quinta-feira, outubro 15, 2020

    Tag: escritoras negras

    (FOTO: REPRODUÇÃO/RAVI SANTANA - CARTACAPITAL)

    Quem são autoras negras referências do Brasil – e porque conhecê-las

    Autoras negras contam a história de um Brasil que por vezes, parece entrar em choque com um outro país retratado por poderosos. Por   GIOVANNA GALVANI, no Carta Capital Há quem afirme que a fome não seja um grande problema no Brasil. Elas sabem que é. Carolina Maria de Jesus, catadora pobre e autora de ‘Quarto de Despejo’ (1960), que vendeu mais de 100 mil cópias, sabia tanto que escreveu: “O Brasil precisa ser dirigido por alguém que já passou fome”. Carolina foi uma grande autora, mas não chegou a ser celebrada nos espaços de conhecimento. Na produção de textos, análises e pesquisas que consolidam outros brasileiros que estudam o Brasil, porém, as mulheres negras não figuram entre as grandes referências, mesmo sendo representantes das menos favorecidas na sociedade. Por quê? Bianca Santana, jornalista e autora de “Vozes Insurgentes de Mulheres Negras – do século XVIII  à primeira década do século XXI”, ...

    Leia mais
    Clube Negrita no Sesc (Foto: Monomito Filmes)

    Clube de leitura destaca obras de escritoras e escritores negros

    Geni Guimarães é a autora do livro escolhido para a próxima edição, com participação de Suzane Jardim   Do Livre Opinião  Clube Negrita no Sesc (Foto: Monomito Filmes) Dia 6 de julho, na biblioteca do Sesc Avenida Paulista, acontece mais uma edição do Clube Negrita, dessa vez, com o livro Leite do peito, de Geni Guimarães, escritora brasileira, que venceu o Jabuti e outros prêmios. Os contos presentes na obra são autobiográficos e narram acontecimentos da vida de uma menina negra até o início da sua fase adulta. Para trocar impressões sobre o livro e falar a respeito do contexto histórico, a organizadora e mediadora do clube, Bruna Tamires, terá a companhia da historiadora Suzane Jardim. O Clube Negrita incentiva a leitura de escritoras e escritores negros e o letramento através da leitura em coletivo, proporcionando a troca de ideias e a vivência conjunta em torno da literatura negra. Durante as sessões, cada ...

    Leia mais
    30/07/2017- Paraty- Mesa 17 - Amadas Ana Maria Gonçalves Conceição Evaristo Ao refazer sua trajetória com imagens e leituras, Conceição Evaristo, em conversa com Ana Maria Gonçalves, presta um tributo a outras vozes femininas africanas e da diáspora negra, como Angela Davis, Audre Lorde, Carolina de Jesus, Josefina Herrera, Nina Simone, Noêmia de Sousa, Odete Semedo, Paulina Chiziane e Toni Morrison. Foto: Walter Craveiro/Flip

    Conceição Evaristo entrega carta de apresentação e é oficialmente candidata à ABL

    Aos 71 anos, a escritora pode ser a primeira mulher negra a ocupar uma cadeira na Academia Brasileira de Letras no Revista Fórum Foto: Walter Craveiro/Flip A premiada escritora mineira, Conceição Evaristo, entregou a carta de apresentação, o que confirma sua candidatura à Academia Brasileira de Letras (ABL). Ela pleiteia a cadeira número 7, que está vaga desde a morte do cineasta Nelson Pereira dos Santos. Depois da criação de uma petição online, em apoio à escolha de Conceição, a iniciativa repercutiu na internet e já ultrapassou 20 mil assinaturas. “Assinalo o meu desejo e minha disposição de diálogo e espero por essa oportunidade”, diz um trecho da carta. A escritora já havia dito: “Eu quero entrar porque é um lugar nosso, porque temos direito”. Denise Carrascosa, professora de Literatura da Universidade Federal da Bahia, assinou o texto do abaixo-assinado: “A escritora mineira Conceição Evaristo reescreve ...

    Leia mais

    Secretaria de Cultura do Pará altera cartaz de Feira do Livro após polêmicas envolvendo racismo

    Programação também foi alvo de críticas por não incluir autores regionais, mulheres, negros e indígenas. A abertura do evento da Feira é nesta sexta, 27, em Marabá e faz parte da Feira do Livro Do G1 Cartaz de evento da Feira do Livro é alvo de críticas apontando racismo em representação de mulher negra carregando livros. (Foto: Reprodução / Secult) Um cartaz da XXII Feira Pan-Amazônica do Livro, que tem abertura nesta sexta-feira (27) em Marabá, sofreu alterações após críticas. A peça de divulgação do Salão do Livro Circuito Sul e Sudeste do Pará destacava a imagem de uma mulher negra carregando livros na cabeça e gerou revoltas. A programação da Feira também foi alvo de reclamações pela falta de mulheres escritoras, negros e indígenas entre os convidados e homenageados. O evento ocorre no sudeste do estado, e assim como o Circuito do Baixo Amazonas, faz ...

    Leia mais

    “Uma ferramenta de resistência identitária” chamada Djidiu

    Ao longo de um ano, vários afrodescendentes reuniram-se em Lisboa para dizer poesia e partilhar a experiência de ser negro. A associação Afrolis edita agora algumas dessas vozes em formato de livro. O lançamento é esta terça-feira, no Museu do Aljube. Por Joana Gorjão Henriques Do Publico Carla Fernandes fundou a o audioblogue Afrolis e dinamizou as sessões Djidiu que deram origem ao livro agora editado ENRIC VIVES-RUBIO Quando tudo isto começou, em Março de 2016, praticamente nenhum dos intervenientes tinha livros publicados. Chegavam às sessões e diziam poemas escritos de propósito para o evento, poemas que estavam na gaveta, poemas que estavam encravados. Quase dois anos depois, eis que a primeira frase deste texto já não se aplica. O Djidiu – a Herança do Ouvido, uma espécie de clube de poetas negros que tinha como objectivo produzir conhecimento sobre a condição dos afrodescendentes em Lisboa, passou dessas ...

    Leia mais

    7 livros de escritoras negras da Flip 2017 que você precisa conhecer

    Uma lista de títulos para ler antes e depois da 15ª Festa Literária Internacional de Paraty.   Por Amauri Terto Do Huffpost Brasil Faltam poucos dias para 15ª edição da Flip (Festa Literária Internacional de Paraty). Entre 26 e 30 de julho, a cidade história do litoral sul do Rio de Janeiro será palco de reflexões e debates sobre as atuais narrativas produzidas no Brasil e no mundo. Com curadoria da jornalista Josélia Aguiar, o evento literário mais importante do país abre neste ano espaço inédito para a diversidade de vozes da literatura negra. E não só isso. Pela primeira vez em sua história, a Flip traz um número de autoras supera o de autores. Serão 22 mesas com 46 autores, dos quais 22 são homens e 24 são mulheres. O escritor homenageado deste ano será Lima Barreto (1881-1922), autor marginal cuja trajetória foi marcada pela crítica contundente ao cotidiano racista e de segregação ...

    Leia mais

    Espelho das iabás

    A literatura de Conceição Evaristo como defesa e processo de autorreconhecimento da mulher negra Por Bianca Santana Enviado para o Portal Geledes Um dia, agora ela já sabia qual seria a sua ferramenta, a escrita. Um dia, ela haveria de narrar, de fazer soar, de soltar as vozes, os murmúrios, os silêncios, o grito abafado que existia, que era de cada um e de todos. Maria-Nova um dia escreveria a fala de seu povo. Conceição Evaristo, em Becos da Memória “Oiá descobriu sua beleza nos espelhos de Oxum” Reginaldo Prandi, em Mitologia dos Orixás Iabás, na tradição iorubá, são as orixás femininas. As mais conhecidas no Brasil são Iemanjá, Oxum, Oiá-Iansã, Nanã. Cada uma delas representa uma força da natureza; tem poderes, características e instrumentos próprios. Duas possuem espelhos: Oxum, senhora das águas doces, dona da vaidade, da fertilidade e do ouro, e Iemanjá, dos mares e oceanos, mãe dos orixás e ...

    Leia mais

    Escritor Benjamin Moser é acusado de racismo por trecho em biografia de Clarice Lispector

    Benjamin Moser escreveu que, ao lado de Lispector, ‘Carolina parece tensa e fora de lugar, como se alguém tivesse arrastado a empregada doméstica de Clarice para dentro do quadro’ no Cult O escritor e historiador Benjamin Moser, autor da mais recente biografia de Clarice Lispector, vem sendo acusado de racismo desde que um trecho do livro, publicado no Brasil em 2011, foi resgatado nas redes sociais. A lembrança veio da autora mineira Ana Maria Gonçalves. No último sábado (14), ela republicou uma passagem de Clarice em que Moser descreve uma imagem na qual Lispector aparece conversando com Carolina Maria de Jesus durante o lançamento de um livro. As escritoras Clarice Lispector e Carolina de Jesus durante o lançamento de um livro (Foto: Acervo de divulgação/ Editora Rocco) “Numa foto, ela aparece em pé, ao lado de Carolina Maria de Jesus, negra que escreveu um angustiante livro de memórias ...

    Leia mais
    Print

    Carta aberta à Festa Literária Internacional de Parati – Cadê as Nossas Escritoras Negras na FLIP 2016?

    No dia 23 de junho de 2016, participei de um momento mágico, daqueles que precisaremos de muito tempo para conseguir elaborar seu significado, sua importância. Refiro-me a uma fantástica roda de conversa com diversas Autoras Negras (maiúsculo proposital). Realizada no Terreiro Contemporâneo, no Centro do Rio de Janeiro, a atividade contou com Conceição Evaristo, Cristiane Sobral, Débora Almeida, Elaine Marcelina, Esmeralda Ribeiro, Lia Vieira, Mel Adún, Mirian Alves e muitas outras mulheres negras que com sua vasta produção afirmam, em termos próprios, que o texto escrito pode ser o que quisermos que ele seja. POR GIOVANA XAVIER, do Conversa de Historiadoras Em círculo, aprendi com Esmeralda Ribeiro que para Mulheres Negras, a palavra representa nossa “navalha”. E é de posse desta “palavra-navalha” que registro minha indignação frente à ausência de Autoras Negras na programação oficial da FestaLiterária Internacional de Parati 2016. Em um país de maioria negra e de mulheres, ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist