quarta-feira, setembro 16, 2020

    Tag: violência racial e policial

    Joacine Katar Moreira.© Orlando Almeida/Global Imagens

    Joacine manifesta “consternação” e “repúdio” por morte de estudante

    Deputada do Livre publicou um comunicado onde presta ainda as condolências à família e amigos de Luís Giovani dos Santos Rodrigues e pede justiça. Do NOTÍCIAS AO MINUTO Joacine Katar Moreira.© Orlando Almeida/Global Imagens Joacine Katar Moreira publicou, este domingo, um comunicado onde manifesta a sua "consternação" e "repúdio" pela "violência e assassinato" de Luís Giovani dos Santos Rodrigues, o estudante cabo-verdiano que morreu no último dia do ano passado após ter sido "espancado impiedosamente por um grupo de cerca de quinze indivíduos armados com ferros e paus, que o deixaram inconsciente, com um traumatismo cranioencefálico", em Bragança. A deputada única do partido Livre prossegue, na mesma nota colocada este domingo à tarde no Facebook, que "esta brutal violência de que Giovanni foi vítima e que o levou à morte não mereceu, desde logo, e ao contrário de outros crimes, a necessária divulgação noticiosa" e pede ...

    Leia mais
    Luís Giovani dos Santos Rodrigues (Reprodução/FACEBOOK)

    Cabo Verde pede “justiça” para caso de estudante que morreu após agressões em Bragança

    A morte de Luís Giovani dos Santos Rodrigues “não belisca as relações bilaterais com Portugal”, afirma o primeiro-ministro de Cabo Verde. Do PÚBLICO  Luís Giovani dos Santos Rodrigues (Reprodução/FACEBOOK) O primeiro-ministro da Cabo Verde pediu, esta segunda-feira, que a “justiça se faça” no caso do estudante cabo-verdiano Luís Giovani dos Santos Rodrigues, que morreu após agressões em Bragança, mas garante que as relações com Portugal não são beliscadas com este incidente. “Esperemos que a justiça se faça. Nós confiamos na Justiça portuguesa, a investigação está em curso, temos que aguardar agora os resultados”, disse o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, questionado pela Lusa à margem de um acto oficial na Assembleia Nacional, na cidade da Praia. O primeiro-ministro cabo-verdiano assegurou que este caso, que tem gerado uma onda de contestação em Cabo Verde, “não belisca” as relações entre os dois países. “As relações Cabo Verde-Portugal são ...

    Leia mais
    blank

    Jovens acusados pela PM de fugir em carro roubado passaram a pé pelo local da perseguição na Zona Sul de SP

    Perseguição policial no Jardim Ângela terminou com um morto e três detidos no dia 31 de dezembro. Câmeras registrarem dois jovens detidos, acusados pela PM de estarem no carro perseguido, passando a pé pelo bairro no momento da ação policial. Por Guilbert Reino, do G1 Reprodução/TV Globo Uma perseguição policial terminou com uma pessoa morta, um suspeito preso e dois adolescentes detidos no Jardim Ângela, na Zona Sul de São Paulo, na terça-feira (31). Segundo a Polícia Militar, os jovens e o suspeito presos estariam no carro que foi perseguido. No entanto, câmeras de segurança registraram os dois adolescentes caminhando pela calçada de uma rua próxima no momento da ação. Nas imagens, é possível ver eles andando a pé carregando sacolas de supermercado. No mesmo vídeo, o carro roubado aparece passando em alta velocidade poucos minutos depois da passagem dos jovens na calçada, seguido por motocicletas ...

    Leia mais
    Imagem da comunidade da Chatuba, no Rio de Janeiro, em julho deste ano.RICARDO MORAES (REUTERS)

    Moradores das favelas sonham com casa e negócio próprios em 2020, mas sem otimismo por segurança

    Estudo do Data Favela mostra que moradores desses conglomerados estão otimistas de que realizarão, por conta própria, os principais sonhos pessoais e profissionais. Mas creem que os votos coletivos, como o de menos violência, não se concretizarão por Beatriz Jucá no El País Imagem da comunidade da Chatuba, no Rio de Janeiro, em julho deste ano.RICARDO MORAES (REUTERS) Enquanto o país tenta lidar com a crise econômica, nas favelas brasileiras, onde a crise sempre existiu, é o otimismo que prevalece para o ano que começa: oito de cada dez moradores acreditam que a vida em 2020 será melhor, seja com respeito às finanças, à saúde ou às relações familiares. Mas a sorte não depende de Governos para 64% deles: ela virá, principalmente, do esforço próprio. Tornar-se um empreendedor é a principal expectativa profissional, ao lado da conquista da casa própria no âmbito pessoal. Os dados fazem ...

