terça-feira, janeiro 26, 2021

Tag: Saúde

Foto: dowell/Getty Image

Brasil tem ao menos 23 mil testes de coronavírus à espera do resultado; número é mais que o triplo de casos confirmados

G1 questionou estados e Distrito Federal sobre análises pendentes, e 12 responderam. Ministério da Saúde orienta que só pacientes suspeitos com quadro grave sejam testados; falta de distribuição maciça de kits dificulta cálculo de como a Covid-19 se espalha no país. Por Eduardo Pierre, no G1 Foto: dowell/Getty Image O Brasil tem ao menos 23,6 mil testes do novo coronavírus (Sars-CoV-2) ainda à espera do resultado. Esse número equivale a 3,4 vezes o total de casos confirmados (6,9 mil) no balanço das Secretarias de Saúde, atualizado às 7h40 desta quinta-feira (2). Para especialistas ouvidos pelo G1, tal discrepância indica que pode haver muito mais gente com a doença Covid-19 no país. Essa subnotificação de registros tem duas causas: a falta de testagem maciça no Brasil; e a demora para finalizar as análises já iniciadas mas não concluídas. Pesquisadores explicam que esse cenário – quantidade de kits ...

Leia mais
Divulgação/Tide Setubal

Fundação Tide Setubal fomenta pesquisa com foco no coronavírus

Desigualdades socioeconômicas e territoriais devem pautar trabalhos científicos em novo edital de apoio a pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo Na Fundação Tide Setubal Divulgação/Tide Setubal Devido à gravidade da pandemia mundial, a Fundação Tide Setubal está fomentando pesquisas focadas na Covid-19 no contexto das desigualdades, via edital “Pandemia Covid-19: panorama da desigualdade na RMSP”, realizado em parceria com a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), com inscrições abertas desde 23 de março. A chamada de pesquisa priorizou as periferias porque os desafios do cenário atual se tornam ainda mais agudos quando enfrentados em meio à situação de vulnerabilidade e fragilidade de acesso à saúde, saneamento, educação, moradia e emprego, condições típicas da periferia metropolitana de São Paulo. O edital convida a comunidade acadêmica da Unifesp a apresentar, até o próximo dia 2 de abril, propostas de monitoramento, análise e recomendações relativas à Covid-19. “Redirecionamos ...

Leia mais
Trabalhadores na construção do hospital de campanha no Anhembi, em São Paulo, na semana passada.NELSON ALMEIDA / AFP

Mortes sem diagnóstico reforçam suspeitas de que estatísticas de coronavírus em São Paulo estão defasadas

Após resolução do dia 20, Serviço de Verificação de Óbitos deixou de fazer autópsia em casos suspeitos da Covid-19 e corpos são enterrados como se fossem confirmados, mas não entram no balanço oficial Por MARINA ROSSI, do EL País Trabalhadores na construção do hospital de campanha no Anhembi, em São Paulo, na semana passada.NELSON ALMEIDA / AFP “Tia, olha a chuva, tira a roupa do varal”. O alerta de uma das sobrinhas de Olga, 77, que vivia na casa vizinha não chegou a tempo. A chuva que atingiu São Paulo na semana passada molhou todas as roupas da aposentada que, naquele momento, já estava desacordada no sofá. Foi a mesma sobrinha que, minutos mais tarde, sem ouvir sinal da tia, a encontrou quase já sem vida na sala. A aposentada faleceu depois de dias se queixando de tosse, falta de ar e coriza. Foram três idas ...

Leia mais
Foto: dowell/Getty Image

População negra e Covid-19: desigualdades sociais e raciais ainda mais expostas

As doenças não são entidades democráticas. Pelo contrário, elas têm incidências determinadas pela renda, pela idade, pelo gênero e pela raça. Diante da pandemia provocada pelo coronavírus (SARS2- CoV2), diversos segmentos da sociedade estão mais expostos e são identificados como grupos de risco, por conta de comorbidades específicas. A população negra, em sua diversidade, também é um dos grupos de risco, obviamente com gradações internas, variando tanto por comorbidades que atingem negras e negros em maior número, caso da hipertensão e da diabetes e, principalmente, a anemia falciforme, ou mesmo pela letalidade social, motivada por questões históricas, políticas e sociais estruturantes de nossa sociedade. A Abrasco ouviu pesquisadores e lideranças sociais para entender esse cenário e ser um canal dessas demandas. Por Pedro Martins, do Abrasco Foto: dowell/Getty Images Altair Lira, professor do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências da UFBA (IHAC/UFBA) e integrante do Grupo ...

Leia mais
Crianças usam álcool em gel em uma igreja evangélica em Ouagadougou, Burkina Faso Foto: FINBARR O'REILLY / Finbarr O'Reilly/The New York Times

Experiência com epidemias vem ajudando a conter disseminação do coronavírus na África

Medidas restritivas foram tomadas de maneira preventiva; analistas, no entanto, temem que propagação possa ser rápida em países mais pobres Por Marina Gonçalves, do O Globo Crianças usam álcool em gel em uma igreja evangélica em Ouagadougou, Burkina Faso Foto: FINBARR O'REILLY / Finbarr O'Reilly/The New York Times Quando países europeus, como a Itália ou a Espanha, ainda tomavam medidas leves em relação aos primeiros casos de coronavírus na China, as nações africanas entraram em alerta. As cicatrizes da proliferação do ebola no continente, que entre os anos 2014 e 2016 deixou mais de 11 mil mortos e cerca de 28 mil infectados, ainda estavam abertas. Mas é justamente a experiência em assistência básica que diversos países adquiriram no combate à epidemia uma das explicações para a até agora lenta propagação do coronavírus na região, somada à expectativa de vida mais baixa em média no continente ...

Leia mais

Morte de britânica de 21 anos ‘saudável’ recende alerta sobre letalidade de coronavírus entre jovens

A morte de uma mulher de 21 anos no Reino Unido, sem doenças pré-existentes, voltou a acender o alerta de que jovens não estão imunes a covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. Da BBC (Foto: Kenzo Tribouillard/ AFP) Chloe Middleton morreu na semana passada, mas a notícia só foi divulgada nesta quarta-feira, 25 de março. Em uma publicação no Facebook, sua tia, Emily Mistry, disse que Middleton "faleceu no Covid-19" e pediu que outras pessoas "façam sua parte" para impedir a propagação da doença. Segundo dados do governo britânico, a maioria dos pacientes que morreram com coronavírus tinha condições médicas pré-existentes. Autoridades de saúde demonstram preocupação de que os jovens ignorem os avisos sobre a propagação do vírus, uma vez que acreditam que a doença apenas acomete idosos. Mas em uma série de postagens no Facebook, a família de Middleton pediu ao público que seguisse ...

Leia mais
Gripário no acampamento militar norte-americano em Aix-Les-Bains, França, durante a Primeira Guerra Mundial, por volta de 1918 Wikimedia Commons

Semelhanças entre a gripe espanhola e a Covid-19

Pandemia do início do século XX e a atual levaram à valorização do sistema público de saúde Por Carlos Fioravanti, do Pesquisa FAPESP Gripário no acampamento militar norte-americano em Aix-Les-Bains, França, durante a Primeira Guerra Mundial, por volta de 1918 (F0t0: Wikimedia Commons) A pandemia do coronavírus guarda semelhanças com a da gripe espanhola, também de alcance mundial, com um impacto devastador: infectou cerca de 500 milhões de pessoas, o equivalente a um terço da população mundial na época, e matou entre 25 milhões e 50 milhões, em geral com 20 a 40 anos, de 1918 a 1920. Na cidade de São Paulo, em poucos meses a epidemia matou 5.300 paulistanos, o equivalente a 1% da população da capital, e foi tão intensa que os mortos se acumulavam nas ruas até serem recolhidos; a cidade do Rio de Janeiro viveu uma situação similar. Embora em outro ...

Leia mais
Comissão ARNS (Divulgação )

Nota Pública #14 – Pela saúde dos mais pobres

Pela saúde dos mais pobres Da Comissão Arns Comissão ARNS (Reprodução/Facebook)   A Comissão Dom Paulo Evaristo Arns de Defesa dos Direitos Humanos – Comissão Arns, atenta e preocupada com a pandemia que nos assola, quer expor a angústia que se apodera de seus 22 membros, inúmeros apoiadores e colaboradores, no que tange aos milhares de desvalidos existentes no país, em razão do abandono histórico ao qual se encontram relegados. Moradores das favelas, cortiços, morros, palafitas, ruas, enfim, os que nada possuem, muitos sequer água para lavar as mãos, encontram-se em uma situação de precariedade e carência que constitui campo fértil para o desenvolvimento do vírus. Assim, a Comissão Arns conclama toda a sociedade para que continue, e intensifique, as ações solidárias, bem como conclama o Poder Público a cumprir com suas obrigações, no sentido de suprir carências sociais acumuladas em razão da sua incúria. Comissão ...

Leia mais
Rihanna (Foto: Evan Agostini/Invision/AP)

Fundação criada por Rihanna doa R$ 25 milhões para combater coronavírus

O valor é destinado para a OMS e grupos de assistência Na Rolling Stone Rihanna (Foto: Evan Agostini/Invision/AP) Para ajudar os países afetados pelo coronavírus, Rihannafez uma doação de US$ 5 milhões - em média R$ 25 milhões - através da Fundação dela, a Clara Lionel Foundation. O valor será dividido para Organização Mundial de Saúde (OMS) e para grupos de assistência. Segundo publicado pelo TMZ, o dinheiro será destinado para abastecer o estoque de comidas de comunidades de risco, aumentar e acelerar os testes de coronavíruse o tratamento médico em países como Haiti e Malawi, levar mais equipamento de proteção para médicos e trabalhadores da área de saúde e incentivar os estudos e desenvolvimento de vacinas. Do dinheiro total, US$ 700 mil são para a compra de ventiladores para o país natal da cantora, Barbados. "Nunca foi tão importante ou urgente proteger e preparar comunidades ...

Leia mais
(Foto: Getty Images)

Nova ordem mundial?

As consequência futuras do covid 19 são imensuráveis. Existe um questionamento constante sobre o que será de nós em meio a ansiedade e estar em casa: trabalhando, refletindo, nos vivenciando de forma ininterruptível e intensa (claro, para quem tem pode estar). Para além disso, é necessário pensar os reflexos da articulação dos novos acontecimentos. Por  Eduarda da Silva Pereira Santos, enviado para o Portal Geledés (Foto: Getty Images) A partir disso, convoco para canalizarmos nossas emoções e pensamentos na “Nova ordem mundial” que está sendo firmada pelo coronavírus. Seria a introdução de uma nova crise de paradigmas? Aquele momento da história que “tudo muda”? Sendo isso ou não, não podemos esvaziar o sentido político, econômico e social que a “guerra biológica” está pondo em cheque, é para além de uma questão de saúde, o que, por sí só, já é muita coisa. Hoje, um dos serviços mais valorizados ...

Leia mais
RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Coronavírus: população em situação de rua de São Paulo está à própria sorte

Gestão do prefeito Bruno Covas (PSDB) não apresentou qualquer plano para proteger da epidemia cidadãos que já não têm nada Por Rodrigo Gomes, da RBA RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO São Paulo – Em meio à epidemia de coronavírus em São Paulo, os governos estadual e municipal – ambos do PSDB – não apresentaram qualquer medida para proteger a população em situação de rua. “A população de rua está à própria sorte. Não sabemos se é pior a pessoa ir para um abrigo ou ficar na rua. Não adianta ter galpão, sem arejar, com 400 pessoas no mesmo espaço e 50 centímetros de espaço entre as camas, sem condições básicas de higiene”, afirma Edvaldo Gonçalves, coordenador paulista do Movimento Nacional da População em Situação de Rua (MNPR). Gonçalves diz que o movimento tentou uma reunião de emergência com a Defensoria Pública, o Ministério Público e ...

Leia mais
(Foto: Reprodução/ Twitter)

Coronavírus, uma abordagem antropológica

pega teu copo, senta um pouco e presta atenção nessa, meu camarada. Por Lelê Teles, enviado para o Portal Geledés Lelê Teles (Foto: Reprodução/Twitter) “as pessoas devem ficar em casa”, recomenda o coro, no teatro a céu aberto, vocalizando num megafone. e lá vão as pessoas, obedientes, trancafiarem-se em suas casas. vemos, nas varandas e nas sacadas italianas, as pessoas tomando vinho, cantando óperas, corificando o bella ciao. beleza: varanda ok, vinho ok, sobrancelha ok. aí você olha aquilo e fala: “vejam, as pessoas!” ilze scamparini, coração sangrando, chora pelas pessoas; guga chacra, todo arrepiado, vai aos prantos pelas pessoas. compreensível, são seus iguais. o vírus, insensível, nômade e ubíquo, pilotando sua retroescavadeira anárquica, derruba fronteiras e invade países. espera passar o carnaval, que ele não é muito de festas, e chega ao brasil. “as pessoas devem ficar em casa”, grita o guarda municipal, com o ...

Leia mais
Idris Elba (Foto via Wikimedia Commons)

Idris Elba é mais um ator a testar positivo para coronavírus e está isolado

"Agora é a hora de se manter alerta, lavar as mãos e manter distância", afirma o ator Por Felipe Ernani, do Tenho Mais Discos Que Amigos Foto: Harald Krichel / Wikimedia Commons Depois de Tom Hanks e sua esposa Rita Wilson terem sido praticamente as primeiras celebridades a serem diagnosticadas com COVID-19, outro ator afirmou ter contraído o novo coronavírus: Idris Elba. Famoso por seu papel em filmes como Prometheus (de Ridley Scott) e na saga Thor/Vingadores (na qual vive o personagem Heimdall), Elba usou o Twitter para dar o recado. Ele também tranquilizou os seguidores e pediu para que tudo seja “sem pânico”, pois não está tendo sintomas e só fez o teste por saber que possivelmente esteve exposto à doença. Por outro lado, alertou para a necessidade de vigilância com hábitos de higiene. Veja o tweet original abaixo e a tradução do recado de ...

Leia mais
Rochelle Allen, a respiratory therapist, made a home visit to Lisa McClendon, who goes to the emergency room about once a month because of her asthma.Credit...Alexandra Hootnick for The New York Times

A população negra e o coronavírus

Recente reportagem no The New York Times, de 07 de março 2020, feita pelo jornalista John Eligon, chamou atenção para o risco do extermínio de populações negras e latinas, sobretudo as mais pobres, em razão da ausência de um atendimento adequado das mesmas pelos nossos sistemas de saúde. É sabido, que os nossos sistemas de saúde devolvem para a população negra um tratamento não-isonômico, ao qual podemos definir como uma das manifestações necropolíticas do racismo institucional. Assim, podemos definir o racismo institucional como práticas não isonômicas realizados pelos Estados onde a população negra se faz presente, especialmente na política institucional dos órgãos, entidades e serviços delegados de saúde. Por Lúcio Antônio Machado Almeida, enviado para o Portal Geledés  Rochelle Allen, a respiratory therapist, made a home visit to Lisa McClendon, who goes to the emergency room about once a month because of her asthma.Credit...Alexandra Hootnick for The ...

Leia mais
Getty Images

Medicina pra nossa gente?

Cheguei ao consultório e o de sempre ocorreu. Por Neymar Ricardo Santos da Silva Enviado para o Portal Geledés  Mal olhou para mim, mão na testa, e já pergunta: – o que faz aqui? Respondo timidamente, sobre a dor física do momento. Meu pensamento até nem lembra mais o que me sucedeu. Me inquieta agora o mal-estar do atendimento realizado por este aí. Se fosse irmão de cor, talvez a dor fosse menor. Pois seria apenas uma. Mas este desprezo do não olhar é que não aguento. Descobri mais tarde que este mesmo “doutor” foi cotista na universidade e se declarou um de nós. Até denunciado foi, de assumir vaga que não era sua. Mas mesmo diante de tal descabimento e fato atroz. O juiz lhe concedeu a medida liminar. Pra terminar de cursar, talvez em seu lugar. A medicina que mesmo tão carente. De gente de nossa tez. Ainda não ...

Leia mais
Manifestantes a favor e contra o aborto durante uma marcha em Washington, a 24 de janeiro. © OLIVIER DOULIERY / AFP

Supremo dos EUA enfrenta o primeiro teste à lei do aborto

A mais alta instância judicial norte-americana ouve esta quarta-feira os argumentos num caso sobre uma lei do Louisiana que poderá ser o princípio do fim do direito à interrupção voluntária da gravidez nos EUA. Decisão é esperada em finais de junho e poderá marcar campanha para as presidenciais. Por Susana Salvador, do Diário de Notícias Manifestantes a favor e contra o aborto durante uma marcha em Washington, a 24 de janeiro. (© OLIVIER DOULIERY / AFP) É o primeiro teste ao direito ao aborto nos EUA desde que o presidente norte-americano, Donald Trump, nomeou dois novos juízes para o Supremo Tribunal. A mais alta instância judicial dos EUA ouve esta quarta-feira os argumentos em relação a uma lei no Louisiana, aprovada em 2014, que obriga os médicos que realizam interrupções voluntárias da gravidez em clínicas especializadas a ter privilégios para poder atuar num hospital num raio ...

Leia mais
Médicos cubanos a serviço do programa Mais Médicos, no estado do Pará, Ilha do Marajó cidade de Breves em 2015 PAHO/Flickr

Após saída de médicos cubanos, mortes de bebês indígenas crescem 12% em 2019

Após atingir níveis historicamente baixos em um período que coincidiu com a execução do Programa Mais Médicos, a mortalidade de bebês indígenas voltou a subir em 2019 — depois da saída de médicos cubanos que atuavam pelo programa — e retornou aos patamares anteriores à iniciativa. Por João Fellet, da BBC Médicos cubanos a serviço do programa Mais Médicos, no estado do Pará, Ilha do Marajó cidade de Breves em 2015 (PAHO/Flickr) Dados do Ministério da Saúde obtidos pela BBC News Brasil com base na Lei de Acesso à Informação mostram que, entre janeiro e setembro de 2019 — último mês com estatísticas disponíveis —, morreram 530 bebês indígenas com até um ano de idade, alta de 12% em relação ao mesmo período de 2018. Indígenas e especialistas no setor citam entre as causas para o aumento o fim do convênio entre o Mais Médicos e ...

Leia mais
@picture-alliance/AP/NIAID-RML

Coronavírus: Angola decreta medidas de quarentena

Angola anunciou quarentena obrigatória, a vigorar a partir de terça-feira, para todos os cidadãos que tenham estado na China, Coreia do Sul, Irão e Itália, países com "casos autóctones" do surto de coronavírus. Por Agência Lusa, tms, do DW Imagem: @picture-alliance/AP/NIAID-RML Em comunicado divulgado este sábado (29.02), o Ministério da Saúde de Angola explica que a quarentena é obrigatória também para os cidadãos que tenham viajado para a Nigéria, o Egito e a Argélia ou que tenham tido "contacto com doentes afetados por coronavírus". A quarentena, que entra em vigor no dia 3 de março, será por um período mínimo de 14 dias, durante o qual os cidadãos ficam impedidos de receber qualquer visita. Segundo informação da agência de notícias estatal angolana ANGOP, o Governo de Angola criou dois centros de quarentena, sendo um na Barra do Kwanza e um em Calumbo, para onde serão enviados ...

Leia mais

As brasileiras que sequenciaram o genoma do coronavírus

Pesquisadoras da USP lideraram estudo feito em tempo recorde que ajuda a entender origem da epidemia Por Letícia Paiva, Da Revista Claudia Ester Sabino (esquerda) e Jaqueline Goes de Jesus (USP Imagens e Fapesp/Reprodução)   Enquanto a média em outros países tem sido de 15 dias, pesquisadores brasileiros sequenciaram o genoma do coronavírus apenas dois dias após a confirmação do primeiro caso da doença no Brasil. Os resultados foram produzidos por equipes do Instituto Adolfo Lutz, que confirmou o diagnóstico de um paciente na quarta-feira (26), e pelas universidades de São Paulo (USP) e Oxford, na Inglaterra. O genoma corresponde a todas as informações hereditárias do vírus que estão codificadas em seu DNA. “Ao sequenciá-lo, ficamos mais perto de saber a origem da epidemia. Sabemos que o único caso confirmado no Brasil veio da Itália, contudo, os italianos ainda não sabem a origem do surto, pois ...

Leia mais
Enfermeiro em ação na unidade de tratamento intensivo de um hospital de Wuhan, epicentro do coronavírus na China STR / AFP

Brasileiro tem confirmado primeiro teste para coronavírus

Com 61 anos, ele mora em São Paulo e esteve na Itália em fevereiro. Segundo nota do Ministério da Saúde, ele apresenta sinais brandos da doença Por Carolina Brígido e Silvia Amorim, do O Globo  Enfermeiro em ação na unidade de tratamento intensivo de um hospital de Wuhan, epicentro do coronavírus na China  STR / AFP Um morador de São Paulo que chegou ao país vindo da Itália é o primeiro brasileiro com coronavírus. Um primeiro exame atestou positivo para a doença, segundo o Ministério da Saúde nesta terça-feira. Trata-se de um brasileiro de 61 anos que foi atendido no Hospital Albert Einstein, na capital paulista. Ele esteve na Itália, que já registrou mais de 320 casos, com pelo menos 4 mortes. Segundo nota do Ministério da Saúde, o brasileiro apresenta sinais brandos da doença, como tosse seca, febre, dor de garganta e coriza. O hospital ...

Leia mais
Página 3 de 53 1 2 3 4 53

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist