Confira o resultado do edital para o curso Encruzilab

É com muita alegria que comunicamos as mulheres selecionadas para participarem da primeira turma do Encruzilab – curso em educação digital Módulo I. Tivemos mais de 80 inscritas, e para a primeira turma, no mês de agosto, selecionamos 27 pessoas, priorizando especialmente as mulheres negras adultas, sobretudo com 40 anos ou mais, que são as que apresentam maiores dificuldades e menos possibilidades de acessar formações, que garantam sua autonomia e busca por direitos.

O objetivo do curso é promover a educação digital para fortalecer as habilidades de mulheres negras em pensamento crítico, sensibilidade de gênero, raça, orientação sexual e identidade de gênero e, através de oficinas, o uso prático, seguro e ético da internet e das mídias digitais.

Para o mês de setembro selecionaremos a segunda turma.

Fique atenta ao segundo chamado.

Esta iniciativa é promovida pelo Geledés – Instituto da Mulher Negra, apoiada pelo Fundo Elas no edital Aliança Negra pelo Fim da Violência.

Confira abaixo a lista das selecionadas em ordem alfabética:

Adenizia Rosa Ananias

Adriana Maria Nery de Souza

Aline Rocha

Ana Maria da Silva Pinho

Ana Paula da Silva Moreira 

Ariana Santos de Araujo 

Ayaní 

Carina Zacarias Barros 

Carolina Pereira de Macedo 

CATIA APARECIDA LAURINDO (NEGA SHOW)

Dorgiana Galdino da Silva 

Edna Lázaro dos Santos Costa

Egbomi Conceição Reis dOgun 

Erika Teixeira 

Fabiana Alves Ferreira 

Generosa Maria de Sousa Lima 

Janete Rodrigues Barbosa

Maria Aparecida Soares da Silva Figueiredo 

Maria Cristina da Silva Chagas

Maria das Graças Gomes Nascimento 

Maria Thereza Vieira de Assis 

Marlene Agda de Lima Oliveira

Natalina Procópio da Costa 

Neria de Souza Santos

Rita de Cássia Alves Leonardo 

Solange Batista dos Santos

Thamiris Suellen dos Santos

+ sobre o tema

Enem: cinco temas de Redação que podem cair na prova

Para fazer uma boa redação do Enem, é preciso...

Sisu 2023: número de participantes volta a subir após 8 anos em queda; Nordeste é região com mais inscritos

No total, 1.073.024 de pessoas se inscreveram no processo seletivo do Sistema...

para lembrar

spot_imgspot_img

Posicionamento: pela divulgação do Relatório de Monitoramento de Violações na Baixada Santista

Geledés -Instituto da Mulher Negra apoia a Comissão Arns e as organizações da sociedade civil no repúdio às execuções sumárias e com exigência de...

Debate na ONU sobre a nova declaração de direitos da população afrodescendente conta com a presença de Geledés

Geledés - Instituto da Mulher Negra esteve presente na sede das Nações Unidas em Genebra, na Suíça, durante os dias 8 e 9 de...

Fórum em Barbados discute as grandes temáticas do feminismo negro 

“O que o poder do feminismo negro significa hoje?”. Essa pergunta intrigante e provocativa foi temática de um dos painéis do Fórum dos Feminismos...
-+=