Para adiar o fim do mundo

Quero bolo de chocolate e churrasco; praia e vento na cara; Flávia Oliveira conversando com Nego Bispo e Conceição Evaristo na Flup 2023. Qualquer coisa escrita (e talvez qualquer coisa pensada) por Conceição Evaristo.

Uma (ou várias histórias), um novo velho amor, um antigo eu.

Um bolo de chocolate brasileiro comido em Luanda porque é impressionante como nenhum bolo de chocolate supera o nosso.

O “ar-condicionado no 15 e a gente suando”, a temperatura no máximo do mínimo, o ventilador de teto girando sem medo. Minhas mãos macias em você, tua língua macia em mim.

Vento na cara.

A cura do câncer e da Aids, eu nunca mais precisar fazer um check-up. Os planos de saúde e os bancos sem lucros bilionários.

Um cronograma de trabalho bem feito, um plano de ação executado sem medo. Pilhas de cadernos sem linhas onde tudo pode ser encontrado rapidamente. Cadernos esses escritos com a letra bem redondinha e caneta preta de ponta média.

Uma entrevista do Zeca Pagodinho, Paulinho da Viola cantando “perdoa meu bem, perdoa”. Aquela poesia que te escrevi e nunca enviei. Todas as poesias que você já me disse.

Gilberto Gil tocando violão pro Caetano.

Tarde da noite dançando Bob Marley. Nós dançamos semba com aquela queda no final e aquele áudio que diz algo sobre “o teu jeito esperto de olhar o céu”.

Seu cheiro.

Churrasco acompanhado de salpicão e farofa. Piscina de plástico e quintal com mangueira ligada. Cerveja gelada e Guaravita para as crianças.

Os áudios do meu pai dizendo que me ama. Meus sobrinhos crescendo lindos. Um arco-íris visto de cima e Oluali com seus dedinhos de 2 anos apontando pro arco-íris.

Praia no meio da semana. Praia no fim de semana. Uma casa de frente para o mar e um sítio com galinhas para comer ovos frescos todos os dias.

Poder apertar e não acender agora.

Dois vestidos novos por 5 mil kwanzas no total. Câmbio de 10. Água fresca, sombra de árvore, visto para Moçambique aprovado em menos de 24 horas.

Tempo de ócio, dinheiro na conta, exercícios três vezes por semana, terapia em dia. Memes cinco vezes por dia, sete dias por semana. Internet rápida e barata, sonhar todas as noites, acordar com o nascer do sol.

Trabalhar só até 17h.

A entrevista do Fábio Assunção para Fátima Bernardes. Flávia Oliveira conversando com Nego Bispo e Conceição Evaristo na Flup 2023. Qualquer coisa escrita (e talvez qualquer coisa pensada) por Conceição Evaristo.

Um penteado trançado feito pela Marlene. Uma viagem para Cabinda ou para o Pará. Finalmente provar um tacacá. Seis meses em Nova York, mais seis em Benguela e algumas semanas em Buenos Aires.

Fernanda Montenegro lendo Clarice. Clarice falando sobre Clarice. Reler Clarice.

Justiça.

O amor sendo eterno novamente.

+ sobre o tema

Ministério da Igualdade Racial lidera ações do governo brasileiro no Fórum Permanente de Afrodescendentes da ONU

Ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, está na 3a sessão do...

Crianças do Complexo da Maré relatam violência policial

“Um dia deu correria durante uma festa, minha amiga...

Concurso unificado: saiba o que o candidato pode e não pode levar

A 20 dias da realização do Concurso Público Nacional...

Estudo mostra que escolas com mais alunos negros têm piores estruturas

As escolas públicas de educação básica com alunos majoritariamente...

para lembrar

Convite para o lançamento do livro de contos Olhos D’água, de Conceição Evaristo

Convite para o lançamento do livro de contos Olhos...

Conceição Evaristo recebe Medalha Pedro Ernesto na Câmara Municipal do Rio

A escritora mineira Conceição Evaristo (70) será homenageada pela...

Literatura afrodescendente: uma proposta de diálogo entre Maria Firmino dos Reis e Conceição Evaristo

por Robson Lacerda Dutra1Vanessa Figueiredo2  no e-Scrita RESUMO: Baseados em...

Ativista da Costa Rica, Epsy Campbell, espera ver presidente negra no Brasil

A ativista afrofeminista Epsy Campbell (foto) afirmou neste sábado...
spot_imgspot_img

Foi a mobilização intensa da sociedade que manteve Brazão na prisão

Poucos episódios escancararam tanto a política fluminense quanto a votação na Câmara dos Deputados que selou a permanência na prisão de Chiquinho Brazão por suspeita do...

Com a conivência do Estado

Enfim, foi da nefasta aliança entre crime, polícia e política no Rio de Janeiro, tão antiga quanto conhecida, que brotaram mandantes e, ao menos,...

Com a conivência do Estado

Enfim, foi da nefasta aliança entre crime, polícia e política no Rio de Janeiro, tão antiga quanto conhecida, que brotaram mandantes e, ao menos,...
-+=