Tag: trans

    blank

    Eu fiz um aborto: ‘Sou trans, e engravidei depois de ser estuprado’

    ‘Tive vergonha de ir à Polícia. Eu, com um corpo de homem, mas com uma vagina. Eles iam rir de mim.’ Do Huff post Brasil "Nasci menina, mas bem jovem consegui fazer minha transformação. Pouco depois dos 20 anos de idade eu já havia praticamente concluído minha transição para o corpo masculino, com o qual eu realmente me identificava. Já com meu nome social em meus documentos, entrei numa faculdade de Direito na Bahia. Tudo parecia que ia entrar numa normalidade com a qual sempre sonhei. Em paz com meu corpo, eu começaria uma carreira e seguiria em frente. Mas, nos corredores da universidade, minha presença parecia incomodar. Eu percebia os olhares por onde eu passava. Tentei ignorar, mas as atitudes passaram a ser mais violentas. Comecei a ser perseguido. Alguns eram mais agressivos e soltavam piadinhas quando eu passava. Passei a ser segregado. Não achava, porém, que a situação ...

    Leia mais
    blank

    Pai faz “festa de batismo” para apresentar nome social de filho trans à família

    Atitude do pai surpreendeu Miguel, estudante transgênero do Espírito Santo que, semanas antes, havia contado que este era o seu nome social. Confira a história emocionante Do Revista Fórum Apesar de ainda serem minoria, já que estamos no país em que mais se matam pessoas trans no mundo, notícias positivas vem se tornando cada vez mais comuns neste universo. É o caso do jovem transgênero Miguel Rosário, de 24 anos, que é estudante no Espírito Santo. Auto-identificado como do gênero masculino desde a infância, Miguel contou aos pais seu nome social em março deste ano. Poucos meses depois, então, seu pai, Marco Antônio, surpreendeu o filho e organizou uma “festa de batismo” para apresentar seu nome social à família. A festa, que contou até com bolo com seu nome escrito, foi na semana passada. “Porque batizado? Porque estava nascendo um Miguel na família. O Miguel chegou na família. Era um ...

    Leia mais
    blank

    Mulher, negra, trans: a vida real é uma somatória de opressões

    Sarah Mund explica a teoria da interseccionalidade, que diz que as formas de exclusão não podem ser analisadas individualmente por Sarah Mund no AzMina Quando se olha de fora é fácil assumir que uma pessoa enfrenta preconceitos por variados motivos e experimenta as diferentes opressões como se elas simplesmente fossem acrescentadas uma a uma. Mas como inúmeras mulheres incríveis já compartilharam com a gente aqui na AzMina mesmo, em nossa atual sociedade ser uma mulher negra ou uma transexual cadeirante, para dar alguns exemplos, é muito mais complexo do que ser “só” mulher, “só” negra, “só” transexual ou “só” cadeirante. E existe um nome para isso: interseccionalidade. O termo foi cunhado em 1989 pela advogada e ativista americana Kimberlé Crenshaw(mulher porreta envolvida com os movimentos Black Lives Matter e #SayHerName nos EUA e que tive o privilégio de ouvir em duas palestras na faculdade ...

    Leia mais
    blank

    Justiça do Pará garante que mulheres trans sejam protegidas pela Lei Maria da Penha

    “Nosso objetivo foi levar aos desembargadores que vivemos em um novo momento de admissão e promoção de direitos das minorias." Por Ana Beatriz Rosa Do Huffpost Brasil A Lei Maria da Penha vale para transexuais? No Pará, a Defensoria Pública do Estado garantiu que sim. De acordo com o G1, uma vítima trans de violência doméstica procurou a Delegacia da Mulher, em Belém, para solicitar as medidas protetivas da Lei, porém, um juiz recusou o pedido. Ela recorreu e o pedido foi acolhido pelo defensor público Fabio Rangel, que ingressou com uma ação assegurando que se tratava de uma mulher. "A instituição defendeu o que a própria lei impõe. Nosso objetivo foi levar aos desembargadores que vivemos em um novo momento de admissão e promoção de direitos das minorias. Então, nada mais justo que permitir à pessoa que se identifica no gênero, o seu direito assegurado pelo Estado", argumentou Rangel. Para ...

    Leia mais
    blank

    “Na sociedade brasileira há uma masculinidade bastante tóxica”

    Amara Moira, 32, chega para a entrevista com um vestido tomara-que-caia, sandália baixa, pulseiras, colar e cara lavada. A fotógrafa pergunta se ela não quer passar um batom antes de posar para a câmara, mas Amara retruca que está bem assim. Quer, cada vez mais, distanciar-se de caricaturas para tornar-se a mulher que deseja ser. “Existem milhares de formas de ser trans, assim como existem milhares de formas de ser cis”. Há apenas três anos, Amara, nascida com um genital masculino, iniciou seu processo de transição.  Já era doutoranda em crítica literária na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), onde pesquisa a obra de James Joyce, quando assumiu a identidade de travesti. Conta que a mudança foi bem acolhida na universidade, mas em busca de se sentir desejável e de arrumar um dinheiro que apressasse sua transição, resolveu virar puta. Ainda não sabe bem quanto disso foi uma escolha. “Ali era ...

    Leia mais
    blank

    22 países europeus ainda tinham esterilização obrigatória para pessoas trans

    Esterilização não é mais obrigatória para pessoas trans em países da Europa no 24 Horas News Na semana passada, o Tribunal Europeu de Direitos Humanos decidiu que a exigência de esterilização de indivíduos que buscam uma mudança em seu reconhecimento legal de gênero viola os direitos humanos e não pode mais ser obrigatória para pessoas trans em 22 países europeus 22 países na Europa ainda obrigam a esterilização como forma de ter acesso ao reconhecimento da identidade de gênero. Mas as decisões recentes exigirão que todos mudem suas leis e políticas relativas à isso. Segundo o site "PinkNews", este acordo resulta de três processos contra a França apresentados em 2012 e 2013, que alavancaram o artigo 8º da Convenção Europeia dos Direitos do Homem, o "Direito ao respeito dos direitos privados e familiares", o artigo 3º da Convenção, a "Proibição da Tortura" e o Artigo 14 de "Proibição de discriminação". ...

    Leia mais
    blank

    A dor invisível das trans que sofrem violência

    Era uma manhã quente de janeiro, e os banhistas começavam a lotar o Posto 2, na Barra da Tijuca. Para Beatriz Luz, seria mais um dia de trabalho intenso no verão. Atendente de um quiosque na praia, ela caminhava até a barraca quando, de repente, foi atacada por um homem. Primeiro, ele a empurrou. Depois, a golpeou pelas costas com uma enxada, na cabeça. Na tentativa de se defender, ainda teve um dedo de uma das mãos quebrado e um dos antebraços machucado. Beatriz é transexual e tem 32 anos. Com medo, hoje ela não trabalha mais no mesmo local. Já o agressor, funcionário de um quiosque vizinho, está no mesmo emprego, embora seja acusado de tentativa de homicídio. Antes de atacá-la fisicamente, ele constantemente xingava Beatriz de “bichona” na frente de outras pessoas e dizia que “tem que ser homem para trabalhar na praia”. Por Ludmilla de Lima - ...

    Leia mais
    FORTALEZA,CE - 06-03-2017: Francisca Ferreira de Vasconcelos, 75, Mãe de Dandara (Antônio Cleylson Ferreira de Vasconcelos,42 anos), Travesti que foi espancado até a morte no Bairro Bom Jardim. A casa de Dandara residia e onde sua sua família vive se localiza no Bairro Conjunto Ceará. (Foto: Mariana Parente/ Especial para O POVO)

    4 suspeitos de torturar e matar Dandara são presos no Ceará

    "Todo atentado contra a vida é um crime hediondo, mas pior ainda quando é motivado pelo ódio e preconceito." por Ana Beatriz Rosa no HuffPost Brasil Dandara do Santos foi brutalmente espancada até a morte. Depois, teve imagens da sua dor compartilhadas em um vídeo de 1 minuto na internet. Foi por meio deste mesmo vídeo que a polícia do Ceará conseguiu identificar e prender os quatro suspeitos de executar o crime. De acordo com o secretário de segurança do estado André Costa, a operação ocorreu no bairro de Bom Jardim, na periferia de Fortaleza, na manhã desta terça-feira (7). Entre os presos estão os 3 homens que agrediram fisicamente a travesti até a morte. O quarto é o suspeito de ter gravado e compartilhado as imagens. Em depoimento, o secretário afirmou que é preciso "orientar as pessoas" e argumentou que "a intolerância só gera consequências ruins". "Todo atentado contra a vida é ...

    Leia mais
    Página 2 de 2 1 2

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist