quinta-feira, setembro 24, 2020

    Tag: desigualdade salarial

    Getty/Gary Waters

    Aumenta desigualdade salarial entre brancos e pretos, diz IBGE

    A diferença de rendimentos entre trabalhadores brancos e pretos aumentou em 2019, atingindo o maior patamar desde 2016, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). De acordo com pesquisa divulgada pelo instituto nesta quarta (6), a renda média mensal dos pretos equivalia a 55,8% da dos brancos. O rendimento médio dos trabalhadores brancos foi de R$ 2.999 em 2019. Já os pretos tiveram rendimento médio de R$ 1.673. Foi a segunda maior diferença da série histórica da pesquisa, iniciada em 2012, perdendo apenas para 2016. Os trabalhadores que se declararam pardos tiveram em 2019 renda média de R$ 1.719 por mês. O valor equivale a 57,3% do rendimento médio dos brancos. Nesse caso, porém, a diferença se mantém praticamente estável nos últimos anos, após uma queda em 2016. Em 2019, os trabalhadores pretos representavam 10,4% da população ocupada no país. A fatia vem crescendo ao longo dos últimos ...

    Leia mais
    blank

    Mapa da Desigualdade: Por que falar em Desigualdade?

    Fonte: Rede Nossa São Paulo Muitas vezes, quando se fala em desigualdade, a primeira coisa que as pessoas visualizam é o desequilíbrio na distribuição de renda. Porém, quando falamos em desigualdade, estamos nos referindo às suas diversas formas de se manifestar: desigualdade de gênero, desigualdade racial e, principalmente, em desigualdades regionais. Essas assimetrias perpetuam ciclos viciosos de estagnação social e acesso a direitos básicos, como educação e saúde de qualidade; direito à moradia, ao trabalho, à cultura; direito a ter boas condições de mobilidade e segurança; direito a um meio ambiente saudável e a uma infância feliz. Os efeitos da desigualdade são perversos e afetam a todas e todos, inclusive às pessoas socialmente mais privilegiadas. Esses efeitos se refletem em vários aspectos mensuráveis, como nos índices de criminalidade e violência (social e simbólica); nos tipos e na remuneração do trabalho; no nível de estresse e nas doenças que afetam a população. Esses números demonstram, explicitamente, os sinais de uma sociedade desequilibrada e ...

    Leia mais
    (Bruce Bennett / Staff/Getty Images)

    Nova York proíbe salários desiguais para homens e mulheres na mesma função

    A nova norma foi anunciada durante a comemoração da seleção dos Estados Unidos pela conquista do quarto título na Copa do Mundo Feminina. Por Alice Arnoldi, do MdeMulher  (Bruce Bennett / Staff/Getty Images) Mais um passo foi dado na conquista de mais direitos para as mulheres. Na última quarta-feira (10), o governador de Nova York, Andrew Cuomo, decretou uma lei que proíbe que homens e mulheres ganhem salários diferentes quando exercerem a mesma função dentro das empresas. Segundo o G1, o grande momento da divulgação aconteceu enquanto a seleção dos Estados Unidos comemorava a conquista do quarto título na Copa do Mundo Feminina 2019. Isso porque o time estadunidense usou todo o holofote dentro e fora de campo para defender condições melhores às mulheres – inclusive, a igualdade salarial para homens e mulheres no futebol. Ainda na festa novaiorquina que aconteceu para a Seleção estadunidense, a ...

    Leia mais
    blank

    Salário de branco pobre é 46% maior do que o de negro pobre

    Relatório da ONG Oxfam revela que desigualdades sociais aumentaram no Brasil em 2016 e 2017, com negros, pobres e mulheres ganhando menos Por Diego Junqueira, do R7 A desigualdade social voltou a aumentar no Brasil nos últimos dois anos, com aumento da pobreza, aumento da mortalidade infantil e aumento da diferença salarial entre homens e brancos ante mulheres e negros. Os resultados fazem parte de um relatório elaborado pela organização não governamental Oxfam, com sede no Reino Unido. "2017 foi um ano de péssimas notícias para a redução das desigualdades no país, com a aparente consolidação de um recuo histórico", informa o documento “País Estagnado: um retrato das desigualdades brasileiras 2018”, divulgado nesta segunda-feira (26). Segundo o levantamento, a diferença salarial entre brancos e negros (um dos indicadores da desigualdade social brasileira) não apresenta avanços há sete anos. "Desde 2011, a equiparação de renda dos negros está estagnada", diz o texto, assinado ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist