quarta-feira, janeiro 20, 2021

Tag: Afro-brasileiros e suas lutas

silvany

Subserviência e indignidade… E o cortejo fúnebre seguiu!!! – por profa. silvany euclênio

Profa. Silvany Euclênio   É. Nós estivemos lá, acompanhando a reunião do chamado "Conselho Estadual de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra", no dia 05/06/2009. 400 km de viagem e presenciamos o que consideramos a cena mais ignota, mais indigna da nossa história e do nosso povo.   Pela primeira vez encontramos todo um aparato tecnológico montado. Ao abrir a reunião, a presidenta fez questão de tentar intimidar os conselheiros e as conselheiras, avisando que tudo seria gravado (já executando o escrito pelo seu patrão o Governador Serra "o Movimento Negro deve ser reprimido"). Falou também da própria emoção ao participar no dia anterior da cerimônia em que o governador apresentou o arremedo da Lei Caó enviada ‘a Assembléia Legislativa. Bem se vê que sua saúde realmente não anda boa...   Seguiu-se algumas falas mornamente constrangidas do Sr. Leandro da Silva Rosa, da Assessoria de Gênero e Etnias e do ...

Leia mais
Image4

Plano Nacional de Promoção da Igualdade Racial – PLANAPIR

Presidência da República - Casa Civil - Subchefia para Assuntos Jurídicos - DECRETO Nº 6.872, DE 4 DE JUNHO DE 2009. - Aprova o Plano Nacional de Promoção da Igualdade Racial - PLANAPIR, e institui o seu Comitê de Articulação e Monitoramento. - O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, inciso VI, alínea "a", da Constituição, -     DECRETA: Art. 1o Fica aprovado o Plano Nacional de Promoção da Igualdade Racial - PLANAPIR, em consonância com os objetivos indicados no Anexo deste Decreto. Art. 2o A Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República aprovará e publicará a programação das ações, metas e prioridades do PLANAPIR propostas pelo Comitê de Articulação e Monitoramento de que trata o art. 3o, observados os objetivos contidos no Anexo. Parágrafo único. Os prazos para execução das ações, metas e prioridades do ...

Leia mais
quilombolas

Entidades defensoras dos direitos dos povos quilombolas pedem realização de audiência pública sobre o tema

- Luciana Garcia* - Fonte: Lista Racial No intervalo da sessão plenária desta quinta-feira (4), a ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha, do Supremo Tribunal Federal, recebeu um grupo de representantes de entidades defensoras dos direitos dos povos quilombolas. Atualmente, há cerca de três mil comunidades identificadas em todo o Brasil. Eles falaram especificamente sobre a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 3239, de relatoria do ministro Cezar Peluso, na qual se questiona o Decreto 4.887/03. Nele, está regulamentado o direito de propriedade dos remanescentes das comunidades de quilombos (artigo 68 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias - ADCT). Durante o encontro, que ocorreu no Salão Branco do edifício-sede do STF, a comitiva propôs a realização de audiência pública sobre assunto a fim de ampliar o debate na Corte, com auxílio de informações trazidas pela sociedade civil. "Viemos partilhar a preocupação e reforçar a importância das terras para as comunidades nas quais ...

Leia mais
slave

Carta aberta ao Conselho da Comunidade Negra de São Paulo…

Paulo César Pereira de Oliveira Fonte: Lista Discriminação Racial Carta aberta, Após ler no Afropress a matéria "Serra bota Marrey para abafar crise no Conselho de negros", fui dormir e acabei sonhando. Sonhei com africanos acorrentados no porto de Huyda esperando o embarque;Sonhei com mulheres negras se jogando com seus filhos no atlântico para não serem escravizadas; Sonhei com os meninos chamados manequinhos que serviam de brinquedos e para iniciação sexual dos sinhozinhos; Sonhei com as mulheres negras sendo estupradas por seus senhores; Sonhei com os negros que suicidavam, sonhando com a volta à mãe África através do ORI, sacrificando a própria vida na luta contra a escravidão, tendo as suas cabeças cortadas;Sonhei com os negros sendo chicoteados no pelourinho; Sonhei com os negros que, no pós-abolição, erraram por vários caminhos sem poder entrar nas cidades sob o risco de serem presos pela lei da vadiagem; Sonhei com as nossas ...

Leia mais
PSDB

Negros do PSDB: Serra bota Marrey para abafar crise no Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra

Fonte - Afropress -   S. Paulo - Depois de três adiamentos consecutivos, o Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de S. Paulo, se reúne nesta sexta-feira (05/06) para tomar posição diante da crise desencadeada após o Secretário de Relações Institucionais, ao qual o Conselho está subordinado, José Henrique Reis Lobo, ter declarado que "ações afirmativas só em 500 anos". Depois da reunião, marcada para as 14h, na Rua Antonio de Godoy, sede do Conselho, está previsto um encontro com o Secretário da Justiça e Cidadania, Luiz Antonio Marrey. A reunião com Marrey, que não estava prevista, segundo observadores, denota a preocupação da área política do Governo, com a repercussão das declarações de Lobo e os prejuízos eleitorais que a ausência de políticas para os negros e a falta de sensibilidade, pode representar para a candidatura do governador José Serra à Presidência da República no ano que vem. ...

Leia mais
revista-epoca-cotas-raciais

Decisão que suspende cotas no RJ só entrará em vigor em 2010

Fonte: G1 Decisão foi do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio. Magistrados entenderam que não haveria tempo para alterações em edital.   O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio apreciou nesta segunda-feira (1º) o pedido de reconsideração da liminar que suspendeu as cotas para ingresso nas universidades estaduais fluminenses. De acordo com a assessoria de comunicação do Tribunal, os desembargadores decidiram, por maioria de votos, que a aplicação dos efeitos da liminar só passará a vigorar a partir do vestibular de 2010.   Por 19 votos a 5, a decisão aceitou recurso da Procuradoria Geral do Estado (PGE), que pedia que o vestibular 2010 fosse realizado em linha com seus editais, com as regras do sistema de cotas em vigor.   Atendendo a pedido do governo do Rio de Janeiro e da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), os magistrados entenderam que não haveria ...

Leia mais
negro

Juventude Negra Patrimônio do Brasil – por Eloá Kátia Coelho

-  Eloá Kátia Coelho* -  "... As vítimas do racismo, da discriminação racial, da xenofobia e formas correlatas de intolerância esperam ansiosas, que as decisões que adotem os Estados produzam uma mudança real em seus destinos..." trecho do discurso da Sra. Mary Robison, do Alto Comissionado da ONU, na abertura da II Prepcom em Genebra, maio de 2001..."   A categoria juventude, na faixa etária de 15 a 29 anos, está constituída há pouco tempo enquanto segmento social com atenção às políticas públicas, ou seja, como grupo de direitos. No Brasil, este processo adquiriu um avanço graças ao protagonismo juvenil de várias organizações de jovens, de pesquisadores desta temática, e sobre maneira, de gestores de Políticas Públicas para a Juventude. Em Abri de 2008, precisamente entre os dias 27 a 30, GOVERNO BRASILEIRO, representado pela SNJ - Secretaria Nacional de Juventude - realizou a primeira Conferência Nacional de Juventude, um ...

Leia mais
gse multipart6565

Raça, Sexualidade e Política: um estudo da constituição de organizações de lésbicas negras no Rio de Janeiro – por Regina Coeli

  Universidade Federal Fluminense Centro de Estudos Sociais e Aplicados Escola de Serviço Social - Programa de Estudos de Pós Graduados em Política Social. Dissertação de Mestrado de Regina Coeli Benedito dos Santos: Raça, Sexualidade e Política: um estudo da Constituição de Organizações de Lésbicas negras no Rio de Janeiro Leia a Dissertação completa em anexo PDF {rsfiles path="Raca-sexualidade-e-politica-dissertacao-Regina-Coeli.pdf" template="default"}

Leia mais
Festa do Colono e Olivio 017

Comunidade Quilombola da Favila recebe certificação

- Fonte: Írohín Jornal Online -     A comunidade remanescente de Quilombo, da Favila-1º distrito de Canguçu, esta em festa, pois, chegou nesta sexta-feira (29) à certidão de auto definição da comunidade. Este importante documento oficializa a comunidade para a fundação Palmares, habilitando na busca de recursos. O diretor da ONG CIEM, Elton Santos, comemora a chegada de mais uma certidão com reconhecimentos das comunidades de Canguçu. "Estamos felizes e sabemos da importância deste documento e do empenho da CIEM, em reunir a documentação necessária para obter esta certidão." revelou no Blog da entidade. A Fundação Cultural Palmares é uma entidade pública vinculada ao Ministério da Cultura, instituída pela Lei Federal nº 7.668, de 22.08.88, tendo o seu Estatuto aprovado pelo Decreto nº 418, de 10.01.92, cuja missão corporifica os preceitos constitucionais de reforços à cidadania, à identidade, à ação e à memória dos segmentos étnicos dos grupos formadores ...

Leia mais
foto-3-x-4

Sob pressão, presidente do Conselho de Negros passa mal

Fonte: Afropress S. Paulo - Submetida a intensa pressão e no meio de uma disputa que opõe - de um lado, o secretário de Relações Institucionais do Governo Serra, José Henrique Reis Lobo, e de outro, parte dos conselheiros que querem a renúcia coletiva do colegiado -, a presidente do Conselho da Comunidade Negra do Estado, Elisa Lucas Rodrigues, baixou ao hospital nesta quarta-feira (27/05) com crise de hipertensão. Ela estava no Palácio quando começou a se sentir mal e foi encaminhada de lá mesmo para o Hospital Bandeirantes com a pressão medindo 13x 19 - nível considerado muito alto. Ela foi submetida a uma bateria de exames e, por recomendação dos médicos que a atenderam, suspendeu todos os compromissos até a próxima semana, inclusive a reunião extraordinária do Conselho que havia sido convocada para esta sexta-feira (29/05). 500 anos A reunião foi solicitada por alguns conselheiros para uma tomada ...

Leia mais
esca

Kim Butler estuda os primeiros 50 anos vividos pelos negros após a alforria

Fonte: Folha Mais! Publicado em:  06 de junho de 1999. Especial para a Folha, em Nova York.   Alvorada da abolição A abolição, sabe-se, foi assinada em 1888. Pouco se conhece, no entanto, sobre o que aconteceu com os negros após a alforria. Parte dessa história está no livro "Freedoms Given, Freedoms Won" (Liberdades Dadas, Liberdades Conquistadas), lançado no ano passado pela historiadora norte-americana Kim Butler, 38. Embora o movimento negro seja um tema comum, Butler o pesquisa durante um período ainda pouco estudado: os primeiros 50 anos após a abolição, em São Paulo e Salvador.   Segundo Butler, professora da Universidade de Rutgers, em Nova Jersey (EUA), enquanto em São Paulo havia a busca por uma identidade negra, ou uma "política racial", em Salvador predominavam as diferenças étnicas entre as diversas nações africanas, caracterizando uma "política cultural".   Em São Paulo, havia nas décadas de 20 e 30 jornais ...

Leia mais
octavi-ianni

Entrevista – Otavio Ianni: O Preconceito Racial no Brasil

  Na entrevista realizada no dia 11 de dezembro passado, Octavio Ianni revela vários traços de sua personalidade como o autêntico scholar, ao examinar a trajetória do pensamento acadêmico paulista dentro do panorama brasileiro, relembrando a contribuição dos grandes mestres e definindo os dados principais das controvérsias em que a USP se engajou. Ele não se furta à oportunidade de emitir sua opinião a respeito de um tema que hoje se tornou candente - as cotas para os estudantes negros na universidade brasileira. Como sua postura como scholar é completada por um outro traço de sua personalidade - o militante que dá o melhor de si a fim de contribuir para a alteração de uma realidade social inaceitável e injusta -, Ianni analisa o preconceito racial em termos mundiais, onde "esses surtos de diferentes manifestações de racismo e intolerância estão imbricados com a dinâmica da sociedade". Aqui apresentamos os principais ...

Leia mais

Fesman no Brasil ressalta luta de negros

- Matéria publicada: 19-05-2009 - Fonte: Ministério da Cultura - Divulgação/ Fesman A cidade de Salvador, Bahia, foi escolhida para o lançamento do III Festival Mundial de Artes Negras no Brasil. O evento será realizado no dia 25 de maio, data em que se comemora o Dia da Libertação da África, instituída pela ONU, em 1972. A data simboliza a luta e o combate dos povos do continente africano pela sua independência e emancipação e representa a memória coletiva dos seus povos e o objetivo comum de unidade e solidariedade na luta para o desenvolvimento econômico do continente. A solenidade de abertura será no Teatro Castro Alves e terá a presença do presidente Lula, do presidente Abdoulaye Wade, do Senegal, dos ministros da Cultura dos dois países e de diversas autoridades. Serão apresentados shows de artistas, como Margareth Menezes, Carlinhos Brown e Gilberto Gil, entre outros. O tema para este III ...

Leia mais
fotoQuilombolas

Cultura negra e educação quilombola

Fonte: Írohín Jornal Online Sob o título geral de "As Experiências nas Comunidades Remanescentes de Quilombos no Sul do Brasil", o I Ciclo de Palestras sobre a Cultura Negra na América Latina teve continuidade com um segundo encontro no auditório da Faculdade de Educação da UFPel. Nesta sexta (15), a professora Georgina Helena Nunes Lima (dir.) foi apresentada por André Luís Pereira, mestrando em Sociologia na UFRGS (abaixo). Ela trouxe o tema: "Educação Quilombola numa Perspectiva mais Ampla a fim de se Chegar a uma Pedagogia Quilombola". Georgina formou-se na área da Educação Física e Educação Psicomotora, fez mestrado e doutorado em Educação na UFRGS e hoje trabalha na UFPel. A palestra começou com um audiovisual de 15 minutos, chamado "A África está em nós". Uma montagem de cerca de 400 fotografias e edição de Socorro Araújo, com trechos musicais muito expressivos da alma africana, mostrou a vida em comunidades ...

Leia mais
Quilombo Santo Amaro Seleo - Felipe 0014

Quilombolas: Registro ganha Plano de Ação Quilombola

Fonte: Írohín Jornal Online     A Secretaria de Estado da Saúde(SES) realiza até quarta-feira a Oficina “Plano de Ação Quilombola”, no município de Registro, onde estão localizadas 13 comunidades de remanescentes de povos escravizados, com cerca de 3 mil pessoas. O plano pretende implantar ações de saúde que atendam as necessidades desse segmento, levando em conta suas especificidades, como tradições até hoje preservadas. Nesse primeiro momento serão capacitados profissionais da atenção básica, principalmente os agentes comunitários de saúde. Parceiros do projeto, a Coordenadoria de Controle de Doenças (CCD/SES), Instituto de Saúde (IS/SES) e USP estão fazendo o diagnóstico das necessidades das comunidades levando em conta as interrelações que envolvem a saúde humana e o ambiente saudável. Matéria original: Quilombolas: Registro ganha Plano de Ação Quilombola

Leia mais
zumbidospalmares

Movimento Negro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre Movimento Negro (ou MN) é o nome genérico dado ao conjunto dos diversos movimentos sociais afro-brasileiros, particularmente aqueles surgidos a partir da redemocratização pós-Segunda Guerra Mundial, no Rio de Janeiro e São Paulo.   Histórico   Movimentos sociais expressivos envolvendo grupos negros perpassam toda a História do Brasil. Contudo, até a Abolição da Escravatura em 1888, estes movimentos eram quase sempre clandestinos e de caráter radical, posto que seu principal objetivo era a libertação dos negros cativos. Visto que os escravos eram tratados como propriedade privada, fugas e insurreições, além de causarem prejuízos econômicos, ameaçavam a ordem vigente e tornavam-se objeto de violenta repressão não somente por parte dos classe senhorial, mas do próprio Estado e seus agentes.   Resistência negra pré-Abolição   Quilombos, quilombolas, quilombagem A principal forma de exteriorização dos movimentos negros rebeldes contra a escravização, nos cerca de quatro séculos em que ...

Leia mais
Fundao-Cultural-Palmares

Comunidades quilombolas recebem certificação da Fundação Cultural Palmares

- Fonte: Terra Brasil -     O país ganhou 36 novas comunidades quilombolas com a certificação concedida pela Fundação Cultural Palmares. De acordo com o diretor de Proteção do Patrimônio Afro-Brasileiro da entidade, Maurício Reis, a certificação é a primeira etapa do processo de reconhecimento, quando a própria comunidade se autodefine quilombola e recebe uma certidão da Fundação. Mas, segundo ele, a certificação já é uma conquista e garante alguns direitos a essas pessoas. "A partir do momento em que a comunidade se auto-define remanescente de quilombo, se tem um olhar diferenciado para a implementação de fato de políticas públicas. Por exemplo, tem o programa do Ministério de Minas e Energia, Luz Para Todos", disse. Entre as comunidades que receberam a certificação estão a de Oiteiro dos Nogueiras, no município de Itapecuru, Estivas dos Mafras, em Mirinzal, Centro dos Cruz, Fazenda Conceição e Santa Rosa, no município de São ...

Leia mais
quilombolas e terra

Quilombolas reivindicam direito à terra; Aracruz Celulose contesta

Fonte: Repórter Brasil - Irohin - Moradores de Sapê do Norte aguardam titulação de território. Aracruz Celulose, que afima ser detentora da área, obteve mandato que suspendeu publicação de portaria que reconhece posse de uma das comunidades.   Das 34 comunidades quilombolas que fazem parte do território Sapê do Norte, ao norte do Espírito Santo, 25 possuem certificado da Fundação Cultural Palmares, ligada ao governo federal. Entre os municípios de Conceição da Barra (ES) e São Mateus (ES), famílias vivem cercadas por plantações de eucalipto da empresa Aracruz Celulose S/A, que briga na Justiça pela terra. De acordo com as famílias, o impacto da monocultura afeta a geração de renda, reduzindo o espaço para pequenas plantações. "Para onde olhamos, só vemos eucalipto. Os jovens crescem, não têm o que fazer aqui e acabam saindo para procurar emprego. Nós não queremos que eles saiam", desabafa Luzinete Serafim Landino, líder da comunidade ...

Leia mais
capa_relatorio2008_maior

Relatório das Desigualdades Raciais no Brasil 2007-2008

          Organizado pelo economista Marcelo Paixão, o Relatório Anual das Desigualdades Raciais no Brasil é um estudo que tem por eixo fundamental o tema das desigualdades raciais e sua mensuração através de indicadores econômicos, sociais e demográficos. Visa sistematizar os avanços e recuos existentes no Brasil em termos da equidade racial em seus diversos aspectos.   O Relatório tem por missão: Sistematizar e refletir sobre os avanços e recuos da eqüidade racial e de gênero no país, em seus diversos aspectos; Constituir uma referência para estudiosos e militantes do tema; Contribuir para a formulação, aplicação e avaliação de políticas públicas, sejam as sociais em geral, sejam as de promoção da eqüidade dos grupos de cor ou raça; Servir como meio de divulgação das condições de vida da população brasileira, desagregada pelas desigualdades de cor ou raça e; Formular denúncias e alertas, visando reverter situações de sofrimento ...

Leia mais
Página 148 de 149 1 147 148 149

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist