Ataques ao Magazine Luiza revelam “capitalismo arcaico da direita brasileira”

A iniciativa da empresa Magazine Luiza de reservar todas as vagas do seu programa de trainees em 2021 a candidatos negros é um dos temas mais comentados das redes sociais neste sábado (19), e causou a fúria de vários setores da direita brasileira, fazendo com que liberais e conservadores se unissem na promoção da hashtag #MagazineLuizaRacista.

Além da campanha nas redes sociais, também surgiram iniciativas judiciais contra a empresa: dois deputados do PSL do Rio de Janeiro, Carlos Jordy e Daniel Silveira, apresentaram seus processos contra a empresa Magazine Luiza, denunciando suposto crime de “racismo”, se apoiando no questionado conceito de “racismo reverso” (no qual os negros oprimiriam os brancos).

No entanto, para o professor Dennis de Oliveira, da ECA/USP (Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo), “a iniciativa do Magazine Luiza, além de ser produto da pressão do movimento negro, também mostra que a empresa está antenada com estudos feitos no mundo inteiro, nos Estados Unidos principalmente, mostrando que empresas que adotam políticas a favor da diversidade obtêm resultados melhores”.

Já sobre a reação dos diferentes setores da direita, o professor Oliveira afirma que “já era esperada, e revela o quanto a nossa direita está atrasada mesmo com relação às tendências mais contemporâneas do capitalismo. Eles defendem um capitalismo arcaico, uma visão que não é aceitável em nenhum cenário mais moderno do capitalismo atual”.

Por sua parte, a empresa Magazine Luiza publicou um tuíte em resposta à campanha da direita, afirmando que não se intimidará e que está tranquila com relação à legalidade da sua iniciativa.

“Estamos absolutamente tranquilos quanto a legalidade do nosso Programa de Trainees 2021. Inclusive, ações afirmativas e de inclusão no mercado profissional, de pessoas discriminadas há gerações, fazem parte de uma nota técnica de 2018 do Ministério Público do Trabalho”, explicou o tuíte da empresa.

+ sobre o tema

Maranhão tem 30 cidades em emergência devido a chuvas

Subiu para 30 o número de cidades que decretaram...

O Estado emerge

Mais uma vez, em quatro anos, a relevância do...

Extremo climático no Brasil joga luz sobre anomalias no planeta, diz ONU

As inundações no Rio Grande do Sul são um...

IR 2024: a um mês do prazo final, mais da metade ainda não entregou a declaração

O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda...

para lembrar

Entidades comemoram resposta do TPI sobre Bolsonaro

Entidades de direitos humanos comemoram a resposta da procuradoria...

Rede de supermercados da Suécia decide boicotar produtos brasileiros

A rede sueca de supermercados Paradiset anunciou nesta quarta-feira...

Mineirinho – por Clarice Lispector

  É, suponho que é em mim, como...

Onde foram parar os adultos?

Somos uma sociedade infantilizada, que não sabe perder, tem...

Mulheres em cargos de liderança ganham 78% do salário dos homens na mesma função

As mulheres ainda são minoria nos cargos de liderança e ganham menos que os homens ao desempenhar a mesma função, apesar destes indicadores registrarem...

‘O 25 de abril começou em África’

No cinquentenário da Revolução dos Cravos, é importante destacar as raízes africanas do movimento que culminou na queda da ditadura em Portugal. O 25 de abril...

IBGE: número de domicílios com pessoas em insegurança alimentar grave em SP cresce 37% em 5 anos e passa de 500 mil famílias

O número de domicílios com pessoas em insegurança alimentar grave no estado de São Paulo aumentou 37% em cinco anos, segundo dados do Instituto...
-+=