segunda-feira, janeiro 25, 2021

Tag: Afro-americanos e suas lutas

hipertensao

Hipertensão arterial é mais perigosa para crianças afro-americanas

Resultados de pesquisa reforçam a necessidade de um diagnóstico e um tratamento precoce para essas crianças Pressão arterial persistentemente elevada, ou hipertensão, pode trazer problemas mais graves para o coração de crianças afro-americanas com idade inferior a 13 anos do que para outras crianças da mesma faixa etária, de acordo com uma pesquisa liderada por cientistas do Centro Infantil da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. O estudo analisou dados de 184 crianças e adultos jovens, 45 deles negras, com idades entre 3 e 20 anos. Resultados do estudo reforçam a necessidade de um diagnóstico e um tratamento precoce para essas crianças. As crianças negras foram, em geral, mais propensas à hipertrofia ventricular esquerda (HVE), um espessamento perigoso do músculo cardíaco, uma das complicações mais precoces e mais comuns da hipertensão, e a diferença foi particularmente acentuada naquelas crianças menores de 13 anos de idade. "A linha inferior é monitorar ...

Leia mais
235

Jornalista da CNN admite em entrevista ter sido vítima de pedofilia

O jornalista Don Lemon, do canal CNN, admitiu, durante programa ao vivo, ter sido vítima de abuso sexual na infância. A revelação do jornalista ocorreu durante entrevista, no último fim de semana, com três membros de uma congregação religiosa liderada por Eddie Long, acusado de coagir jovens de sua igreja a ter relações sexuais, informa o site português TVI24. Segundo o jornal Hollywoodreporter, Lemon afirmou que foi "vitima de pedofilia quando criança, por alguém "muito mais velho do que eu". O jornalista comentou que homens afro-americanos não querem falar sobre estes assuntos. "Não consegui contar à minha mãe até ter trinta anos", disse.     Fonte: Portal Imprensa

Leia mais
ronald_walters

Ronald Walters eminente pensador e pesquisador em raça e política deixa enorme legado de reflexão

Ronald Walters, pesquisador da Universidade de Maryland na temática de raça e política, morre aos 72 anos. Ronald W. Walters, professor de ciência política, por muitos anos, na Universidade de Howard e na Universidade de Maryland, e um dos mais respeitados intelectuais, com reconhecimento público em Washington, em questões de raça, direitos civis e políticas públicas, morreu sexta-feira - 10 de setembro - aos 72 anos. Dr. Walters passou a maior parte de sua carreira profissional na região de Washington e ganhou aclamação mundial como autor de muitos livros, incluindo obras sobre política parlamentar e presidencial negra; pan-africanismo e sobre o ressurgimento do conservadorismo branco. Depois de 25 anos na Universidade de Howard, Dr. Walters se tornou diretor do African American Leadership Institute (Instituto Afro-americano de Liderança), na Universidade de Maryland e freqüentemente aparecia na imprensa com textos de reflexão, além de programas de televisão, discutindo questões importantes do dia. ...

Leia mais
ebony

Adoção dá aos afro-americanos uma oportunidade de fortalecer famílias e a comunidade. Então, por que não fazemos isso mais?

OS ESCOLHIDOS por Corynne L. Corbett Fotografia por Timothy e Valerie Goodloe Traduação: Ariane Machado Cieglinski Quando Lisa e Rodney Epperson ficam em frente a uma platéia para compartilhar sua estória de adoção, eles não resistem em passar um olho pelo público procurando por rostos negros. Na maioria das vezes, eles não vêem muitos. Em um auditório repleto de pessoas interessadas em expandir suas famílias com crianças que não estão relacionadas a elas pelo sangue, os Eppersons podem contar aqueles que são descentes de africanos em uma mão. “(A adoção em nossa família) não é um segredo”, diz Lisha, “mas nós não fazemos alarde também. Sempre que a oportunidade aparece (de falar sobre isso), nós compartilhamos porque queremos advogar pela causa da adoção. Nós queremos mostrar para as pessoas que elas não têm de ter medo disso e que nós podemos fazê-lo, você pode fazer. A adoção mudou nossas vidas ...

Leia mais
ecw

Famoso fotógrafo do movimento de direitos civis era informante do FBI, diz jornal

O famoso fotógrafo do movimento pelos direitos humanos Ernest Withers era um informante do FBI (polícia federal americana), revelou nesta semana o jornal americano "Commercial Appeal". Withers foi um dos mais proeminentes personagens do movimento pelos direitos dos negros nos Estados Unidos. Ele morreu em 2007, aos 85 anos, e deve ganhar um museu em Memphis, no Tennessee, no próximo dia 15 de outubro. Parte do movimento, Withers documentou a era da luta pelos direitos civis com acesso ilimitado a seus principais personagens e eventos, incluindo o ícone Martin Luther King. Ele estava ao lado do líder no dia anterior a sua morte e teve acesso ao quarto de hotel de King após sua morte. Segundo o jornal, em grande reportagem publicada no domingo passado (12), ele não apenas documentava, como também passava informações sobre o movimento para o FBI, sob a identificação ME 338-R. "Os relatos desenham Withers ...

Leia mais
new_orlean_musicians

Nova Orleans vive explosão cultural pós-Katrina

A centenária tradição artística de Nova Orleans, cidade que é conhecida como berço do jazz, ganhou um novo impulso nos cinco anos que se seguiram à tragédia do Katrina. Quando o furacão devastou a região, em 29 de agosto de 2005, muitos artistas tiveram de abandonar a cidade. Nos anos que se seguiram, porém, Nova Orleans assistiu à chegada de uma nova geração de artistas, atraídos pela possibilidade de participar do processo de reconstrução – e também pela grande quantia de dinheiro injetada na cidade nos primeiros anos após a tragédia. “Muitos jovens artistas chegaram à cidade após o Katrina”, diz a americana Suzanne Corley, que apresenta um programa semanal de música brasileira em uma rádio local. Na semana passada, a reportagem da BBC Brasil acompanhou um debate entre jovens artistas plásticos que atuam em Nova Orleans. Todos relataram que foram atraídos pelo senso de comunidade surgido após o desastre ...

Leia mais
martin_luther_king_jr

45 anos da Marcha sobre Washington

No dia 28 de agosto de 1963 acontecia na capital norte-americana a maior manifestação política que o movimento negro já realizou até hoje, a famosa Marcha sobre Washington por Trabalho e Liberdade "Eu tenho um sonho de que um dia, esta nação se erguerá e viverá o verdadeiro significado de seus princípios". O famoso discurso de Martin Luther King em frente ao Monumento Nacional de Washington em 1963, ato que celebrou a assinatura de John F. Kennedy sobre a Lei dos Direitos Civis, seria o final de um capítulo da luta que se inicia nos anos 50 em torno dos direitos democráticos da população negra. A lei, no entanto, não seria mais que uma mera formalização do Estado capitalista para frear e dividir o processo revolucionário em marcha que teria como expressões os movimentos estudantis, mobilizações operárias e a mobilização democrática contra a guerra no Vietnã. Os negros, uma importante ...

Leia mais
casamento-gay

Maioria dos americanos apoia casamento gay, diz pesquisa da CNN

DA EFE, EM WASHINGTON A maioria dos americanos aprova o casamento gay, indica a primeira pesquisa a nível nacional que reflete um apoio majoritário da população ao tema. A pesquisa, divulgada hoje pela rede de TV CNN, apresenta duas perguntas aos entrevistados. A primeira é se "gays e lésbicas deveriam ter o direito constitucional" a se casarem e terem seu casamento reconhecido pela lei como válido. Segundo o estudo, 52% dos entrevistados consideram que pessoas do mesmo sexo deveriam ter tal direito, enquanto 46% acham o contrário. Já a segunda pergunta é se "gays e lésbicas têm o direito constitucional" em questão, ou seja, omitindo o verbo "dever" no futuro do pretérito. O balanço das respostas a essa questão, no entanto, variam um pouco: 51% dos entrevistados interpretam que os gays não têm o direito, contra 49% que pensam que sim. A pesquisa foi realizada entre 6 e 10 de ...

Leia mais
10224467

Califórnia autoriza casamento gay a partir da semana que vem

Um juiz federal americano decidiu nesta quinta-feira que casamentos gay podem ser retomados na próxima semana na Califórnia, dando tempo para que os opositores entrem com um pedido de apelação na justiça. O juiz da Corte Federal de San Francisco, Vaughn Walker, determinou que a corte de apelação tem até as 17h PDT (21h em Brasília) de 18 de agosto para conseguir uma ação, caso contrário os casamentos entre pessoas do mesmo sexo podem ser retomados. Defensores da proibição, conhecida como Proposição 8, vão dar prosseguimento a um pedido de que a corte de apelação mantenha a proibição intacta enquanto avalia o caso. Na quarta-feira passada (4), o mesmo juiz decidiu derrubar a proibição ao casamento gay na Califórnia, considerando-a "inconstitucional". A proibição tinha sido aprovada em referendo em 2008. A decisão do juiz federal ocorreu oito meses depois das primeiras audiências de um julgamento polêmico, que durou várias semanas, ...

Leia mais
tm0208201003

AFFIRMATIVE ACTION

O prestigioso "The Chronicle of Higher Education" dá a longa reportagem "Nas universidades do Brasil, ação afirmativa enfrenta testes cruciais", destacando que, "enquanto Supremo analisa abolir cotas, o Congresso busca expandir". Sublinhando que foi o último país a abolir a escravidão, encerra com a avaliação, de professora da Universidade do Texas, de que o Brasil precisaria de ação afirmativa "por 10 a 20 anos".Fonte: Folha 

Leia mais
mp2-300x225

Peças da Broadway voltam-se às plateias afro-americanas

Por PATRICK HEALYCom o público geral da Broadway em declínio, os produtores estão apostando especialmente em frequentadores afro-americanos para aumentar suas receitas.O uso de grupos de opinião é uma das estratégias usadas pelo musical "Memphis", um romance turbulento entre uma cantora negra de R&B e um DJ branco, e pela nova peça "Race", outro espetáculo concentrado em personagens negros, que raramente ocupam o primeiro plano nas principais peças e musicais.Enquanto os produtores de "Memphis" estimam que 25% a 30% de seu público seja formado por negros, a produção de uma remontagem de "Fences" e de "Race" diz que sua iniciativa resultou em uma plateia composta por 40% de negros. "Fences", estrelada por Denzel Washington, também atraiu um grande número de afro-americanos (a temporada terminou em 11 de julho).A programação da Broadway para esta temporada inclui dois novos musicais sobre homens negros, "Unchain My Heart: The Ray Charles Musical" e "The Scottsboro ...

Leia mais
casa_branca

EUA imigração: A lei da polêmica

A queda de braço é entre a Casa Branca e o Estado do Arizona. No meio da disputa, estão os imigrantes ilegais. O Arizona aplicou, nesta semana, a nova lei estadual anti- imigração. Ela é considerada racista por especialistas e pelo próprio presidente Barack Obama, que é contra ao texto. Tanto que parte dela foi cortada pela Justiça Federal americana antes da entrada da lei em vigor.A lei é “uma medida racista, discriminatória e hipócrita”, disse Pablo Alvarado, diretor da Rede Nacional de Jornaleiros do Arizona.“A imigração ilegal é uma crise em andamento que o Estado do Arizona não criou e com a qual o governo federal se recusa a lidar”, diz a governadora do Estado, Jan Brewer, do Partido Republicano.Ao mesmo tempo, neste domingo ,Obama envia à fronteira dos EUA com o México tropas para combater a imigração ilegal e o tráfico de drogas.

Leia mais
familia-obama-ferias

Família Obama deve passar fim de semana no litoral do golfo do México

A Família Obama passará no próximo mês alguns dias de férias no litoral do golfo do México, na Flórida, anunciou hoje a Casa Branca. Em comunicado, o escritório de imprensa de Obama indicou que a família presidencial viajará à região no dia 14 de agosto, onde passará o fim de semana.   O presidente americano viajou à região afetada em quatro ocasiões desde que no dia 20 de abril uma plataforma petrolífera explodiu, matando 11 trabalhadores.   Dois dias depois, a plataforma afundou nas profundezas do golfo do México, e desde então expulsa petróleo no oceano.   A primeira-dama, Michelle Obama, viajou na semana passada à área para supervisionar as tarefas da luta contra o vazamento e para se reunir com os afetados pelo desastre, a pior catástrofe ecológica da história dos Estados Unidos.   Michelle Obama voltará à região amanhã, informou a Casa Branca.   Desde o começo do ...

Leia mais
A desinformação pavimenta os caminhos da ignorancia e perpetua a desorganização e a servidão do negro: Vamos construir nossas próprias referencias!

Aos Obamistas sonhadores e pretendentes à Obama

Perfil dos eleitores nas eleições americanas Reginaldo Bispo - MNU As eleições americanas suscitam inúmeras avaliações, mas a maioria apontam para conclusões de superação dos conflitos raciais naquele pais, suprimindo de um lado o nacionalismo negro resultante da resistência ao racismo histórico, e de outro, a superação daquele sentimento, que já foi majoritário entre os norte americanos brancos. Estas análises, desconsiderando as condições conjunturais, argumentam que por não ser descendente de escravos, ser mestiço, e por ter meio-irmãos brancos, asiáticos e negros, Obama não seria susceptível a ressentimentos históricos e a essas diferenças. Se constituindo assim em um político pós racial, acima daquelas diferenças, concluindo portanto, que esta seria a nova característica assimilada pela sociedade americana, e o motivo de eleição do presidente democrata. Estes mesmos analistas, advogam a mesma formula para o Brasil. Não fazendo distinção entre o candidato e o povo; ou as características de cada povo, condições ...

Leia mais
vancover

Vancouver 2010: ‘Leopardo’ ganês se supera, vence a montanha e abre sorriso

Kwame Nkrumah-Acheampong larga em último e supera forte neblina Antes da prova de slalom no esqui alpino, neste sábado, Kwame Nkrumah-Acheampong, de Gana, deixou bem claro: sendo o 102º e último a descer a montanha, ficaria satisfeito se terminasse em 101º. Diante da forte neblina na montanha de Whistler, quase metade da concorrência ficou pelo caminho. Autoapelidado de "Leopardo das neves", o ganês conseguiu completar a prova, terminou em 47º e abriu o sorriso. Com sua roupa de leopardo, foi o mais aplaudido do dia pela torcida na montanha gelada. Fonte: Globo Esporte

Leia mais
shelly-anne-brown

Vancouver 2010:Afro-Canadense ganha medalha de prata nos jogos de inverno

A prova do bobsled feminino de duas pessoas garantiu a festa da torcida canadense nesta quarta-feira. Em um resultado histórico, o país conquistou as medalhas de ouro e de prata da modalidade nos Jogos Olímpicos de Inverno de Vancouver. Kaillie Humphries e Heather Moyse conquistaram o título olímpico com o tempo total de 3min32s28. Suas compatriotas Helen Upperton e Shelley-Ann Brown ficaram com a prata ao registrarem 3min33s13. fonte: UOL

Leia mais
davis-dimitar

Vancouver 2010: Shanny Davis e` medalha de prata nos 1500m da patinacao de velocidade.

Com uma delegação formada apenas por atletas da patinação em velocidade, a Holanda conquistou neste sábado sua segunda medalha de ouro na modalidade em Vancouver-2010. Na disputa dos 1500m masculino, Mark Tuitert triunfou sobre o badalado norte-americano Shani Davis por uma diferença de 0s53.O europeu marcou 1min45s57 contra 1min46s10 do rival, que é o atual bicampeão olímpico dos 1000m e que já havia levado a prata na prova em Turim-2006. Até hoje, apenas dois atletas conseguiram a dobradinha em uma edição dos Jogos: o norte-americano Eric Heiden, em 1980, e o canadense Gaetan Boucher, em 1984. Fonte: Yahoo!

Leia mais
vancouver-2010

Vancouver 2010: Bobsled: naturalizado canadense mantém tradição da Jamaica

  A seleção da Jamaica de bobsled não obteve classificação à Olimpíada de Inverno de Vancouver, mas um atleta representará o país na modalidade. Trata-se de Lascelles Brown, desde 2006 naturalizado canadense. A história da nação caribenha na modalidade começou a ser escrita nos Jogos Olímpicos de 1988, competição que serviu de pano de fundo para o filme Jamaica Abaixo de Zero, lançado em 1993. Neste ano, os jamaicanos também terão por quem torcer: Brown, que competiu pela equipe de onde nasceu entre 1999 e 2004 antes de receber a cidadania canadense. Medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Turim, Brown agora quer mais e, com a ajuda de Lyndon Rush, pretende se tornar o primeiro homem nascido na Jamaica a faturar um ouro olímpico. "Quero provar ao mundo que sou bom em alguma coisa", disse nesta quinta-feira aos repórteres em Vancouver. Muito determinado, o agora canadense, 35 anos, já havia ...

Leia mais

NOS EUA, O NOVO MOVIMENTO CONSERVADOR CAMINHA PARA O FASCISMO

Por: ANTONIO CAÑOEL PAIS O díário espanhol EL PAIS publicou recentemente um artigo de ANTONIO CAÑO sobre o recente movimento conservador estadunidense. Alarmante! Bush parece um liberal pacifista se comparado a esses semi-fascistas. O articulista diz que só falta a violência encampada para que esses conservadores possam ser denominados de fascistas. Um assombro para o mundo. Lá também, como ocorre na europa, a classe média volta-se contra os estrangeiros. El movimiento conservador en desarrollo en los últimos meses en Estados Unidos rompe los moldes del republicanismo tradicional y evoca el carácter racista, nacionalista y fanático del fascismo Si alguien cree que el tándem Bush-Cheney es la versión más extrema del conservadurismo norteamericano, es posible que pronto compruebe que está en un error. El movimiento conservador en desarrollo en los últimos meses en Estados Unidos, alimentado por el rencor de una clase media empobrecida y por la ambición de una nueva ...

Leia mais
shani_davis

Jogos de Vancouver 2010: O Afro-americano Shani Davis sagra-se o primeiro bicampeão olímpico nos 1000 metros da patinação de velociodade

O americano Shani Davis, campeão olímpico dos 1.000 metros da patinação de velocidade em Turim 2006, conquistou novamente o ouro na prova, nesta quarta-feira, nos Jogos de Vancouver 2010. Davis se tornou o primeiro atleta a conquistar dois ouros nessa distância. Ele completou o percurso com o tempo de 1min08s94, 0s18 à frente do sul-coreano Mo Tae-Bum, que levou a prata, sua segunda medalha em Vancouver, após o ouro conquistado nos 500 metros. O bronze foi para outro americano, Chade Hedrick, que soma sua quarta medalha olímpica. Ele levou o ouro nos 5.000 metros, a prata nos 10.000 e o bronze nos 1.500 em Turim, há quatro anos. Nas posições seguintes ficaram três atletas da Holanda. Stefan Groothuis foi quarto, Mark Tuitert quinto e Simon Kuipers terminou a prova na sexta posição. Fonte: Terra

Leia mais
Página 13 de 14 1 12 13 14

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist