quarta-feira, dezembro 2, 2020

    Tag: Xenofobia

    Após suspeita de ebola descartada, paciente teme voltar a Cascavel

    Médicos descartaram também qualquer tipo de doença infecciosa; homem já recebeu alta O africano Souleymane Bah, de 47 anos, primeiro paciente internado no Brasil com suspeita de estar com ebola, teme voltar para Cascavel, no Paraná, devido às manifestações racistas e xenófobas publicadas em redes sociais. O paciente já recebeu alta médica e deve deixar o instituto assim que for resolvida a questão do transporte do Rio ao Paraná. O  infectologista José Cerbino, da Fiocruz, que tratou o paciente desde sua internação no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, disse que ele, Bah, "ficou sabendo que foi identificado pela imprensa e tem receio de sofrer discriminação quando retornar". Na manhã desta terça-feira (14), o guineano fez novos exames de sangue e passou por tomografia para tentar identificar a causa de sua febre inicial. Nesta terça-feira, durante coletiva de imprensa, os infectologistas Marília Santini e José Cerbino, responsáveis pelos cuidados com ...

    Leia mais

    O vírus letal da xenofobia

    por Eliane Brum no El País - Leia artigo completo Uma epidemia, como Albert Camus sabia tão bem, revela toda a doença de uma sociedade. A doença que esteve sempre lá, respirando nas sombras (ou nem tão nas sombras assim), manifesta sua face horrenda. Foi assim no Brasil na semana passada. Era uma suspeita de ebola, fato suficiente, pela letalidade do vírus, para exigir o máximo de seriedade das autoridades de saúde, como aconteceu. Descobrimos, porém, a deformação causada por um vírus que nos consome há muito mais tempo, o da xenofobia. E, como o outro, o “estrangeiro”, a “ameaça”, era africano da Guiné, exacerbada por uma herança escravocrata jamais superada. O racismo no Brasil não é passado, mas vida cotidiana conjugada no presente. A peste não está fora, mas dentro de nós. Leia artigo completo

    Leia mais

    Japão recebe críticas da ONU após onda de xenofobia nas ruas

    Por: Ewerthon Tobace Uma recente onda de casos de xenofobia tem causado grande preocupação no Japão e levou a ONU a pedir que o governo do primeiro-ministro Shinzo Abe tomasse medidas concretas para lidar com o problema. As principais vítimas nesse incidentes têm sido comunidades estrangeiras como a de coreanos e chineses, além de outras minorias chamadas de "inimigas do Japão". Um exemplo dos abusos é um vídeo que se tornou viral e circula pelas redes sociais. Mostra um grupo de homens da extrema-direita com megafones em frente a uma escola sul-coreana em Osaka. Eles insultam os alunos e professores com palavrões, fazem piadas com a cultura do país vizinho e ameaçam de morte os que se atreverem a sair do prédio. Um relatório do Comitê de Direitos Humanos da ONU encaminhado ao governo japonês, destaca a reação passiva dos policiais em manifestações deste tipo. As autoridades têm sido criticadas ...

    Leia mais
    Estudantes e comunidade debatem racismo e xenofobia nesta segunda (25/08)

    Estudantes e comunidade debatem racismo e xenofobia nesta segunda (25/08)

    Nesta segunda-feira (25/08) a FSG vai sediar o debate CAXIAS EM REDE NACIONAL: uma discussão sobre o racismo e a xenofobia.O evento é aberto a comunidade em geral e começa às 19h30, na Sala de Conferências do Prédio G (sala G-304).Não é necessário fazer inscrição, mas as vagas são limitadas a capacidade do auditório.Entre os debatedores já confirmados estão o sociólogo João Heitor Macedo e o Prof. Adão Santos. A iniciativa surgiu a partir da exibição da reportagem veiculada no Fantástico, no domingo (17/08) sobre os novos imigrantes haitianos, senegaleses, ganeses. Na reportagem, quatro pessoas entrevistadas em Caxias deram declarações racistas e xenofóbicas.   Fonte: FSG

    Leia mais

    Artilheiro da França não canta o hino do país em protesto contra xenofobia

    Na primeira vez que a Marselhesa foi entoada na Copa do Brasil, Karim Benzema ficou calado. O artilheiro e principal jogador da seleção francesa escolheu não cantar o hino nacional de seu país em um protesto silencioso contra a xenofobia presente na letra e na sociedade multicultural da França. Benzema, como milhões de franceses, é filho de imigrantes de uma das colônias que o país teve no século 20, no caso dele, a Argélia. E a letra da Marselhesa diz: "Às armas, cidadãos / formai vossos batalhões / marchemos, marchemos! / Que um sangue impuro / banhe o nosso solo." As palavras são de 1792, uma época em que a França estava dominada por exércitos estrangeiros, contra os quais a Marselhesa invocava sua ira. Mas, na leitura moderna, a expressão "sangue impuro" é interpretada como uma referência aos imigrantes e seus filhos, cujos direitos civis vêm sendo cada vez mais ...

    Leia mais

    Uma charge racista e os haitianos em São Paulo

    Como professora (também) de Ensino Médio e Pré-Vestibular, volta e meia tenho que trabalhar com meus alunos questões de interpretação de charges. As charges são gêneros textuais bastante peculiares, principalmente porque sua interpretação depende de que se esteja inteirado dos assuntos em voga: no Brasil e no mundo. Além disso, na relação de complementaridade entre texto verbal e texto não-verbal pode acontecer de os desenhos serem mais expressivos que o próprio texto: isso quer dizer que a imagem pode valer mais que as palavras ali expressas. E é por isso que uma charge veicula muitos sentidos e discursos para além do meramente “dito”; e é pelo mesmo motivo que se tem que ter cuidado redobrado quando pretendemos expressar uma opinião através/fazer a análise de uma charge – o perigo de se reproduzirem estereótipos racistas, classistas, homofóbicos, misóginos etc. é ainda maior. A edição número 212 do jornal Fato Paulista – ...

    Leia mais

    Parlamentares denunciam à PF possíveis crimes de xenofobia e injúria praticados no Facebook

    Na manhã desta segunda-feira, 2, a deputa federal Antônia Lúcia (PSC), acompanhada da deputada estadual Antonia Sales (PMDB) e o deputado tucano Major Rocha (PSDB), esteve na sede da Polícia Federal do Acre para apresentar denúncia por possíveis crimes praticados em redes sociais, mais especificamente no Facebook. Os parlamentares que integram a Aliança por um Acre Melhor entregaram ao superintendente da Polícia Federal no Acre, delegado Araquém Alencar Tavares, vários “prints” (impressão de páginas da internet) onde constam indícios de crimes como calúnia, difamação, injúria e xenofobia (aversão a pessoas estrangeiras). “Todos nós, parlamentares de oposição, estamos sofrendo ataques de pessoas diretamente ligadas ao governo do Estado, que, durante seu horário de expediente, atacam a nossa honra e a moral. Pedimos as providências cabíveis, agora que não estamos em campanha, pois podemos imaginar como esta turma vai agir durante as Eleições que se aproximam”, argumentou a deputada federal Antônia Lúcia ...

    Leia mais
    Juliana Wahlgren atua na Rede Europeia contra o Racismo encaminhando propostas às instituições europeias, em Bruxelas.

    Rede europeia contra o racismo denuncia discurso xenófobo de candidatos

    Juliana Wahlgren atua na Rede Europeia contra o Racismo encaminhando propostas às instituições europeias, em Bruxelas. por Adriana Moysés A União Europeia é a região que acolhe o maior número de imigrantes no mundo, de 55 a 60 milhões de cidadãos estrangeiros, segundo dado oficial da agência Eurostat. Esse número é considerado subestimado por outras fontes. Recente artigo do jornal Le Monde citou a presença de 71 milhões de imigrantes no bloco. Nesta campanha para o Parlamento Europeu, os partidos de extrema-direita se apoderaram do tema. Os candidatos nacionalistas de direita e os "eurocéticos" propagam no eleitorado a falsa ideia que uma das principais razões do elevado nível de desemprego em seus países é a presença maciça de imigrantes, incluindo europeus de outros países do bloco. Eles citam com frequência a "invasão" de imigrantes poloneses, romenos e búlgaros. De Paris a Madrid, de Londres a Roma ou de Amsterdam a Lisboa, ...

    Leia mais
    Um arrepio

    Um arrepio

    Ana Cristina Pereira Já reparou? Por quase toda a parte, a extrema-direita está a ganhar força. Estão bem posicionados para as eleições do próximo domingo o Partido Independentista do Reino Unido, de Nigel Farage; a Frente Nacional, de Marine Le Pen, em França; o Partido da Liberdade, de Geert Wilders, nos Países Baixos, o Democratas da Suécia, de Fredrik Reinfeldt; e o Partido Nacional Esloveno, de Zmago Jelincic. Há outros pontos críticos no mapa da União Europeia. Ora veja: na Áustria, o partido da Liberdade, de Heinz Christian Strache; na Hungria, o Jobbik, de Gábor Vona; na Grécia, a Aurora Dourada, de Nikos Michaloliakos, em prisão preventiva na sequência da morte de um rapper; na Bélgica, o Interesse Flamengo, de Frank Vanhecke; em Itália, a Liga do Norte, de Matteo Salvini. Não são todos iguais, dir-me-á. Não são. Servem-se, porém, todos do ressentimento -- ou mesmo ódio -- pelo “outro”, ...

    Leia mais
    Bolívia, ontem; Haiti, hoje

    Bolívia, ontem; Haiti, hoje

    Não é do desconhecimento de ninguém que o mundo vive atualmente uma onda que busca no conservadorismo mais arcaico a solução de todos os problemas econômicos e sociais. O xenofobismo, para dar um exemplo, renasce na Europa com uma força impressionante e não será surpresa se, no rastro dessa pólvora, até mesmo o nazifascismo reaparecer. No livro “Os inimigos íntimos da democracia” (Companhia das Letras, 2012), o filósofo húngaro Tzvetan Todorov alerta que “o discurso democrático (...) vem sendo corroído pela proliferação dos populismos de diversos matizes ideológicos”. Nesse cenário, onde a crise mundial de 2008 lançou pitadas ainda maiores de instabilidade e insegurança, em cada país se vive preconceitos particulares na firme crença de que segregacionismos de toda ordem terão o poder de preservar a unidade social. Assim, quando grupos imigrantes decidem aportar em outros horizontes para fugir da miséria, nada mais natural que as vozes do atraso, que ...

    Leia mais
    image1-600x337

    ‘Somos tratados como animais’, diz haitiano em São Paulo

    Foram três dias de viagem para chegar a São Paulo. Para o haitiano Ronald Balame, de 25 anos, o trajeto de ônibus junto com outros 40 conterrâneos foi um suplício. "Passei muito mal, não me deram nada para comer e eu não tinha dinheiro para comprar alimentos", diz ele, enquanto aguarda na fila para retirar sua carteira de trabalho, na paróquia Nossa Senhora da Paz, na região central da cidade. Ronald afirma que a viagem foi realizada em um ônibus fretado pelo governo do Acre, relato confirmado por assistentes sociais e padres da paróquia. "A gente supõe que, quando se freta um ônibus, se paga também alimentação, pelo amor de Deus. Muitos chegaram dizendo que passaram fome", diz Paolo Parise, um dos padres da paróquia, parte da Missão Paz de São Paulo. O secretário de estado de Comunicação do Acre, Leonildo Rosas Rodrigues, nega que veículos tenham sido fretados com ...

    Leia mais

    Racismo e Xenofobia: Os avós daqueles que desprezam nordestinos eram os nordestinos da Europa

    RACISMO, UMA VEZ MAIS Por Fábio de Oliveira Ribeiro no Centro de Mídia Independente Qualquer coisa vira motivo para os racistas do sul/sudeste manifestarem sua ignorância histórica. Cada vez que abro o jornal e vejo estas manifestações de racismo não sei se devo rir ou chorar: Leia  também:Anulação de provas do Enem gera ataques de xenofobia O problema dos racistas da região sul e sudeste é que eles não conhecem História. Durante o Império as maiores e mais belas cidades do Brasil ficavam na região Norte e Nordeste (Salvador, Recife, São Luiz do Maranhão, etc...), As províncias do sul/sudeste eram quase desabitadas e só forneciam a jagunçada para caçar indigenas e negros fugidos. O sul/sudeste foi povoado com emigrantes pobres vindos da Europa. Os antepassados deste racistas NÃO tinham sangue azul (ou seja, não pertenciam a nobreza européia). Os avós daqueles que desprezam nordestinos eram os nordestinos da Europa (camponeses sem terra e sem ...

    Leia mais
    Preconceito - Conhecimento vence opressão

    Preconceito – Conhecimento vence opressão

    Autor Grace Luciana Pereira SAO PAULO - SP Universidade de São Paulo Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema Ensino Fundamental Final Pluralidade Cultural Direitos humanos, direitos de cidadania e pluralidade Dados da Aula O que o aluno poderá aprender com esta aula Preconceito - Conhecimento vence opressão visa discutir sobre o preconceito e suas raízes na cultura brasileira partindo da abolição no Brasil; Aprender sobre o que o Código penal diz sobre racismo. Discutir o artigo 5º da Constituição Brasileira. Duração das atividades Uma seqüência de atividades de 6 aulas Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno Descobrir o que os alunos sabem sobre a abolição da escravatura. Discussão sobre histórias de preconceito que os alunos conhecem. Verificar qual o conhecimento dos alunos sobre a lei em relação à discriminação. Estratégias e recursos da aula Diálogos contra o Racismo Orientações ao professor É fundamental que o professor ...

    Leia mais
    Negro, não

    Estremecimentos no meio diplomático

    A notícia sobre as declarações do cônsul geral do Haiti em São Paulo me chegou  primeiro pela CBN, no dia seguinte a sua participação no programa "SBT Brasil". Fiquei impressionado com a indignação do locutor, que recomendava ao Itamaraty a expulsão de George Samuel Antoine. Sabe aquela indignação justa diante de uma manifestação inequívoca de racismo?  O locutor da CBN parecia não querer perder a oportunidade de reafirmar valores caros aos brasileiros: impossível conviver, numa sociedade como a nossa, com uma pessoa dessas - fora! Eu estava na cozinha, preparando meu café e ouvindo rádio e me convenci de que já havia ganhado meu dia. Na manhã  seguinte, ganhei  também o mês ao ler a reportagem da "Folha de S. Paulo" sobre o mesmo episódio (FSP, edição de 16/01/2010. p. A21). O repórter Vinícius Queiroz Galvão referiu-se a "um mal-estar nos meios diplomáticos", causado pelas declarações do cônsul do Haiti. ...

    Leia mais
    Página 6 de 6 1 5 6

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist