segunda-feira, julho 6, 2020

    Tag: divórcio

    Kellie e Derek Chauvin (Fotos: Reprodução/Twitter e Polícia de Minneapolis)

    Esposa de policial acusado de homicídio de homem negro nos EUA pede divórcio

    Kellie Chauvin, que tem a coroa do Mrs. Minnesota e representou o estado na edição nacional do concurso de beleza, pediu divórcio de Derek Chauvin, policial que está preso sob a acusação de homicídio de George Floyd e causou uma série de protestos contra o racismo pelos Estados Unidos nos ultimos dias - e também saques e violência nas ruas da cidade da cidade da ocorrência: Minneapolis. Os advogados de Kellie reportaram à imprensa do país, incluindo o jornal New York Post, que estão buscando a dissolução do casamento com Chauvin o mais rápido possível. "Ela está arrasada com a morte de Floyd. Sente muito pela família dele, seus entes queridos e em todos que estão sofrendo", aponta uma declaração em nome dela e da família. Kellie não tem filhos com Derek Chauvin e não foi informado quanto tempo eles estão juntos. O Mrs. America é um concurso de beleza ...

    Leia mais
    blank

    Divórcio é coisa de mulher

    Pelo menos foi assim nos últimos anos, quando quase 70% das separações foram pedidas por elas. Mas não pelos motivos que você imagina Por Ana Luísa Fernandes Do Super O segredo para um casamento duradouro é a igualdade de gêneros. Essa é a conclusão de um estudo feito pelo professor da Universidade de Stanford Michael J. Rosenfeld, que descobriu que as mulheres dão início a 69% dos pedidos de divórcio, contra 31% dos homens. De início, alguns cientistas atribuíram a diferença ao fato de que as mulheres seriam mais suscetíveis aos altos e baixos da relação. Mas Rosenfeld encontrou um outro dado que quebra essa ideia: "Entre os casais não casados, ambos os sexos pedem o término de forma igual. Enquanto isso, nos casais casados, as mulheres são predominantes entre os que querem romper". A explicação? "As mulheres são menos felizes no casamento que os homens. Uma possível razão para isso ...

    Leia mais
    uniao-estavel

    Partilha do patrimônio de casal em união estável não é mais automática

    O STJ (Superior Tribunal de Justiça) decidiu que a partilha do patrimônio de casal que vive em união estável não é mais automática. Agora, cada convivente tem que provar que contribuiu "com dinheiro ou esforço" para a aquisição dos bens. por Monica Bergamo no Folha AMPULHETA O STJ vem reforçando também a ideia de que a obrigação de pagar pensão alimentícia a ex-cônjuge é medida excepcional. Num julgamento recente, de um casal que viveu em união estável por 16 anos, o STJ decidiu converter a pensão definitiva para a mulher, de 55 anos, em transitória. Ela receberá quatro salários por apenas dois anos.

    Leia mais
    blank

    Pais mantêm casamento infeliz pelos filhos, diz pesquisa

    A lista também conta com outras desculpas, como ter muito a perder, não ter dinheiro para morar sozinho e interesses financeiros compartilhados No Terra Já  se perguntou por que tantas pessoas permanecem em um casamento infeliz? De acordo com uma pesquisa encomendada pelo escritório de advocacia Irwin Mitchell, do Reino Unido, a principal razão é a pessoa achar que tem muito a perder com o divórcio. Na sequência, um em cada quatro casais está junto apenas pelo bem dos filhos, planejando o fim da união quando eles crescerem. Os dados são do jornal Daily Mail. Entre os principais itens que levam a um relacionamento fracassado estão traições, distanciamento e se tornar apenas amigo do parceiro. O levantamento ouviu 2 mil pais casados. Confira as 10 principais razões para permanecer casado quando não se está feliz, listadas pelos entrevistados: 1 - Ter muito a perder 2 - Preocupação com o impacto sobre as ...

    Leia mais
    blank

    Divórcio: Juiz apoia mudança e Igreja Católica critica

    Fonte: Folha de São Paulo Foto: Yuri Arcurs—Getty Images/Tetra images RF "A única coisa que o divórcio fez foi bem à família, porque as pessoas ficam juntas porque querem. Agora que acabou a separação, a família vai ficar melhor ainda", diz a ex-desembargadora e vice-presidente do IBDFAM, Maria Berenice Dias. Para ela, a existência de prazos ou do instituto da separação são interferências indesejáveis do Estado na vida de um casal, que deve ter a autonomia de decidir quando quer pôr fim à união. "Quando o príncipe vira sapo, acaba", diz Dias. O juiz Francisco Antônio Bianco Neto, da 5ª Vara de Família do Fórum João Mendes, em São Paulo, também é a favor da alteração. "Para o cidadão, qual é a diferença entre separar e divorciar? Nenhuma, o que ele quer é extinguir o vínculo que tem com uma pessoa." Na prática, a única diferença entre o separado e ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist