segunda-feira, dezembro 5, 2022
InícioÁfrica e sua diásporaEntretenimentoSerena dá show, derruba número 2 do mundo e segue forte no...

Serena dá show, derruba número 2 do mundo e segue forte no US Open

Quarenta anos de idade, vindo de uma apresentação em que esteve longe de mostrar seu melhor tênis, e com a aposentadoria pairando sobre sua tiara brilhante. Foi assim que Serena Williams, disputando o último US Open de sua carreira, bateu a atual número 2 do ranking, Anett Kontaveit, 14 anos mais jovem, em uma partida que não deve sair tão cedo da memória de quem compareceu ao Estádio Arthur Ashe. Com um tie-break soberbo e um tênis de altíssimo nível na reta final, a ex-número 1 do mundo fez 7/6(4), 2/6 e 6/2 e manteve acesa a chama de sua carreira, avançando à terceira rodada do torneio nova-iorquino.

Hexacampeã do US Open e, quem sabe, agora candidata ao hepta, Serena terá no seu caminho na sexta-feira a vencedora do jogo entre a russa Evgeniya Rodina (sem ranking) e a australiana Ajla Tomljanovic (#46).

Como aconteceu

Quando Kontaveit confirmou seu serviço com facilidade, vencendo os quatro primeiros pontos da partida, o silêncio no Estádio Arthur Ashe indicava um público preparado para a hipótese da derrota da tenista da casa. No entanto, Serena logo disparou um ace, acordando a massa e equilibrando a partida. Ambas salvaram break points no início da parcial, mas o jogo subiu de nível mesmo no sétimo game, quando Serena e Kontaveit trocaram winners e game/break points. A número 2 do mundo precisou salvar três chances de quebra antes de confirmar e fazer 4/3. Não adiantou muito. Diante de uma Serena veloz e errando muito pouco, a estoniana sucumbiu dois games depois ao errar uma direita a uma esquerda seguidas.

A veterana abriu 5/4, mas, quando tudo parecia a seu favor, cometeu três erros não forçados e, com uma dupla falta, cedeu a quebra de volta e o empate. A decisão veio apenas em um equilibrado tie-break, em que ambas confirmaram seus pontos de serviço até que Kontaveit jogou uma curtinha na rede. Serena, então, teve a chance de sacar em 5/4 e não bobeou. Com um ótimo saque no meio, chegou ao set point. Com um saque aberto – um ace – fechou a parcial: 7/6(4).

Se Serena foi perfeita no tie-break, Kontaveit foi brilhante nos primeiros games da segunda parcial. Agressiva e precisa, a estoniana quebrou Serena no primeiro e no terceiro games, abrindo 3/0. A tenista da casa ainda devolveu uma das quebras, mas Kontaveit não desacelerou, converteu mais um break point e disparou na frente até fazer 6/2 e forçar o terceiro set.

Quando a parcial decisiva começou, os papéis se inverteram, e foi Serena quem pressionou primeiro. Em um segundo game longo, Kontaveit até salvou dois break points, mas errou uma direita longa que deu à tenista da casa a vantagem. Na sequência, a ex-número 1 disparou dois aces e abriu 40/0, mas permitiu que a adversária se recuperasse e devolvesse a quebra. Foi, contudo, o único vacilo da hexacampeã na reta final. Serena quebrou Kontaveit novamente no quarto game, confirmou seu serviço para abrir 4/1 e não abriu mais a porta para uma reação da estoniana.

Quer saber mais? Conheça o programa de financiamento coletivo do Saque e Voleio e torne-se um apoiador. Com pelo menos R$ 15 mensais, apoiadores têm acesso a conteúdo exclusivo, como podcast semanal, lives restritas a apoiadores, áudios exclusivos e de entrevistas coletivas pelo mundo, além de ingresso em grupo de bate-papo no Telegram, participação no Circuito dos Palpitões e promoções.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench