quarta-feira, novembro 25, 2020

    Tag: planos de aula

    Kiriku famosa lenda africana de bebê guerreiro vai virar série de livros

    "Kiriku", a lenda do recém-nascido guerreiro que salvou toda uma aldeia de uma feiticeira má virou filme, espetáculo de teatro, já foi traduzido para mais de 50 países e, agora, vai virar uma série de livros. Do Catraquinha  A editora brasileira Viajante do Tempo vai lançar, no próximo dia 19 de novembro, os livros "Kiriku e a feiticeira" e "Kiriku e o colar da discórdia", ambos inspirados no filme "Kiriku e a Feiticeira", produção franco-belga de 1998, dirigida por Michel Ancelot. O lançamento será feito durante a Feira e Livros do Palácio do Catete, no Rio de Janeiro. A história é referência em cultura africana, e sua abordagem permite trabalhar com as crianças temas de suma importância, como senso de comunidade, costumes sociais, preconceitos, escravização, respeito, alteridade e tolerância. Imagem: Reprodução/Catraquinha Sobre a história Kiriku ou Kiriku e a Feiticeira é um longa-metragem de animação franco-belga de 1998 dirigido por Michel Ocelot. O diretor do filme, ...

    Leia mais
    Shutterstock

    Apostilas jogos e brincadeiras africanas e afro-brasileiras

    As brincadeiras africanas e afro-brasileiras trazem consigo características, valores e a inserção de elementos culturais africana ao nosso. Não podemos deixar de valorizar a Cultura Afro-Brasileira que tanto nos mostrar a nossa origem identitária brasileira. por Oincrivelze  O material abaixo mencionado, foi produzido por Daniela Alfaia da Cunha e Cláudio Lopes de Freitas. O arquivo foi disponibilizado para download no site www.laab.ufpa.br. VEJA O ÍNDICE DE CONTEÚDO DA APOSTILA: Brincadeiras de Atenção; Brincadeiras de Correr; Brincadeiras de Força; Brincadeiras de Saltar; Brincadeiras de Audição; Brincadeiras de Lançamentos; Brincadeiras de Cognição; Brincadeiras Cantadas; Não deixem de levar essas brincadeiras e jogos às crianças da nossa geração tecnológica. Apostila Jogos infantis africanos e afro-brasileiros        

    Leia mais
    Foto: ABR

    6 filmes nacionais para trabalhar na sala de aula

    Especialista em audiovisual e educação faz a indicação de obras do cinema nacional que podem ser usadas na escola Foto: ABR Há cerca de um mês, a exibição mensal de filmes nacionais passou a ser obrigatória para as escolas da educação básica de todo o país. A determinação faz parte de uma nova regra que foi incluída na LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional). Para ajudar os professores, o Porvir separou uma lista com algumas obras do cinema nacional que podem ser utilizadas na sala de aula. As indicações foram apresentadas por Cláudia Mogadouro, pesquisadora do Núcleo de Comunicação e Educação da USP. Todos os filmes inseridos na lista têm materiais de apoio e planos de aula que foram publicados pela pesquisadora no site Net Educação.  Confira os filmes indicados: 1. Tainá 3 – A Origem (Rosane Svartman) O filme da conta a ...

    Leia mais
    Foto: Leo Pinheiro

    A brasileira África dos escravos retornados

    Alguns países da África Ocidental, como Gana, Togo, Benin e Nigéria, abrigam comunidades que cantam samba, comem feijoadá (assim mesmo, com acento agudo na última sílaba) e cultivam vários outros hábitos relacionados às tradições brasileiras. Trata-se dos descendentes dos cerca de 5 mil escravos libertos que retornaram à África no século XIX e que, segundo o antropólogo Milton Guran, do Laboratório de História Oral e Imagem da Universidade Federal Fluminense (UFF), usam a matriz cultural de nosso país, ou seja, recriam uma brasilidade própria, para se constituírem como um grupo social diferenciado. por Márcia Pimentel, do MultiRio Foto: Leo Pinheiro As principais comunidades de descendentes de escravos brasileiros que retornaram à África são as dos tabom (em Gana) e dos agudás (em Togo, Benin e Nigéria). Guran explica que a origem da distinção entre eles e os demais africanos relaciona-se ao fato histórico dos retornados terem sido os primeiros ...

    Leia mais

    Carta ao professor: Novos tempos, novos modelos

    Foi uma tarefa árdua para a minha filha terminar o Ensino Médio, mas aprendi com ela que esse modelo de escola não serve mais Por Anna Claudia Ramos, do Carta Capital Ilustração: LAURA BEATRIZ No alto dos seus 6 anos, minha filha me disse muito segura de si: “Eu odeio a escola, eu odeio as regras da escola e nunca vou obedecer às regras da escola”. Passei todo o período escolar de minha filha reinventando a vida, porque ela brigava veementemente com tudo o que fosse imposto e com a forma rígida das tarefas. E me perguntava por que não poderia ser diferente. Este mês ela completa 20 anos. É leitora de filosofia e literatura. Aprendeu francês e hebraico por conta própria e fala inglês fluentemente. Mas gostar de estudar seguindo um modelo único, nem pensar! Fazê-la chegar ao final do Ensino Médio foi uma árdua tarefa. ...

    Leia mais
    iStockphoto

    “Você faz a Diferença” retrata racismo no ambiente escolar

    Dirigido por Miriam Chnaiderman, curta reúne depoimentos de alunos e professores sobre preconceito e a importância de refletir sobre as diferenças Do Catraca Livre iStockphoto Educação é elemento básico para o desenvolvimento de qualquer pessoa e a escola desempenha um papel fundamental nesse processo. Contudo, o ambiente escolar não está livre das muitas “chagas” que assolam o convívio social. Uma delas  - talvez a que mais resista à emancipação do pensamento humano – é discriminação racial. Um documentário produzido em 2005 buscou retratar as muitas facetas do preconceito no âmbito escolar. Intitulado “Você faz a Diferença”, o trabalho dirigido por Miriam Chnaiderman reuniu depoimentos de alunos, professores e pessoas que por conta de sua etnia ou condição social foram coagidas e humilhadas. O doc pode ser assistido na íntegra    

    Leia mais

    Escola na Inglaterra manda carta a alunos “especiais e únicos”

    Uma carta enviada aos alunos de uma escola da Inglaterra se tornou viral na internet ao dizer que as notas nem sempre representam aquilo que os fazem "especiais e únicos". Do BBC Brasil Mensagem de escola a alunos se tornou viralna internet (Foto: BBC) O texto diz aos alunos que a escola está "orgulhosa" do "enorme empenho" que eles demonstraram e que deram "o seu melhor durante uma semana complicada". "Estes testes nem sempre avaliam tudo aquilo que faz cada um de vocês ser especial e único." A mensagem foi enviada aos alunos da escola primária Barrowford, em Lancashire, no noroeste da Inglaterra, com os resultados de dois importantes testes. Os organizadores das provas, diz a carta, "não conhecem cada um de vocês... da mesma maneira que seus professores os conhecem, eu espero, e certamente não da maneira como suas famílias". Eles não sabem "como você é ...

    Leia mais
    Getty Images

    Um outro olhar: 6 curiosidades sobre Camarões

    Getty Images Conheça um pouco sobre o país do oeste da África, de cerca de 21 milhões de habitantes. 1- De onde vem o nome? O nome Camarões surgiu de navegadores portugueses, que chegaram à região no século 15. Impressionados pela quantidade de camarões no rio Wouri, eles nomearam-o de Rio dos Camarões, palavra que, depois, daria nome ao próprio país. 2 - Que língua? Os idiomas oficiais são o inglês e o francês. Além disso, o alemão e o espanhol também são falados por partes da população. Acredita-se haver cerca de 250 línguas locais, representando diferentes grupos étnicos. O norte é de maioria muçulmana, enquanto cristãos - católicos e protestantes - dominam o sul. 3 - 30 anos no poder O presidente, Paul Biya, está no poder desde 1982 e, em 2011, foi eleito para um novo mandato de sete anos em meio a diversas ...

    Leia mais

    Hoje na História, 18 de Junho, comemora-se o dia do Tambor de Crioula

    Nesta quarta-feira (18) comemora-se o dia do Tambor de Crioula, que é reconhecido desde 2007 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como patrimônio cultural brasileiro. Do  Foki Reprodução/YouTube O som é contagiante. A dança hipnotizante. O canto é improvisado. A descrição é comum para quem experimenta pela primeira vez uma apresentação do Tambor de Crioula. No Maranhão, a manifestação se apresenta livremente, não tendo uma época fixa. Há uma concentração maior dos grupos durante o Carnaval, nas Festas Juninas e nos rituais de morte do Bumba-meu-boi. Em São Luís, mais de 100 grupos estão oficialmente cadastrados nas instituições culturais. Antigamente, as brincadeiras de Bumba-meu-boi e o Tambor de Crioula – as manifestações mais representativas do Maranhão – aconteciam sempre juntas. Identificam-se influências de uma em outra, descritas por vários estudiosos do assunto, presente nas cantigas, no ritmo dos toques e das danças e ...

    Leia mais

    Grandes Reis e Rainhas da África

    Reis e Rainhas da África As Rainhas Rainha Amina Amina de Zaria Escultura pública da guerreira Rainha Anima da Nígéria Rainha Makeda - O verdadeiro nome da Rainha da Etiopia, a esposa de Salomão Rei da Judéia Makeda - Rainha de Sabá Rainha Kahina Morreu em 705 AD. Lutou contra a incursão árabe no Norte da África Busto de Cleopatra VII disposta no Museu Britânico. A real face da Rainha Cleopatra, esta imagem de uma mulher jovem feito da mistura étnica Grego e Egipcio, é muito diferente da versão feita por Elizabeth Taylor no filme Cleopatra (1961). Supondo que ela não era completamente europeia já que sua familia tinha vivido no Egito a 300 anos atras. [caption id="attachment_14668" align="aligncenter" ...

    Leia mais
    Divulgação / Comissão de Direitos Humanos da Alerj

    O que é macumba

    Macumba é uma espécie de árvore africana e também um instrumento musical utilizado em cerimônias de religiões afro-brasileiras, como o candomblé e a umbanda. Divulgação / Comissão de Direitos Humanos da Alerj   O termo, porém, acabou se tornando uma forma pejorativa de se referir a essas religiões - e, sobretudo, aos despachos feitos por alguns seguidores . Na árvore genealógica das religiões africanas, macumba é uma forma variante do candomblé que existe só no Rio de Janeiro. O preconceito foi gerado porque, na primeira metade do século 20, igrejas neopentecostais e alguns outros grupos cristãos consideravam profana a prática dessas religiões. Com o tempo, quaisquer manifestações dessas religiões passaram a ser tratadas como "macumba".  

    Leia mais

    Plano de aula: A Arte literária e processos de identidade étnico-racial dos afro-brasileiros

    Este é um plano de aula vencedor do I Concurso de Planos de Aula do Portal Geledés, aplicando a Lei 10.639/03 Plano de aula: A Arte literária e processos de identidade étnico-racial dos afro-brasileiros Professora: Patrícia Sodré dos Santos Matéria: Literatura Infantil e relações étnico-raciais Turma/Série: Educação Infantil Cidade: Rio de Janeiro Estado: RJ COMPONENTE CURRICULAR: APLICANDO A LEI 10.639/2003   Projeto “Mangueira teu cenário é uma beleza...” Creche Municipal Vovó Lucíola “Todo mundo te conhece ao longe Pelo som dos seus tamborins E o rufar do seu tambor Chegou ô, ô, ô, ô A Mangueira chegou, ô, ô Mangueira teu passado de glória Está gravado na história É verde e rosa a cor da tua bandeira Prá mostrar a essa gente Que o samba é lá em Mangueira” (Exaltação à Mangueira- Jamelão) Introdução Sobre a Creche Municipal Vovó Lucíola, Mangueira e seu cenário. Nossa creche está localizada na comunidade da Mangueira, mais ...

    Leia mais

    Para projeto contra preconceito, professor lista 360 termos racistas

    Incomodado com o uso de palavras preconceituosas por seus alunos, o professor de biologia Luiz Henrique Rosa resolveu fazer um levantamento dos termos mais usados na Escola Municipal Herbert Moses, no Rio de Janeiro. Pediu para cada um dos estudantes fazer uma lista de termos pejorativos e o resultado foram mais de 600 palavras, 360 delas de cunho racista. Por:Marcelle Souza, do UOL Aluno pinta o painel com os nomes dos 200 escravos que pertenciam ao mesmo dono de Manuel Congo, protagonista da Revolta de Vassouras. (Arquivo Pessoal) "Eles colocaram no papel vários apelidos e eu fui sistematizar as palavras que eles escreveram. Só quando botei no papel é que tive a noção da quantidade de termos racistas que eles usavam", diz. "O mais comum entre os alunos era 'macaco', em seguida aparecem termos relacionados à inferioridade intelectual, aos traços físicos e comportamentais, como 'cabelo duro' ...

    Leia mais
    Pixabay

    Plano de aula: Viajando pela África através de Brincadeiras Infanto-Juvenis

    Este é um plano de aula vencedor do I Concurso de Planos de Aula do Portal Geledés, aplicando a Lei 10.639/03   Plano de aula: Viajando pela África através de Brincadeiras Infanto-Juvenis Pixabay Professora: Carmem Dolores Alves Escola:  Municipal Educador Paulo Freire Disciplinas: Língua Portuguesa, Geografia e Artes     Turma: 5º ano C Cidade: Recife          Estado: Pernambuco Componente Curricular: A LEI 10.639/2003 OBJETIVO: Promover uma reflexão acerca da África através de intercâmbio literário entre os estudantes da Escola Municipal Educador Paulo Freire (Brasil) e a Escola Tutune, da República Democrática de São Tomé e Príncipe (África). CONTEÚDOS: Continente Africano; Aspectos socioeconômicos e culturais da República Democrática de São Tomé e Príncipe; Leitura do texto narrativo africano NDULE NDULE Noções básicas dos conceitos de Inferência e Intertextualidade; Produção textual a partir da releitura do referido texto narrativo africano. METODOLOGIA:  Aplicação de atividades dentro de uma perspectiva transdisciplinar, que contempla vivências ...

    Leia mais
    One Love

    Plano de Aula – One Love, um amor: todos juntos é bem melhor

    One Love, um amor: todos juntos é bem melhor Este é um plano de aula vencedor do I Concurso de Planos de Aula do Portal Geledés, aplicando a Lei 10.639/03 Professora: Míghian Danae Ferreira Nunes Matéria: Educação Infantil Turma/Série: Segundo Estágio (05 a 06 anos) Cidade: São Paulo Estado: São Paulo COMPONENTE CURRICULAR: APLICANDO A LEI 10.639/2003 APRESENTAÇÃO Nas turmas de educação infantil, comumente trabalhamos com sequencias didáticas ou projetos educativos, um bimestre, conseguem visto que, sendo realizado em tempos como uma semana, um mês ou mesmo alguns dias, conseguem aliar-se a uma perspectiva de trabalho que pensa a educação menos compartimentada. Tais sequencias ou projetos inserem- se numa perspectiva transdisciplinar e, nesse sentido, este plano de aula será realizado não apenas em um dia, mas numa sequencia de atividades propostas durante quatro dias, no final do mês de junho de 2013. Esta sequencia tem por nome One Love, um amor: todos juntos ...

    Leia mais
    voce conhece aquela

    Plano de Aula – “Você conhece aquela? A piada, o riso e o racismo a brasileira”

    UNIVERSIDADE FEDERAL BAHIA – INSTITUTO DE PSICOLOGIA CURSO DE BACHARELADO EM SERVIÇO SOCIAL DISCIPLINA: DIVERSIDADE ETNICO-RACIAL E DE GÊNERO NO CONTEXTO DOS DIREITOS HUMANOS Divulgação Aluna: Taís Dias dos Santos EXERCÍCIO 1- ANÁLISE DAS VÁRIAS SITUAÇÕES CONTIDAS NO CONTEXTO DO TEXTO: “VOCÊ CONHECE AQUELA? A PIADA, O RISO E O RACISMO À BRASILEIRA” A PARTIR DOS TEXTOS DISCUTIDOS EM SALA DE AULA: Na piada que acabo de ler, vê-se claramente a discriminação étnico-racial exercida pelo polonês ao fazer com que os ouvintes subentendessem que o menino ao nascer já é estigmatizado simplesmente por ser filho de um afro-brasileiro, ou seja, simplesmente por ser negro já se tem uma qualificação pejorativa, mas tudo isso deveu-se ao contexto histórico à qual a população negra está submetida, desde muito tempo quando houve a libertação dos escravos e que estes ficaram à margem da sociedade, sem emprego, sem moradia, sem o mínimo de atenção por parte das autoridades. ...

    Leia mais
    iStockphoto

    Plano de aula – A Literatura Afro-brasileira (em vídeo)

    por Zelinda Barros iStockphoto Videoaula de Literatura Afro-brasileira do Curso de Formação para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileiras, promovido pelo Centro de Estudos Afro-Orientais (CEAO/UFBA), no âmbito da Rede de Educação para a Diversidade Plano de aula - A Literatura Africana  Concurso de Plano de Aula - Aplicando a lei 10.639/2003  Planos de aula mais lidos Leia também Conceição Evaristo Mário de Andrade Luiz Gama Machado de Assis Auta de Souza Lima Barreto Luiz Silva (Cuti) Solano Trindade Heloisa Pires Lima - Tintim e a reportagem do racismo Lançamento de Kuami, livro novo de Cidinha da Silva, no Rio e em São Paulo Escrita Feminina Negra Negros esquecidos: a herança maldita na literatura brasileira

    Leia mais
    Diversidade cultural: uma proposta de disseminação da cultura afro no contexto escolar

    Diversidade cultural: uma proposta de disseminação da cultura afro no contexto escolar

    PROJETO ESCOLA & UNIVERSIDADE Por ELIZABETE APARECIDA SOLA FRANCO 1.INTRODUÇÃO O projeto "Diversidade cultural: uma proposta de disseminação da cultura afro no contexto escolar" pretende abordar as questões de se valorizar e compreender um pouco mais sobre a beleza e diversidade da cultura afro-brasileira. A valorização da cultura afro-brasileira tem sido enfocada nos dias de hoje, como por exemplo, a lei nº 10.639 de 09 de janeiro de 2003, que estabelece a obrigatoriedade do ensino da história e cultura afro-brasileira e africana na Educação do Ensino Fundamental e Médio. Entretanto, não raro, ela encontra-se distante do ambiente escolar, pois é negligenciada pelos professores, ou, ignorada e tal comportamento passou a ser um dos obstáculos pedagógicos, interferindo no ensino-aprendizagem. Ademais, muitos profissionais desconhecem ou tem receio de trabalhar este conteúdo, por não estarem preparados para entrar no âmbito das discussões políticas, de preconceito social, racial e religioso, bem como, serem também ...

    Leia mais
    PRECONCEITO RACIAL: A vida tem a cor que você pinta

    Preconceito Racial: A vida tem a cor que você pinta

    UBERLANDIA - MG ESC DE EDUCACAO BASICA Co-autor(es)LUCIANNA RIBEIRO DE LIMA; MARTA REGINA ALVES PEREIRA; FÁTIMA REZENDE NAVES DIAS; GLÁUCIA COSTA ABDALA DINIZ Autor: LILIANE DOS GUIMARAES ALVIM NUNES, do Portal do Professor Estrutura Curricular Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema Ensino Fundamental Inicial Ética Diálogo Ensino Fundamental Inicial Ética Justiça Ensino Fundamental Inicial Ética Respeito mútuo Ensino Fundamental Inicial Ética Solidariedade   Dados da Aula PRECONCEITO RACIAL: A vida tem a cor que você pinta. O que o aluno poderá aprender com esta aula: a) Identificar posturas preconceituosas em colegas de sala ou em pessoas da sociedade de uma maneira geral. b) Respeitar colegas e professores/as que pertencem a diferentes classes sociais, etnias, raças, religiões, dentre outros. c) Conhecer alguns elementos da cultura negra e valorizá-la.   Duração das atividades 2 aulas de 50 minutos Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno Não há necessidade de se trabalhar ...

    Leia mais
    Página 1 de 2 1 2

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist