Baixa escolaridade afeta empregos de jovens da América Latina

Cepal discute promoção do trabalho decente e oportunidades de novos empregos para os jovens da região em encontro no Peru; apenas 32,4% das mulheres da América Latina com até três anos de escolaridade tem emprego.

Por: Daniela Traldi, do Envolverde

Quanto mais baixo o nível educacional de jovens, menor será o acesso a empregos de qualidade e de alta produtividade, particularmente entre as mulheres.

A afirmação foi feita pelo secretário-executivo da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe, Cepal, Antonio Prado, durante encontro em Lima.

Escolaridade
Prado participa do 2º Fórum América Latina e Caribe – União Europeia, que termina nesta quarta-feira no Peru.

O encontro de três dias reúne especialistas, ministros, representantes de governo e de organizações internacionais para discutir a promoção do trabalho decente e oportunidades de novos empregos para os jovens.

O secretário-executivo da Cepal lembrou que apenas 32,4% das mulheres da região com até três anos de escolaridade tem emprego. O índice sobe para 53% quando elas tem educação primária e secundária completa.

Segundo Antonio Prado, a relação entre escolaridade e nível de pobreza é parecida. Quase 25% dos jovens mais pobres da região não são economicamente ativos nem trabalham. Entre os ricos, apenas 7% estão na mesma situação.

Investimentos

A fraca inserção no mercado de trabalho traria várias conquências, como baixa renda, desigualdade, transmissão de pobreza, má utilização de recursos investidos na educação e desintegração social.

O secretário-executivo da Cepal pediu mais investimentos em educação e capacitação de trabalho e medidas como ampliação das matrículas e aumento de jornada escolar para o nível primário.

As conclusões e recomendações do Fórum no Peru serão entregues aos chefes de Estado e governo que participam de encontro em Madri em maio.

Para ouvir esta notícia clique em: http://downloads.unmultimedia.org/radio/pt/real/2010/1002107i.rm ou acesse:
http://www.unmultimedia.org/radio/portuguese/detail/176321.html

 

+ sobre o tema

Bolsista do ProUni convida Lula para festa de formatura

A estudante de jornalismo Rita Correa Garrido, de 26...

UNEafro abre inscrições para cursinho

UNEafro abre inscrições para cursinho VAGAS ABERTAS 2017 Você quer ser...

Universitários brasileiros são brancos, moram com os pais e estudam pouco

Pesquisa traçou perfil do estudante que cursa os últimos...

Como a Academia se vale da pobreza, da opressão e da dor para sua masturbação intelectual

Texto originalmente publicado em RaceBaitR como “How Academia Uses...

para lembrar

Obra infanto-juvenil em inglês aborda preconceito racial

Lançamento do livro “The Black Butterfly” (A borboleta Preta), de...

Educação física, arte, sociologia e filosofia ficam no Ensino Médio

A Câmara dos Deputados decidiu incluir na reforma do...

Nova Zelândia oferece bolsas de estudo para brasileiros; veja como participar

Quem sempre teve o sonho de estudar no exterior,...

A crítica de Marcien Towa às doutrinas de identidade africana

O presente trabalho propõe tematizar a crítica que o...
spot_imgspot_img

Como a educação antirracista contribui para o entendimento do que é Racismo Ambiental

Nas duas cidades mais populosas do Brasil, Rio de Janeiro e São Paulo, o primeiro mês do ano ficou marcado pelas tragédias causadas pelas...

SISU: selecionados têm até quarta-feira para fazer matrícula

Estudantes selecionados na primeira chamada do processo seletivo de 2024 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) têm até quarta-feira (7) para fazer a matrícula...

Contra o racismo, educação

Algumas notícias relacionadas à temática racial chamaram a nossa atenção nesta semana. Uma delas foi a iniciativa de um grupo de entidades de propor...
-+=