“O preconceito com o nordestino existe”, desabafa Mariene de Castro

Enviado por / FonteDo Ibahia

A baianíssima Mariene de Castro, radicada atualmente no Rio de Janeiro, está de volta à Salvador para apresentar o show de lançamento do DVD ‘Ser de Luz’, que homenageia a cantora Clara Nunes, na próxima sexta-feira(10), no Teatro Castro Alves.

A sambista, que iniciou sua carreira como backing vocal da Timbalada, de Carlinhos Brown e de Márcia Freire, esteve na última quinta-feira (2) no programa ‘Fuzuê’, da Bahia FM, para falar sobre o novo projeto. E durante a entrevista, a artista falou sobre a vida no Rio, cinema e, é claro, da sua musa inspiradora Clara Nunes.

Ser de Luz
Se estivesse viva a homenageada, Clara Nunes, completaria 71 anos, em agosto. Ao iBahia, Mariene revelou sua grande admiração pela artista que marcou época no Brasil. “Clara era uma grande cantora, que cantou tanto a Bahia, cantou tão bem que parecia uma baiana. Eu como baiana tinha que trazer de volta esse repertório para um público que não conhece o trabalho dela e para quem conhece matar saudades”.

“Clara cantou tanto a Bahia, cantou tão bem que parecia uma baiana”, diz Mariene

No repertório do show, estão canções consagradas na voz de Clara como ‘Guerreira’ e ‘Morena de Angola’. A produção ainda conta com as participações de Zeca Pagodinho e Diogo Nogueira.

A interpretação de Nunes por Mariene vem conquistando plateias por onde passa. Apenas um mês após o lançamento, já foram vendidos 30 mil DVDs e a baiana agora segue em turnê nacaional, além de já ter levado seu canto para Portugal, na última sexta-feira (5). Depois de se apresentar em Salvador, ‘Ser de Luz’ seguirá para Porto Alegre.

Capital carioca
Quem vem acompanhando a trajetória da bela morena, deve ter visto que ela se mudou para o Rio de Janeiro em 2012. Atriz e mãe de quatro filhos, ela garante que a mudança foi necessária para cumprir a intensa agenda dos seus novos projetos.

Samba da Bahia no Rio
Questionada sobre a receptividade dos cariocas ao seu trabalho, ela comemora a boa acolhida: “A minha experiência (no Rio) tem sido muito positiva, fui muito bem acolhida no Rio de Janeiro. É como se realmente eu me sentisse em casa, nesse universo de amigos, de pessoas próximas que me auxiliam lá. Isso me favoreceu muito para essa tranquilidade que eu tenho hoje de estar no Rio”, revelou Mariene.

Bahia x Rio?
Quando se trata de samba é comum ouvirmos questionamentos do tipo: “o samba nasceu na Bahia ou no Rio?”. Mariene além de ser sambista é uma mulata, nordestina, saindo da Bahia para invadir o mercado nacional com seu talento, morando no Sudeste do país. Mas existe este tipo de preconceito em pleno séc. XXI? “O preconceito com o nordestino existe, está claro, mas existe não só no Rio, e sim em todos os lugares. Há ainda uma brincadeira besta de chamar todo e qualquer nordestino de Paraíba”, rebateu durante o programa.

“Eu acho que agora essa baiana que está chegado no Rio de Janeiro, e que graças a Deus já lotou todas as casas de show por lá, de Vivo Rio ao Rival, de ter Zeca (Pagodinho) participando do DVD, de ter participado do DVD de Beth Carvalho, de ter sido recebida por Arlindo Cruz, isso tudo é muito positivo pra mim, pra música que eu faço, para a nossa cidade chegar lá com a elegância que é nossa. Eu falo muito do samba da Bahia, o quanto ele é rico, o quanto ele é nobre e o quanto é diferente. O povo ainda vai conhecer o que é sambar o nosso samba”, finalizou.

“O povo ainda vai conhecer o que é sambar o nosso samba”

No cinema
E os projetos da cantora não param. Com previsão de estreia ainda em 2013, o filme ‘Quase Samba’, do cineasta mineiro Ricardo Targino, traz Mariene como protagonista. No cinema, a artista baiana viverá Teresa, uma talentosa cantora de samba que nunca conseguiu viver de sua música. Esta é a primeira protagonista da cantora, que já atuou em ‘Jardim das Folhas Sagradas’, de Pola Ribeiro, e cantou na trilha sonora de ‘Ó Pai ó’.

Assista aos vídeos das canções ‘Guerreira’ e ‘Morena de Angola’:


+ sobre o tema

Racismo e Xenofobia: Os avós daqueles que desprezam nordestinos eram os nordestinos da Europa

RACISMO, UMA VEZ MAIS Por Fábio de Oliveira Ribeiro no Centro...

Grupo multirreligioso de juristas é criado para combater intolerância

Por:Juliana Prado RIO - Representantes de várias religiões decidiram criar...

Estudante denuncia agressão e racismo em festa da USP

Bárbara Ferreira Santos Um estudante de Ciências Sociais da Universidade...

Estudante é expulso de fórum por se recusar a tirar adereço do candomblé

Procurada para comentar a denúncia, a juíza Elque Figueiredo,...

para lembrar

Condenação de estudante que ofendeu nordestinos terá efeito educativo nas redes sociais

Por:Filippo Cecilio Para OAB-PE, decisão servirá como exemplo para usuários...

“Irmãos Williams” Dirigente russo pede desculpas e Serena chama ofensas de inaceitáveis

Presidente da federação de tênis do país, Shamil Tarpischev...

Mesmo sob bullying garoto deixa cabelo crescer para ajudar crianças com cancer

Christian McPhilamy é um garoto de oito anos que...

Terreiro de candomblé é depredado em Valparaíso, Goiás

A Fundação Cultural Palmares recebeu mais uma denúncia de...
spot_imgspot_img

Justiça de SP condena professor da Fatec por xenofobia contra aluna do Nordeste

O colégio recursal do Tribunal de Justiça de SP em Santos confirmou uma decisão que condenou o Centro Paula Souza e um docente da...

Casa da covereadora Carolina Iara sofre atentado a tiros na madrugada

A casa da covereadora Carolina Iara, 28 anos, na zona leste de São Paulo, uma das representantes do mandato coletivo Bancada Feminista, eleito para...

Uso de algoritmos em processo seletivo de emprego pode prejudicar candidatos

As máquinas tomam mais decisões sobre as nossas vidas do que se pode imaginar. Algoritmos podem decidir se um indivíduo terá um crédito aprovado...
-+=