terça-feira, novembro 24, 2020

    Tag: esporte

    Dustin Brown / Divulgação - Lance

    Após sofrer novos ataques racistas, Dustin Brown pede que redes sociais tomem atitude com os perfis denunciados

    Tenista alemão de ascendência jamaicana ganhou apoio de fãs e colegas neste momento complicado no Lance Dustin Brown / Divulgação - Lance O alemão de ascendência jamaicana, Dustin Brown, voltou a ser vítima de ataques racistas em redes sociais, após receber uma série de mensagens no Instagram. Frequente alvo de preconceito, Brown pediu providência das empresas. Brown, que sempre denuncia os ataques que sofre, registrou um print (cópia) das mensagens enviadas de modo privado via Instagram de uma usuária identificada como Shoshonna21, que teve seu perfil bloqueado pela rede social após um movimento massivo de denúncias. Nas mensagens, a usuária escreve, dentre outras coisas terríveis, que "Eles deveriam fazer picadinho de um preto sem utilidade como você e dar aos porcos. Pretos inúteis como você merecem morrer!" . Brown protestou via Twitter: "As redes sociais como Instagram, Twitter e Facebook precisam revisar suas políticas, e então ...

    Leia mais

    Usain Bolt desembarca na Austrália para treinar com time de futebol

    Campeão olímpico e recordista mundial dos 100m e 200m foi recebido com festa no país Do Metópoles  Foto: SAEED KHAN/AFP Usain Bolt desembarcou em Sydney, na Austrália, na madrugada deste sábado (18/8) para realizar um período de treinamento com o time de futebol do Central Coast Mariners, que joga na primeira divisão de futebol do país. “Tenho dito que estou indo realmente para treinar e quero mostrar o que posso fazer”, afirmou Bolt. “Sei do que sou capaz e essa é a oportunidade que tenho para mostrar meu futebol. Vou trabalhar duro”, prosseguiu. O oito vezes campeão olímpico e recordista mundial dos 100m e 200m foi recebido por dezenas de jornalistas e torcedores e deve começar os trabalhos no clube na próxima terça-feira (21/8), data em que completará 32 anos. Bolt passará por algumas semanas de testes na expectativa de assinar contrato com a equipe e disputar o Campeonato Australiano, ...

    Leia mais

    Do racismo às críticas sem jeito. Hamilton ataca

    Esta semana foi em cheio para o tetracampeão do mundo de F1. Venceu o GP da Alemanha, viu o seu adversário sair da pista, foi assobiado no pódio e "esquecido" pelos comentadores da Sky. Por Alfredo Lavrador Do Observador Foto: Reprodução/ Observador Lewis Hamilton desenvolveu há muito uma pele espessa, que o protege de alguma sensibilidade às críticas, que poderiam fazer tremer (ou enfurecer) a maioria. Nasceu negro de uma família remediada, mas que o ajudou a concretizar o seu sonho: ser piloto de karts. Era tão bom no que fazia que rapidamente a McLaren o colocou sobre a sua asa, com o apoio da Mercedes, até ter idade para pilotar um F1. Depois de mostrar serviço nas disciplinas de formação, eis que chegou à F1 e à “sua” equipa McLaren, onde teve de pedir meças ao grande Fernando Alonso, hoje entre os melhores, mas ainda mais ...

    Leia mais

    Özil anuncia saída da seleção alemã e alega caso de racismo

    O jogador Mesut Özil anunciou neste domingo (22/07) que não pretende mais jogar pela seleção alemã. Veterano da equipe e um dos campeões da Copa de 2014, Özil anunciou a decisão em um longo comunicado, onde apontou que foi vítima de racismo e disse ter sido transformado em “bode expiatório” após o fraco desempenho da seleção na Copa da Rússia. Do Diário do centro do Mundo Picture-Alliance/thomas Eisenhuth ( jogador Mesut Özil) As maiores críticas de Özil foram direcionadas para o presidente da Federação Alemã de Futebol (DFB, na sigla em alemão), Reinhard Grindel, um ex-deputado conservador que assumiu a chefia da federação em 2016. Özil apontou que “não iria mais continuar a ser um bode expiatório para a incompetência de Grindel e sua inabilidade para desempenhar seu trabalho adequadamente”. Ele também apontou que o dirigente foi desrespeitoso com sua origem. Alemão de nascimento, Özil, de ...

    Leia mais
    Reprodução/Facebook

    Black Blanc Beur !!!

    "Nem todos os torcedores croatas são fascistas. Nem todos os torcedores franceses são multiculturalistas. Por Juarez Xavier, no Facebook    Reprodução/Facebook Não são todos os croatas que entoam "bojna cavoglave", canção de apologia aos nazifascistas na II Guerra Mundial. Nem são todos admiradores do partido Ustasha - de extrema direita, nacionalista, fascista e racista - que preparou, em Zagreb, a capital do país, a recepção às tropas nazistas. São essas narrativas que se enfrentam no domingo. Essa é a outra final da Copa do Mundo". e 750 mil sérvios, ciganos," judeus, gays e antifascistas, entre 1941 e 1945. Tampouco fazem a saudação "za dom spremni" (prontos para a pátria) dos extremistas do Ustasha. Assim como nem todos os torcedores franceses criticam o papel do país nas ações racistas que moldaram o Ocidente: a escravização do povos africanos, a barbárie da colonização e a segregação sócio-étnico-espacial, violência que ...

    Leia mais

    Festival de desconhecidos e um título: a camisa 23 de LeBron na história dos Lakers

    Astro será o 15º jogador a usar o número na franquia para deixar um novo legado com seu nome na NBA Do SporTV Acamisa 23 é histórica por ter sido a escolhida por Michael Jordan em sua carreira no basquete. Sabidamente um perseguidor das marcas do ex-jogador, LeBron James também entrou com o mesmo número na NBA, a liga americana de basquete. Só não usou em sua passagem pelo Miami Heat pela decisão da franquia de aposentá-lo em uma homenagem a Jordan, mesmo sem ele jamais ter defendido o time. Mas nem sempre, essa camisa foi utilizada por jogadores icônicos em todas as franquias. No Los Angeles Lakers, novo time de LeBron, 14 jogadores usaram o número na história, mas nenhum deles foi capaz de deixar uma marca suficiente para fazer a franquia aposentá-lo. Veja abaixo quem foram os antecessores do Rei. LeBron James no Los Angeles Lakers (Foto: Reprodução / ...

    Leia mais

    #GeledesEsportes: O futebol como meio de resgate

    Geledés inicia hoje no YouTube um espaço direcionado ao esporte. O objetivo é abordar os temas de raça e gênero dentro da esfera esportiva evidenciado boas práticas, políticas e programas para o esporte em geral. O nosso primeiro convidado é coordenador da Escola Coxa Butantã, Mario Augusto, que fala sobre o futebol como meio de resgate de vidas e o trabalho de cidadania que ele desenvolve junto com outros atores nos campos de várzea ainda existentes em algumas regiões de SP. 

    Leia mais

    Por que a imprensa esportiva trata o leitor como imbecil?

    Várias pesquisas têm apontado que o interesse do brasileiro pelo destino da Seleção Brasileira na Copa do Mundo é uma dos mais baixos dos últimos anos. E comentaristas políticos e de futebol apontam uma fileira de argumentos para justificar o desinteresse, três deles têm destaque: o vexame sofrido com a derrota para a Alemanha por sete a um (2014), a corrupção descoberta e exposta pela Operação Lava Jato e a rápida degeneração do governo do presidente da República, Michel Temer (MDB – SP). Por Carlos Wagner  Do Observatório da Imprensa Foto: Reproduzida/Observatório da Imprensa Mas, como se sabe, uma pesquisa é o retrato de um momento. Pelo que se sabe, não há nada de errado com a paixão dos brasileiros pelo futebol. Dependendo do desempenho dos jogadores, tudo pode virar uma grande festa pelo Brasil afora. Agora, esse quadro é uma oportunidade para nós, repórteres, ressuscitarmos uma ...

    Leia mais

    Roberto Osuna é suspenso por 75 jogos por violar política de violência doméstica

    O comissário Rob Manfred anunciou, nesta sexta-feira, que o arremessador Roberto Osuna aceitou suspensão sem pagamento até 4 de agosto de 2018 por violar a Política de Violência Doméstica, Agressão Sexual e Abuso de Criança da liga. A decisão é retroativa ao dia 8 de maio, quando o reliever começou a cumprir gancho preventivo, e cobre um total de 75 jogos. Por André Garda, do Quinto Quarto  Foto: RICHARD LAUTENS / TORONTO STAR FILE PHOTO O jogador do Toronto Blue Jays concordou em não apelar da decisão. Seguindo as premissas da política, Osuna irá participar de forma confidencial e compreensiva de avaliação e tratamento supervisionado por uma junta da MLB. O arremessador de bullpen foi acusado de agredir uma mulher no dia 8 de maio e, logo em seguida, foi colocado em licença administrativa, o que gerou uma investigação da liga. “Meu escritório completou a investigação em relação a alegação que Roberto Osuna ...

    Leia mais

    Por medo de racismo, jogador inglês pede que família não vá à Copa

    Jogador não quer se preocupar com eventuais agressões a seus familiares durante seu período de concentração na disputa Da Veja  Danny Rose sofreu ofensas racistas em Mundial sub-21 em 2012, na Sérvia (Carl Recine/Reuters) O lateral esquerdo da seleção da Inglaterra Danny Rose pediu a seus familiares que não vão à Copa do Mundo por temer que eles sejam vítimas de preconceito na Rússia. “Disse à minha família que não quero que viaje para lá por causa do racismo e tudo mais que pode acontecer”, disse o jogador de 27 anos ao jornal londrino Evening Standard nesta quarta-feira. “Não quero ficar me preocupando com a segurança de minha família enquanto estou tentando me preparar para os jogos. Se alguma coisa acontecer comigo, não me afetaria como se fosse com eles”, completou. Rose, que sofreu ofensas raciais quando jogou com a seleção inglesa sub-21 na Sérvia, em 2012, acrescentou: “Não me importo com o que for acontecer, e prefiro ...

    Leia mais
    Tiffany Abreu, 34 anos, foi a primeira transexual a entrar em quadra por uma partida oficial da Superliga, principal campeonato de vôlei do Brasil. (REPRODUÇÃO/TWITTER)

    Atletas transgêneros têm de ser incluídos no esporte, diz Federação Internacional de Vôlei

    Para comissão médica a participação de transgêneros é fundamental, mas eles devem ser liberados pelas federações nacionais. Por Andréa Martinelli, do HuffPost Brasil Tiffany Abreu, 34 anos, foi a primeira transexual a entrar em quadra por uma partida oficial da Superliga, principal campeonato de vôlei do Brasil. (REPRODUÇÃO/TWITTER) O caso da jogadora de vôlei transexual, Tiffany Abreu, 34 anos, tem causado mal estar na Superliga Feminina e dividido opiniões entre especialistas. Na tarde desta quarta-feira (24), após uma reunião em Lausanne, na Suíça, integrantes da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) ratificaram o posicionamento da organização, favorável 'à manutenção de atletas transexuais no esporte. Além de reforçar sua posição, a FIVB manteve as condições vigentes estabelecidas pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) em 2015, se comprometeu a "estudar melhor a questão" e ainda ratificou que a participação de transgêneros ou não nos times é responsabilidade das federações locais. "Hoje fizemos avanços significativos em ...

    Leia mais

    Nós nos importamos

    Quando cerca de 140 meninas e mulheres vítimas de abuso sexual juntam forças para denunciar o seu agressor é de se esperar que a imprensa repercuta o fato e a sociedade proteste pedindo justiça. Mas não é o que tem acontecido desde que vieram à tona, a partir do segundo semestre de 2017, as diversas denúncias de atletas da seleção americana de ginástica contra Larry Nassar, ex-médico da equipe e da Michigan State University. Do Think Olga Depois de anos de rumores e denúncias que foram abafadas, ignoradas ou relativizadas, Nassar, já condenado a 60 anos por posse de pornografia infantil, está finalmente sendo julgado. Diversas atletas e ex-atletas – da ginástica, do futebol, do vôlei e da patinação artística – confrontam o ex-médico em audiência que iniciou na terça-feira, 16, no tribunal em Lansing, no Michigan. Em depoimentos perturbadores, elas revelaram detalhes dos abusos disfarçados de exames médicos e que ...

    Leia mais

    STJD suspende goleiro do Oeste por cinco jogos por suposto racismo

    Rodolfo foi acusado pelo zagueiro Messias, do América, de o ter chamado de "macaco" na partida em que a equipe paulista venceu a mineira pela Série B Foto: Reprodução TV Globo Por Antônio Anderson Do O Tempo Em julgamento realizado nesta terça-feira, a Segunda Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu punir o goleiro Rodolfo, do Oeste-SP, com cinco jogos de suspensão mais multa de R$ 5 mil pelo caso de suposta injúria racial contra o zagueiro Messias, do América. Rodolfo foi acusado por Messias de cometer o crime de racismo durante a partida entre América e Oeste realizada no dia 1º de outubro, na Arena Independência, e que foi válida pela 27ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Na súmula do jogo, o árbitro baiano Jailson Macedo Freitas informou que aos 52 minutos do segundo tempo, o zagueiro Messias veio em sua direção e pediu para ...

    Leia mais

    Após insultos na internet, Rafael Vaz levanta bandeira contra o racismo

    O zagueiro Rafael Vaz sentiu tristeza, raiva, vontade de brigar e de chorar – tudo junto – quando viu que sua foto no Instagram, ao lado de sua filha Raphaella, recebeu comentários com a palavra “macaco” e outras que não podem ser publicadas aqui. Sete meses depois do episódio, ficou o receio, quase medo, de usar as redes sociais. no Isto É “Fico com receio de que aconteça de novo. Penso três vezes antes de postar qualquer coisa. Na internet, as pessoas sabem que não serão pegas. Quem fez uma vez, vai fazer de novo”, comentou o defensor do Flamengo, o time de maior torcida no Rio de Janeiro. “A única coisa que me deixa aliviado é que minha filha era bem novinha, menos de dois anos de idade, e não entendia o que acontecia”, disse. Para proteger a família, que ficou bastante abalada, Rafael Vaz deixou a história para ...

    Leia mais

    Vítima de racismo, jogadora acusa Federação Inglesa de chantagem

    Nesta quarta-feira, foi realizada uma audiência no Comitê de Digitalidades, Mídia, Cultura e Esportes do Reino Unido, para tratar das alegações feitas por Eniola Aluko e Drew Spence, jogadoras do Chelsea e da seleção inglesa de futebol, vítimas de tratamento racista por parte de seu ex-treinador, Mark Sampson. Além de depor a respeito do caso, Aluko ainda revelou ter sido chantageada pelo chefe executivo da Federação Inglesa de Futebol (FA), em troca de uma declaração assinada a dizer que a entidade não é institucionalmente racista. Do Gazeta Esportiva NigeriaFilms.com Minutos antes da atleta prestar seu depoimento, a FA realizou um pedido de desculpas oficial às duas, se baseando na apuração feita pela advogada independente Katherine Newton. Porém, o texto pode ser considerado um tanto quanto contraditório, à medida que não condena totalmente a atitude do ex-técnico da seleção feminina. Contém trechos como “No entanto, Newton conclui ...

    Leia mais

    Após perder cinturão, Jon Jones é retirado do ranking peso por peso e dos meio-pesados

    Ex-campeão da divisão até 93kg foi pego no antidoping por uso de turinabol antes do UFC 214 e viu a luta contra Daniel Cormier ter final revertido para "sem resultado" Do Sportv Algumas horas depois da Comissão Atlética da Califórnia declarar o confronto de Jon Jones x Daniel Cormier como "luta sem resultado" e a consequente devolução do cinturão dos meio-pesados a "DC", o UFC decidiu remover "Bones" dos dois rankings em que se encontrava: peso por peso e da categoria até 93kg. Até a última quarta-feira, Jon Jones ocupava a terceira colocação entre os melhores de todas as divisões de peso do UFC e ainda se encontrava como campeão dos meio-pesados. Segundo o novo ranking, Stipe Miocic (dono do cinturão nos pesados) é o novo número 3 peso por peso, e TJ Dillashaw é o mais novo ranqueado, na 15ª posição. Já entre os meio-pesados, a mudança mais óbvia: Daniel Cormier passa a ...

    Leia mais

    Futebol sempre foi coisa para pobre no Brasil, até decidirem que não seria mais

    O futebol é o esporte do povo, dizem, com boa dose de razão. As regras são fáceis de serem compreendidas. A prática também é simples. Basta uma bola, feita de meia ou de poliéster, uma latinha de refrigerante amassada, uma tampinha de garrafa, dois chinelos e muita imaginação. É o assunto que melhor une o patrão e o empregado, o doutor e o porteiro, e o estádio, o ambiente inclusivo em que todos eles convivem em harmonia. Todas as afirmações ainda são verdadeiras, com exceção da última. No Brasil, ainda mais no Brasil com 14 milhões de desempregados, o futebol virou programa para quem consegue pagar muito por um ingresso. E o preço cobrado exclui muita, muita gente. Por: Bruno Bonsanti, do Trivela Por isso, Alexandre Kalil, prefeito de Belo Horizonte e ex-presidente do Atlético Mineiro, tem o mérito de pelo menos ter sido grosseiramente honesto ao dizer, em entrevista ao jornal El País, ...

    Leia mais

    Grêmio e Aranha, uma história de racismo perverso e continuado

    Visto por dirigentes como “pessoa perigosa”, goleiro revive o trauma dos ataques racistas Por BREILLER PIRES, do El  Pais  Quando ainda era goleiro do Santos, em 2014, Mário Lúcio Duarte Costa, o Aranha, foi chamado de “macaco” por vários torcedores do Grêmio. Câmeras de televisão flagraram as ofensas racistas. O clube acabou punido com a exclusão da Copa do Brasil. No mesmo ano, o goleiro voltou a jogar na Arena do Grêmio. Passou a partida inteira sendo vaiado por uma expressiva parcela da torcida. Ao fim do jogo, afirmou que a manifestação, logo depois de ter sido alvo de injúria racial, reforçava o preconceito dos gremistas que o atacaram e que aquelas vaias não eram normais. Repórteres que o cercavam se comportaram como inquisidores. Alguns, lançando sorrisos provocativos, insinuavam que Aranha deveria reagir calado ao açoite. Embora tenha aderido a campanhas educativas e dialogado com suas organizadas para abolir o termo “macaco” de cânticos ...

    Leia mais
    Foto: iStock.com

    Os campos e a cor: Um caso de racismo por semana no futebol brasileiro em 2017

    Enquanto a bola rola nos gramados nacionais, um monstro ruge e faz vítimas nas arquibancadas físicas e virtuais. Segundo o Observatório da Discriminação Racial no Futebol, de janeiro a abril deste ano, foram recebidas mais de 30 denúncias. Marcelo Carvalho, criador e diretor executivo do canal que realiza o Relatório Anual da Discriminação Racial no Futebol, afirma que este é um recorde em um início de temporada desde 2014, quando a entidade foi criada. Foto: iStock.com por Eliana Alves Cruz via Guest Post ​- Ainda estou processando os números de 2017, mas já temos um recorde para os quatro primeiros meses do ano - disse Marcelo. O observatório busca apoio para a publicação do relatório de 2016. Talvez devido ao domínio da cena pelos Jogos Olímpicos no Brasil, seus números apontam um decréscimo nas denúncias dos casos em relação a 2015. Este ano, nas estatísticas computadas pela ...

    Leia mais

    Brasileirão 2017 – Retrato dos comandantes na série A e série B do Campeonato brasileiro de futebol

    No futebol brasileiro é comum escutarmos histórias do inicio do século XX, com referência a participação de negros no esporte. Afirmam alguns historiadores de que o Vasco da Gama – Rio de Janeiro, foi o primeiro clube a permitir a participação de jogadores negros em seu elenco, algo contestado por alguns. O certo é que o Vasco foi o primeiro time brasileiro a ser campeão estadual com seu elenco composto por negros, em 1922, na segunda divisão e 1923 na primeira divisão do Estadual carioca. por Rodnei Jericó para o Portal Geledés Tal fato, a época, gerou nos demais clubes cariocas uma revolta grande, a ponto de se forma outra liga com a exclusão do Vasco da Gama, sob a alegação de que a equipe não tinha estádio. Assim, inicia-se uma trajetória gloriosa do futebol brasileiro, onde o ambiente propiciava um acirramento racial no discurso e nas atitudes  e que ...

    Leia mais
    Página 3 de 6 1 2 3 4 6

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist