9 mulheres negras que mudaram o mundo

Enviado por / FonteNo Discovery Brasil

Conheça aqui algumas dessas mulheres que ajudaram a tornar o mundo um lugar melhor.

1 – Ellen Johnson Sirleaf

photo credit: Chip Somodevilla/Getty Images

É a atual presidente da Libéria e a primeira mulher a ser eleita chefe de estado de um país africano. Foi eleita pela primeira vez em 2005 e reeleita em 2011, ano em que também ganhou o prêmio Nobel da Paz, pelo seu trabalho como a Primeira Ministra da Libéria.

2 – Oprah Winfrey

Getty Images

Oprah é apresentadora de televisão e empresária, além de ser uma das pessoas mais influentes do mundo. Ganhou múltiplos prêmios Emmy por seu programa de TV, que é o talk-show com maior audiência da história da televisão norte-americana.

3 – Dandara Zumbi

dandara
Reprodução

Dandara foi mulher de Zumbi dos Palmares e mãe de três filhos. Pouco se sabe sobre ela, mas foi descrita como uma grande e valente guerreira que auxiliou Zumbi em estratégias e planos de ataque e defesa. Dominava técnicas da capoeira e lutou em muitas batalhas a ataques a Palmares. Infelizmente, acabou se matando jogando-se da pedreira mais alta de Palmares, para não voltar à condição de escrava.

4 – Wangari Muta Maathai

Wangari Muta Maathai
Source: Kevin Winter/Getty Images North America

Ativista política do meio ambiente no Quênia. Fundou o movimento Cinturão Verde Pan-africano, iniciativa que plantou mais de 30 milhões de árvores. Por sua luta na conservação das florestas, se tornou a primeira africana a ganhar o prêmio Nobel da Paz, em 2004.

5 – Maya Angelou

Foto: JIM YOUNG / REUTERS

Maya foi a primeira motorista negra de ônibus em São Francisco, com apenas 17 anos. Foi também mãe solteira em uma época em que isso era pouco comum. Na década de 50, se firmou como atriz, cantora e dançarina. Maya foi também a primeira mulher negra a se tornar roteirista em Hollywood.

Foi amiga de Martin Luther King Jr. e Malcolm X e trabalhou durante anos para o movimento de direitos civis, além de ter viajado o mundo ajudando em movimentos de independência africanos.

6 – Rosa Parks

George Bridges/ Getty

Rosa Parks foi símbolo do movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos durante os anos 60. Parks ganhou fama após ter recusado ceder lugar no ônibus a um branco, no ano de 1955.

7 – Jackie Joyner-Kersee

Getty Images

 

Jackie Joyner-Kersee, nascida em 1962, é ainda hoje detentora de diversos recordes no atletismo, como no heptatlo desde 1986. Foi considerada a maior atleta feminina do século XX, tendo ganhado três medalhas de ouro, uma de prata e duas de bronze nas Olimpíadas de 1984, 1988, 1992 e 1996.

8 – Harriet Tubman

Civil War Nurse, Spy, and Scout Harriet Tubman. MPI / Archive Photos / Getty Images

 

Conhecida como Black Moses, Harriet foi uma abolicionista e humanitária que lutou contra a escravidão e o racismo. Ela resgatou setenta escravos utilizando uma rede de ativistas abolicionistas.

9 – Angela Davis

HINDUSTAN TIMES VIA GETTY IMAGES

 

Angela é professora, filósofa socialista e integrante do Partido Comunista dos Estados Unidos. Se tornou famosa mundialmente pela militância em prol dos direitos das mulheres e contra o racismo.

 

+ sobre o tema

Hoje na História: Há 110 anos, morria o abolicionista José do Patrocínio

Nunca é demais lembrar e, apesar dos pesares, comemorar...

Alexandre Cerqueira, filho de uma brasileira com um africano, o modelo luta por espaço nas passarelas de moda

Alexandre Cerqueira vive um sonho da adolescência, de quan­do brincava...

Acervo reúne mais de 300GB de canções de Jazz para ouvir e baixar de graça

A facilidade de arquivar e disseminar conteúdo que a...

para lembrar

Chuck D participa da Campanha do “Rap contra o Racismo na Argentina”

Esta é uma Campanha encabeçada pela ONG argentina chamada...

Taís Araújo: ‘Nunca passei uma noite longe do meu filho’

Taís Araújo nunca havia ficado longe do pequeno João...

Leci Brandão confirma presença na Kizoomba de Tempo no Nzo Tumbansi

Itapecerica da Serra/SP – Tem um dito que diz...
spot_imgspot_img

iAMO lança seu programa de residência artística audiovisual durante Festival de Cannes

O Instituto Audiovisual Mulheres de Odun (iAMO), presidido pela cineasta Viviane Ferreira, anuncia na sexta-feira, 17 de maio, o lançamento do seu Programa de...

Álbum de Lauryn Hill é considerado melhor da história em lista da Apple Music; veja ranking

Uma lista publicada pela Apple Music elegeu os 100 melhores álbuns de todos os tempos. Em primeiro lugar, a escolha foi para 'The Miseducation...

Carnaval 2025: nove das 12 escolas do Grupo Especial vão levar enredos afro para a Avenida

Em 2025, a Marquês de Sapucaí, com suas luzes e cores, será palco de um verdadeiro aquilombamento, termo que hoje define o movimento de...
-+=