quarta-feira, setembro 16, 2020

    Tag: cabelo afro

    Feira Preta 2013 (Foto: Natália de Sena Carneiro)

    As matemáticas das negras que ninguém vê: saberes emancipatórios tecidos por trancistas afro

    Debates em torno do uso das tranças afro tem sido cada vez mais frequentes nas redes sociais; quem pode, quem deve e quem não pode usar tranças? Temos vistos uma série de grupos, páginas, perfis e reportagens que abordam o uso dos cabelos trançados por pessoas negras e não-negras. De um modo geral, nota-se que os penteados têm sido bastante utilizados por personalidades, intelectuais e pela população. Neste fenômeno devemos reconhecer o protagonismo e ações dos movimentos negros para afirmação da corporeidade negra e sobretudo a forma pela qual os movimentos negros tornaram penteados trançados, bitôs, dreadlooks e black power, no contexto da diáspora, símbolos de identidade negra. Apesar dessas inegáveis vitórias chama atenção ainda a pouca visibilidade que tem as profissionais que trabalham com o serviço de estilizar cabelos crespos e não crespos com arranjos capilares trançados entre outros afro. Ou seja, quais são as visibilidades sociais e quais ...

    Leia mais
    Getty Images

    O cabelo afro como direito civil nos Estados Unidos

    Não é estranho que uma conversa com Malaika-Tamu Cooper, de 53 anos, proprietária de um salão de cabeleireiro, comece tratando do cabelo e acabe abordando a escravidão. Ser afro-americana a obrigou a enfrentar desde cedo um dilema que outras mulheres podem ignorar: deixar crescer seu cabelo natural, crespo, ou submetê-lo a produtos químicos para domá-lo. O que para algumas pessoas pode parecer um ato trivial, até vaidoso, para ela significa decidir como “sobreviver na América corporativa branca”. Andar com seus dreadlocks é uma espécie de declaração de princípios contra “os padrões de beleza eurocêntricos”, como afirmou em um de seus salões em Baltimore (Maryland, EUA) antes que a crise do coronavírus forçasse seu fechamento temporário. Quando o negócio voltou a abrir as portas, no final de maio, explodiu a maior onda de protestos raciais em meio século nos Estados Unidos. Um movimento que Cooper apoia e sobre o qual é ...

    Leia mais
    blank

    Cabelos crespos ganham protagonismo em projeto fotográfico que combate racismo

    Responder às palavras racistas com a beleza do cabelo crespo. Essa foi a forma que o jovem Ronald Santos encontrou para afirmar a negritude pelas lentes fotográficas. Ronald nasceu e cresceu na Cidade do Recife, tentando a carreira de modelo, mas afirma que em todos os processos recebeu sempre a mesma resposta, de que ele “não estava no padrão de beleza” que a agência procurava. Por Mosaico Cultural, Do Brasil de Fato Ensaios são feitos em locais da Cidade do Recife (PE) (Foto: Crespografia) O tempo passou e o plano de afirmar a estética da negritude ganhou novos ares. Em 2016, ao cursar uma cadeira de fotografia na faculdade, Ronald encontrou um novo caminho para seus sonhos. O fotógrafo se reuniu com amigas da comunidade do Coque, localizada na área central do Recife, para fazer ensaios fotográficos. É daí que nasceu o Crespografia, que é junção ...

    Leia mais

    ‘Direito ao cabelo’: NY vai banir discriminação de penteados, texturas e estilos dos fios

    Novas diretrizes vetam constrangimentos no trabalho, na escola e nos espaços públicos; principal objetivo é remediar tratamento desigual da população negra por Stacey Stowe, do New York Times no O Globo Mulher caminha pelas ruas de Manhattan Foto- ANDRE D. WAGNER 19-01-2018 : NYT Novas diretrizes a serem divulgadas nesta semana pela Comissão de Direitos Humanos de Nova York estabelecem que impor críticas e constrangimentos a pessoas com base em seus cabelos ou seu — no trabalho, na escola ou em espaços públicos — passará a ser considerado discriminação racial. A mudança na lei se aplica a qualquer pessoa em Nova York, mas é direcionada para remediar o tratamento desigual de negros na cidade. As diretrizes mencionaram especificamente o direito dos nova-iorquinos de manterem seu "cabelo natural, em estilos de dreadlocks, trancinhas, torções, Bantu knots, raspado, afro" e/ou o direito de deixar os fios "em estado ...

    Leia mais
    CREDIT- WILLIAMS + HIRAKAWA

    Para atuar, Viola Davis conta que já foi obrigada a esconder os cabelos com peruca

    Mesmo tendo vencido os mais importantes prêmios do mundo e sendo uma das atrizes mais reconhecidas da atualidade, o preconceito estabelecido pelos padrões de beleza também se impõe sobre a norte-americana Viola Davis. O prestigio e o sucesso não impedem que se abata sobre ela o mesmo que sobre qualquer mulher negra no mundo: a rejeição do mercado e dos padrões aos seus belos e crespos cabelos naturais. A atriz falou sobre isso em uma reportagem recente para a revista Variety, sobre seu mais novo filme. por: Vitor Paiva no Hypeness A reportagem era sobre o lançamento do filme “As Viúvas”, mas se tornou um grande desabafo não só sobre cabelos, mas sobre questões raciais e pobreza, e como Hollywood encara tais dilemas. O fato de não ter precisado, porém, usar peruca, extensão ou alisamento em seu novo filme foi o ponto de partida para comentar sobre como simbólica e ...

    Leia mais
    Geledés

    Professora pede para criança de 4 anos prender ou alisar o cabelo

    Educadora disse que "as crianças não estavam se adaptando" à menina. Secretaria de Educação abriu procedimento disciplinar contra a professora por Fabíola Perez no  R7 Geledés Ao buscar a filha na escola, a cuidadora Janaína Oliveira, de 32 anos, foi surpreendida por um pedido de uma professora. “Ela me chamou de canto e perguntou se tinha como eu dar um jeito no cabelo da minha filha porque as crianças não estavam se adaptando a ela e estão xingando ela na sala de aula”, afirma. Em resposta à professora, Janaína disse que não iria modificar ou alisar o cabelo da filha de apenas quatro anos. “Não tem como você prender ou fazer uma trança”, teria pedido a educadora. “Disse que não porque ela gosta de usar o cabelo solto e como tem o couro cabeludo sensível, toda vez que prendo, machuca a cabeça dela”, disse. Segundo Janaína, ...

    Leia mais
    (Frazer Harrison/Getty Images)

    Viola Davis faz desabafo tocante sobre a falta de aceitação do cabelo afro

    A atriz não precisou usar peruca em seu último filme e conta que isso foi libertador. Por Júlia Warken, do MdeMulher  Viola Davis (Frazer Harrison/Getty Images) Na estante de casa, Viola Davis tem ~apenas~ um Oscar, um Globo de Ouro, um Emmy e dois Tonys – o que faz dela uma das atrizes mais consagradas de sua geração. Mesmo com tanto prestígio, ela ainda se depara com uma dificuldade enfrentada por todas as mulheres negras: a de ter seu cabelo natural aceito. E Viola deixou isso muito claro em uma recém publicada entrevista à revista Variety. A atriz comemora o fato de que pode exibir seus cachos no mais novo filme que protagoniza: “As Viúvas”. Segundo ela, a experiência foi libertadora.”Como pessoas negras nós somos sempre ensinadas que não devemos gostar do nosso cabelo. Quanto mais crespo, mais feio ele é”. Viola Davis está belíssima na capa ...

    Leia mais
    Luís e a mãe dele (Foto: Reprodução/TV Globo)

    Família entra na Justiça após escola no DF proibir aluno de ter cabelos longos

    Mãe tinha feito promessa e só vai poder cortar madeixas dele daqui a dois anos. Escola diz que regra está no regimento. Do G1  Um menino de 11 anos precisou mudar de escola no Distrito Federal porque o estabelecimento não aceitava que ele continuasse com os cabelos longos. Segundo a mãe, a família fez uma promessa e só vai poder cortar as madeixas de Luís Phelipe Oliveira daqui a dois anos. Agora, o caso foi parar na Justiça. A pressão para cortar o cabelo teria começado antes das férias de julho. A direção do Colégio Adventista de Planaltina chegou a mandar uma notificação para os pais, alertando que o aluno não poderia frequentar as aulas se continuasse com o cabelo comprido. Em nota, a escola diz que é contra qualquer tipo de preconceito ou discriminação. No entanto, afirma que o código disciplinar tem regras gerais de conduta válida para todos ...

    Leia mais
    Garotinha voltou a sorrir depois de ter os cabelos novamente cacheados (Foto: Reprodução/Facebook)

    Blogueira que teve cabelos alisados por madrasta volta a ter cachos

    A blogueira mirim Isabella ganhou tratamento para os fios de um salão no Correio 24h Garotinha voltou a sorrir depois de ter os cabelos novamente cacheados (Foto: Reprodução/Facebook) A pequena blogueira Isabella não precisa mais chorar por conta de ter seu cabelo cortado e alisado sem consentimento pela madrasta. O drama da garotinha acabou na última sexta-feira. Uma cabeleireira conseguiu reverter a situação em que o cabelo da menina se encontrava e Bella voltou a ter os cachos que sempre ostentou nas redes sociais. "Tive muitas mensagens falando para ajudar nossa princesa Bella que teve seu cabelinho alisado e cortado recentemente e estava muito mal, com autoestima bem prejudicada, claro, eu e minha equipe nos sensibilizamos e entramos em contato com a mamãe Fernanda e hoje elas vieram para começarmos o tratamento da nossa princesinha Bella, tive o auxílio e apoio do top JP Freitas (que ...

    Leia mais
    blank

    Blogueira de 8 anos tem cabelo cortado e alisado sem autorização da mãe

    A menina, de oito anos, mal consegue dormir por estar com a autoestima baixa. no Correio 24h Mãe da menina de 8 anos fez um desabafo nas redes sociais; internautas também ficaram indignados com a ação Bella tem 8 anos, mora em Minas Gerais, mas é conhecida no país todo como uma mini digital influencer cacheada. A garotinha que esbanjava beleza, empoderamento e atitude em seu perfil, com ajuda da mãe Fernanda Taysa, teve os cabelos alisados e cortados pela madrastra. Fernanda usou as redes sociais para desabafar o que aconteceu com a filha sem sua autorização. A atitute gerou revolta entre os internautas. "Na sexta ela foi pra casa do pai dela, com os cabelos lavados e penteados pra que ninguém tivesse o trabalho de encostar no cabelo dela pra pentear. Pois bem, ontem eu recebo um telefonema do pai me comunicando que a mulher dele cortou os cabelos ...

    Leia mais
    blank

    Após ataques racistas, garota de 11 anos vira rosto de marca de beleza

    Ana Clara Barbosa tem apenas 11 anos, mas já é dona de seu próprio canal no Youtube, em que dá dicas para meninas cuidarem de seus fios e se divertirem com maquiagem. no Universa No entanto, um vídeo em que ensinava outras garotas a arrumarem os cabelos para ir para a escola — postado em setembro de 2017 —, foi alvo recentemente de uma enxurrada de comentários racistas e virais. Youtubers famosos, desde então, se posicionaram em defesa de Ana. Entre eles, Whindersson Nunes, que fez questão de escrever uma mensagem de apoio dizendo que ela era linda, além de se inscrever em seu canal.  E, na última semana, ela deu mais um "tapa" no racismo ao ter mais uma conquista importante em sua trajetória de influenciadora: Ana Clara se tornou rosto de uma marca de beleza nacional, a Salon Line, que divulgou a primeira imagem da pequena no ensaio. Parceira de Ana Clara ...

    Leia mais
    blank

    “Quem te penteia?”: documentário sobre estética preta e periférica será lançado em 16 de abril, na Galeria Olido, em SP

    Do corte chavoso às tranças, o documentário discute assuntos como ancestralidade, autoestima e economia solidária por meio de entrevistas com trançadeiras, cabeleireiros, barbeiros e moradores das quebradas   Enviado para o Portal Geledés  São Paulo - A Zalika Produções, produtora audiovisual especializada em pesquisar e documentar a vivência da população preta e periférica, lança o documentário “Quem te penteia?” em 16 de abril, às 20h, na Galeria Olido, localizada no centro da capital paulista. O média-metragem investiga a conexão entre os estilos de cabelo e aspectos culturais, econômicos e o vínculo dos entrevistados com seus territórios. A narrativa é construída a partir de conversas com barbeiros, trançadeiras, cabeleireiras e moradores de diferentes bairros de São Paulo. Gravado no Capão Redondo, Jardim Miriam, Jardim Ângela e Grajaú, na zona sul, Guaianases e Itaquera, na zona leste, e no centro da cidade, representado pela Galeria Presidente, o filme mostra como o cuidado ...

    Leia mais
    blank

    Liberdade capilar para as mulheres negras é combater padrões estéticos

    Praticar a liberdade capilar é uma forma de explorar as diversas possibilidades que o cabelo crespo pode oferecer – entre eles, usá-lo bem curto ou raspado. Por Carolina Santos Pinho, do Elle Ilustração: Victor Magalhães/ELLE Como uma mulher negra que já usou o cabelo raspado por dois anos, eu sei que, em geral, as pessoas não acreditam que optamos por esse corte. Acham que fomos levadas a fazê-lo por motivos maiores, como a saúde ou a religião. Entretanto, as mulheres negras cada vez mais ampliam as suas possibilidades de atuação para além do que tem sido imposto a elas. A liberdade capilar é um termo usado para denominar um movimento que visa libertá-las de parâmetros ligados à estética de cabelos.   Se as mulheres brancas podem usá-los dos mais diversos comprimentos e tonalidades, as negras estão demarcando um espaço e dizendo: nós também exigimos liberdade! É mais uma forma de combater parâmetros estéticos que ajudam a ...

    Leia mais
    blank

    Vitória’s e Carol’s

    Quando eu nasci não tinha muito ideia de como definir um tipo de cabelo. O que era crespo, liso, loiro, cacheado, preto, castanho, ruivo, castanho escuro. Nada disso fazia sentido pra mim. por Vitória Cardoso para o Guest Post do Portal Geledés A única coisa que eu me recordo é de lavar o cabelo todo domingo, para então trançá-lo e começar uma nova semana. Minha mãe perguntava: - Filha você vai querer ele como? Solto com tranças, rabo de tranças, chiquinha de tranças, trança embutida? Lembro de sempre gostar do solto com tranças, afinal era legal sentir o cabelo caindo no ombro, correr e sentir o cabelo ao vento, mas minha mãe me induzia ao rabo de tranças, para não correr o risco de pegar piolho e muito menos de "assanhar" o cabelo, pois de segunda a sexta ir para creche de cabelo solto era um grande perigo. Mas se tinha ...

    Leia mais
    blank

    Cabelo afro: Alguns dos principais salões do mundo não cortam esses fios

    A influencer britânica Freddie Harrel é conhecida nas redes por seu afro poderoso, que ela cultiva com produtos, técnicas e profissionais especializados no seu tipo de fio. Mas um experimento que conduziu na última semana revelou uma dificuldade grande para encontrar quem cortasse o seu cabelo não apenas em salões convencionais, mas, especificamente, em alguns considerados os melhores do mundo. no Estilo UOL Reprodução/Instagram Em um vídeo produzido para a campanha "Stylist Hair Equality Initiative" da revista "Stylist", da qual Freddie faz parte, ela mostra sua peregrinação pelas ruas de Londres ouvindo todo o tipo de desculpa para a recusa em atendê-la. A post shared by Frédérique Harrel (@freddieharrel) on Sep 5, 2017 at 6:05am PDT O objetivo do projeto é conseguir que os salões sejam claros a respeito dos serviços que oferecem (ou seja, se atendem afros ou não), que tenham diversidade étnica em sua comunicação e preços igualitários entre ...

    Leia mais
    blank

    Pela primeira vez no Brasil, buscas no Google por cabelo cacheado superam as por cabelo liso

    As buscas no Google por cabelos cacheados superou a procura por cabelos lisos pela primeira vez no Brasil. Os dados foram divulgados pelo buscador, que ainda revelou um crescimento de 232% na busca por cabelos cacheados no último ano. Na mesma tendência, o interesse por cabelos afro subiu 309% nos últimos dois anos. interesse por cabelos afro subiu 309% nos últimos dois anos, diz Google POR LUIZA BARROS no O Globo Moça com black power: interesse por cabelos afro subiu 309% nos últimos dois anos, diz Google - LUIS ROBAYO / AFP Conduzido pelo Google BrandLab em São Paulo, o estudo brasileiro ainda revelou outros dados interessantes: 24% das mulheres de 18 a 24 anos reconhecem seu cabelo como cacheado. No entanto, quanto mais velha uma mulher for, mais raras as chances delas declararem a mesma coisa. O estigma em relação a cabelos crespos e cacheados faz com que 1 em cada 3 ...

    Leia mais
    Foto: Sergio Zalis/Globo

    Taís Araújo responde a Otaviano Costa pergunta sobre cabelo

    Durante o Video Show ao vivo desta terça-feira, 6, Taís Araújo foi surpreendida por uma pergunta bem irrelevante de Otaviano Costa. Mas surpreso, mesmo, ficou o apresentador com a resposta empoderada da atriz. no Catraca Livre Otaviano perguntou qual o estilo de cabelo que Lázaro Ramos, marido de Taís Araújo, prefere ver nela. E a resposta veio: "Eu não sei, porque eu sempre me preocupei com o que EU gosto". SEGURA ESTE VRÁÁÁÁÁ, OTAVIANO! Atento às redes sociais, Lázaro Ramos logo se manifestou pelo Twitter. "O cabelo que eu gosto mais em Taís? Eu não tenho direito de dar essa opinião. A Taís bota o cabelo que ela quiser, sempre. Às vezes ela pergunta, mas é só pra confirmar o que ela quer, e isso é que é bom. Qualquer cabelo tá maravilhoso, maravilhosa!", disse o ator. Alô @otacosta e @Lopesjoca. Esse é o cabelo de Taís que eu prefiro! #VideoShowAoVivo ...

    Leia mais
    blank

    16 penteados que homenagearam a cultura africana no British Hair Award

    Quando falamos de cabelos afro cheios de estilo e personalidade, Lisa Farrall é referência, simples assim. Com criações impactantes e carregadas de drama, ela é capaz de capturar nossa atenção em poucos segundos, com cabelos que lembram verdadeiras obras de arte. no Virgula Caso você não saiba, existe uma premiação para cabelos no Reino Unido chamada “British Hair Award”, que reconhece as melhores criações e coleções do ano. Como era de se esperar, Lisa Farrall ficou entre os finalistas da premiação, além de ter conquistado o primeiro lugar em três categorias distintas do Black Hair Awards, também nesse ano. A coleção atual da hairstylist, chamada Armour, traz um belíssimo e emocionante tributo à cultura africana. Lisa pretendia passar uma mensagem de força e beleza com seus penteados, algo que, segundo ela, não é visto com muita frequência quando falamos sobre a África. Tudo o que podemos dizer é que ela ...

    Leia mais
    @TEAM.MANNING

    Filhos que sofrem preconceito por ter cabelo crespo – veja o que fazer

    Ninguém quer ver um filho seu sendo alvo de piadas na escola. E isso não é diferente com uma criança de cabelos crespos. Já imaginou um professor ou diretor de escola aconselhar uma mãe a alisar o cabelo de sua filha ou filho, por causa da represália dos coleguinhas? Isso infelizmente acontece. por Jessica Moraes no  Fashion Bella Make @TEAM.MANNING Ao invés de reprimir o bullying, acontece o contrário: a repressão da estética da criança. Os pais não devem considerar isso certo. Não se deve aceitar essa repressão que tenta impor um padrão para que as crianças sigam uma estética ideal para todos. O cabelo crespo deve, sim, ser defendido como a identidade da criança, e a mãe precisa se emponderar diante dessa questão. Mas como lidar? É preciso antes verificar o que está acontecendo com a filha ou o filho e o que ela ou ele vem ...

    Leia mais
    blank

    “Vou continuar aqui, com meu cabelão incomodando”

    Às vezes parece que não me encaixo nos lugares. E tenho a sensação de que meu cabelo incomoda até mais que a cor da minha pele. Por Letícia Silva, no AzMina “Às vezes frequento lugares em que parece que não me encaixo. De jeito nenhum. Não sei se é um preconceito meu sobre mim, ou dos outros… Mas isso existiu desde que eu era pequena, estudando em um colégio particular. Sou de classe média. Sou vista por muitos, como parda, morena. Eu mesma não me enxergava como negra… E meu cabelo sempre foi parte dessa sensação. Eu alisava e ficava meio artificial. Logo que a raiz crescia um centímetro, lá estava eu, na cadeira do cabeleireiro pra alisar de novo. O detalhe é que sentia uma ardência no couro cabeludo, meu estômago, mas eu tinha que aguentar, porque se tirasse o produto rápido meu cabelo não alisaria. E eu precisava disso, porque achava que era ...

    Leia mais
    Página 1 de 2 1 2

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist