Ação Educativa lança edital para selo comemorativo de 20 anos da lei 10.639

A lei estabelece a obrigatoriedade de História e Cultura Afro-Brasileira nas grades curriculares dos ensinos fundamental e médio

Ação Educativa Assessoria Pesquisa e Informação, associação civil sem fins lucrativos, está com inscrições abertas para o Edital do concurso do Selo Comemorativo de 20 anos da Lei 10.639, que vai selecionar um projeto de selo comemorativo de 20 anos da Lei 10.639 a ser utilizado em todas as formas de identidade visual, tais como em eventos, folders, cartazes, impressos, papel timbrado, convites, envelopes, bandeiras, site institucional, redes sociais e publicações. Para participar do processo seletivo, o candidato deverá enviar a ficha de inscrição, memória descritiva e os arquivos da imagem para o e-mail [email protected] até 30/04/2023, 23:59 (horário de Brasília), com o seguinte assunto: “Selo comemorativo de 20 anos da Lei 10.639”. A proposta selecionada será remunerada em R$ 3.000,00O trabalho.

A associação é uma das integrantes do Projeto SETA, que tem como objetivo transformar a rede pública brasileira em um ecossistema antirracista e reforça que a formação escolar deve reconhecer e valorizar a história dos povos negros e indígenas. Nesse sentido, o edital celebra os 20 anos da alteração da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) pela Lei 10.639/2003 (e posteriormente 11.645/2008) como ação afirmativa central no processo de combate ao racismo na educação. 

A Ação Educativa  incentivada a participação de artistas negros, indígenas, LGBTQIAPN+, com deficiência, mulheres e moradores/as de territórios periféricos. Todas as informações estão disponíveis  no edital

Sobre o SETA  

O Projeto Seta é uma aliança inovadora, com sete organizações das sociedades civil nacional e internacional: ActionAid, Ação Educativa, Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Coordenação Nacional de Articulação de Quilombos (CONAQ), Geledés – Instituto da Mulher Negra, Makira-E’ta e a UNEafro Brasil. Fundado em 2021, o objetivo central é transformar a rede pública escolar brasileira em um ecossistema de qualidade social antirracista. O projeto foi selecionado pela Fundação W. K. Kellog no Desafio de Equidade Racial 2030, sendo o único brasileiro entre os cinco premiados. 

+ sobre o tema

Da proteção à criação: os pós-docs negros da USP nas fronteiras da inovação

Desenvolvimento de produtos, novas tecnologias para a geração de...

Programa Erasmus oferece bolsas integrais na Europa

O Erasmus, programa promovido pela União Europeia para fomento a...

Projeto SETA tem novo financiador e amplia trabalho aprofundando olhar interseccional

O Projeto SETA (Sistema de Educação por uma Transformação Antirracista),...

para lembrar

Os 25! Indígenas se formam no EJA Guarani

Uma formatura foi realizada no dia 12 de dezembro...

“Nunca Tivemos Uma Geração Tão Triste”

Augusto Cury, o famoso psiquiatra que tem livros publicados...

Bolsas de estudo: Japão oferece curso profissionalizante com tudo pago para jovens brasileiros

O MEXT (Ministério da Educação, Cultura, Esporte, Ciência e...

As cotas raciais e a percepção dos privilégios

Entro em sala de aula. Olho para os lados....
spot_imgspot_img

Provas do Enem 2024 serão em 3 e 10 de novembro; confira o cronograma

O cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 foi divulgado nesta segunda-feira (13). As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10...

Da proteção à criação: os pós-docs negros da USP nas fronteiras da inovação

Desenvolvimento de produtos, novas tecnologias para a geração de energia, manejo ecologicamente correto na agricultura e prevenção à violência entre jovens nativos digitais. Essas...

Inscrições para ingresso de pessoas acima de 60 anos na UnB segue até 15 de maio; saiba como participar

Estão abertas as inscrições do Processo Seletivo para Pessoas Idosas que desejam ingressar nos cursos de graduação da Universidade de Brasília (UnB) no período...
-+=