Ana Paula Lisboa

Para os filhos que ficam

Os seus pais vão morrer. É ainda mais difícil se dar conta disso depois de um Dia das Mães, como foi o último domingo. Eu acho este um dos dias mais bonitos de se...

Uma supernova

No dia em que minha irmã nasceu, a Nasa fotografou uma supernova no universo. Quando minha irmã nasceu, foi uma das maiores alegrias da minha casa. Na verdade, admito que foi a maior alegria da...

Os palancas negras

Não foi o 7 x 1 que me frustrou, inclusive eu estava dormindo durante o jogo contra a Alemanha. Lembro que acordei várias vezes com os gritos e rojões, tantas vezes que achei que...

Fogo pela boca

Reinava. Não por força, mas porque podia. O cheiro de terra úmida do homem mais bonito do mundo. Os movimentos suaves e precisos, a altura imponente, o corpo esguio e muito escuro. Como numa...

Desconseguir

Eu ia dizer que falhei. E na verdade falhei sim, falhei feio, falhei rude. Mas não sei se esta é a melhor palavra. Falhar é verbo transitivo, porque quem falha, falha sempre em alguma...

Para adiar o fim do mundo

Uma (ou várias histórias), um novo velho amor, um antigo eu. Um bolo de chocolate brasileiro comido em Luanda porque é impressionante como nenhum bolo de chocolate supera o nosso. O “ar-condicionado no 15 e a...

Edificar o lar

Na verdade eu venho pensando mais fortemente nisso desde que vi a notícia sobre o brutal assassinato da pastora Sara Mariano. Ela foi morta pelo marido — segundo a polícia, um crime planejado pelo...

Eu estou preocupada

Quem diria que décadas de descaso, opressão, jornadas de trabalho exaustivas revezadas com o desemprego, negação de direitos básicos, insegurança alimentar, estresse, incentivo ao consumo de álcool e outras drogas e horas e horas...

útimas postagens

-+=