quinta-feira, janeiro 20, 2022
InícioÁfrica e sua diásporaEntretenimentoEvento sobre matrizes indígena e afro-brasileira leva shows, oficina hacker e gastronomia...

Evento sobre matrizes indígena e afro-brasileira leva shows, oficina hacker e gastronomia a Campinas

“Teia” acontece na Estação Cultura entre sexta-feira (28) e domingo (1º). Programação é gratuita e conta com shows de Chico César e Rita Benneditto; veja outras atrações.

No G1

blank
Chico César abre programação de shows do evento no sábado (29). — Foto: José de Holanda / Divulgação

Um evento sobre as matrizes indígena e afro-brasileira oferece uma programação gratuita de shows, teatro, artes plásticas, oficina hacker e gastronomia em Campinas (SP). As atividades acontecem entre esta sexta-feira (28) e domingo (1º), na Estação Cultura.

A iniciativa é promovida pela “Teia” – Economia Viva de Campinas e entre as atrações previstas pela organização são destaques os shows com Chico César e Rita Benneditto, que abrem e encerram o evento. Veja abaixo a programação detalhada.

Na cidade, o movimento visa fortalecer alternativas na economia solidária, criativa, colaborativa e do conhecimento.

Veja a programação

Concentração na Catedral Metropolitana e cerimônia de abertura

  • Sexta-feira (28), às 16h. Os Pontos de Cultura de matrizes africanas e blocos da cidade homenageiam Mãe Isabel e Mestre Alceu

Mostra de Audiovisual

  • Sábado (29), às 10h, 14h, 16h, 18h e 20h. As sessões exibem filmes sobre a “Cultura Viva”
  • Domingo (1º), às 10h, 14h, 16h e 18h. As sessões exibem filmes sobre a “Cultura Viva”

Feira indígena

  • Sábado (29), das 9h às 22h. Oferece produtos, alimentos, artesanato, vivências e rodas de conversa com a presença de diversas etnias indígenas
  • Domingo (1º), das 9h às 10h. Oferece produtos, alimentos, artesanato, vivências e rodas de conversa com a presença de diversas etnias indígenas

Exposição “Ponto a Ponto”

  • Sábado (29), das 8h às 22h. Expõe conceitos sobre a rede dos Pontos de Cultura, a Política Nacional Cultura Viva e breve histórico das instituições
  • Domingo (1º), das 8h às 22h. Expõe conceitos sobre a rede dos Pontos de Cultura, a Política Nacional Cultura Viva e breve histórico das instituições

Feira criativa e solidária “Mãe Isabel”

  • Sábado (29), das 12h às 22h. Comercializa produtos artesanais feitos por mulheres e Pontos de Cultura
  • Domingo (1º), das 12h às 20h. Comercializa produtos artesanais feitos por mulheres e Pontos de Cultura

Espaço Culinária Afro-brasileira

  • Sábado (29), das 10h às 22h. Espaço dedicado a culinária afro-brasileira; das 10h às 14h, o local também recebe uma oficina de turbante
  • Domingo (1º), das 10h às 20h. Espaço dedicado a culinária afro-brasileira; das 10h às 14h, o local também recebe uma oficina de turbante

Baobáxia – Uma Cultura Digital Afrocentrada

Espaço conectivo com exposições e instalações dedicados a diálogos sobre os meios de comunicação livres e temas da Teia.

  • Sábado (29), às 14h. Roda de conversa “Mulheres na Economia Viva”
  • Domingo (1º), às 10h. Roda de conversa “Comunicação com Protagonismo, Autonomia e Empoderamento”; às 14h, ocorre a roda “Cultura Viva Campinas para América Latina”

Praça de Alimentação

  • Sábado (29), das 12h às 22h. Diversas opções de alimentação de empreendimentos locais e dos Pontos de Cultura
  • Domingo (1º), das 12h às 20h. Diversas opções de alimentação de empreendimentos locais e dos Pontos de Cultura

Infância Cultura Viva

Sábado (29)

  • 8h30: Feira da Infância – Uma exposição interativa permanente
  • 9h30: Vivência Mamulenga – Espetáculo de bonecos mamulengos
  • 10h30: Oficinas “Ideia Coletiva” e “Inventor de Sonhos”
  • 12h: Espetáculo “Histórias que a passarinho me contou”
  • 13h: Grupo Cantavento
  • 14h30 às 16h: oficina “Abayomi”
  • 15h e 17h: Mostra “Ideia coletiva de animação”

Domingo (1º)

  • 8h às 12h: Brinquedos inclusivos para vivências e tabuleiros gigantes
  • 8h30: Feira da Infância – Uma exposição interativa permanente
  • 10h: Oficina de animação
  • 11h: Palhaço Penico
  • 12h: Histórias que a passarinha me contou
  • 14h30 às 16h: oficina “Abayomi”
  • 15h: Oficina de animação com Ponto de Cultura Ideia Coletiva

Palco principal

Sábado (29), a partir das 18h

  • Mestre Lumumba
  • Afoxé Ponto de Cultura e Memória Ibaô
  • Orquestra Tambores de Aço
  • Chico César e Orquestra Tambores de Aço

Domingo (1º)

  • Orquestra do Ponto de Cultura Anelo, às 11h
  • Jongo Dito Ribeiro e Jongo Filhos da Semente, a partir das 16h
  • Banda Ori e Grupo de Dança Oju Obá, a partir das 16h
  • Rita Benneditto, a partir das 16h

Feira de produtos orgânicos

  • Sábado (29), das 8h às 14h. Com produtos do acampamento Marielle Vive e do CONAFER
  • Domingo (1º), das 8h às 14h. Com produtos do acampamento Marielle Vive e do CONAFER

Palco Mestre Alceu

Sábado (29)

  • Folia de Reis – Ases do Brasil, às 10h
  • Roda de conversa “Economia Viva”, às 11h
  • Samba de Bumbo Nestão Estevão, às 14h
  • Urucungos, às 15h
  • João Arruda, Sinhá e Tião, às 1h

Domingo (1º)

  • Vivência Baque Mulher, às 10h
  • Apresentação Baque Mulher, às 14h
  • Maracatucá, às 15h
  • Espetáculo Tiririca com Mestre Marquinhos, às 16h

Sala dos Toninhos

Sábado (29)

  • Roda de Capoeira com mestres e aprendizes de Campinas, às 10h
  • Batalha de MC’s Cultura Viva, às 16h
RELATED ARTICLES