segunda-feira, outubro 26, 2020

    Tag: musica negra

    TV Globo Johnny Alf em Festival dos Festivai (foto: Rede Globo )

    Johnny Alf

    Alfredo José da Silva, o grande Johnny Alf, nasceu no Rio de Janeiro RJ em 19 de Maio de 1929. Seu pai, cabo do Exercito, morreu em 1932 e a mãe foi trabalhar na casa de uma família, que o criou e custeou seus estudos. Começou a aprender piano clássico aos nove anos, com Geni Borges, amiga da família, logo demonstrando interesse por compositores do cinema norte-americano, como George Gershwin e Cole Porter. Pelos 14 anos, formou um conjunto com amigos em Vila Isabel, indo tocar nos fins de semana na Praça Sete, do Andaraí. Cursou ate o segundo ano do Colégio Pedro II, onde entrou em contato com o pessoal do Instituto Brasil-Estados Unidos, que o convidou para participar de um grupo artístico. TV Globo Johnny Alf em Festival dos Festivai (foto: Rede Globo ) Eu e Brisa{mp3}eu_e_a_brisa{/mp3} Por sugestão de uma amiga norte-americana, adotou ...

    Leia mais
    Luciana Mello (Foto: Ike Levy)

    Luciana Mello

    Luciana Mello Oliveira (São Paulo, 22 de janeiro de 1979) é uma cantora e compositora brasileira. Desde os seis anos Luciana vem cantando sem parar, gravando ao lado do pai Jair Rodrigues a canção "O Filho do Seu Menino", de Rildo Hora. Depois participou de um disco infanto-juvenil com o Fofão, personagem gorducho que fez sucesso na TV nos anos 80. Quatro anos depois, já com 10 anos, participou de um pout-porri - junto com Jair - da lendária canção "Dois na Bossa", gravada por seu pai e Elis na década de 60. Camicaze{mp3}camicaze{/mp3}   Luciana Mello (Foto: Ike Levy) Aos 12 anos montou uma banda com o irmão Jairzinho intitulada "Jairzinho e a Patrulha do Barulho". Durou apenas um ano, mas apesar disso, pôde lançar um disco e viajar para vários lugares. Embora a banda tenha terminado, Jairzinho e Luciana decidiram continuar a fazer shows ...

    Leia mais
    Foto: Anderson Barros

    Zezé Motta

    Maria José Motta de Oliveira, conhecida como Zezé Motta (Campos dos Goitacases, 27 de junho de 1944) é uma atriz e cantora brasileira. Mudou-se com a família para o Rio de Janeiro quando tinha dois anos de idade. Freqüentou a escola do teatro Tablado. Começou a carreira de atriz em 1967, estrelando a peça Roda-viva, de Chico Buarque. Em 1969, atuou em Fígaro, fígaro, Arena canta Zumbi e A vida escrachada de Joana Martini e Baby Stompanato. Em 1972, participou de Orfeu negro e, em 1974, atuou em Godspell.   Foto: Anderson Barros   A carreira de cantora teve início em 1971, em casas noturnas paulistas. De 1975 a 1979, lançou três LPs. Nos anos 80, lançou mais três discos. Filmes Participou de filmes como Vai trabalhar, vagabundo (1973), Ouro Sangrento, Anjos da Noite, Tieta do Agreste, Xica da Silva (1976) e que a consagrou internacionalmente, ...

    Leia mais
    Teresa Cristina canta Cartola no Teatro RioMar (Foto: Filipes Marques/Divulgação)

    Teresa Cristina

    Teresa Cristina Macedo Gomes (Rio de Janeiro, 28 de fevereiro de 1968), mais conhecida como Teresa Cristina, é uma cantora brasileira. A carreira de Teresa Cristina e do Grupo Semente começou em 1998, quando Teresa reuniu os músicos Bernardo Dantas, João Callado, Pedro Miranda e Ricardo Cotrim com o objetivo de fazer um show em homenagem à Candeia. O projeto acabou não acontecendo mas, naquele mesmo ano, eles começaram a se apresentar no Bar Semente, que acabou dando nome à banda que a acompanhava, estreando sua programação noturna. Depois do sucesso no Semente, passaram a tocar em outras casas noturnas da Lapa, como o Carioca da Gema e o Centro Cultural Carioca, para um público cada vez maior, transformando o bairro num pólo de atividades culturais e num dos locais de maior visibilidade da noite carioca.   Teresa Cristina canta Cartola no Teatro RioMar (Foto: Filipes ...

    Leia mais
    Daniel Ach

    Daúde

    Maria Waldelurdes Costa de Santana Dutilleux (Salvador, 23 de setembro de 1961), artisticamente conhecida como Daúde, é uma cantora brasileira. Daniel Ach Cantora. atriz e modelo, até os 11 anos de idade Daúde residiu em Salvador, quando então mudou para o Rio de Janeiro com os pais e os três irmãos mais novos. Aos 18 anos começou a estudar canto no Instituto Villa-Lobos e teatro na Escola Martins Pena. Formou-se, mais tarde em Letras (Português e Literatura), pela Universidade Santa Úrsula do Rio de Janeiro. A música brasileira tem conseguido projetar para o mundo uma imagem expressiva, vibrante e alegre. Através da nossa herança afro-musical, ela colabora para que o brasileiro assuma sem reservas sua identidade negra e mestiça. Do samba ao funk, do jongo ao jungle, do maracatu baião e carnaval, a música brasileira é diferenciada, e legitima nossa origem africana, transpondo a barreira do ...

    Leia mais
    (Foto: Flavio Moraes/G1)

    Mart’nália

    Martnália Mendonça Ferreira, conhecida como Mart'nália (Rio de janeiro, 7 de setembro de 1965) é uma cantora, compositora e percussionista brasileira. (Foto: Flavio Moraes/G1) Fabricação Própria Mart'nália é invenção minha. É uma mistura de Martinho, eu, com Anália sua mãe que já viajou para um lugar melhor, creio. Tinália, a Tina, a Martina, a Carvu, parece ser despojada, mas é valiosa; dá a impressão de ser uma pessoa desligada, mas está sintonizada em tudo que acontece, principalmente no mundo da música e como todos os grandes artistas, é sonhadora. A "Sonora Mart'nália", como algumas pessoas se referem a ela, é musicista, cantora e compositora e está entre as artistas mais completas que eu conheço.   Tem 04 discos gravados e 01 DVD: MART'NÁLIA, LP outubro/1987; MINHA CARA, CD setembro/1997; PÉDO MEU SAMBA, CD abril/2002; MART'NÁLIA AO VIVO, CD novembro/2004; MART'NÁLIA AO VIVO, DVD janeiro/2005. Estes três ...

    Leia mais
    milton_nascimento

    Milton Nascimento

      Milton Nascimento (Rio de Janeiro, 26 de outubro de 1942) é um cantor e compositor brasileiro, reconhecido mundialmente como um dos mais influentes e talentosos cantores e compositores da MPB. Conhecido também pelo apelido de Bituca. Nascido no Rio de Janeiro, filho de Maria do Carmo Nascimento, uma empregada doméstica, foi adotado por um casal cuja esposa (Lília Silva Campos) era professora de música. O pai adotivo, Josino Campos, era dono de uma estação de rádio. Mudou-se para Três Pontas, em Minas Gerais, antes dos dois anos e aos treze anos já cantava em festas e bailes da cidade.   Sobre a família, disse: {xtypo_quote}Sou fascinado pela minha família, acho que eu não poderia ter tido mais amor, educação e liberdade em nenhuma outra família no mundo. Eles moldaram a minha vida. Meu primeiro instrumento foi uma harmônica dada pela minha avó. Ela me deu um acordeão, e foi ...

    Leia mais
    Cartola

    Cartola

      {xtypo_quote}As rosas não falam, simplesmente exalam o perfume que roubaram de ti.{/xtypo_quote}   Angenor de Oliveira. Compositor, cantor, instrumentista.Rio de Janeiro RJ 11/10/1908-id. 30/11/1980. Cartola nasceu no bairro do Catete, no Rio de Janeiro. Tinha oito anos quando sua família se mudou para Laranjeiras e 11 quando passou a viver no morro da Mangueira, de onde não mais se afastaria. Desde menino participou das festas de rua, tocando cavaquinho - que aprendera com o pai - no rancho Arrepiados (de Laranjeiras) e nos desfiles do Dia de Reis, em que suas irmãs saíam em grupos de "pastorinhas". Passando por diversas escolas, conseguiu terminar o curso primário, mas aos 15 anos, depois da morte da mãe, deixou a família e a escola, iniciando sua vida de boêmio. Após trabalhar em várias tipografias, empregou-se como pedreiro, e dessa época veio seu apelido, pois usava sempre um chapéu para impedir que o ...

    Leia mais
    rosapassos

    Rosa Passos

    Rosa Passos nasceu e cresceu cercada de música na cidade de Salvador , capital da Bahia e da cultura afro brasileira. Estimulada por seus pais , aos 5 anos já era uma pianista promissora. Aos 15 anos Rosa já aparecera na televisão em Salvador. Na adolescência seus pais lhe apresentaram uma coleção de discos de João Gilberto e Tom Jobim . Inspirada pelo filme ‘Orfeu Negro' de 1959 e sua trilha sonora , Rosa trocou seu piano pelo violão, e desde então tem-se dedicado à arte de compor e cantar. Rosa é constantemente lembrada como a João Gilberto de saias , e existe sim uma semelhança que para ela é um elogio, uma vez que João é sua forte influência musical e uma característica que a marcou até hoje. Wave{mp3}wave_rosa_passos{/mp3}     Em 1972 sua composição ‘Mutilados' ganhou o primeiro lugar no festival da Universidade da Bahia , promovido pela ...

    Leia mais
    Elza Soares

    Elza Soares

    Elza Soares nasceu em 23 de Junho de 1937 no Rio de Janeiro. Filha de uma lavadeira e de um operário, foi criada na favela de Água Santa, subúrbio de Engenho de Dentro. Cantava, desde criança, com a voz rouca e o ritmo sincopado dos sambistas de morro. Aos 12 anos, já era mãe e aos 18, viúva. Foi lavadeira e operária numa fabrica de sabão e, com 20 anos aproximadamente, fez seu primeiro teste como cantora, na academia do professor Joaquim Negli, sendo contratada para cantar na Orquestra de Bailes Garan e a seguir no Teatro João Caetano.  Em 1958, foi a Argentina com Mercedes Batista, para uma temporada de oito meses, cantando na peça Jou-jou frou-frou. Quando voltou, fez um teste para a Rádio Mauá, passando a se apresentar de graça no programa de Hélio Ricardo. Por intermédio de Moreira da Silva, que a ouviu nesse programa, foi para ...

    Leia mais
    elianapittiman

    Eliana Pittman

    Eliana Leite da Silva ,nasceu no Rio de Janeiro(RJ) em 14/8/1945. Ela é um show. Canta, dança e se comunica perfeitamente com o público. Além disso, para quem acaba de completar 40 anos de carreira, está em ótima forma, esbanjando charme, beleza e vitalidade. Vou pular neste carnaval{mp3}eliana pittman-vou pular neste carnaval{/mp3}     Ela na infância, nunca pensou que iria um dia se tornar uma show-woman completa - uma cantora, atriz e bailarina de sucesso internacional, comparada a Josephine Baker, Lena Horn e a Carmen Miranda. Tudo começou quando por um acaso feliz do destino, sua mãe Ophélia conheceu e se casou com um dos grandes saxofonistas americanos - Booker Pittman. Ouvindo discos de Ella Fitzgerald e Sarah Vaughan e embalada pela sonoridade do sax de Pittman, Eliana foi descobrindo sua vocação musical. Até que a grande chance surgiu aos quinze anos, ao se apresentar ao lado de Booker ...

    Leia mais
    jovelinaperolanegra

    Jovelina Pérola Negra

    Jovelina Pérola Negra (Rio de Janeiro, 1944 - - Rio de Janeiro, 2 de novembro de 1998) foi uma cantora brasileira. Reprodução/ Wikipedia Uma das grandes damas do samba e do pagode. Voz rouca, forte, amarfanhada, de tom popular e força batente. Herdeira do estilo de Clementina de Jesus, foi, como ela, empregada doméstica antes de fazer sucesso no mundo artístico. Nascida em Botafogo (zona sul do Rio de Janeiro), Jovelina Pérola Negra logo fincou pé na Baixada Fluminense, em Belford Roxo. Apareceu para o grande público ao participar do histórico disco Raça Brasileira, em 1985. Pastora do Império Serrano, ajudou a consolidar o que é chamado hoje de pagode. Gravou cinco discos individuais conquistando um Disco de Platina. Atualmente são encontradas apenas as coletâneas com os grandes sucessos como Feirinha da Pavuna, Bagaço da Laranja (gravada com Zeca Pagodinho), Luz do Repente, No Mesmo Manto e Garota Zona Sul, ...

    Leia mais
    (Foto: Guilherme Leporace / Agência O Globo)

    Nilze Carvalho

    Albenise de Carvalho Ricardo, conhecida como Nilze Carvalho, (Nova Iguaçu, 28 de julho de 1969) é uma cantora, compositora e bandolinista brasileira de Choro. Gravou seu primeiro disco, "Choro de Menina", em 1981, com apenas doze anos de idade.  Nilze começou a tocar cavaquinho aos 5 anos de idade, e aos 6 já se apresentava em público, na Rádio Solimões, na extinta TV-Rio e no Fantástico da TV-GLOBO. Dos 11 aos 14 anos, gravou, como bandolinista, a série de LPs "Choro de Menina" em quatro volumes. Aos 15, iniciou sua carreira internacional, tocando e cantado nos melhores teatros e casas de show da Argentina, Itália, Espanha, França e Suíça. Excursionou pela China e Austrália; passou um ano nos Estados Unidos e, entre idas e vindas, sete anos no Japão. Voltou ao Brasil em 1998 para lançar o CD "Chorinhos de Ouro" e ingressar na faculdade de música. Em 2002, participou ...

    Leia mais
    (Foto: © Silvana Marques/Divulgação)

    Dona Ivone Lara

    Yvonne Lara da Costa, (Rio de Janeiro, 13 de abril de 1922) é uma cantora e compositora brasileira.Filha de família pobre, passou a infância em um internato e estudou música com Lucila Guimarães, primeira esposa de Villa-Lobos, tendo cantado sob a regência do maestro. Mais tarde aprendeu a tocar cavaquinho e nos anos 40 mudou-se para a Mangueira, onde conheceu outros sambistas e freqüentou rodas de samba. No final da década juntou-se à escola de samba Império Serrano, para que compôs alguns sambas-enredos, como "Não Me Perguntes" (com Fuleiro) e "Os Cinco Bailes da Corte ou Os Cinco Bailes da História do Rio" (com Silas de Oliveira e Bacalhau). Participou das rodas de samba do Teatro Opinião nos anos 60, vindo a gravar o primeiro disco apenas em 1978, quando se aposentou do ofício de enfermeira (trabalhou com Nise de Silveira no tratamento de doentes mentais). Nesse mesmo ano foi ...

    Leia mais
    (Reprodução/TV Globo)

    Carmen Costa

    Carmelita Madriaga, conhecida como Carmen Costa, (Trajano de Morais, 5 de janeiro de 1920 - Rio de Janeiro, 25 de abril de 2007) foi uma cantora e compositora brasileira. Nascida no interior, aos 15 anos ela trabalhava na cidade do Rio de Janeiro como empregada doméstica do cantor Francisco Alves. Numa festa ele a fez cantar para os convidados, entre eles Carmen Miranda, e a incentivou a iniciar uma carreira. Se apresentou como caloura no programa de rádio de Ary Barroso, saindo-se vencedora. Passou a cantar profissionalmente e a fazer dupla com o cantor e compositor Henricão. Seu primeiro sucesso foi Está chegando a hora, versão da canção mexicana Cielito Lindo, nos anos 40. No final desta década, casou-se com um americano e foi viver com ele nos Estados Unidos. Nos anos 50 voltou ao Brasil, quando conheceu o compositor Mirabeu Pinheiro, com quem viveu um romance por cinco anos ...

    Leia mais
    Alcione (Foto: Ricardo Nunes / Divulgação Vivo Rio)

    Alcione

    Alcione Nazareth (São Luís, 21 de novembro de 1947) é uma cantora, instrumentista e compositora brasileira. Desde pequena, graças ao pai policial e integrante da banda de sua corporação, João Carlos Dias Nazareth, inserida no meio musical maranhense, Alcione fez sua primeira apresentação já aos doze anos. Fez o curso normal, formando-se em magistério. Mudou-se para o Rio de Janeiro em 1967, trabalhando na TV Excelsior. Após ter feito excursão por países da América do Sul, morou na Europa por dois anos. Voltou ao Brasil em 1972 e três anos depois ganhou o primeiro disco de ouro através do primeiro LP, A voz do samba (1975). Identificando-se com o samba, desde cedo tornou-se fervorosa simpatizante da Mangueira, Escola que reunia grandes sambistas na capital do Rio. Ganhou o apelido de Marrom, com o qual também é conhecida, e o primeiro grande sucesso foi Não deixe o samba morrer, de Edson ...

    Leia mais
    (Foto: Hipólito Pereira 30/11/1984 / Agência O GLOBO)

    Clementina de Jesus

    Clementina de Jesus, nascida em Valença, Estado do Rio, a 7 de fevereiro de 1902,  ainda menina, acompanhava a sua mãe, com a incumbência de acender seu cachimbo que, lavando roupa, fumava. Enquanto lavava, Dona Amélia cantava lundus, jongos, corimas, modas, incelenças, pontos, chulas e cantos de trabalho, que a filha guardou em sua memória e viria a registrar 50 anos mais tarde. Um diamante bruto. Assim se poderia definir essa cantora que deu inicio à sua carreira profissional aos 48 anos de idade, depois de ter trabalhado por mais de vinte anos como empregada doméstica na casa da mesma familia que gostava de ouvi-la enquanto lavava, passava a ferro ou preparava comida, com exceção da dona da casa que dizia que sua voz a irritava por parecer um miado de gato. Seu canto rouco e quase falado estava fora de qualquer padrão estético e até hoje sem qualquer paralelo ...

    Leia mais
    Foto: Murilo Alvesso

    Angela Maria

    Abelim Maria da Cunha, Angela Maria,  nascida no dia 13 de maio de 1928, em Conceição de Macabu, distrito de Macaé no Rio de Janeiro, a filha do pastor protestante, saía de casa escondida para conquistar o seu grande sonho de ser cantora. A música sempre esteve presente na sua vida, desde a sua infância, quando ouvia seu pai cantando músicas evangélicas, e mais tarde tornou-se fã número um de Dalva de Oliveira. Como sua família era muito humilde, Angela Maria começou a trabalhar muito cedo para ajudar em casa, e ter algum dinheiro para seus gastos. Durante a entrevista lembrou do emprego na fábrica GE, como inspetora de lâmpadas, o último trabalho antes de iniciar a carreira artística. O setor era um dos mais produtivos, mas com o passar do tempo houve uma queda. O dono não entendia o que estava acontecendo pelo fato de serem os mesmos funcionários, a mesma carga ...

    Leia mais
    Ernesto Rodrigues/ FolhaPress

    Alaide Costa

    Alaíde Costa Silveira Mondin Gomide nasceu no Rio de Janeiro RJ em 8 de dezembro de 1935. "A Dama de Vermelho" de 2 em Um por Alaide Costa. Lançado: 1994. Faixa 12. Gênero: Latin   Começou a cantar em programas infantis do radio: com 13 anos venceu um concurso de melhor cantora jovem, promovido por Paulo Gracindo, no seu programa Seqüência G3, da Tupi, do Rio de Janeiro, e, no ano seguinte, participou do Arraia Miúda, apresentado por Renato Murce, na Radio Nacional. A partir de 1952, passou a freqüentar os programas de calouros A Hora do Pato e Pescando Estrelas, este apresentado por Ary Barroso na Radio Clube do Brasil, pe1a qual foi contratada. Em 1957 gravou seu primeiro 78 rpm, pela Odeon, Tarde demais (Hélio Costa e Anita Andrade), que !he valeu o prêmio de Revelação do Ano. Ainda em 1957, lançou outro 78 rpm com Conselhos ...

    Leia mais
    Charles Guerra / Agencia RBS

    Leny Andrade

    Leny Andrade nasceu no Rio de Janeiro em 26 de janeiro de 1943. Começou sua carreira cantando em boates. Em 1962 foi crooner da orquestra de Dick Farney. Leny Andrade morou cinco anos no México e passou boa parte de sua carreira nos Estados Unidos e Europa. Aos seis anos de idade começou a estudar piano.   Leny Andrade participou de programas de calouros em rádios e ganhou uma bolsa de estudos para o Conservatório Brasileiro de Música. Aos 15 anos estreou profissionalmente como crooner da orquestra de Permínio Gonçalves. Mais tarde cantou nas boates Bacará (com o trio de Sergio Mendes) e Bottle's Bar. Em 1965 alcançou grande sucesso no show "Gemini V" atuando com Pery Ribeiro e o Bossa Três na boate Porão 73, lançado em disco gravado ao vivo. Cantando ao lado de artistas como Dick Farney, Luiz Eça, Wagner Tiso, Eumir Deodato, Francis Hime, Gilson ...

    Leia mais
    Página 51 de 52 1 50 51 52

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist