100 anos de Zé Ketti vive! show presencial

Enviado por / FonteEnviado ao Portal Geledés

Unido pelo samba da Portela e Mangueira há 35 anos, o casal Geisa Ketti e Onesio Meirelles reúne familiares e amigos no palco do Teatro Rival Refit, no dia 2 de outubro, para celebrar o centenário do cantor e compositor Zé Ketti, autor de clássicos da nossa música como “A voz do morro”, “Mascarada”, “Acender as velas”, “Opinião”, “Diz que fui por aí” e “Leviana”. Todos esses sucessos estarão no repertório do show “100 Anos: Zé Ketti Vive!”, que vai contar com a participação dos netos Rodrigo Flores e Beto Meira, do bisneto Pedro Lucas e do sobrinho Marcinho Meirelles. Geisa Ketti e Onesio Meirelles também terão convidados especiais: Marquinhos de Oswaldo Cruz, Marquinhos Diniz, Marquinho do Pandeiro, Pece Ribeiro, Bira Show e Nanana da Mangueira.

Serviço: 02/10, Sábado, às 19h30

Ingressos: R$ 30,00 e R$ 60,00

LINKhttps://bileto.sympla.com.br/event/68874/d/108143

Local: Teatro Rival Refit                                                      

Dia – 02 de outubro- sábado,  às 19h30  – Abertura da casa: Uma hora antes do show.

Teatro Rival Refit – Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro/Cinelândia – Rio de Janeiro.

PROTOCOLOS DE SEGURANÇA CONTRA COVID-19:

O Teatro Rival Refit vai abrir para lotação reduzida, com aproximadamente 70% de sua capacidade total, a fim de que seja obedecido o distanciamento mínimo obrigatório.

A partir do dia 15 de setembro, será obrigatório apresentar o comprovante de vacinação – carteira de vacinação digital do ConecteSUS, a própria caderneta física ou um papel timbrado da Secretaria Municipal de Saúde – para entrar no Teatro Rival Refit. A regra da Prefeitura do Rio vale para todas as casas de show e outros lugares públicos fechados.

O Teatro Rival Refit receber o público com som ambiente, ar condicionado e serviço de bar, seguindo, claro, todos os protocolos sanitários para proteger público, artistas e funcionários.

Vale lembrar que, antes de cada show, a casa passa por processos de higienização e sanitização, feitos por empresa especializada. E nossa equipe está treinada para seguir todos os protocolos de segurança indicados pelas autoridades competentes.

Na entrada, todos terão temperatura aferida, e haverá dispensers de álcool 70° em gel distribuídos pelas dependências do teatro.

O uso de máscara é obrigatório para entrar e circular pela casa. Clientes só podem retirar a máscara para o consumo de bebida e comida, sentados em seus devidos lugares.

Cuidar da própria saúde e da saúde dos outros é também uma forma de resistência.

Contamos com a compreensão e a colaboração de todos. Desde já, agradecemos de coração.

** ESTE ARTIGO É DE AUTORIA DE COLABORADORES OU ARTICULISTAS DO PORTAL GELEDÉS E NÃO REPRESENTA IDEIAS OU OPINIÕES DO VEÍCULO. PORTAL GELEDÉS OFERECE ESPAÇO PARA VOZES DIVERSAS DA ESFERA PÚBLICA, GARANTINDO ASSIM A PLURALIDADE DO DEBATE NA SOCIEDADE.

 

+ sobre o tema

CEERT – Abertas inscrições para o 6º Prêmio Educar para a Igualdade

O prêmio é dividido em duas categorias: professor e...

Estude sua graduação no exterior – Nota da Educafro

POVO GUERREIRO! A nossa greve de fome em frente...

Câmara pode votar Plano Nacional de Educação em setembro

Os líderes de partidos na Câmara dos Deputados fizeram...

Primeira prova do Enem aborda racismo e sustentabilidade

Cerca de 280 mil estudantes do Paraná realizaram na...

para lembrar

Raízes do Samba: Qual foi a importância histórica das mulheres negras no samba?

O samba é o ritmo símbolo de resistência da...

Matriarcas do Samba homenageia Dona Ivone Lara em show

Acontece nesta sexta-feira (14), às 19h30, no teatro Rival,...

Gilberto Gil republica show na ONU e discurso de posse no Ministério da Cultura

O cantor Gilberto Gil postou em suas redes sociais...
spot_imgspot_img

Por que Bob Marley é um ícone dos direitos humanos

Ao se apresentar em junho de 1980 na cidade alemã de Colônia, Bob Marley já estava abatido pela doença. Ainda assim, seu carisma fascinou...

‘Ah, se não Fosse o Ilê Aiyê’: bloco afro mais antigo do país celebra 50 anos de resistência e pioneirismo

Se o bloco afro mais antigo do país enfrentou resistência ao desfilar pelo circuito de Carnaval de Salvador (BA) pela primeira vez, em 1975,...

Camisa Verde e Branco abre hoje desfile do grupo especial em SP

A escola de Samba Camisa Verde e Branco abre hoje (9), às 23h15, a primeira noite de desfiles das escolas de samba do Grupo Especial...
-+=