terça-feira, junho 15, 2021

Tag: Oliveira Silveira

1960-1970: Grupo Palmares de Porto Alegre e a afirmação do Dia da Consciência Negra

Está disponível mais uma sala da Exposição “20 de Novembro - Dia Nacional da Consciência Negra” no Google Arts & Culture! Esta sala é especialmente dedicada à movimentação do Grupo Palmares em Porto Alegre, fundado em 1971, afirmando o Vinte de Novembro como Dia da Consciência Negra. Em 2021, o Vinte completa 50 anos! Conecte-se ao compromisso de ativistas negros e negras gaúchas em defesa de uma história justa sobre as lutas negras por liberdade por meio de depoimentos, fotografias, poemas, anotações, cartas, entre outros documentos. Vamos [email protected]! O material pode ser acessado em português e inglês e é mais um resultado da parceria entre a Rede de HistoriadorXs NegrXs, o Geledés e o Acervo Cultne! Ao longo de todo 2021, muitas outras “Nossas Histórias” sobre vidas, lutas e saberes da gente negra serão contadas em salas de exposições virtuais! Acesse: 1960-1970: Grupo Palmares de Porto Alegre e a afirmação ...

Leia mais
Um dos criadores do Dia da Consciência Negra, poeta é influência para novas gerações TÂNIA MEINERZ/GAZETA DE ROSÁRIO/DIVULGAÇÃO/JC

A poesia universal do negro-gaúcho Oliveira Silveira

Em seu cartão de visita, Oliveira Silveira se definia como pesquisador da cultura afro-brasileira e escritor de literatura negra. Falecido no dia 1 de janeiro de 2009, o poeta, professor e intelectual, com grande trabalho dentro do movimento negro (foi um dos idealizadores do Dia da Consciência Negra), deixou um legado vivo e que segue sendo objeto de pesquisas e influenciando novas gerações. Nascido no distrito de Touro Passo, na Serra do Caverá, em Rosário do Sul, Oliveira fez uma poesia que refletiu sobre o seu tempo e que se mostra, cada vez mais, universal. O poeta, letrista e crítico de poesia Ronald Augusto conta que conheceu Oliveira no início da década de 1980, quando procurou saber mais sobre o movimento negro em Porto Alegre. "Na época, eu tinha uma inquietação de encontrar escritores negros, pois não conhecia nenhum, e eu era bem jovem, bem mal-informado", diz. Por indicação de ...

Leia mais

UFRGS e Unipampa lançam curso EaD sobre o poeta gaúcho Oliveira Silveira

Vida, obra e consciência negra serão temas dos módulos Por Sátira Machado, enviado para o Portal Geledés  Divulgação/Oliveira Silveira: o poeta da consciência negra brasileira Em alusão ao 10 anos de morte de Oliveira Silveira, no dia 12 de novembro será lançado o curso “Oliveira Silveira: o poeta da consciência negra brasileira”, a partir das 18 horas, na Sala II do Salão de Atos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em Porto Alegre.  O curso será ofertado na modalidade de educação a distância (EaD) na plataforma Lúmina (https://lumina.ufrgs.br/), com acesso gratuito a qualquer público, sem pré-requisitos e sem limite de vaga, bastando inscrever-se. Depois do lançamento do curso, estarão disponíveis as videoaulas, os materiais de apoio e as atividades para alunos e alunas logados/as, que poderão estudar de forma auto instrutiva conforme sua disponibilidade, já que o curso não tem restrições para o término. ...

Leia mais

Grupo que idealizou o Dia da Consciência Negra teve de dar explicações à ditadura

Em um sábado de 1971, um grupo de 12 negros se reuniu em Porto Alegre, no Clube Náutico Marcílio Dias, próximo ao rio Guaíba. Fundado em 1949, quando os outros clubes da cidade não aceitavam afrodescendentes, o local cedeu a eles uma sala, que foi sendo organizada com mesas de fórmica, postas em forma de círculo. Ali, pela primeira vez, o 20 de novembro seria o Dia da Consciência Negra no Brasil. A data marcava a morte de Zumbi dos Palmares, líder do quilombo que resistiu por 95 anos na Serra da Barriga, em Alagoas. Naquele dia, em 1695, Zumbi foi assassinado em uma emboscada e teve sua cabeça exibida em praça pública, depois de liderar a resistência por quase duas décadas. Por horas, no clube gaúcho, homens e mulheres falaram sobre a história dele e do outro rei de Palmares, Ganga Zumba, sobre como os negros foram trazidos da África para o Brasil e o que foi a escravidão aqui. ...

Leia mais
Um dos criadores do Dia da Consciência Negra, poeta é influência para novas gerações (Foto: TÂNIA MEINERZ/GAZETA DE ROSÁRIO/DIVULGAÇÃO/JC)

Oliveira Silveira: Um dos idealizadores do 20 de Novembro

Junho de 2008. Eu estava na recepção de um hotel no centro de Porto Alegre. Faltavam três minutos para as 10 da manhã. Sentia uma pequena apreensão, comum toda vez que aguardo alguém para entrevistar. No caso, seria um trabalhinho rápido. Precisa apenas de uma ou duas declarações do entrevistado para ilustrar uma matéria. Como em geral, nós brasileiros, não primamos pela pontualidade, sentei-me e abri um exemplar da Zero Hora. Antes de ler a segunda manchete, olhei para o relógio (10 horas) e,automaticamente, para a porta de entrada. Então, vi surgir um dos homens mais elegantes que já vi na vida. Muito magro, vestindo sobretudo e apoiando-se em uma bengala. Sem nenhuma senha,trocamos um olhar e sorrimos. Eu perguntei: Oliveira Silveira? Ele estendeu a mão para que eu a apertasse. Minutos depois nos acomodamos em um café na esquina do hotel. Liguei o gravador, peguei caderneta e caneta. No lugar de uma declaração, meu entrevistado me deu uma aula. Começou contando que seu nome ...

Leia mais
Foto: Marcus Steinmayer

A Invenção de Zumbi – por Sueli Carneiro

Bendito vidro moído nos bofes do Senhor bendita a lança, as balas de Zumbi, do Haiti (Sou duro de Oliveira da Silveira)   por Sueli Carneiro - Portal Geledés Sou de uma geração de crianças negras que cresceu ouvindo dizer que Zumbi era um fantasma sem beira nem eira, doido perambulando pelas encruzilhadas assombrando como alma penada. O nome de Zumbi sempre foi identificado, associado como negro à imagem do diabo, do pecado. Ao contrário da representação imagética ''dócil'' de Negrinho do Pastoreio ou mágico do mito mutilado (sem uma perna) Saci Pererê. O Aurelião já registra o Zumbi, chefe do Quilombo dos Palmares, assim como acrescenta ao verbete a idéia ''de fantasma segundo a crença afro- brasileira, vaga pela noite morta''. O significado negativo se institucionalizou não apenas graças aos dicionários, mas, principalmente, aos instrumentos educativos e meios de comunicação. O militante do Movimento Negro que tiver a oportunidade ...

Leia mais
oliveira silveira

Quilombo Oliveira Silveira é inaugurado

Com a presença da ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Luiza Bairros, foi realizada ontem a inauguração oficial do espaço Quilombo Oliveira Silveira, no Largo Zumbi dos Palmares, no segundo dia de atividades do Fórum Social Temático. O local possui sete tendas onde são realizados debates sobre temas como cotas para negros na educação e no serviço público, perseguição às religiões de origem africana, saúde da população negra e comunidades quilombolas. Durante uma hora, Luiza visitou as tendas e conversou com militantes negros. "É um espaço importante para marcar as reivindicações da população negra como o combate ao racismo", explica. Segundo ela, a promoção da igualdade racial é um elemento essencial da justiça social e da democracia. Para Luiza, os avanços somente vão ocorrer quando os negros estiverem ocupando espaços de poder que garantam a realização das políticas públicas. "Não é somente a Seppir. É ...

Leia mais
Biblioteca oliveira silveira

Inaugurada a Biblioteca da FCP em homenagem a Oliveira Silveira

Com um espaço de 544 m2 destinado à leitura, um rico acervo para pesquisas sobre a memória documental da ancestralidade africana e uma sala de vídeo, a Biblioteca Oliveira Silveira, foi inaugurada na última quinta-feira (15) na sede da Fundação Cultural Palmares, em Brasília. A biblioteca e o arquivo da FCP disponibilizarão à sociedade mais de 17 mil itens para consultas entre livros artes plásticas e peças produzidas em quilombos., Para o presidente da FCP, Eloi Ferreira Araujo, o novo espaço da instituição é motivo de orgulho para todos os amantes da cultura afro-brasileira. "Com essa inauguração damos um importante passo para que a sociedade se aproprie dessa maravilhosa história de lutas e paixões, que é de toda população negra", afirma. Ele ressalta que além de ampliar o acervo, é também ideal da Fundação Palmares a construção do Centro Nacional da Cultura Negra que terá por objetivo reunir a memória e ...

Leia mais
(Foto: Imagem retirada do site Terra)

Instituído Dia Nacional Da Consciência Negra

Lei sancionada em 11/11/2011 Em todo o país a data é comemorada com marchas e outras atividades. A presidenta da República, Dilma Rousseff, sancionou ontem (10) a Lei 12.519, que institui o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, a ser comemorado, anualmente, no dia 20 de novembro, data do falecimento do líder negro Zumbi dos Palmares. A resolução oficializa uma iniciativa bem-sucedida dos movimentos sociais negros, iniciada em meados dos anos mil novecentos e setenta. Hoje, incorporado ao calendário das escolas e de muitas outras instituições públicas e privadas, o 20 de Novembro destaca-se como um evento cívico vibrante e de grande participação popular. "As justas homenagens que prestamos a Zumbi e seus companheiros e companheiras exprimem o reconhecimento da nação às lutas por liberdade e pela afirmação da dignidade humana de africanos e seus descendentes que remontam ao período colonial", declara a ministra da Igualdade Racial, Luiza ...

Leia mais
Oliveira Silveira morreu em 2009, mas deixou 12 livros publicados (Foto: Neco Varella / AE)

O negro de alma negra: Uma entrevista com Oliveira Silveira

Junho de 2008. Eu estava na recepção de um hotel no centro de Porto Alegre. Faltavam três minutos para as 10 da manhã. Sentia uma pequena apreensão, comum toda vez que aguardo alguém para entrevistar. No caso, seria um trabalhinho rápido. Precisa apenas de uma ou duas declarações do entrevistado para ilustrar uma matéria. Como em geral, nós brasileiros, não primamos pela pontualidade, sentei-me e abri um exemplar da Zero Hora - o mais afamado jornal gaúcho. Antes de ler a segunda manchete, olhei para o relógio (10 horas) e, automaticamente, para a porta de entrada. Então, vi surgir um dos homens mais elegantes que já vi na vida. Muito magro, vestindo um sobretudo e apoiando-se em uma bengala. Sem nenhuma senha, trocamos um olhar e sorrimos. Eu perguntei: "Oliveira Silveira?" Ele estendeu a mão para que eu a apertasse. Minutos depois nos acomodamos em um café na esquina do ...

Leia mais
Foto: Daniel Arroyo/Ponte Jornalismo

20 de Novembro: Origens do Vinte de Novembro

Assim, numa breve definição, a Consciência Negra é,em essência, a percepção pelo homem negro da necessidade de juntar forças com seus irmãos em torno da causa de sua atuação - a negritude de sua pele - e de agir como um grupo,a fim de se libertarem das correntes que os prendem em uma servidão perpétua." Bantu Steve Biko. Foram necessários 35 anos! E evidente há um relativismo nessa afirmação e... exclamação. São 35 anos do que se pode chamar de período contemporâneo da resistencia e das lutas negras no Brasil, quando já denominadas Movimento Negro - período contado a partir de 1971. Esse foi um ano demarcador através da primeira celebração nacional do Vinte de Novembro. Novos tempos se iniciam desdobrando-se em três fases: 1971-78 - a virada histórica; 1978-88 -organização, ações políticas,, protestos, posicionamento estratégico...; e de 1988 rm diante - as conquistas mais concretas e palpáveis: presença na ...

Leia mais
Zumbi dos Palmares (Foto: Wikimedia Commons)

Zumbi dos Palmares

A palavra Zumbi, ou Zambi, vem do africano zumbi. Em quimbundo "nzumbi", significa, grosso modo, "duende". No Brasil, Zumbi significa fantasma que, segundo a crença popular afro-brasileira, vagueia pelas casas a altas horas da noite. • Mais ou menos em 1600: negros fugidos do trabalho escravo nos engenhos de açúcar, onde hoje são os estados de Pernambuco e Alagoas no Brasil, fundam na serra da Barriga o Quilombo dos Palmares. Os quilombos, eram povoados de resistência, seguiam os moldes organizacionais da república e recebiam escravos fugidos da opressão e tirania. Para muitos era a terra prometida, um lugar para fugir da escravidão. A população de Palmares em pouco tempo já contava com mais de 3 mil habitantes. As principais funções dos quilombos eram a subsistência e a proteção dos seus habitantes, e eram constantemente atacados por exércitos e milícias. • 1630: Começam as invasões holandesas no nordeste brasileiro, o que ...

Leia mais
Oliveira Silveira morreu em 2009, mas deixou 12 livros publicados (Foto: Neco Varella / AE)

Morre no Rio Grande do Sul idealizador do Dia da Consciência Negra

O movimento negro gaúcho está de luto. Morreu na noite de quinta-feira (1º), aos 67 anos, o professor, poeta e pesquisador Oliveira Ferreira da Silveira, um dos idealizadores do Dia da Consciência Negra - 20 de novembro, data da morte da morte de Zumbi do s Palmares. Vítima de câncer, Oliveira Silveira estava internado há 15 dias no Hospital Ernesto Dornelles, em Porto Alegre, e seu corpo foi levado para Caxias do Sul, na Serra Gaúcha, para ser cremado. Natural de Rosário do Sul, Oliveira Silveira era formado em letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com especialização em língua francesa, e professor aposentado da rede pública de ensino. Autor de vários livros, ele também foi integrante do Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial. No ano passado, durante as comemorações do Dia Nacional da Consciência Negra, Oliveira Silveira foi entrevistado pela Agência Brasil. Na entrevista, ele ...

Leia mais
Oliveira Silveira morreu em 2009, mas deixou 12 livros publicados (Foto: Neco Varella / AE)

Oliveira Silveira

"OLIVEIRA SILVEIRA  por  OLIVEIRA FERREIRA DA SILVEIRA" Poeta negro brasileiro, nascido em 1941 na área rural de Rosário do Sul,Estado do Rio Grande do Sul. Filho de Felisberto Martins Silveira, branco brasileiro de pais uruguaios, e de Anair Ferreira da Silveira, negra brasileira de cor preta, de pai e mãe negros gaúchos. Graduado em Letras – Português e Francês com as respectivas Literaturas – pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul,UFRGS. Docente de português e literatura no ensino médio. Atividades jornalísticas. Ativista do Movimento Negro. Oliveira Silveira foi um dos criadores do Grupo Palmares, de Porto Alegre. Estudou a data e sugeriu a evocação do 20 de Novembro, lançada e implantada no Brasil pelo Grupo Palmares a contar de 1971,tornando-se Dia Nacional da Consciência Negra em 1978, denominação proposta pelo Movimento Negro Unificado contra a Discriminação Racial, MNUCDR. Como escritor, publicou até 2005 dez títulos individuais de poesia – ...

Leia mais

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist