Guest Post »

121 anos de abolição: continuamos amordaçados

Fonte: Amazônia-Brasil –

Escrito por José Reis Dualibi

 

Eu não entendo mas procuro compreender do porque o Estado do Amapá procurou ou escolheu o “estrangeiro” Senador PRECONCEITUOSO e RACISTA José Sarney para representar o Estado no Senado da República Federativa do Brasil.

Apesar do Senador José Sarney ter criado a Fundação Palmares, hoje rebatizada como FUNDAÇÃO CULTURAL PALMARES, este Órgão Federal até o presente momento, apesar de ter mais de 20 anos, ainda não disse para que veio, não vejo cumprir nenhuma função em relação a população NEGRA, a que foi criada. Vejo apenas como um CURRAL ELEITORAL para a família Sarney assim como é a Secretaria Especial a Igualdade Racial – SEPPIR, criada pelo Presidente Lula para atender a todos os políticos do PT.

O nobre Senador José Sarney não tem nada a haver, com cara e o Estado do Amapá e sim do Maranhão.

O Exmo. Senhor Senador José Sarney é PRECONCEITUOSO e RACISTA contra a população NEGRA e a nossa Cultura.

A “ONU”, Órgão que o Brasil é signatário tem acusado sistematicamente o nosso País de RACISTA PERSISTENTE. Em uma outra ocasião acusou novamente de CORRUPTO, VIOLENTO e RACISTA contra os jovens adolescentes e crianças NEGRAS que vivem e moram nas Comunidades Carentes que o ESTADO invade e as ASSASSINA, colocando a culpa nos traficantes como justificativa, a população NEGRA do Brasil de mais de 80 milhões que somos LEITORES, CONSUMIDORES, ELEITORES, etc., que compomos a Nação Brasileira. Os nossos DIREITOS CIVIS não são respeitados, assim como a nossa LIBERDADE DE EXPRESSÃO através da Cultura para a nossa INCLUSÃO no Contexto Social.

Até a CONSTITUIÇÃO FEDERAL, os nossos DIREITOS FUNDAMENTAIS não são é respeitados pelos próprios políticos que a fizeram, a todo momento é MUDADA, MEXIDA, REMEXIDA, etc., para atender somente a grupos políticos para se perpetuarem no PODER, querendo imitar alguns governantes do Continente Sul-Americano, na tentativa de se criar ditadores no Brasil.

Aliás no Brasil não existe CONSTITUIÇÃO FEDERAL.
O que temos realmente é uma COLCHA DE RETALHOS.

Em 2008, escolhi um tema que foi os 120 ANOS DA ABOLIÇÃO, quando solicitei um apoio, orientação ou outro e qualquer forma de ajuda ao nobre Senador José Sarney que nuca em tempo algum teve um mínimo de EDUCAÇÃO para responder os e-mail abaixo, apesar de ser… “intelectual” e imortal.

Segue abaixo os 2 tipos e formas de endereços de e-mail, que funcionários do seu gabinete me passavam na tentativa do envio desta solicitação, para que chegasse ao seu conhecimento. Até os dias de hoje nunca jamais em tempo algum o nobre Senador José Sarney como já foi citado acima, tem ou teve um mínimo de EDUCAÇÃO para responder com uma destas palavras de 3 letras: SIM ou NÃO.

Desde março de 2008, data que foi feito o primeiro envio,estou aguardando qualquer tipo de resposta e… NADA vezes NADA.

O que senti e percebi foi: POUCO CASO, DESPREZO, PRECONCEITO, etc., pelos nossos problemas sociais porque não existe e nunca existiu interesse do Exmo. Senhor Senador José Sarney como também nenhum político de qualquer tipo ou forma de ideologias partidárias para resolver ou tentar resolve estes problemas sociais, principalmente da INCLUSÃO da população NEGRA no contexto Social

Como se vê, a própria Secretaria Especial da Igualdade Racial – SEPPIR, criada pelo “sorridente/carismático” Presidente Lula que foi criada para ATENDER, OUVIR, PROTEGER, DEFENDER as ditas MINORIAS/maiorias, principalmente os jovens adolescentes e crianças NEGRAS, não está cumprindo as funções a que foi criada.

Vejo e percebo que o Presidente Lula e o presidente do Senado da República Federativa do Brasil José Sarney, estão “SE LIXANDO PARA OS NOSSOS PROBLEMAS SOCIAIS CONTRA A VIOLÊNCIA e a CRIMINALIDADE”. no nosso BRASIL.

Agora estamos vendo a LAMA PODRE que se escondia nos ESGOTOS FÉTIDOS do SENADO FEDERAL, capitaneada justamente pelo representante do Estado do Amapá e Presidente do Senado José Sarney.

Será que o Estado do Amapá não tem nenhum político para concorrer e representar o próprio estado sem precisar IMPORTAR políticos de passado que antes era duvidoso que agora todas as dúvidas dissiparam?

Este é o Brasil que quer ter uma CADEIRA CATIVA no Conselho de Segurança da “ONU”, Órgão que o Brasil é signatário, mas NÃO TEM NO BRASIL nenhum programa de televisão direcionado a população NEGRA, nem nas TVs públicas Municipais, Estaduais, Federais e principalmente nas estatais “NBR” com o seu slogan: “A TV DO GOVERNO FEDERAL” e a TV BRASIL criada pelo Presidente Lula, que indicou a ex jornalista/colunista do jornal o Globo MARIA TEREZA CRUVINEL, para ser a Diretora/Presidente da referida emissora, que NEGA e RENEGA a produção de um programa denominado CULTURA EM PRETO & BRANCO, como consta abaixo, quando solicitei uma ajuda ao Senador José Sarney, para ter-mos os nossos DIREITOS CIVIS respeitados assim como a nossa LIBERDADE DE EXPRESSÃO através da Cultura para a nossa INCLUSÃO no Contexto Social.

Este é o Brasil que dizia e cantava em verso e prosa através de todos os tipos e formas para o Mundo, existir a tal DEMOCRACIA RACIAL.

Pois é: O Brasil da dita DEMOCRACIA RACIAL, levou “UM TAPA NA CARA dos EUA”, um dos Países mais RACISTAS do Mundo, quando elegeram um Cidadão NEGRO para ser Presidente da Nação mais poderosa do Planeta inclusive em todos os tipos e formas de DEMOCRACIA.

Para finalizar devo dizer que toda a FAMÍLIA SARNEY é PRECONCEITUOSO e RACISTA.
Tudo que solicitei no e-mail abaixo ao “patriarca”, eu pedi também tanto a Senadora/Governadora Roseana Sarney assim como o Dep. Sarney Filho do PV. Nenhum da FAMÍLIA SARNEY deram qualquer tipo de resposta.

Breve enviarei as mesmas solicitações que fiz ao Exmo. Senhor Senador José Sarney do PMDB/AP da República Federativa do Brasil, no ano de 2009, assim como dos seus filhos Roseana e Sarney Filho.

Quando o Deputado Federal Sérgio Moraes do PTB/RS, disse que: “ESTOU ME LIXANDO PARA A OPINIÃO PÚBLICA”, Pelo menos ele teve a coragem e a sinceridade de dizer o que todo os nossos políticos não coragem de fazer mas falam através de suas ações.

Os escândalos recentes do Senado envolvendo o nobre Senador José Sarney, têm a mesma causa dos problemas com o uso indevido com o Cartão Corporativo do Poder Executivo Federal: a falta de ética impulsionada pela falta de transparência.

Como se vê, o Senador José Sarney também, “ESTÁ SE LIXANDO” para o Racismo, Preconceito, Auto-Racismo, Duplo-Racismo, etc., que também contribuem para estes altos índices de VIOLÊNCIA e CRIMINALIDADE que afetam a todos nós brasileiros.

Matéria original: 121 anos de abolição: continuamos amordaçados

Related posts