Tag: cabelo black power

    blank

    Cabelos crespos ganham protagonismo em projeto fotográfico que combate racismo

    Responder às palavras racistas com a beleza do cabelo crespo. Essa foi a forma que o jovem Ronald Santos encontrou para afirmar a negritude pelas lentes fotográficas. Ronald nasceu e cresceu na Cidade do Recife, tentando a carreira de modelo, mas afirma que em todos os processos recebeu sempre a mesma resposta, de que ele “não estava no padrão de beleza” que a agência procurava. Por Mosaico Cultural, Do Brasil de Fato Ensaios são feitos em locais da Cidade do Recife (PE) (Foto: Crespografia) O tempo passou e o plano de afirmar a estética da negritude ganhou novos ares. Em 2016, ao cursar uma cadeira de fotografia na faculdade, Ronald encontrou um novo caminho para seus sonhos. O fotógrafo se reuniu com amigas da comunidade do Coque, localizada na área central do Recife, para fazer ensaios fotográficos. É daí que nasceu o Crespografia, que é junção ...

    Leia mais
    blank

    ‘Solta esse black’: estudantes do RJ criam movimento pra acabar com machismo e racismo dentro da sua escola

    Tanto o machismo quanto o preconceito racial se proliferam em aspectos que parecem mínimos, mas que servem de combustível para profundas situações de desigualdade e opressão. O coletivo Solta esse Black, formado por alunas da Escola Municipal Levy Miranda, no Morro da Conceição, no Rio de Janeiro, se formou para empoderar as garotas e combater as lógicas e hábitos machistas e preconceituosos tanto dentro quanto fora da escola, a partir de um desses detalhes determinantes: o cabelo. no Hypeness O coletivo enfrenta os efeitos desses preconceitos através de oficinas de turbante e penteado afro e do incentivo e divisão de ideias sobre cuidados com seu cabelo “black” – além de propriamente o encontro os debates ao redor do tema. E essa luta já começa a alcançar suas primeiras conquistas. Por conseguirem impactar de forma positiva e significativa as situações de opressão e a valorização das identidades negras dentro da escola, ...

    Leia mais
    blank

    Após comentário racista, repórter da RBS TV presta queixa

    O jornalista Manoel Soares foi vítima de racismo na internet, na quarta-feira, 4. O repórter da RBS TV publicou foto no Facebook, mostrando o seu novo corte de cabelo. Nos comentários da publicação, um internauta o atacou escrevendo “Bombril hein”, se referindo ao cabelo afro do profissional. Fonte: Comunique-se Em outra publicação, o jornalista mostrou o comentário racista: “O que diriam a uma pessoa que após ver uma foto de cabelo afro diz isso?”, perguntou aos seus seguidores na rede social. Além disso, na edição diária do ‘Jornal do Almoço’, Soares falou sobre o assunto, informando que prestou queixa do agressor na polícia. “Quando ele fez este comentário racista, ele não só me ofendeu. Ele ofendeu a toda pessoa negra que tem orgulho de seu cabelo, tem orgulho de sua pele e de ser como é. Agora vamos esperar que a polícia tome os seus procedimentos, porque o que a ...

    Leia mais
    blank

    Lista de 11 coisas que ouço muito por ter cabelo Black, ou existe racismo no Brasil?

    Mirian Sores, ativista e feminista jovem preta alagoana e estudante do curso de Serviço Social  do Centro Universitário Tiradentes, em Maceió,AL, relacionou uma pequena amostra do racismo que não diz seu nome, mas, se coloca em perguntas “inocentes”, aquelas que “ do sem querer ofender” por Arísia Barros no Raízes da África Ei-las: Olá amiguinhos, lista de coisas que ouço muito: 1. Pesa muito? Seu pescoço não dói não? 2. Como você deixa seu cabelo assim? / O que você faz para o seu cabelo ficar assim? (Sempre essa pergunta vem de pessoas que tem o cabelo liso natural) 3. Você penteia seu cabelo como?  4. Ter o cabelo assim deve ser super em conta, não tem gastos, já que não é nada arrumado. (Essa eu escuto de pessoas que tem o cabelo alisado quimicamente)  5. Você fica tão desarrumada com esse cabelo. 6. Posso tocar no seu cabelo? Só para ...

    Leia mais
    blank

    Modelo de 4 anos vira sensação na web com cabelo black power e looks estilosos

    Farouk James é londrino participa de desfiles, posa para fotos e recebe elogios diários de seguidores Por Carmen Lúcia, Purepeople Tem momentos que a internet é invadida por uma onda de fofura infantil. Quem não lembra da doce Alice Albuquerque? Ela bomba na internet imitando os looks de celebridades como Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank. A pequena já foi elogiada até pela atriz Julianne Trevisol. Na manhã desta sexta-feira, quem causou na internet foi Bento, de 2 anos, filho da modelo Carol Trentini. O menino é uma graça com seu cabelo ruivo e seus olhos azuis. E por falar em cabelo, a sensação do momento é Farouk James, de 4 anos. Sua marca registrada é o black Power ruivo. Londrino como a cantora Adele, dona do hit Hello, estiloso e cheio de personalidade, o menino já posou para várias marcas infantis e até desfilou na semana de moda de Londres. ...

    Leia mais
    blank

    Realmente “o racismo é coisa da tua cabeça”

    Mais uma da série: ‪#‎nãoexistepreconceitonoBrasil‬ ‪#‎nãomeKhaloMais‬ Eu, no terminal de integração, com todos os documentos e procedimentos necessários efetuados tentando fazer a segunda via do meu cartão de passe quando a moça que me atendia chama a gerente e mostra algo no computador. A gerente acena a cabeça negativamente e consigo ler em seus lábios: "Não pode." por Marcinha Lima no Facebook Fiquei sem entender. A moça do guichê entrega meus documentos de volta e no comprovante de bloqueio escreve e me diz: "Vc tem que mudar a foto." Eu pergunto o por quê e ela diz que foi a gerente que falou que não podia. Insisti em entender o motivo, explicando que minha foto atendia todas as normas pré-estabelecidas no site onde efetuei o cadastro. Ela diz que infelizmente não pode fazer nada e que eu deveria mudar minha foto para conseguir efetuar o procedimento. Não satisfeita fui até a gerente ...

    Leia mais
    blank

    ‘Meu Black é Assim’: Em resposta a festa sem negros, jovens compartilham fotos de seu black power

    Uma festa no Rio de Janeiro chamada "Meu Black é Assim" está provocando grande discussão no Facebook. O motivo? Não há nada de "black" nas fotos postadas da festa do último dia 25. Página da festa 'Meu Black é Assim' recebe milhares de críticas por ironicamente não ter negros | Reprodução/Facebook Apesar de o nome remeter ao cabelo black power e de o logo da festa estampar o desenho de um negro com cabelo black power em disco de vinil, a festa, ironicamente, tinha a maioria... Branca. É claro que isso não passou em branco batido pelos usuários da rede social e a página da festa recebeu em poucos dias milhares de críticas. "Meu black é assim tão white ", comentou uma usuária. "Só faltou distribuir aquelas perucas bizarras", disse outro. "Cadê o black?", questionou um jovem. "Blackfraude", brincou outro usuário. Leia Também: Está na moda ser ...

    Leia mais
    blank

    Aluno é proibido de fazer rematrícula em escola por causa de cabelo black power

    A direção da escola proibiu os pais de de Vinícius Santos Dias Moraes, de 16 anos, de fazer a rematrícula porque o aluno usa o cabelo no estilo black power. Cientes da situação, os estudantes se manifestaram durante o intervalo das aulas. no R7 leia também: Em SP, escola é acusada de racismo após comunicado em que pede ‘cabelo liso’ em alunas para apresentação  Aluno com cabelo black power é impedido de fazer rematrícula em colégio O aluno Vinicius Santos Dias, de 16 anos, foi vítima de racismo no Colégio Adventista, em Santos, no litoral de São Paulo. Segundo informações divulgadas no G1, o aluno não conseguiu fazer a rematrícula na escola para o próximo ano letivo porque decidiu adotar o cabelo no estilo black power. no Catraca Livre Os diretores da escola o chamou para conversar cinco vezes durante 2015 insistindo que Vinicius cortasse o cabelo. Para eles, o black power é "exótico" e "fere" as regras da ...

    Leia mais
    blank

    EMPODERAMENTO: Não é sobre o tamanho do seu black power

    Atualmente o termo empoderamento tem sido muito empregado dentro de alguns grupos de lutas sociais. Ele é utilizado (ou deveria ser) para denominar o processo no qual uma pessoa se conscientiza e “se dá conta do seu poder”. Haha, (quase isso). Empoderar-se é reconhecer-se enquanto [email protected] social, polí[email protected], [email protected] da sua própria história e capaz de lutar por direitos que não são só seus, mas também de um grupo. Empoderamento é singular e é plural. Singular no sentido de que é um processo individual e pode ocorrer pelas mais diferentes motivações. Plural porque por meio do empoderamento aprendemos que a luta é coletiva, em prol [email protected] irmãs e irmãos. Por Ana Carolina Cerqueira Do Preta e Power Como o título do texto sugere, a abordagem refere-se a um recorte do movimento negro. É notável que nesses últimos anos, com a ascensão da internet e mais especificamente das redes sociais, o tráfego de ...

    Leia mais
    blank

    Revista Allure causa polêmica ao fazer tutorial de cabelo afro com modelo branca

    A edição de agosto da revista norte-americana "Allure" causou polêmica nesta segunda-feira (3) no Twitter ao ensinar passo a passo de cabelo afro em uma mulher branca. Leitores estão dizendo que a publicação está incentivando a apropriação cultural. no MidiaCom No artigo chamado "Sim, você (você mesmo) pode ter um afro", a "Allure" usa a atriz Marissa Neitling, do programa "The Last Ship", como modelo para tutorial de black power. Segundo o texto, que faz parte de um especial sobre a estética dos anos 70, qualquer pessoa de cabelo liso pode conquistar os cachos volumosos usando algodão, secador e tendo muita paciência. Porém, os críticos apontam que, além de colocar uma pessoa branca na matéria, a revista ignorou o contexto histórico e cultural do penteado. Como já adianta o nome, o black power foi símbolo do orgulho negro durante os anos 60 e 70, quando a luta pelos direitos civis ...

    Leia mais
    blank

    As diferenças entre os comentários em notícias sobre eventos de negros e ruivos

    “Da série: não existe racismo no Brasil.” Por Alexandre Orrico, do BuzzFeed São Paulo recebeu, neste domingo, a primeira edição da Marcha do Orgulho Crespo. O ato lembra Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha e ocorreu no vão livre do Masp. Em uma notícia no G1 muitas pessoas criticaram o evento. Este aqui disse que quer planejar uma “marcha pelo orgulho liso” e desmereceu o ato. “Gente com o cabelo liso não tem orgulho no cabelo, pensa mais é em estudar e melhorar de vida.” Esta deu entender que racismo não existe e que a marcha não “leva a lugar algum”. “Eu acho que quando se faz uma marcha de orgulho de algo automaticamente os participantes se colocam em uma posição inferior, que na verdade não existe. Acredito que isso não leve a lugar algum.Afinal quem é preconceituoso não muda sua mente conservadora e antiquada por conta de marchinhas anti-preconceito.” g1.globo.com ...

    Leia mais
    blank

    ‘Que tu fez no cabelo? Tomou choque?’ perguntou o cobrador de ônibus para a universitaria

    A universitária Gilvanete Costa, que relata ter sofrido ofensa racista de cobrador de ônibus no DF (Foto: Gilvanete Costa/Arquivo Pessoal) Polícia Civil do DF investiga se houve injúria racial em comentário. Homem fala em mal-entendido; prisão pelo crime pode chegar a 3 anos. por Raquel Morais no G1 A Polícia Civil do Distrito Federal investiga se houve injúria racial de um cobrador de ônibus contra uma universitária na Rodoviária do Plano Piloto. De acordo com Gilvanete Costa, de 25 anos, o homem questionou a aparência dela pouco depois que ela subiu no coletivo: “Moça, o que tu fez no cabelo? Tomou um choque? Tá estranho (sic)”. Em depoimento na delegacia, o rodoviário afirma que houve um mal-entendido. O incidente aconteceu na segunda-feira (6), por volta das 15h30. Depois de pegar o passaporte no posto do Na Hora e almoçar no Conjunto Nacional, Gilvanete embarcou em um ônibus rumo à casa dela, no ...

    Leia mais
    blank

    Denúncia de racismo em escola de SP contra aluna de 12 anos gera comoção

    Lorena tem 12 anos e agora vai à escola sorrindo com seu cabelo black power. Mas não era assim até o mês passado, quando foi vítima de racismo por colegas de turma no colégio estadual onde estuda, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. Segundo sua mãe, Camila dos Santos Reis, a menina sofreu agressões verbais por causa de sua cor e seu cabelo. A web designer conta que criaram grupos no WhatsApp para insultá-la por mensagens de voz. Lolô, como é conhecida carinhosamente, ouviu e chorou calada. Até que o preconceito chegou aos ouvidos da mãe, que fez barulho nas redes sociais. No DCM O primeiro desabafo de Camila no Facebook foi curtido por mais de 107 mil pessoas e compartilhado por quase 75 mil. No post, ela conta que Lolô lhe enviou uma mensagem, dizendo: “Olha o que eu sofro”. Na sequência, cerca de 20 áudios ofensivos ...

    Leia mais
    blank

    Deixem meu cabelo em paz (Kids)

    Em 2011 fizemos uma versão de deixem meu cabelo em paz,  quem ainda não viu pode clicar nesse link  Redação Portal Geledés Esse ano resolvemos fazer a mesma matéria só que direcionada para as crianças. Então preparem seus corações porque é muito estilo pra pouco tamanho. Veja tambem:  Deixem meu cabelo em paz Menina de 10 anos que se recusa a alisar o cabelo vira hit na internet  Em vídeo, menina de 8 anos combate preconceito sobre seu cabelo

    Leia mais
    blank

    ITGIRLS: JULIA SARR-JAMOIS

    A editora de moda da I-D (uma das revistas mais descoladas que tem por aí) tem um estilo incrível!!! Ela se veste com peças super diferentes e combina tudo de um jeito super moderno e divertido. Uma das coisas que eu mais curto nos looks dela são os óculos escuros, sempre super diferentes e criativos. no MariMoon O cabelo é um destaque a parte! Eu sou SUPER fã de cabelo afro assim bem natural e cheio como o dela. Acho lindo e cheio de personalidade!!!

    Leia mais
    blank

    Em vídeo, menina de 8 anos combate preconceito sobre seu cabelo

    A mineira Carolina Monteiro, de apenas 8 anos de idade, está dando aulas de autoestima e combate ao preconceito na internet. A pequena garota usa seu canal no YouTube para mostrar sua identidade e beleza e rebater críticas dos coleguinhas da escola sobre seu cabelo black power. As informações são do Vírgula, da UOL. Do Estilo Catraca  O canal é administrado por Patrícia, mãe da menina, e já tem 74 mil visualizações. O intuito é dar mensagens de liberdade e ensinar a outras crianças sobre a importância de amarem a si mesmas e acabarem com o racismo desde a infância. Assista ao vídeo em que Carol se defende daqueles que insistem em mudar o formato de seu cabelo:   Leia Também: Menina de 10 anos que se recusa a alisar o cabelo vira hit na internet Sistema da PF não aceitou meu cabelo black power para foto de passaporte Campanha incentiva ...

    Leia mais
    blank

    Concurso Miss Black Power Brasil

    O Miss Black Power Brasil é o primeiro concurso que premia candidatas negras que investem em seus cabelos crespos ao natural. O único critério exigido pelo concurso é que os cabelos estejam dentro da estética do Black Power – ouriçados para o alto -, e sejam naturais, sem implantes ou alongamentos artificiais. A ideia surgiu a partir das vivências no Spa Magia Azeviche, localizado em Salvador, onde todos os dias são realizados tratamentos capilares e corporais em mulheres e homens negros, que buscam o Spa com o intuito de fazer uso de produtos mais próximos do natural, ou desejam abandonar o uso de produtos químicos capilares. O 1º Concurso “Miss Black Power Brasil”, que acontecerá no dia 09 de novembro de 2014, às 17h00, no Centro de Teatro do Oprimido – Rio de Janeiro (RJ), é de abrangência nacional. O mandato da Miss Black Power será de 01 (um) ano, ...

    Leia mais
    blank

    TRT de Brasília mantém condenação à empresa Voetur por coagir empregado a cortar cabelo ‘black power’

    Funcionário chegou a se sentir "atração de circo" após piadas e comentários A condenação imposta pelo juiz Gilberto Augusto Leitão Martins, da 11ª Vara do Trabalho de Brasília (DF) à Voetur Turismo e Representações por assédio moral contra um funcionário afrodescendente, coagido a cortar o cabelo em estilo black power que usava, foi mantida pela Terceira Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10). No julgamento do recurso apresentado pela empresa, os magistrados apenas reajustaram o valor da indenização, que foi fixado em R$ 4,8 mil. Atração de circo O autor da reclamação trabalhista conta que foi contratado pela Voetur no cargo de revisor. Relata que eram comuns comentários sobre seu cabelo, sua cor e seu excesso de peso. Mas o fato mais grave ocorreu, segundo ele, em um evento motivacional promovido pela empresa, com show de humor, música, gincana e serviços de massoterapia e cabeleireiro. Na ocasião, ...

    Leia mais

    Bonecas étnicas costumizadas

    Hoje é possível realizar compras pela internet. Como o mercado brasileiro não reconhece e insiste em invisibilizar a beleza étnica, estamos disponibilizando um site para quem gostaria de realizar compra de bonecas étnicas com cabelos e acessórios customizados para quem tiver paciência de esperar já que nos parece que a fila é enorme, mas vale a pena! O procedimento é simples, preencha os dados, nome, email e escolha a cor de sua preferência, no box Custom Request Details copie acima uma boneca de sua preferência e cole, depois é só realizar o pagamento com cartão de crédito e esperar a entrega. clique aqui acessar a página.   Karen Byrd Natural Girls United!   Positive Community Change (Uma mudança positiva na comunidade): Eu criei o projeto de personalização de cabelo de bonecas, para que elas tivessem a aparência, o estilos e as texturas dos cabelos de mulheres e meninas étnicas. Porque quando menina, lembro do ...

    Leia mais
    Página 1 de 2 1 2

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist