Denzel Washington ajudou a pagar os estudos de Chadwick Boseman

Ator nem sabia que ajudaria o futuro astro de Pantera Negra…

Chadwick Boseman está brilhando como T’Challa em Pantera Negra. Porém, no início de sua carreira, o ator precisou de um empurrãozinho para começar seus estudos — de ninguém mais, ninguém menos do que Denzel Washington.

Por Vitória Pratini Do Adoro Cinema

SEAN GALLUP/GETTY IMAGES/JAMIE MCCARTHY/GETTY IMAGES FOR NBC

Em uma entrevista à revista Rolling Stone, Boseman revelou que, quando estava na faculdade, teve Phylicia Rashad (The Cosby Show, Creed: Nascido para Lutar) como professora e mentora. Na época, o ator se candidatou para um programa de intercâmbio de verão para estudar teatro em Oxford. Ele foi aceito, junto com outros colegas, mas nenhum deles tinha condições de pagar para ir. Então Rashad convocou alguns amigos da indústria do entretenimento para ajudar.

Quando voltou da viagem de estudos, Boseman recebeu uma carta do benfeitor, dizendo que Denzel Washington havia pago pelos seus estudos. “Tenho certeza que ele não faz ideia. Foi aleatório”, afirmou Chadwick à publicação.

Boseman escreveu uma carta de agradecimento para Washington, mas acredita que ele não se lembraria de um estudante colegial desconhecido de 20 anos atrás. “Eu estou esperando para conhecê-lo, para poder dizer a ele”, afirmou o intérprete de Pantera Negra. Essa foi a razão pela qual Boseman guardou essa informação por tanto tempo: “Você nunca quer fazer alguém sentir que lhe deve outra coisa. Eles já lhe deram o que quer que seja que eles deveriam te dar. Mas percebi esta manhã que cheguei a um ponto em que ninguém poderia pensar isso”. Ele sorri. “Não preciso de mais ajuda”.

Boseman recontou a história no programa de Jimmy Fallon, revelando que teve a oportunidade de conhecer Denzel Washington na premiere de Pantera Negra em Nova York. Quando contou ao indicado ao Oscar de Melhor Ator por Roman J. Israel, Esq. que fora o beneficiado pela generosidade dele, Washington teve uma das melhores reações já esperadas: “Ah, é por isso que estou aqui, você me deve dinheiro!”

Assista:

Em entrevista a Fallon, Boseman também comentou sobre as influências de Pantera Negra no mundo de hoje. Para o ator, a força das protagonistas femininas — entre elas, Danai Gurira, Lupita Nyong’o e Letitia Wright —, especialmente diante de movimentos contra o assédio como #MeToo e #TimesUp, adiciona outra camada para a discussão. Além disso, a relação que se constrói entre Killmonger (Michael B. Jordan) e T’Challa demonstra a iniciativa de afro-americanos tentando se conectar com suas raízes, e vice-versa, e enxergando a diversidade de forma refrescante e gratificante.

+ sobre o tema

Comunicação é central para o combate ao racismo, diz ministra Nilma Lino Gomes

"Fizemos avanços na luta pela promoção da igualdade racial...

Sempre chorei por Michael Jackson

por: Solimar Carneiro - Chorei quando estava apaixonada por ele: eu...

Whitney Houston é homenageada com série de TV

Whitney Houston será lembrada em um show cheio de...

Barbara Hendricks

Barbara Hendricks nasceu em 20 de novembro de 1948...

para lembrar

Antônio Bandeira

Antônio Bandeira (Fortaleza CE 1922 - Paris, França 1967)....

Taís Araújo é homenageada no palco do 22º Prêmio CLAUDIA

Todos os anos, o Prêmio CLAUDIA homenageia pessoas que atuam...

Os Reinos Perdidos da África – Vol. 1 – Nubia

Reinos perdidos de África é uma série britânica documentário...
spot_imgspot_img

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...

Violência contra territórios negros é tema de seminário com movimentos sociais em Salvador

Diante da escalada de violência que atinge comunidades negras e empobrecidas da capital e no interior da Bahia, movimentos sociais, entidades e territórios populares...

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...
-+=