Speedo corta patrocínio de Ryan Lochte e doa dinheiro para crianças brasileiras

O nadador Ryan Lochte, dos Estados Unidos, causou uma confusão mundial em sua vinda para o Brasil nas Olimpíadas do Rio 2016. Ele e mais alguns colegas de time destruíram um posto de gasolina após uma noitada e mentiram sobre terem sido assaltados.

PorIsabela Faggiani, no Ondda

ryan-lochte-speedo

Foto: Speedo

A notícia correu os quatro cantos do mundo. No começo, os nadadores saíram como vítimas da violenta cidade do Rio de Janeiro, mas depois a verdade começou a vir à tona e foi descoberto que eles queriam usar a fama da cidade (e sujar mais o nome dela) para encobertar um caso de traição.

Brasileiros e estrangeiros ficaram furiosos com a conduta dos atletas, que tentaram até sair do país quando a justiça brasileira determinou que eles ficassem até o caso ser resolvido. Muitos estadunidenses se referiram à Lochte como “apenas um moleque que faz coisas erradas” (lembrando que ele tem 32 anos). A Speedo, companhia que patrocinava o atleta, não entrou nesse quadro.

Hoje, apenas um dia depois do encerramento das olimpíadas, a empresa postou em suas redes sociais que não irá mais patrocinar Lochte. E mais, doará uma quantia grande de dinheiro para crianças brasileiras que passam necessidade.

“A Speedo EUA anuncia hoje a decisão de terminar o patrocínio à Ryan Lochte. Como parte da decisão a Speedo EUA vai doar uma parte do dinheiro destinado a Lochte, U$ 50 mil (R$ 160.375 mil), para a Save The Children, uma caridade mundial parceira da Speedo EUA, para crianças no Brasil. Enquanto aproveitamos uma relação vitoriosa com Ryan por mais de uma década e ele tenha sido um importante membro do time Speedo, nós não podemos compactuar com o comportamento dele, que vai contra os valores que essa marca se posiciona à favor. Nós apreciamos suas muitas realizações e esperamos que ele siga em frente e aprenda com essa experiência.”

+ sobre o tema

STF começa a julgar nesta terça (18) supostos mandantes da morte de Marielle

O Supremo Tribunal Federal (STF) inicia, na tarde desta...

PL antiaborto viola padrões internacionais e ameaça vida, diz perita da ONU

O PL antiaborto viola padrões internacionais de direitos humanos...

Prefeitura de São José dos Campos retira obra sobre mulheres cientistas das escolas

A prefeitura de São José dos Campos (SP) recolheu...

A direita parlamentar parece ter perdido sua bússola moral

Com o objetivo de adular a extrema direita e...

para lembrar

Pesquisa mostra queda de Serra em corrida eleitoral

Governador tem 34% da intenções de voto e Dilma,...

Movimento negro pede que STJ suspenda ato de Weintraub revogando cotas para pós-graduação

Organizações ligadas ao movimento negro protocolaram no Superior Tribunal...

O rolezinho de um homem só numa academia – por Marcos Sacramento

No intervalo de um mês, ganhei e...

Janja defende direito ao aborto legal, diz que projeto é ‘absurdo’ e afirma que Congresso deve garantir acesso ao SUS

A primeira-dama Rosângela da Silva, a Janja, afirmou que do projeto de lei (PL) 1904, que quer colocar um teto de 22 semanas no acesso ao...

Saiba quem são os deputados que propuseram o PL da Gravidez Infantil  

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (12), a tramitação em regime de urgência do projeto de lei que equipara aborto acima de 22 semanas...

Com PL do aborto, instituições temem mais casos de gravidez em meninas

Entre 1º de janeiro e 13 de maio deste ano, foram feitas 7.887 denúncias de estupro de vulnerável ao serviço Disque Direitos Humanos (Disque...
-+=