    Leia mais
    A ONG Educafro tem foco na preparação de jovens negros para o vestibular Imagem- Zalika

    ONGs trabalham por mobilidade e no combate a holocausto urbano

    "Minha vontade de fazer a diferença se deu com a morte da menina Agatha", explica Irapuã Santana, membro da ONG Educafro, nascido no Rio de Janeiro e, hoje, procurador do município de Mauá. "Precisamos parar com essa política genocida que tritura vidas de jovens negros sem que ninguém faça algo", completa. por Fred di Giacomo no UOL A ONG Educafro tem foco na preparação de jovens negros para o vestibular Imagem- Zalika Irapuã, que se beneficiou das cotas raciais para entrar em direito na Universidade do Estado do Rio de Janeiro, é a prova de que as tragédias e conflitos sociais que têm marcado o cotidiano brasileiro podem nos paralisar e deprimir, mas também nos fazer agir. "Foi daí que surgiu a ideia de demonstrar que essa política é falida e inapta", continua o autor da denúncia efetuada pela ONG Educafro contra o Brasil na ONU ...

    Leia mais
    Reprodução

    Defensoria Pública lança Manual de Direitos do Cidadão na Abordagem Policial

    De acordo com o manual, todo cidadão possui o direito de saber o motivo e o nome do policial ou guarda que está realizando a abordagem Da Revista Fórum Imagem retirado do site Revista Fórum A Defensoria Pública do Estado do Pará lançou, nesta quinta-feira (5), o Manual de Direitos do Cidadão na Abordagem Policial. A ideia partiu de uma demanda exposta por movimentos sociais, em decorrência de algumas abordagens policiais que possivelmente violaram os direitos humanos. Como foi solicitado pelas lideranças, o manual é acessível e possui uma linguagem simples. Sendo produzido em formato de cartilha, para que todos os cidadãos possam entender os seus direitos diante de tal situação. De acordo com o manual, todo cidadão possui o direito de saber o motivo e o nome do policial ou guarda que está realizando a abordagem (Art. 5º, LXIV, CF). Policiais militares e guardas municipais ...

    Leia mais
    Jogador está emprestado no clube russo - GettyImages

    Jóia do Vasco fala de genocídio negro e pede posicionamento de colegas: ‘Não posso me alienar’

    Em entrevista ao El País, o jogador do Vasco Lucas Santos, 20 anos, mostrou preocupação com o que chama de “genocídio negro” que vem ocorrendo no Brasil. Criado na favela Para-Pedro, no bairro de Irajá, Rio de Janeiro, Lucas frequentava a barbearia em que o mototaxista Kelvin Cavalcante foi morto em outubro, durante uma operação policial. No Hypeness O jogador Lucas Santos está emprestado ao CSKA da Rússia (Foto: Getty Images) Ao jornal, o jogador diz ter se sentido revoltado pela morte do jovem e ressalta o aumento nos índices de pessoas negras e pobres que são vítimas da violência. Na época, Lucas chegou a se manifestar nas redes sociais contra o que chamou de espírito genocida do governador Wilson Witzel.   Ver essa foto no Instagram   Parabéns por seus 121, meu amigão! Eu te amo @vascodagama ❤️❤️ Uma publicação compartilhada por Lucas Santos 🌍 ...

    Leia mais
    Seguranças agridem adolescente em estação de Metrô de SP — Foto: Reprodução/TV Globo

    Três seguranças do Metrô são afastados após agressão a adolescente na Estação Tamanduateí

    Caso ocorreu neste domingo (8), na Linha 2-Verde. Passageiros gravaram ação dos agentes. À polícia, seguranças alegaram suspeita de furto, mas não explicaram o que poderia ter sido furtado. Por Glauco Araújo, do G1 Seguranças agridem adolescente em estação de Metrô de SP — Foto: Reprodução/TV Globo Três seguranças do Metrô foram afastados, nesta terça-feira (10), após agredirem um adolescente de 14 anos durante uma abordagem feita por eles na Estação Tamanduateí, da Linha 2-Verde, neste domingo (8). Passageiros que circulavam pelo local gravaram a ação (veja vídeo acima). Em nota, o Metrô informou que o afastamento será "enquanto durarem a apuração dos fatos." Nas imagens é possível ver os seguranças do Metrô imobilizando o adolescente. O menino segue sendo imobilizado mesmo após cair no chão . Os passageiros pedem para que os seguranças parem, tentam interceder, mas não são atendidos. Os três seguranças foram identificados ...

    Leia mais
    Foto Getty Images

    Pacote “anticrime”: não há redução de danos aos negros!

    Meu irmão, também negro, depois de ouvir minha explicação sobre o famigerado pacote “anticrime”, indagou-me o seguinte: – redução de danos? Qual a parte boa? Boa pra quem? Devemos comemorar? Por Djefferson Amadeus, do Justificando  Respondi, citando Mano Brown: não há o que comemorar; não curta esse clima de festa, ao que ele me interrompeu, indagando-me o porquê. – Porque somos negros, disse eu. E concluí: nosso povo não pode mais aceitar ser tratado como corpos negociáveis. Teu corpo não é passível de escambo!!! Se aceitares a morte, ainda que por intermédio de uma redução de danos, que o faça você, porque decidir o modo como tu morrerás – se na cadeira elétrica ou com um tiro de fuzil (“redução de danos”?) – é algo que só pode ser decidido por você. Com isso, quero dizer-lhe o seguinte: que legitimidade tem um Congresso representado por 96% de pessoas brancas (ou ...

    Leia mais
    Supermercado Ricoy da Avenida Yervant Kissajikian, 1.918, onde mulher acusa outros seguranças de apontar arma para ela — Foto: Reprodução/Google Maps

    Seguranças de mercado que chicotearam jovem após furto em SP são inocentados de tortura e condenados por lesão corporal

    Juiz não viu tortura por considerar que agressões não buscavam obter informações e não foram praticadas por quem tinha 'condição de autoridade, guarda ou poder'. Cabe recurso. Por Léo Arcoverde, GloboNews, no G1 Supermercado Ricoy — Foto: Reprodução/Google Maps O juiz da 25ª Vara Criminal de São Paulo, Carlos Alberto Corrêa de Almeida de Oliveira, inocentou da acusação de tortura e decidiu condenar por lesão corporal os seguranças Valdir Bispo dos Santos e David de Oliveira Fernandes. Cabe recurso da decisão. Os réus foram acusados de darem chicotadas em um adolescente de 17 anos flagrado furtando barras de chocolates no Supermercado Ricoy, na Vila Joaniza, Zona Sul de São Paulo, em julho deste ano. O Ministério Público Estadual de São Paulo denunciou os seguranças pelos crimes de tortura, cárcere privado e divulgação de cena de nudez. O juiz considerou não ter havido tortura porque, segundo ele, ...

    Leia mais
    blank

    CIDH condena ação policial que resultou na morte de 9 pessoas em Paraisópolis, Brasil, e chama o Estado brasileiro a reformar seus protocolos de segurança

    A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) manifesta sua preocupação a respeito da informação de que 9 pessoas perderam a vida e outras pessoas ficaram feridas após uma ação policial na Favela de Paraisópolis, São Paulo, Brasil. A esse respeito, a Comissão insta o Estado a investigar forma imediata e imparcial e punir os responsáveis ​​por esses atos, bem como a reparar às vítimas e seus familiares. Da OAS (Foto: Imagem retirada do site ANADEP) Segundo informações obtidas pela CIDH, uma ação da polícia militar do estado de São Paulo, em 1º de dezembro, teria gerado pânico e tumulto entre os frequentadores de uma festa popular de rua - “baile funk” - na Favela de Paraisópolis. Na tentativa de evacuar o local, as pessoas teriam pisoteado as outras, resultando em 9 pessoas mortas, incluindo dois adolescentes de 14 e 16 anos, e ao menos 7 feridos. ...

    Leia mais
    Foto de Tuca Vieira que mostra Paraisópolis e prédio de luxo do Morumbi rodou o mundo e virou símbolo da desigualdade social

    ‘Quem a polícia defende? De que lado está?’, questiona autor de foto símbolo da desigualdade no Brasil

    No início de 2004, o fotógrafo Tuca Vieira, que trabalhava no jornal Folha de S.Paulo, recebeu a tarefa de fotografar alguns pontos da capital paulista para um caderno especial sobre o aniversário de 450 anos da cidade, comemorado em 25 de janeiro. Por Leandro Machado, da BBC Foto de Tuca Vieira que mostra Paraisópolis e prédio de luxo do Morumbi rodou o mundo e virou símbolo da desigualdade social (Foto: TUCA VIEIRA) Um dos locais escolhidos foi o encontro entre Paraisópolis, segunda maior favela do município, e o rico bairro do Morumbi. Tuca não imaginava, mas a imagem que ele fez naquele dia viraria um retrato e símbolo da desigualdade no Brasil. De um lado, um prédio luxuoso, com quadras de tênis e piscinas na varanda dos apartamentos; do outro, centenas de barracos de alvenaria se espremendo em uma geografia típica de uma favela brasileira. No ...

    Leia mais
    Geledés

    Câmara aprova pacote anticrime sem principais bandeiras de Moro

    Por Thais Arbex, Danielle Brant e Camila Mattoso, na Folha de S.Paulo Em uma derrota política para o ministro Sergio Moro (Justiça), a Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta (4) o texto do pacote anticrime que deixa de fora algumas das principais bandeiras do ex-juiz, como o excludente de ilicitude, a prisão em segunda instância e o acordo de "plea bargain". O texto-base foi aprovado por 408 votos a favor e recebeu 9 contrários com duas abstenções —totalizando 419. Aliados de Moro ainda tentaram remover do texto o dispositivo que cria o juiz de garantias, responsável por instruir, mas não julgar o processo. O item, no entanto, foi mantido por 256 votos a 147 --votaram 404 deputados. O texto agora vai ao Senado, onde deve passar por comissões antes de ser votado no plenário. Se sofrer alterações na Casa, volta para a Câmara. Se for mantido, vai a sanção ou ...

    Leia mais
    Lucas Santos em treino com a seleção brasileira.JOE KLAMAR (GETTY IMAGES)

    Lucas Santos: “Saí da favela, mas não posso ficar alienado enquanto matam negros e pobres”

    Promessa do futebol brasileiro e cria da comunidade Para-Pedro, no Rio, o atacante que joga na Rússia se inspira em ativistas negros para contestar a violência policial em sua cidade Por BREILLER PIRES, do EL País Lucas Santos em treino com a seleção brasileira.JOE KLAMAR (GETTY IMAGES) Ele foi eleito o melhor jogador da Copinha, maior torneio de base do país, promovido ao time principal do Vasco, convocado para treinar com a seleção brasileira e se transferiu para o CSKA Moscou, da Rússia. Em 2019, Lucas Santos experimentou várias sensações novas na carreira. Apesar da rápida ascensão como atleta profissional, o atacante de 20 anos continua preocupado com a realidade – oposta à sua rotina no futebol europeu – do lugar onde cresceu no Rio de Janeiro. “Saí da favela, mas não posso me dar ao luxo de ficar alienado enquanto matam negros e pobres”, diz ...

    Leia mais
    Maria Carolina Trevisan (Foto: André Neves Sampaio)

    Jovens se divertindo foram trucidados, afirma ex-ministro da Justiça

    Em reunião extraordinária nesta segunda-feira, integrantes da Comissão Arns — coletivo que atua em situações em que há graves violações de direitos humanos — decidiram acompanhar de perto a investigação sobre a atuação da Polícia Militar em Paraisópolis, São Paulo. Por Maria Carolina Trevisan, do UOL Maria Carolina Trevisan (Foto: André Neves Sampaio) A ação truculenta dos policiais durante um baile funk com 5.000 pessoas gerou tumulto. Nove jovens entre 14 e 23 anos foram pisoteados e morreram por asfixia mecânica, segundo o laudo do Instituto Médico Legal (IML). "O caso é gravíssimo. É uma população pobre que estava se divertindo e de repente é trucidada pelos agentes do Estado", afirma o ex-ministro da Justiça e advogado José Carlos Dias, um dos membros da Comissão Arns. "Temos o dever de interceder e cobrar do poder público que os fatos sejam apurados com todo o rigor e ...

    Leia mais
    Paraisópolis (Lalo de Almeida/UOL)

    Abusos provam que estamos por nossa conta

    Projeto brasileiro de extermínio da racialidade indesejada se escancara em situações como a vivida em Paraisópolis Por Bianca Santana e  Douglas Belchior, na Folha de S.Paulo    Paraisópolis (Lalo de Almeida/UOL) “Em nenhum outro momento do pós-abolição o projeto de extermínio da racialidade indesejada se tornou tão evidente no Brasil e com tamanho apoio ou indiferença social, expondo negras e negros a iniquidades sociais como chacinas, extermínios, genocídio, feminicídios e mortes preveníveis e evitáveis. Estamos por nossa conta”, afirmou Sueli Carneiro na mesa de abertura do 1º Encontro Internacional da Coalizão Negra por Direitos, realizado nos dias 29 e 30 de novembro. A afirmação contundente ganhou materialidade na ausência de três militantes, que precisaram ficar nos territórios para enterrar nossos mortos. Na segunda (25), seu Vermelho, 89, líder do quilombo Rio dos Macacos, na Bahia, foi assassinado a machadadas. Rose e Franciele, que participariam do encontro, ...

    Leia mais
    Paraisópolis Imagem: Lalo de Almeida

    Apenas política urbana racista explica massacre de Paraisópolis

    Na madrugada de sábado para domingo, nove jovens, entre 14 e 28 anos, foram mortos depois de uma ação policial na favela Paraisópolis, uma das maiores de São Paulo, localizada na zona sul, no coração de um dos bairros de alta renda da cidade. Por Raquel Rolnik, Gisele Brito e Aluizio Marino do UOL ParaisópolisImagem: Lalo de Almeida Imagens exibidas pela Ponte Jornalismo e o jornalista André Caramante mostram várias cenas de barbárie. Policiais encurralando centenas de pessoas em becos, agredindo brutalmente pessoas que tentavam fugir da violência da polícia, atingidas por bombas de gás, balas de borracha, golpes de cacetete e até garrafas de vidro. Embora a corporação afirme que a ação policial buscava localizar e prender dois "criminosos", nitidamente a ação da polícia tentava acabar com um baile funk que ocorria no local, o Baile da DZ7, um dos mais famosos da cidade. O ...

    Leia mais
    Cerca de 50% dos 1.320 militares do estado afastados por problema de saúde tiveram diagnóstico de estresse pós-traumático / Reprodução

    Em Manguinhos, no Rio, 80% dos moradores afirmam ter saúde afetada pela violência

    No Repórter SUS – programa produzido em parceria com a Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio da Fiocruz (EPSJV/Fiocruz) – desta semana, Leonardo Bueno, pesquisador da Cooperação Social da Presidência da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), falou sobre a Cartilha de Prevenção à Violência Armada em Manguinhos. Por Ana Paula Evangelista, do Repórter SUS no Brasil de Fato Cerca de 50% dos 1.320 militares do estado afastados por problema de saúde tiveram diagnóstico de estresse pós-traumático (Imagem: Reprodução/Freepik e Vecteezy)     O ser humano não foi feito para viver o que a gente vive na PM do Rio O material elaborado pela Fundação é destinado ao uso do moradores e profissionais do território, na zona norte do Rio de Janeiro, e aborda o impacto da violência armada na saúde física e mental da população que vive e frequenta a região. Uma das orientações da cartilha ...

    Leia mais
    Comissão ARNS (Reprodução/Facebook)

    Nota pública da Comissão Arns

    Repúdio à violência policial contra jovens de Paraisópolis Da Comissão ARNS Comissão ARNS (Reprodução/Facebook) A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos Dom Paulo Evaristo Arns – Comissão Arns vem a público expressar seu estarrecimento com a morte de 9 adolescentes e jovens na comunidade de Paraisópolis, Zona Sul da capital paulista, sob responsabilidade da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Os integrantes da Comissão Arns prestam total solidariedade aos familiares de Denys Henrique Quirino da Silva, 16 anos; Marcos Paulo Oliveira dos Santos, 16 anos; Gustavo Cruz Xavier, 14 anos; Dennys Guilherme dos Santos Franca, 16 anos; Gabriel Rogério de Moraes, 20 anos; Bruno Gabriel dos Santos, 22 anos; Eduardo Silva, 21 anos; e Mateus dos Santos Costa, 23 anos. E manifestam a mais profunda indignação com a absoluta falta de respeito à pessoa humana demonstrada pelos agentes do Estado. A Comissão Arns deliberou que ...

    Leia mais
    blank

    Massacre de Paraisópolis: Não foi acidente. É genocídio!

    Com profundo pesar, solidariedade e respeito aos familiares das vítimas de Paraisópolis, denunciamos a violência policial e a responsabilização do Estado brasileiro diante das 9 mortes e de todos os jovens feridos enquanto exerciam seu direito ao lazer e à cultura, em um baile funk, na madrugada de primeiro de dezembro, na zona sul de São Paulo. Por Coalizão Negra Por Direitos, no Facebook Coalizão Negra Por Direitos Meninas e meninos foram encurralados pela polícia militar, que disparava armas de gás lacrimogêneo, balas de borracha e distribuía garrafadas, coronhadas, socos e pontapés. Morreram, como decorrência da ação policial: Paulo Oliveira dos Santos, de 16 anos de idade; Bruno Gabriel dos Santos, de 22 anos; Eduardo Silva, de 21 anos; Denys Henrique Quirino da Silva, de 16 anos; Mateus dos Santos Costa, de 23 anos; Gustavo Cruz Xavier, de 14 anos 7; Gabriel Rogério de Moraes, de ...

    Leia mais
    Página 3 de 109 1 2 3 4 109

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist