terça-feira, novembro 24, 2020

    Tag: esporte

    O nadador haitiano que, sem piscina olímpica, treinou para Rio 2016 com vídeos de Phelps

    Em meio à profusão de atletas, dirigentes, convidados e jornalistas passeando pela Zona Internacional da Vila dos Atletas da Rio 2016, Frantz Dorsainvil apenas observa o vaivém. Busca identificar algum integrante da equipe americana de natação, na tentativa de enviar um recado para o lendário Michael Phelps, o maior medalhista olímpico de todos os tempos. Por Fernando Duarte, do BBC  Parece pura tietagem, só que é mais uma questão gratidão: foi com a ajuda involuntária do múltiplo campeão que Dorsainvil, 25 anos, chegou à sua primeira Olimpíada. E Phelps, de certa fora, ensinou o haitiano a nadar. “Assisti a todos os vídeos de Michael em que consegui pôr as mãos para tentar entender a mecânica de suas braçadas e pernadas. Ele foi uma imensa inspiração para mim”, conta à BBC Brasil o único nadador do Haiti a participar da Olimpíada brasileira - e apenas o segundo na história haitiana na competição. ...

    Leia mais

    Os judocas do Congo que eram presos em jaulas após derrotas e hoje sonham com medalha no Rio

    No Brasil desde 2013, os judocas congoleses Yolande Bukasa e Popole Misenga estarão na equipe de atletas refugiados que vão competir sob a bandeira do Comitê Olímpico Internacional nos Jogos do Rio 2016. Por Rodrigo Pinto, da BBC  No entanto, mais do que brigar por medalhas, Yolande e Popole esperam aparecer na TV durante a competição e, assim, serem vistos por suas famílias, de quem estão distantes há quase 20 anos. "Não sei se estão vivos", diz Yolande, que vive de favor na Cidade Alta, favela na Zona Norte do Rio. "Em uma competição no Brasil, todas as pessoas na África vão querer ver, vão assistir na televisão", emenda Popole, que mora com a esposa brasileira e filho em um quarto e sala na favela Cinco Bocas, em Brás de Pina. Os congoleses vieram ao Brasil disputar uma competição internacional três anos atrás. Mas contam que o chefe da delegação congolesa ...

    Leia mais

    Como as mulheres tornaram os EUA uma máquina de medalhas

    Durante um bom tempo, o número de esportes olímpicos disputados por mulheres foi bem menor que o de homens. A mudança veio aos poucos - no atletismo, modalidade mais tradicional dos Jogos, elas só puderam competir mais de 30 anos depois que eles. Por Renata Mendonça e Dora Anderáos, da BBC  Apenas nos Jogos de 2012, em Londres é que, pela primeira vez, com o advento do boxe feminino, as mulheres puderam competir em todos os esportes olímpicos. Mas se teve um país que apostou em uma política de igualdade de oportunidades no esporte e hoje colhe os frutos disso, esse país é os Estados Unidos. Em 2012, nos Jogos de Londres, os americanos conquistaram o primeiro lugar do quadro de medalhas principalmente por conta dos resultados das mulheres: enquanto os homens trouxeram 45 medalhas para o país, elas foram responsáveis por 58. Em ouros, a diferença também é grande - ...

    Leia mais

    Time de meninas passa por grandes de São Paulo e é campeão de torneio masculino

    Um dos principais celeiros de jogadoras de futebol feminino no País, o Centro Olímpico de São Paulo resolveu arriscar. Sem torneios de base para jogar, pediu autorização para disputar a tradicional Copa Moleque Travesso, disputada no Juventus da Mooca. O que ninguém esperava é que a equipe fosse deixar para trás times de camisa como São Paulo, Corinthians, Portuguesa e Flamengo para faturar o título no sub-13. Por Demétrio Vecchioli, do Estadão    “Como a diferença física é bem grande, a gente propôs entrar com um time um ano mais velho e eles aceitaram, só uma equipe se opôs. A maioria dos times super apoiou a ideia, disse que tinha que permitir a integração das meninas”, conta Lucas Piccinato, técnico que comandou a equipe na final do torneio, domingo, contra o São Paulo Piloto, a primeira unidade da escolinha tricolor. Tiago Viana, treinador do time, tinha viagem de férias marcada. Do elenco de 18 ...

    Leia mais

    Cristiano Ronaldo dedica o título europeu a todos os imigrantes

    Cristiano Ronaldo não é craque apenas dentro do campo. Em meio a uma onda de intolerância que toma conta da Europa com o referendo que aprovou a saída do Reino Unido da União Europeia e a rejeição a imigrantes que saem de zonas de guerra em busca de uma vida melhor no Velho Continente, o atacante português dedicou o primeiro título da história de Portugal na Eurocopa a todos os imigrantes. Do Jornal do Comércio  "É um troféu para todos os portugueses, para todos os imigrantes, todas as pessoas que acreditaram em nós. Estou muito feliz e muito orgulhoso", disse o atacante de 31 anos. Portugal foi campeão graças a um gol decisivo de Éder, jogador nascido em Guiné-Bissau, na África, e que entrou no segundo tempo para balançar as redes do goleiro LLoris na prorrogação. Dos 23 campeões portugueses, nove nasceram em outros países. Além de Guiné-Bissau, há atletas ...

    Leia mais
    PARIS, FRANCE - JULY 10: Eder of Portugal celebrates after Portugal's 1-0 win against France during the UEFA EURO 2016 Final match between Portugal and France at Stade de France on July 10, 2016 in Paris, France. (Photo by Stanley Chou/Getty Images)

    Cristiano Ronaldo? Portugal deve o título a Éder, um jovem nascido em Guiné-Bissau

    Não se trata de diminuir o tamanho de Cristiano Ronaldo, mas Portugal deve a outro atleta a festa que vive desde ontem. Éder, um jovem negro nascido na Guiné-Bissau. Por  Rafael Nardini, do HuffPost Brasil   Após atuar todos os minutos da Eurocopa de 2016, Cristiano Ronaldo saiu de campo lesionado aos 25 do primeiro tempo da final e viu do banco de reservas a sua seleção portuguesa vencer por 1 a 0 a anfitriã França, na prorrogação, e alcançar o título inédito. Com isso, alguém precisava suprir a lacuna. Coube ao jovem africano naturalizado português. Após entrar em campo aos 34 minutos do segundo tempo, o atacante Éder foi o responsável por marcar o gol mais importante da história de Portugal, que garantiu o primeiro título do país na Eurocopa. "Cristiano Ronaldo me disse que eu faria o gol da vitória e com toda a equipe, passou-me essa força, essa ...

    Leia mais

    Cuba punirá jogadores da seleção de vôlei detidos após acusação de estupro

    Após seis jogadores serem acusados de "estupro agravado" na cidade de Tampere, na Finlândia, a Federação Cubana de Vôlei (FCV) informou que adotará "medidas" por comportamento que "não corresponde à ética e aos princípios". Da  Folha de São Paulo  "No plano interno tomaremos as medidas que exigem comportamentos que não correspondem à ética e aos princípios nos quais fomos educados", declarou a FCV em um comunicado divulgado na imprensa local. Os jogadores envolvidos são Osmany Santiago Uriarte Mestre, Abrahan Alfonso Gavilán, Ricardo Norberto Calvo Manzano, Rolando Cepeda Abreu, Luis Tomás Sosa Sierra e Dariel Albo Miranda. Eles estão na Finlândia, onde a seleção cubana disputou partidas pela Liga Mundial de vôlei. De acordo com a imprensa finlandesa, o estupro ocorreu no hotel onde a seleção cubana estava hospedada. Os acusados devem comparecer nesta terça-feira diante de um tribunal que determinará se serão soltos ou colocados em detenção provisória. A seleção ...

    Leia mais

    Por que não há uma única mulher entre os 39 atletas mais bem pagos do mundo

    Às vésperas das Olimpíadas do Rio de Janeiro, a Forbes lançou a lista dos 100 atletas mais bem pagos do mundo. No topo, um homem, Cristiano Ronaldo. Até aí, nenhum problema, afinal, trata-se de um atleta de talento e popularidade inquestionáveis. A coisa muda de figura quando descemos os olhos pela tabela. Segundo candidato? Homem. Terceiro? Também. E quarto, quinto, sexto… assim até a 40ª posição, quando aparece Serena Williams. A única outra mulher da lista é Maria Sharapova, em 88º lugar. Por Nana Queiroz, da UOL O argumento principal de quem acha que não existe nada de mais nesse ranking é o de que os homens atraem mais público e mais patrocinadores, logo, merecem melhor pagamento. Além de ser um argumento falso - a seleção de futebol feminina dos Estados Unidos, por exemplo, tem mais títulos do que a masculina, arrecada US$ 20 MILHÕES A MAIS e ganhava, até ...

    Leia mais

    Corinthians tem primeiro técnico negro em 24 anos. E por que isso é importante?

    O acerto entre Cristóvão Borges e Corinthians engloba ao menos uma questão que vai muito além das quatro linhas: a (des)igualdade racial no futebol. Pela primeira vez em 24 anos, "o clube mais brasileiro" volta a ser comandado por um técnico negro. POR LUCAS FARALDO, do Meu Timão‎ Em 1991, Cilinho teve breve passagem como treinador do Timão, sem obter o mesmo sucesso que teve à frente do São Paulo com os chamados "Menudos do Morumbi". No ano seguinte, Basílio, também negro, teve breve passagem como técnico no Parque São Jorge. De lá para cá, 28 técnicos assumiram a equipe profissional de futebol do Corinthians. Todos brancos. Cilinho foi técnico do Timão no início da década de 90 (Foto: Divulgação) Na visão de Marcelo Carvalho, diretor executivo do Observatório da Discriminação Racial no Futebol, a contratação de um técnico negro por parte de um clube do tamanho do Corinthians tem influência ...

    Leia mais

    Sétima rodada do Paulistão 2016.

    A sétima rodada do campeonato paulista 2016 guardou algumas surpresas para os quatro grandes de São Paulo e demonstra que os torcedores de Santos, São Paulo, Palmeiras e Corinthians terão um ano cheio de emoções e debates acalorados sobre o futebol apresentado por estas equipes. O destaque vem do interior, as campanhas de São Bento de Sorocaba e Ferroviária de Araquarara. Enviado por Rodnei Jericó via Guest Post para o Portal Geledés  Tivemos no sábado (27) o São Paulo foi a campinas e perdeu para a Ponte Preta pelo placar de 1 x 0, reflexo do momento ruim que o time do Morumbi atravessa dentro e fora das quatro linhas. As confusões políticas em sua administração com dirigentes se manifestando através de redes sociais para adjetivar jogadores do elenco, salários em atraso, discussão dentro do elenco, ou seja, uma série de temperos que deixam o clima nos bastidores do Morumbi bem apimentados e isto se reflete dentro de campo, com jogadores ...

    Leia mais

    Conselho Nacional do Esporte decide que capoeira é esporte

    Chegou ao fim uma discussão que perdurava há tempos: capoeira é esporte. A decisão foi tomada pelo Conselho Nacional do Esporte (CNE), órgão consultivo do Ministério do Esporte. Como havia o entendimento de que capoeira é uma dança, a modalidade não podia ser beneficiadas por programas do Ministério do Esporte, como o Bolsa Atleta. Do Educação Física  “A capoeira é esporte, tem competições, são atividades importantes para o condicionamento físico. Crianças, adultos e idosos praticam a mesma para diminuir a obesidade e, principalmente, são atividades que têm federações e confederação. Já tinha aprovação do Conselho, mas ainda não havia a publicação do Ministério do Esporte de uma resolução a esse respeito”, comemorou Jorge Steinhilber, presidente do Conselho Federal de Educação Física (CFEF). A decisão que beneficia a capoeira também afeta outras artes marciais. A partir do momento que o Ministério do Esporte publicar resolução admitindo-as como modalidades esportivas, a pasta pode ...

    Leia mais

    Taça Libertadores da América

    A Taça Libertadores das América, hoje torneio de futebol mais importante do continente americano teve sua primeira edição em 1960, com apenas 7 equipes, sagrando-se campeão naquela oportunidade o Peñarol –URU. Em 1961, em sua segunda edição participaram 9 equipes e o Peñarol – URU novamente seguiu a final, derrotando o Olímpia – PAR nas semifinais e na final teve somo adversário o palmeiras – BRA, sagrando-se bicampeão derrotando o time brasileiro. Enviado por Rodnei Jericó via Guest Post para o Portal Geledés  Em 1962, o Peñarol que vinha dominando o cenário sul-americano, com seu bi campeonato naquele que com os anos passaria a ser o mais importante torneio de futebol das Américas a TACA LIBERTADORES, enfrentou outro brasileiro, o Santos de Pelé, e resultado não poderia ser outro, Santos campeão, seguindo para o bicampeonato em 1963 quando enfrentou e derrotou o Boca Juniors – ARG. Importante destacar que nos primeiros anos da Taça Libertadores era, ao menos em tese, ...

    Leia mais
    Fotografia registrada na Copa da Amizade realizada em agosto de 2015

    Jogadores haitianos contam suas histórias e sonhos em nova série do SP Invisível

    Jogadores de equipe haitiana, que participa da Copa São Paulo, relata suas histórias e revela seus sonhos em nova série do SP Invisível Por ANDRÉ NICOLAU, do Catraca Livre  Cinco histórias e só um sonho em jogo: vestir a camisa de um grande time de futebol. Assim começa a história do Pérolas Negras do Haiti, equipe amadora de imigrantes que participa da Copa São Paulo de Futebol Junior em busca de um lance de sorte que transforme suas próprias vidas. E a trajetória dos atletas ganha destaque na página SP Invisível, que apresenta a história de cinco jogadores na série #AtletasInvisiveis. Começa nesta segunda e segue até sexta-feira, sempre às 23h. Haitianos buscam a primeira vitória na competição  Na 47ª edição da copa, a equipe convidada, formada por atletas amadores, foi derrotada no último domingo pelo Juventus por 2 a 1, na Rua Javari. Nesta terça-feira, o time haitiano volta a campo para enfrentar ...

    Leia mais

    História sobre racismo institucionalizado nos EUA e a posição de Quarterback

    “Há quanto tempo você é um quarterback negro?”. Esta foi uma das perguntas que Doug Williams recebeu no Media Day do Super Bowl XXII, no qual Washington venceu Denver no segundo título da história da franquia. Aquele, definitivamente, foi um paradigma – um tanto irônico. Desde então, Williams é o único quarterback de etnia afro-americana a vencer um título da NFL até Russell Wilson no Super Bowl XLVIII. E irônico porque foi justamente pela última franquia a aceitar negros no elenco. por Antony Curti no PróFutebol Será que a cor da pele de um jogador na posição mais importante dos esportes americanos define sua habilidade, inteligência ou liderança? Em minha honesta opinião, define tanto quanto a cor dos cabelos ou a cor dos olhos: em nada. É justamente isso que me motivou a escrever este texto enorme. Já adianto: não são todos que vão concordar com o que está escrito aqui. ...

    Leia mais

    Escândalo de doping pode consagrar africana que teve que provar ser mulher

    A sul-africana Caster Semenya, 24, pode herdar duas medalhas de ouro de uma só vez por causa do escândalo de doping envolvendo a equipe russa de atletismo. Ela foi medalhista de prata nos 800m no Mundial de Daegu-2011, na Coreia do Sul, e nos Jogos Olímpicos de Londres-2012. Em ambas as provas, foi superada por Mariya Savinova, 30. Por Daniel Brito Do Blog do Brito Mas Savinova está enrolada até o último fio de cabelo com o escândalo de ocultação de resultados positivos de doping que ocorreu de forma sistemática com a anuência da agência russa de combate à dopagem e do ministério do esporte do país. Em relatório divulgado no início desta semana pela Wada (Agência Mundial Antidopagem), a campeã olímpica dos 800m merece um capítulo à parte. A agência tem gravações telefônicas de Savinova admitindo o uso de substâncias para melhorar a performance nas competições e, ainda por cima, ...

    Leia mais
    ST. FRANCIS, WI - SEPTEMBER 28: John Henson #31 of the Milwaukee Bucks poses for a portrait during Media Day on September 28, 2015 at the Orthopaedic Hospital of Wisconsin Training Center in St Francis, Wisconsin. NOTE TO USER: User expressly acknowledges and agrees that, by downloading and or using this Photograph, user is consenting to the terms and conditions of the Getty Images License Agreement. Mandatory Copyright Notice: Copyright 2015 NBAE (Photo by Gary Dineen/NBAE via Getty Images)

    John Henson recebe R$ 11 milhões por ano. Mas uma joalheria dos EUA preferiu barrar a entrada dele

    John Henson, pivô do Milwaukee Bucks, franquia de Wisconsin na NBA, passou por apuros nesta segunda-feira (19). Tudo por conta de mais um grave episódio de racismo. Por Rafael Nardini, do Brasil Post  Henson contou ter sido barrado na porta da luxuosa joalheria Schwanke-Kasten, em Milwaukee. Segundo o atleta, com a sua chegada, a porta foi trancada e ele foi mandado embora. Em seguida, policiais apareceram para só então o acesso de Henson ser liberado. Em sua conta no Instagram, Henson decidiu expor o caso. "Este foi um dos casos de preconceito racial mais degradantes que já vi e não desejo isso a ninguém. Essa loja precisa ser denunciada, e é o que estou fazendo". Thomas Dixon, proprietário da joalheria, disse que seus funcionários negaram a entrada de Henson por conta de orientações da polícia, que pedia que eles fossem chamados caso um Chevrolet Tahoe vermelho se aproximasse dali. O Milwaukee Bucks saiu ...

    Leia mais

    6 jovens que devem brilhar no Mundial de Atletismo

    O Ninho de Pássaro, em Pequim, recebe a partir da noite desta sexta-feira (manhã de sábado na China) o Campeonato Mundial de Atletismo. No palco onde Usain Bolt se apresentou ao mundo, nos Jogos Olímpicos de 2008, passarão centenas de atletas até domingo, dia 30. Alguns destes atletas são jovens que já chegam à competição como favoritos ou com boa chance de abocanhar a medalha de ouro. O Esporte Final apresenta abaixo seis deles. Fique atento: valerá a pena acompanhá-los com atenção. Por Rodrigo Borges, do Carta Capital  Alemitu Heroye (ETI) 10.000 metros Campeã mundial júnior dos 5.000 metros no ano passado (vídeo acima), Alemitu, 20 anos, estreou nos 10.000 metros no campeonato etíope deste ano. Com sucesso: cravou 30min50s83 e se classificou para o Mundial com a segunda melhor marca do ano, atrás apenas da compatriota Gelete Burka, vencedora da prova que marcou a estreia de Alemitu. Apenas uma surpresa de ...

    Leia mais
    Aaron Favila / AP

    Serena vence em Wimbledon pela sexta vez e completa o ‘Serena Slam’

    Mais uma vez a norte-americana Serena Williams saiu de um Grand Slam com um título. Neste sábado foi a vez da número 1 do mundo levantar pela sexta vez o troféu de Wimbledon, derrubando a espanhola Garbiñe Muguruza na decisão em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/4, em 1h24 de confronto. no UOL Esta foi a quarta conquista seguida da caçula das irmãs Williams nos quatro principais torneios do circuito, completando o 'Serena Slam' (nome dado ao feito de Serena de vencer os quatro Slam de maneira consecutiva, porém não no mesmo ano). A norte-americana já conseguiu isso uma vez antes, entre os anos de 2002 e 2003. O objetivo agora é alcançar um feito que apenas quatro jogadoras conseguiram na história: vencer os quatro Grand Slam em um mesmo ano. Até então, as únicas a fazerem isso foram a norte-americana Maureen Connolly (1953), a australiana Margaret Smith Court ...

    Leia mais

    Isaac de Souza de 15 anos vai representar o Brasil no Mundial de Esportes Aquáticos

    Com apenas 15 anos de idade, o jovem Isaac de Souza será um dos 11 representantes do Brasil no Mundial de Esportes Aquáticos, que acontece em Kazan, Rússia, no mês de agosto. Ele se junta à equipe de saltos ornamentais, que por mais de uma década contou com apenas três atletas. no Brasil Post por Pedro Sibahi Desde os Jogos Olímpicos de Barcelona, a equipe brasileira da modalidade teve a participação de Cassius Duran (de 2000 a 2008), Juliana Veloso (de 2000 a 2012), Hugo Parisi e Cesar Castro (ambos de 2004 a 2012). Isaac já vinha sendo apontado como grande nome da geração que se preparava para o Rio, chegou a se afastar do esporte em 2013, traumatizado com as exigências da comissão técnica, comandada por uma chinesa, mas retornou para a esquipe. Revelado pela APOE, o jovem agora compete pelo Tijuca Tênis Clube, do Rio de janeiro. No Troféu Brasil, ...

    Leia mais

    Proibidas de andar de bicicleta, meninas afegãs encontram liberdade no skate

    Em muitas comunidades afegãs, é um costume proibir as mulheres de andar de bicicleta. Mas, muitas vezes, o que elas perdem nesse caso é um meio de transporte. A ONG Skateistan, localizada em Cabul, Afeganistão, está encontrando uma outra maneira de dar mais liberdade às meninas do país: ensiná-las a andar de skate. Do Hypeness A nova atividade tem como fim torná-las mais envolvidas com a escola, mas também serve como uma ótima fonte de diversão e exercício físico. Mais de 50% das crianças atendidas pelo programa trabalham na rua e mais de 40% destas são meninas. O sucesso da iniciativa levou a ONG a atuar também no Camboja e na África do Sul. Como uma maneira de mostrar a realidade destas garotas e o impacto do skate em suas vidas, a fotógrafa Jessica Fulford-Dobson criou uma série em que mostra as garotas aprendendo a usar o skateboard na sede na ONG. As imagens são inspiradoras ...

    Leia mais
    Página 5 de 6 1 4 5 6

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist