quarta-feira, maio 27, 2020

    Tag: turbantes

    blank

    ‘Não foi racismo, foi deselegância’, diz promotor em caso do turbante

    O caso aconteceu em abril, quando a mulher diz ter sido agredida e ter o turbante jogado no chão durante uma festa de formatura por Raquel Penaforte no O Tempo O Ministério Público de Minas Gerais optou pelo arquivamento do processo aberto pela pedagoga e conselheira do Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial (CNPIR), Dandara Tonantzin Castro, 23, que foi agredida e teve seu turbante jogado no chão em festa de formatura, na cidade de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, em abril deste ano. A jovem, ao saber do pedido de arquivamento, postou um vídeo em seu Facebook na manhã desta segunda-feira (20) acusando a Justiça brasileira de ser seletiva, "nossa justiça tem um lado, e não é nosso", disse. De acordo com pedido do promotor Sylvio Fausto de Oliveira Neto, os dois indiciados não cometeram nenhuma infração penal e que o ocorrido não corresponde à injúria racial. A pedagoga ...

    Leia mais
    blank

    Meu turbante é minha coroa!!

    Ele é o poder! Um ornamento cheio de significados, símbolo da resistência. O turbante está na moda, segue tendências e agrega mais feminilidade e originalidade ao visual Por Romário de Oliveira, do iG  Versatilidade e diversas opções de estampas e amarrações. Cores fortes, estampas florais, deixa os looks alegres e descontraídos, mas, sua história e simbologia ajudam a destrinchar as razões para refletir antes de usá-lo apenas como acessório fashion. “Eu uso como forma de expressar minha ancestralidade, me sinto uma princesa afro”, revela Gabriela Zuffo. A universitária de 20 anos acaba de chegar do Canadá e garante que fez sucesso desfilando por lá com o acessório.Teresa Fehr, a mãe, é atriz, empresária e pedagoga. Fala do acessório com orgulho: “Turbante é símbolo de resistência da mulher negra. O uso do turbante não e só uma questão de moda e estilo é também um ato politico”. No Brasil, a atriz ...

    Leia mais
    blank

    O racismo também vai à festa

    Negros em uma formatura com turbante na cabeça? Negros se formando na universidade? Recebendo títulos de melhores alunos? Perguntas como essas podem ter inspirado o grupo de estudantes racistas que agrediram a Pedagoga, militante do Coletivo Enegrecer e Conselheira Nacional de igualdade Racial (CNPIR) Dandara Tonantzin Castro, na festa de formatura da turma dos estudantes de engenharia civil da Universidade Federal de Uberlândia – UFU, no último sábado (23/4). Por Walmyr Junior Do Jornal do Brasil  Vivemos em meio ao pluralismo cultural, religioso e étnicorracial, que nos promove a vivência nas mais ínfimas possibilidades das diferenças e alteridades. Dandara foi cruelmente violentada, física, verbalmente e simbolicamente. Teve o seu turbante arrancado e jogado no chão, foi alvo de copos de cerveja, de intolerância e de racismo. Foi ameaçada, achincalhada, sofreu xingamentos e o medo tomou conta do fim da experiência frustrante de celebrar a formatura de seus amigos. [caption id="attachment_120412" align="aligncenter" ...

    Leia mais
    blank

    Jovem ativista é vitima de racismo e tem o turbante arrancado por um grupo de homens em festa de formatura

    Ela teve o turbante arrancado e jogado no chão por um homem enquanto outros presentes atiravam cerveja nela. Além disso, sofreu xingamentos, ameaças e foi a última a sair da festa com medo de novas agressões. no Revista Fórum A representante do Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial e diretora da União Estadual dos Estudantes de Minas Gerais (UEE-MG), Dandara Tonantzin Castro, foi agredida física e verbalmente na noite deste sábado (23) por um grupo de homens durante festa de formatura do curso de Engenharia Civil da Universidade Federal de Uberlândia – UFU. Ela teve o turbante arrancado e jogado no chão por um homem enquanto outros presentes atiravam cerveja nela. Além disso, sofreu xingamentos, ameaças e foi a última a sair da festa com medo de novas agressões. Dandara escreveu o seguinte relato sobre o caso na sua conta do Facebook: A NOSSA PRESENÇA INCOMODA. Sobre o racismo ...

    Leia mais
    blank

    De uma branca para outra por Eliane Brun

    O turbante e o conceito de existir violentamente por Eliane Brum no El País Thauane, Em 4 de fevereiro, você postou o seguinte texto em sua página no Facebook: “Vou contar o que houve ontem, pra entenderem o porquê de eu estar brava com esse lance de apropriação cultural: eu estava na estação com o turbante toda linda, me sentindo diva. E eu comecei a reparar que tinha bastante mulheres negras, lindas aliás, que tavam me olhando torto, tipo ‘olha lá a branquinha se apropriando da nossa cultura’, enfim, veio uma falar comigo e dizer que eu não deveria usar turbante porque eu era branca. Tirei o turbante e falei ‘tá vendo essa careca, isso se chama câncer, então eu uso o que eu quero! Adeus’. Peguei e saí e ela ficou com cara de tacho. E, sinceramente, não vejo qual o PROBLEMA dessa nossa sociedade, meu Deus”. Ao final, você ...

    Leia mais
    blank

    Na polêmica sobre turbantes, é a branquitude que não quer assumir seu racismo

    QUASE TODA CIDADE pequena – principalmente as de Minas – tem seu louco de estimação. Aquele que toda a cidade conhece, cuida e por quem zela como uma espécie de patrimônio. Ibiá, onde nasci, tinha o Zé Tem Dó; e foi com ele que aprendi sobre o valor simbólico de certos objetos. Por Ana Maria Gonçalves Do The Intercept Eu devia ter uns quatro ou cinco anos. Minha mãe era costureira, e o Zé colecionava carretéis de linha. Portanto, suas visitas à minha casa eram constantes, porque minha mãe guardava todos os carretéis para ele e sempre oferecia algo mais, como um refresco, uma roupa, um prato de comida. Pensando que o Zé estava distraído, certa vez tentei pegar em um destes carretéis. Ele se levantou com um pulo e, com mais dois, estava parado na minha frente, protegendo os valiosos bens que, para minha mãe, eram apenas sobras de trabalho. ...

    Leia mais
    blank

    A proibição do turbante mata

    Nessa semana, recebi um "pedido mandatório" da diretoria da escola privada na qual estudo. Me pediram, de forma indireta, mascarada de mera formalidade, que eu esquecesse que estou entre os poucos alunos negros da escola; que estou entre as poucas meninas negras; que estou entre as poucas meninas negras que não alisaram o cabelo; entre as poucas meninas negras que não alisaram o cabelo e tiveram a sorte de ter pais que apresentaram o orgulho que deve existir de sua cor; entre as poucas que, em uma escola onde o padrão é a branquitude, têm orgulho de ser o que são e sabem a necessidade de representar essa luta diária. Pediram-me que pensasse sobre o uso do turbante. Por Maria Clara Viana Cardoso enviado para o Portal Geledes Pois bem, pensei: o uso do turbante é bem mais que um simples pano enrolado na cabeça; é resistência, luta e consciência da ...

    Leia mais
    blank

    As belas razões pelas quais estas mulheres amam de usar hijab

    Recentemente o New York Times publicou um “guia” de lenços de cabeça muçulmanos. O artigo quis lançar luz sobre um conceito islâmico que promove a modéstia, mas as imagens que acompanhavam o artigo mostraram estilos de lenço específicos de alguns poucos países, e todas as silhuetas eram sem rosto. Por Yasmin Nouh, do Huffington Post   Esse tipo de retrato pode contribuir para a ideia equivocada que algumas pessoas têm de que as muçulmanas que usam o lenço na cabeça talvez não tenham autonomia e controle sobre sua própria vida. No clima político de hoje, o lenço de cabeça tornou-se mais que um simples símbolo espiritual de modéstia. Em dado momento, as mulheres que trabalhavam em cargos do governo na Turquia foram proibidas de usar o lenço. Na França, o niqab – uma versão do lenço que cobre o rosto – é proibido. No campo do contraterrorismo, alguns enxergam o lenço de ...

    Leia mais
    blank

    Turbante é tema de oficina no SESC Pinheiros

    Encontro teórico-prático busca desenvolver experiência de alteridade, autonomia e resistência da cultura afro-brasileira a partir do adorno de cabeça Do Sesc O turbante como signo de resistência e beleza negra a partir dos conceitos de identidade e pertencimento étnico. Esse é o mote da oficina “Turbante como Projeto Estético e Político: Teoria e Práticas”, conduzida pela pesquisadora Cristiane Avelar. Realizado nos dias 03 e 04 de fevereiro (quarta e quinta), às 19h30, no Sesc Pinheiros, o encontro é livre e grátis, com inscrições na Central de Atendimento da Unidade. Apesar de sua verdadeira origem ser desconhecida, o turbante – usado no Oriente antes mesmo do surgimento do islamismo – também é uma tradição africana. Símbolo de hierarquia social e espiritual, o adorno e suas diferentes formas de amarração também serviram para diferenciar, por exemplo, as diversas etnias do continente e suas posições sociais. Além de proporcionar maior esclarecimento sobre a cultura do turbante, “a oficina busca oferecer subsídios para a aplicação ...

    Leia mais
    blank

    Nem seu cabelo, nem seu turbante vão te livrar do racismo

    Eu sou uma entusiasta do empoderamento estético há anos. Pessoas negras perdem emprego por serem esteticamente diferente do padrão eurocêntrico imposto nos principais meios de comunicação. Pessoas negras são alvo de perseguição na escola, são preteridas em lugares elitizados, impedidas de adentrarem nos templos de consumo, tudo isso por manter sua estética tal qual ela é. Sempre, em algum momento da vida de um negro, ele ouviu alguém perguntar: ‘Mas não vai alisar esse cabelo?’ ou então ‘Você tem os traços finos por isso é um negro(a) bonito(a)’. Por Joice Berth, do Imprensa Feminina  Por essas e outras sempre tratei a questão como foco de valorização da identidade afrodescendente. Mas, atualmente, quando abro um página de rede social e leio o ataques de uma mulher negra sobre a outra, simplesmente por essa mulher expor uma verdade discutida e confirmada estatisticamente por pesquisas sérias de intelectuais negras e até mesmo brancas e que ...

    Leia mais
    blank

    Entrevista: Thaís Muniz, criadora do projeto Turbante.se

    A designer baiana criou um projeto com o adereço e está entre as mulheres negras mais influentes do país Por Victor Villarpando Do Correio24Horas Se o turbante é uma coroa, Thaís Muniz fabrica realeza. A baiana de 28 anos criou o projeto Turbante.se (www.turbante.se), que desde 2011 trabalha com as  formas, usos e significados do acessório e seu lugar de militância e empoderamento de pessoas negras. Em 2014, foi eleita uma das mulheres negras mais influentes do Brasil pelo site Blogueiras Negras, com participação de mais de 1.400 leitoras. Feirense radicada em Salvador, mas morando em Dublin, na Irlanda, há  um ano, já fez mais de 10 workshops pela Europa e uma série de  intervenções urbanas no centro da cidade. Saiba um pouco do que se passa nessa altiva e adornada cabeça. Como começou na moda? Sempre me interessei por criatividade e há 11 anos quis ser estilista. Fiz design de ...

    Leia mais
    blank

    Turbante faz a cabeça de baianos e turistas neste verão

    “Cabelo raspadinho, estilo Ronaldinho. Cabelo pintado ou V-O. Cabelo embaraçado, encaracolado, rastafári, rock’n roll”. O refrão da música, que se eternizou na voz do cantor e compositor Bell Marques, traduz os vários estilos de cabelo que encontramos, ao passear pelas ruas de Salvador. Todavia, neste verão, o turbante tem feito a cabeça de baianos e turistas. Com suas estampas étnicas, o adereço caiu no gosto popular e, cada vez mais, vem conquistando novos adeptos. No Verão da Bahia  Quem deseja pular o Carnaval de Salvador, de visual novo, na moda, e ainda fazer bonito, deve apostar nessa indumentária secular que, além de adornar a cabeça, carrega uma grande carga histórica para povos de países como Índia, Paquistão, Afeganistão, e principalmente os da África. O turbante ou torço consiste em uma tira de pano que é enrolada sobre a cabeça. Pode ser amarrado de várias formas e usado por homens e ...

    Leia mais
    blank

    Coletivo viajará com projeto educativo que tem tranças e turbantes como ferramentas

    Todas são da capital de São Paulo. Denna Hill, 31, é da zona leste, bairro Guilhermina, Nina Vieira, 25, também é da ZL, mora na Vila Prudente. Lúcia Udemezue, 29, é de Pirituba, zona norte e Thays Quadros, 29, representa a Sul, ali no bairro da Saúde. Cantora e psicóloga, designer e fotógrafa, produtora e socióloga e produtora cultural, respectivamente. Este é o coletivo Manifesto Crespo, selecionado pelo prêmio Lélia Gonzalez – Protagonismo de Organizações de Mulheres Negras, lançado este ano pela Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR) e Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM). Do:  Mulher Negraecia Formado em 2011 por jovens mulheres negras e com atuação na área cultural e educacional, entre os projetos desenvolvidos, destaca-se o Tecendo e Trançando Arte, oficinas que provocam reflexões sobre o cabelo crespo, a história e cultura africana. Direcionadas para mulheres, incluindo crianças, a iniciativa já atingiu mais ...

    Leia mais
    blank

    Afirmação da cultura negra na capital

    Por: Tássia Martins Turbante e outros acessórios resgatam tradições africanas em Brasília A Afrikanus é uma marca brasiliense de acessórios artesanais inspirados na cultura africana que incentiva mulheres negras a afirmarem sua ancestralidade. Nascida no Sudão e residente no Brasil há três anos, a criadora da marca Romisa ElKarim, de 23 anos, sempre se interessou pelo comportamento da mulher negra. Ela conta que a Afrikanus surgiu do desejo antigo de mostrar a cultura do continente africano a partir das perspectivas de beleza e moda. “Tem vários jeitos de as pessoas aprenderem sobre a África. Eu escolhi apresentar de uma maneira mais leve”, explica.  A ideia se desenvolveu de maneira espontânea. No começo, apenas os tecidos africanos eram vendidos. Só depois a produção incluiu faixas, colares, brincos e outros acessórios. A maior parte dos tecidos usados nas criações de Romisa vem da Nigéria, Angola e Camarões. Segundo ela, cada um, por meio ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist