quarta-feira, maio 12, 2021

Tag: Magazine Luiza

Imagem: rawpixel.com/nappy.co

Potências Negras Summit: evento gratuito e inédito traz debate urgente e aulas online contra a desigualdade racial nas empresas

Os últimos acontecimentos e o cenário pandêmico escancararam a desigualdade, o preconceito e a violência, muitas vezes velados. Está, mais do que nunca, evidente que precisamos agir. Quando falamos em oportunidades para pessoas negras e brancas, o cenário brasileiro ainda é de um enorme abismo social. A falta de representatividade nas empresas é, entre outros fatores, um dos motivos para tornar essa disparidade tão grande. Para se ter uma ideia, de acordo com os dados da Síntese de Indicadores Sociais (SIS), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), trabalhadores negros, mesmo quando possuem as mesmas competências, recebem salário até 31% menor do que brancos que ocupam o mesmo cargo. Por questão social, estratégica, mas principalmente de sobrevivência em se falar sobre o tema, o Summit Potências Negras, realizado por Ana Minuto e Escola Profissas, traz um dia inteiro de aulas e painéis para empoderar a comunidade negra e ...

Leia mais
Luiza Trajano iniciou o movimento Unidos pela Vacina junto com o grupo Mulheres do Brasil (Foto: Lailson Santos/Divulgação)

Luiza Trajano cria movimento para vacinar todos os brasileiros até setembro

Um grupo de empresários liderados por Luiza Trajano, do Magazine Luiza, começou uma campanha que visa facilitar a vacinação contra a covid-19 no Brasil. O movimento "Unidos pela Vacina" afirma que pretende possibilitar a vacinação de todos os brasileiros até setembro deste ano. "O nosso objetivo é vacinar todos os Brasileiros até setembro deste ano. Sim, vacina para todos até setembro deste ano!", escreveu Luiza Trajano em uma publicação no Instagram na qual apresenta a campanha. A empresária completou: "A gente não discute política, não procura culpado. A gente discute, sim, como levar a vacina até todas as pessoas do nosso país."   Ver essa foto no Instagram   Uma publicação compartilhada por Luiza Helena Trajano (@luizahelenatrajano) O Unidos Pela Vacina começou a se articular após a dona do Magazine Luiza fazer um chamado ao grupo "Mulheres do Brasil", que conta com mais de 70 mil mulheres de diversos setores da ...

Leia mais
Foto: ECOA

Empresária Luiza Helena Trajano compartilha aprendizados sobre diversidade nos negócios e como mudar o Brasil

Única mulher entre as dez pessoas mais ricas do Brasil, a empresária Luiza Helena Trajano, presidente do conselho de administração do Magazine Luiza, diz que é o mercado financeiro quem tem mostrado que promover diversidade nas empresas é também sinônimo de lucro. Na outra ponta, afirma, os consumidores estão exigindo engajamento e postura cidadã antes de fechar a compra. "O que está acontecendo agora é um fenômeno, as empresas estão tomando consciência de que têm que ter diversidade. Não é nem pelo ideal, é para o negócio delas", disse Trajano, em entrevista exclusiva a Ecoa. "Não tem nada que mude mais do que quando o mercado financeiro compra ". Defensora de política de cotas e da maior participação de mulheres em espaços de decisão nas companhias, Luiza Trajano foi quem saiu publicamente para explicar o processo seletivo para trainees exclusivo para profissionais negros no último ano. A medida gerou ...

Leia mais
O presidente do Magalu, Frederico Trajano - Mastrangelo Reino - 11.dez.2017/Folhapress

Escolhidos no trainee para negros estavam em postos abaixo de suas capacidades, diz presidente do Magalu

Após entrevistar os candidatos para a última etapa do processo seletivo de trainees do Magalu, exclusivo para negros, Frederico Trajano, presidente da empresa, diz que saiu com uma triste constatação: quase todos os profissionais estavam em postos abaixo de suas capacidades. Segundo o empresário, que conversou com a Folha poucos minutos depois de revelar o resultado aos selecionados, a empresa “nivelou por cima”. Qual é a sua conclusão após o processo? Estou radiante, contagiado com as histórias das pessoas. Há mais de 15 anos, eu sempre faço a fase de entrevistas com os finalistas. Esta foi a que mais me emocionou. Sobre o sucesso do programa ou não, só veremos mais para a frente. Por mais brilhantes que sejam esses aprovados, ainda é só um primeiro passo. O objetivo final é que eles virem gerentes, diretores e presidentes da companhia ou de subsidiárias. É aí que queremos chegar. Mas o que ...

Leia mais
Adobe

A legalidade das ações afirmativas

Após a divulgação do processo seletivo para a contratação de trainee da empresa Magazine Luiza, alguns questionamentos e posicionamentos bastante polarizados acerca da legalidade das políticas afirmativas que visam a contratação e inserção da população negra no mercado de trabalho. Muitos foram os argumentos, alguns com embasamentos, outros fundamentados somente no inconformismo pessoal de grupos privilegiados, mas, dentre os principais argumentos está a afirmação ou a infirmação do racismo. Entretanto, a fim de entender o racismo, faz-se necessário compreender primeiro o que é hegemonia. Em síntese, o conceito de hegemonia foi lapidado primeiramente por Antonio Gramsci, hoje pode ser entendida como uma estratégia de classe, pois significa o exercício do poder por um conjunto de indivíduos de uma determinada classe ou de determinadas classes (entendida como conjunto de valores, ideias, crenças, raças) que acaba por propagar a ideologia do grupo dominante de forma que sejam aceitas e assimiladas como verdades ...

Leia mais
Fachada de loja da Magazine Luiza, em São Paulo. Foto: Daniel Teixeira/Estadão

Caso Magazine Luiza: em nota pública, MPF defende que ações afirmativas como a do grupo empresarial são constitucionais e devem ser replicadas

O Ministério Público Federal (MPF) emitiu nota pública, nesta sexta-feira (9), na qual destaca ser “louvável e incensurável” ações afirmativas adotadas por grupos empresarias, como o Magazine Luiza, que buscam a realização de processo de treinamento e aperfeiçoamento profissional exclusivamente voltados a pessoas negras e pardas. A nota pública é assinada pelo procurador federal dos Direitos do Cidadão, Carlos Alberto Vilhena, e pelo procurador da República Marco Antonio Delfino  – coordenador do grupo de trabalho (GT) Combate ao Racismo e Promoção da Igualdade Racial, que atua no âmbito da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão. De acordo com a nota, “atuações voltadas à concretização de objetivos e valores relativos à efetivação e à materialização do princípio da igualdade, basilar de nossa sociedade, encontram amparo legal e constitucional no ordenamento jurídico brasileiro, e devem ser replicadas”. Segundo o documento,  para enfrentar um cenário de ausência de pessoas negras e pardas nos ...

Leia mais
Fachada de loja da Magazine Luiza, em São Paulo. Foto: Daniel Teixeira/Estadão

Grupo de defensores da União repudia ação contra Magazine Luiza por trainee só para negros

O Grupo de Trabalho de Políticas Etnorraciais da Defensoria Pública da União (DPU) emitiu nota técnica repudiando a ação civil movida pelo defensor Jovino Bento Júnior contra a Magazine Luiza, acusada de promover "marketing de lacração" com o anúncio de um programa de trainee destinado a candidatos negros. Dentro da entidade, o processo contra a empresa provocou forte mal-estar entre defensores, que classificaram a medida "péssima" e "muito constrangedora". Nos bastidores, a ação movida por Jovino foi encarada como uma ‘reação’ de um grupo minoritário de defensores públicos mais alinhados com a gestão Jair Bolsonaro que perderam a última eleição interna para o Conselho Superior da Defensoria Pública da União, realizada em julho. Atualmente, o colegiado é formado majoritariamente por integrantes que tem uma visão mais crítica de medidas e ações do governo. Uma fonte relatou ao Estadão que acredita que a ação contra a Magalu teve o objetivo de ...

Leia mais
Unidade do Magazine Luiza no Ribeirão Shopping — Imagem retirada do site G1

O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 10 e a Igualdade Racial no Mercado de Trabalho

Este ano começou com muitas mudanças no mundo do trabalho, com a pandemia muitos trabalhadores perderam seu ganha pão e como era de se esperar os negros são os mais prejudicados com o desemprego e piores condições de trabalho. Mas o mercado também está surpreendendo com ações pontuais de contratação de negros para cargos de maior responsabilidade. Uma iniciativa inovadora do Magalu chega para contribuir com as metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) Algumas empresas e instituições estão com iniciativas de disponibilizar vagas direcionadas para negros em cargos de maior responsabilidade. O movimento é positivo, mas precisamos monitorar essas vagas para saber quem está sendo contratado, se os cargos estão realmente sendo ocupados por negros. Esse movimento está em evidência e requer um olhar analítico para não correr o risco do “Marketing Racial”, que consiste na contratação de uma pessoa negra como estratégia de propaganda, visando o lucro, não ...

Leia mais
Iniciativa de promover programa de trainees exclusivo para negros gerou atritos entre magistrados da Justiça do Trabalho (Foto: Divulgação/ Magazine Luiza)

Trainee para negros é constitucional e não é enquadrado em lei contra o racismo

A iniciativa da rede de lojas Magazine Luiza de promover o seu primeiro programa de trainee voltado exclusivamente para o recrutamento de pessoas negras provocou intenso debate público e acabou respingando no Poder Judiciário, mas especificamente na Justiça do Trabalho. Segundo a maioria dos especialistas ouvidos pela ConJur, a ação é constitucional e não pode ser enquadrada na Lei contra o Racismo. Ao comentar a notícia divulgada pela rede varejista, a juíza Ana Luiza Fischer Teixeira de Souza Mendonça, do TRT-3, em Minas Gerais, afirmou que o processo é inadmissível. "Discriminação na contratação em razão da cor da pele: inadmissível", escreveu nas redes sociais. Depois questionou a constitucionalidade programa de trainees da companhia. "Na minha Constituição, isso ainda é proibido", completou ao responder um comentário feito na publicação original. As declarações da juíza provocaram uma onda de reações contrárias. Em entrevista à rádio CBN, a presidente da Associação Nacional dos ...

Leia mais
Criadoras do Indique Uma Preta, Verônica Dudiman, Daniele Mattos e Amanda Abreu fizeram parte da consultoria do programa de trainee do Magazine Luiza Imagem: Divulgação

Por que um programa de trainee para negros ainda incomoda tanto?

Em 2012, a jornalista Karen* tinha acabado de voltar de um intercâmbio de seis meses no Canadá quando se inscreveu em um processo seletivo para ser trainee de uma multinacional. Assim como ela, cerca de 20 mil pessoas mostraram interesse pelas vagas. Karen ia bem: passou na primeira e na segunda fase. Após a terceira, porém, recebeu a mensagem de que o desempenho apresentado por ela não tinha sido suficiente para que se mantivesse na disputa de uma vaga na área de comunicação, como queria. O que ocorreu durante essa terceira fase a jovem só consegue descrever como "traumatizante". A começar pelo fato de que, quando chegou ao local, dos 20 candidatos e três recrutadores presentes, ela era a única pessoa negra. "Ali já bate uma ansiedade, né? Fiquei pensando o que teria que aguentar sozinha", conta. Por um momento, chegou até a duvidar de si, mas tratou de relembrar ...

Leia mais
Foto: Jonathas Queiroz

Jundiaiense denuncia contratação da Magazine Luiza por discriminação racial

O programa de contratação trainee exclusivo para negros da rede varejista Magazine Luiza foi alvo de um boletim de ocorrência por “discriminação racial” de um servidor público jundiaiense de 50 anos de idade. No boletim de ocorrência registrado pela internet na última segunda-feira (21), ao 7º Distrito Policial, o cidadão pede para a corporação investigar o programa de trainee da empresa, que na alegação dele “visa contratar novos funcionários através de critérios raciais, que fere a Constituição da República”. MPT rejeita denúncias de racismo O Ministério Público do Trabalho em São Paulo indeferiu nesta quinta-feira (24) uma série de denúncias recebidas contra o Magazine Luiza por suposta discriminação na decisão da empresa de selecionar apenas negros em seu próximo programa de trainees. Para o MPT, não houve violação trabalhista, mas sim uma ação afirmativa de reparação histórica. Ao todo foram recebidas 11 denúncias em que a varejista é acusada de ...

Leia mais
Magalu quer mais diversidade, pois só tem 16% de negros em cargos de chefia. Foto: Daniel Teixeira/Estadão

Ações como o programa de trainees do Magalu apenas para negros devem ganhar força no País

Iniciativas para promover diversidade e inclusão, como a do Magazine Luiza, que gerou polêmica nas redes sociais, vão virar tendência em grandes empresas daqui para frente, segundo especialistas em recursos humanos e executivos. Nos últimos três meses, período tradicional de abertura de programas de treinamento, outras três empresas – Bayer, Ambev e P&G – também anunciaram inscrições de programas exclusivos para estudantes negros. Em comum, essas empresas querem ampliar a diversidade dos novos funcionários e, principalmente, prepará-los para que ocupem cargos de direção. Um dos passos para atrair candidatos foi substituir a obrigatoriedade da língua inglesa por cursos que serão fornecidos aos que forem selecionados. Na sexta-feira, o anúncio do Magalu sobre o programa de trainee abriu uma disputa nas redes sociais entre os que elogiaram a medida e os que acusaram a empresa de “racismo reverso” com brancos, usando a hashtag #MagazineLuizaRacista. No mesmo dia, a Bayer, empresa da área química e farmacêutica de origem alemã, também ...

Leia mais
Bianca Santana - Foto: João Benz

Magazine Luiza e um passo de ruptura com o pacto da branquitude

As desigualdades raciais no mundo do trabalho são vistas a olhos nus. Quem conhece o Brasil sabe a cor de pele e a textura dos cabelos de quem ocupa o topo e de quem ocupa a base da pirâmide social. E o abismo com o qual convivemos está mensurado: a diferença na taxa de desemprego entre brancos e negros é de 71,2%; brancos recebem, em média, 56,6% a mais que a população negra; dentre profissionais contratados para cargos de liderança em São Paulo no ano de 2019, apenas 3,69% eram pretos ou pardos; mulheres negras são apenas 0,5% do quadro executivo das 500 maiores empresas brasileiras. Tais dados costumam ser ignorados por quem comanda as organizações e, ano após ano, contratações e promoções atualizam seus quadros reproduzindo os mesmos critérios racializados. Mas a escolha que privilegia um grupo racial e exclui outro não está nomeada, é evidente. O silenciamento e ...

Leia mais
Luiza Trajano iniciou o movimento Unidos pela Vacina junto com o grupo Mulheres do Brasil (Foto: Lailson Santos/Divulgação)

Magazine Luiza quer negros em cargos de liderança

Sempre muito visionária, engajada de fato com causas sociais, direitos humanos e questões raciais, a empresária Luiza Trajano, CEO da rede Magazine Luiza, decidiu colocar apenas negros no próximo programa de trainees, em 2021. Luiza Trajano participou do primeiro Fórum Brasil Diverso, onde despertou para as questões raciais. Assim como a Magazine Luiza, empresas como a Ambev e a L’Oreal têm se voltado para a inclusão de negros em seus quadros, visando lideranças. O assunto toou conta das redes sociais no final de semana e a maciça maioria dos internautas apoiou e elogiou a medida. A deputada federal Benedita da Silva (PT) destacou que a Magalu tem 53% de pretos e pardos em seu quadro de funcionários, mas apenas 16% deles em cargos de liderança. Pai adotivo de duas crianças negras, o ator Bruno Gagliasso se posicionou. Ele chamou os “irmãos brancos para uma conversa” e afirmou que o racismo ...

Leia mais
Frederico Trajano: 'Sabíamos que essa nossa ação afirmativa iria desencadear discussões' Foto: Paulo Whitaker/Reuters

‘Magazine Luiza ter só 16% de líderes negros é inaceitável’, diz presidente da varejista

A decisão do Magazine Luiza em colocar apenas negros em seu próximo programa de trainees, conforme noticiado pelo Estadão/Broadcast, teve, segundo o presidente da empresa, Frederico Trajano, um componente matemático. De um lado, há o desequilíbrio entre o número de funcionários e o de lideranças negras dentro da empresa. Por outro, ter à frente pessoas que refletem a realidade da população brasileira levará a tomadas de decisão que aumentarão as vendas – e gerarão maior valor ao acionista. “Somos responsáveis por quem selecionamos e promovemos”, diz. “Claramente, se temos 53% da equipe negra e parda e só 16% de negros e pardos em cargos de liderança, há um problema para resolver com uma ação concreta.” A decisão de criar um programa de trainees voltado para pessoas negras partiu da empresa ou teve a ver com demandas de investidores? Definitivamente, não de investidores. Não espere isso tão cedo. Embora exista a ...

Leia mais
Luiza Trajano (Foto: World Economic Forum)

Ataques ao Magazine Luiza revelam “capitalismo arcaico da direita brasileira”

A iniciativa da empresa Magazine Luiza de reservar todas as vagas do seu programa de trainees em 2021 a candidatos negros é um dos temas mais comentados das redes sociais neste sábado (19), e causou a fúria de vários setores da direita brasileira, fazendo com que liberais e conservadores se unissem na promoção da hashtag #MagazineLuizaRacista. Além da campanha nas redes sociais, também surgiram iniciativas judiciais contra a empresa: dois deputados do PSL do Rio de Janeiro, Carlos Jordy e Daniel Silveira, apresentaram seus processos contra a empresa Magazine Luiza, denunciando suposto crime de “racismo”, se apoiando no questionado conceito de “racismo reverso” (no qual os negros oprimiriam os brancos). No entanto, para o professor Dennis de Oliveira, da ECA/USP (Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo), “a iniciativa do Magazine Luiza, além de ser produto da pressão do movimento negro, também mostra que a empresa está ...

Leia mais
(Foto: Divulgação/ Magazine Luiza)

Programa de trainee da Magazine Luiza para negros causa polêmica

A decisão da Magazine Luiza em colocar apenas negros no próximo programa de trainees, antecipada pelo Broadcast, está entre os assuntos mais comentados do momento no Twitter neste sábado (19/9). A decisão da empresa abriu um disputa nas redes sociais entre os que elogiam a medida e aqueles que acusam a Magalu de "racismo reverso" com brancos, usando a hashtag #MagazineLuizaRacista. Gente, estão abertas as inscrições p/ o Trainee 2021, o programa q forma as futuras lideranças do Magalu. Igualdade de oportunidades e a inclusão são duas das nossas mais importantes causas. E, por isso, neste ano será exclusivo para candidatos negros. Segue o fio pra entender + pic.twitter.com/rc4puiMEs8 — Lu do Magalu (em 🏠) (@magazineluiza) September 18, 2020 Trainee da Magazine Luiza dividiu opiniões Dentre os críticos, estão o vice-líder do governo na Câmara, deputado Carlos Jordy. O deputado afirmou que está entrando com representação no Ministério Público contra ...

Leia mais
(Foto: Divulgação/ Magazine Luiza)

Magazine Luiza abre inscrições de trainee só para negros

O Magazine Luiza anunciou em comunicado a abertura de inscrições para seu programa de trainee 2021, que aceitará apenas candidatos negros. “O objetivo do programa é trazer mais diversidade racial para os cargos de liderança da companhia, recrutando universitários e recém-formados de todo Brasil, no início da vida profissional”, informou a empresa, em comunicado. Em post no Twitter, Luiza Helena Trajano afirmou: “Um passo importante para consolidarmos a diversidade da empresa”. Serão aceitos candidatos formados de dezembro de 2017 a dezembro de 2020, em qualquer curso superior. Conhecimento de inglês e experiência profissional anterior não são pré-requisitos para a seleção. O salário é de R$ 6,6 mil, com benefícios e bônus de contratação de um salário.

Leia mais

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist