus livros. A coluna da escritora demonstrou o que ela pensa: “estou onde estou porque trabalhei por isso... quem não está é porque não trabalhou ou trabalhou pouco”. O mesmo pensa o garoto que gravou um vídeo em uma sala de aula da USP ao dizer ao grupo de jovens negros que eles devem estudar e passar na universidade. Diante disso me veio Fanon quando diz: “O negro não é. Nem tampouco o branco”. Em um país colonizado como o Brasil temos “o preto escravizado por sua inferioridade e o branco escravizado ...

    Leia mais
    Foto: Flávio Florido

    O discurso da “meritocracia” esconde o nosso passado mal resolvido

    A palavra “meritocracia'' funciona em um debate como um coringa num jogo de buraco: quando falta carta para bater, ela aparece para salvar uma sequência incompleta. Não fica lá a coisa mais bonita do mundo, mas resolve sua vida porque todo mundo aceita que aquela carta pode preencher um vazio. Foto: Flávio Florido no Blog do Leonardo Sakamoto “Discordo de cotas étnicas, sociais ou por cor de pele no vestibular porque defendo a meritocracia.'' “A preferência para pessoas com deficiência em seleções de contratação é, a meu ver, um erro porque não segue a meritocracia.'' “Se vivêssemos em uma sociedade em que a meritocracia valesse algo, não haveria porcentagem mínima obrigatória de mulheres candidatas em cada partido nas eleições.'' Ela acaba passando um senso de lógica, racionalidade e Justiça que ergue o interlocutor a um patamar mais elevado dos mortais. Em suma, algo do tipo “venha, ...

    Leia mais
    blank

    “Você só pode discutir mérito entre iguais”

    Fundadora do Núcleo de Consciência Negra da USP fala da dificuldade de inserção do negro na Universidade (Foto: João Paulo Freire) Com a proximidade do Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro, o Jornal do Campus entrevistou Jupiara Castro, uma das fundadoras do Núcleo de Consciência Negra da USP e funcionária da Faculdade de Medicina (FMUSP). Ela comenta sobre o papel do negro na sociedade, as dificuldades da inserção no ensino superior de qualidade e a importância fundamental da imprensa na conquista da igualdade racial. por João Paulo Freire no Redação JC O que a população negra tem a comemorar no próximo 20 de novembro, dentro e fora da Universidade? O 20 de novembro é uma data que nós comemoramos devido a um herói brasileiro que fez uma resistência pela libertação das condições subumanas que vivia uma parcela da sociedade brasileira – não éramos nem considerados parte da sociedade – ...

    Leia mais
    blank

    Como se desperta o pior que há em nós

    Sociedades meritocráticas de mercado corroem autoestima. Estimulam, como defesa, superficialidade, oportunismo e mesquinhez. Tornam-nos “livres” porém impotentes. Saberemos reagir? POR: PAUL VERHAEGHE Temos a tendência de enxergar nossas identidades como estáveis e muito separadas das forças externas. Porém, décadas de pesquisa e prática terapêutica convenceram-me de que as mudanças econômicas estão afetando profundamente não apenas nossos valores, mas também nossas personalidades. Trinta anos de neoliberalismo, forças de livre mercado e privatizações cobraram seu preço, já que a pressão implacável por conquistas tornou-se o padrão. Se você estiver lendo isto de forma cética, gostaria de afirmar algo simples: o neoliberalismo meritocrático favorece certos traços de personalidade e reprime outros. Há algumas características ideais para a construção de uma carreira hoje em dia. A primeira é expressividade, cujo objetivo é conquistar o máximo de pessoas possível. O contato pode ser superficial, mas como isso acontece com a maioria das interações sociais atuais, ninguém ...

    Leia mais
    blank

    A falácia da Meritocracia

    É tendência comum supor que, em relação a resultados esperados, se deva priorizar aquelas pessoas que demonstram talento e esforço pessoal na solução de problemas ou na busca de se sobressair diante da competitividade, e escolher essas pessoas para assumirem posições criticas e importantes de decisão ou responsabilidade na execução de tarefas, sejam particulares, sejam públicas. Dito dessa forma pode parecer natural e justo que sistemas meritocráticos assumam prevalência e preponderância sobre outras formas de escolha e definição de prioridades ou oportunidades em empresas, governos e entidades sociais. No entanto é cada vês mais frequente a percepção de que os sistemas meritocráticos se mostram injustos, discriminatórios, segregacionistas e que criam sérios problemas burocráticos, sociais e políticos nas sociedades em que são aplicados, tanto que nenhuma sociedade atual possui um sistema totalmente meritocrático em aplicação, apesar da meritocracia estar presente em maior ou menor grau em praticamente todas elas. Por: Nairan Ballesta ...

    Leia mais
    blank

    Meritocracia, trapaça e depressão

    “Lógica do sistema é permeada por monitoramento, medição, vigilância e auditorias (…) Destrói a autonomia, o empreendimento, a inovação e a lealdade e gera frustração, inveja e medo” Psicanalista belga relaciona competição selvagem, que marca capitalismo pós-moderno, com comportamentos antiéticos dos “vencedores” e frustração da imensa maioria. “Sejamos desgarrados”, ele sugere Por George Manbiot | Tradução Eduardo Sukys | Imagem: John Bellany Estar em paz com um mundo atormentado: não é uma meta sensata. Ela pode ser conquistada apenas negando tudo aquilo que cerca você. Estar em paz com você mesmo dentro de um mundo atormentado: essa é, ao contrário, uma aspiração nobre. Este texto é para as pessoas que estão em conflito com a vida. Ele faz um apelo para você não se envergonhar disso. Senti o ímpeto de escrevê-la ao ler um livro notável de Paul Verhaeghe, um professor belga de psicanálise. What About Me? The Struggle for Identity in a Market-Based Society [E quanto a mim? A luta ...

    Leia mais
    cotas-para-negros

    Ministério Público pode adotar cotas para negros

    Segundo o promotor da Bahia Fábio George Cruz da Nóbrega existe uma "ampla maioria a favor" desse tipo de política; sistema já é aplicado em concursos públicos do Executivo federal e no ensino público superior O Conselho Nacional do Ministério Público pode instituir no início do próximo ano a adoção de cotas para negros em seus concursos de admissão. Segundo Fábio George Cruz da Nóbrega, conselheiro e relator de um caso da Bahia, diz que existe uma "ampla maioria a favor" desse tipo de política. Em junho deste ano foi criada uma lei que garante 20% das vagas de concursos públicos do Executivo federal para pessoas negras. A medida já é aplicada no sistema público de ensino superior. Leia aqui reportagem de João Carlos Magalhães sobre o assunto.     Fonte: 247

    Leia mais
    Reprodução/ Facebook/ortrun

    Responda-me rápido: Mérito é hereditário? por Marcos Romão

    Reprodução/ Facebook/ortrun por marcos romão Ao perguntar no meu perfil do Facebook sobre a hereditariedade do mérito, para esclarecer-me um pouco mais, sobre o que pensam as pessoas a respeito da  meritocracia, que é  tão querida tanto para acadêmicos brancos contra as cotas, quanto para candidatos à presidência no Brasil, que falam em arrumar a casa, provavelmente por estar com alguns negros e índios que não sabem o seu lugar. Entre outros comentários, recebi um do meu irmão, Ricardo Romão, que trabalha como técnico de nutrição em um hospital, com a resposta mais suspreendente até agora: Outro dia uma criança perguntou-me se eu era médico, respondi que não, e ele como que tivesse feito uma aposta certeira com a mãe, respondeu para ela :”viu mãe , eu sabia , eu disse que não existe médico preto!!!  Então, conclui-se que mérito é Hereditário!!! Acertei?   Leia a matéria :  Existe racismo ...

    Leia mais
    blank

    OAB quer impugnar candidatura da filha de Fux

    Petição assinada por 31 dos 61 membros presentes à sessão do órgão contesta a candidatura da advogada Marianna Fux para a vaga de desembargador do Tribunal de Justiça do Rio; conselheiros alegam que ela não apresentou documentação necessária para disputar o cargo; mas, principal motivo seria a pressão exercida por seu pai, o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, para que ela seja escolhida Uma petição assinada por conselheiros da OAB-Rio exige a impugnação da candidatura da advogada Marianna Fux para a vaga de desembargador do Tribunal de Justiça do Rio. Seu pai, o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, tem pressionado pessoalmente para que ela seja escolhida para compor a lista sêxtupla que será encaminhada pela OAB ao órgão (leia aqui). O pedido foi assinado por 31 dos 61 advogados presentes à sessão na sede da OAB, no centro do Rio. "A candidata em questão ...

    Leia mais
    blank

    Ronald Augusto: As atrizes-cantoras negras e o sorriso largo e obediente no Encontro com Fátima Bernardes

    Há esperança, mas não para nós – Fátima Bernardes, Miguel Falabella, Carlinos Brown e as negas Por: Ronald Augusto 1. Naquela oportunidade da entrevista com a patricinha fanática por seu clube não havia nenhum negro para participar do debate sobre o episódio de racismo contra Aranha, já no programa em questão, além do percussionista baiano, a plateia estava cheia de outras “negas lindas” assentindo com movimentos de cabeça a todas as bobagens ditas pelos presentes. 2. Fátima, meio entusiasmada, a certa altura afirma: “elas conquistaram isso porque se capacitaram”; alusão à meritocracia, isto é, se os negros quiserem e se dedicarem eles conquistarão seu espaço, simples assim. O preconceito estrutural não causaria nenhum óbice aos negros, deve ser isso o que pensa a apresentadora impensante. 3. As atrizes-cantoras negras se afirmam por meio dos seus cabelos, por sua alegria de viver, apesar das pessoas do mal, desde o alto ...

    Leia mais
    Meritocracia: Luiz Fux mata no peito para filha marcar gol

    Meritocracia: Luiz Fux mata no peito para filha marcar gol

    Ministro Luiz Fux mata no peito e centra para a filha marcar gol, protagonizando o mais vergonhoso episódio da história recente da Justiça brasileira O Ministro Luiz Fux protagonizou o mais vergonhoso episódio da história recente da Justiça brasileira. Com seu “mato no peito” desnudou o jogo de interesses e de lisonja que cerca as nomeações para tribunais superiores. Na nomeação, o que pesou foi a lisonja, a trapaça, os acordos com aliados influentes, de políticos federais e estaduais a nacionais a grandes escritórios de advocacia. Sua nomeação – fundamentalmente política – alijou do cargo outro candidato que poderia ter sido Ministro por mérito. Adiou a indicação de Teori Zvaski e Luiz Roberto Barroso, impediu a nomeação de Lucia Valle ou Cesar Asfora, de outros candidatos que construíram sua reputação manifestando respeito permanente pelo poder judiciário e batalhando apenas pelo reconhecimento de seus pares. Fux passou a encarnar o fura-fila, ...

    Leia mais
    Página 2 de 3 1 2 3

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist