sexta-feira, agosto 14, 2020

    Resultados da pesquisa por 'grávida '

    Aline Cristina de Oliveira — Foto: Reprodução/TV Globo

    Grávida passa por parto de emergência e morre de Covid-19 sem conhecer o filho

    Uma grávida de 35 anos morreu nesta segunda-feira (11) após passar por um parto de emergência no Rio de Janeiro. Um teste deu positivo para Covid-19. Aline Cristina de Oliveira estava no sétimo mês de gestação e não chegou a conhecer o caçula — ela também tinha uma jovem de 13 anos. No dia 16 de abril, Aline foi ao Hospital Federal de Bonsucesso, na Zona Norte, para fazer uma ultrassonografia. Ela era hipertensa e, na ocasião, estava com pressão alta e tosse. Diante do quadro, os médicos suspeitaram de Covid-19 e decidiram interná-la. A equipe do hospital decidiu fazer o parto no dia seguinte — mas Aline não chegou a conhecer Henri Matheus, pois o quadro dela se agravou. Mãe de Aline, a técnica de laboratório Martha Cristina Bezerra de Oliveira reclama de falta de informações no Hospital Federal de Bonsucesso. “Eles só me passavam que ela estava ‘em ...

    Leia mais
    O médico Denis Mukwege
Imagem: Joel Saget/AFP

    África acordou para gravidade da covid-19, diz Prêmio Nobel da Paz

    O médico congolês Denis Mukwege, Prêmio Nobel da Paz, afirmou nesta terça-feira (21) que, de forma geral, os governos africanos "tomaram consciência da gravidade" da covid-19. Da AFP, na UOL O médico Denis MukwegeImagem: Joel Saget/AFP "Não se reproduziu a situação que se viu com a aids, na qual certos governos africanos estavam em negação. Neste caso, tomaram as medidas apropriadas", disse Mukwege em videoconferência organizada pela Fundação Positive Planet. "Até agora, a África teve muita sorte. Se tivesse sido golpeada com a mesma dureza que China, Europa, ou Estados Unidos, simplesmente teríamos tido um desastre", acrescentou. Com 1.000 mortos entre cerca de 20.000 casos, a África é, junto com a Oceania, um dos continentes menos atingidos pela pandemia. É possível, no entanto, que os números sejam subestimados, diante da falta de testes em massa. Vários governos do continente tomaram rapidamente medidas de confinamento da população, ...

    Leia mais
    O total de grávidas diagnosticadas com HIV por ano no Brasil aumentou 36% neste período em dez anos

    Por que o número de grávidas com HIV não para de crescer no Brasil?

    Os novos dados sobre a epidemia de HIV no Brasil trouxeram algumas boas notícias — e um dado preocupante. Por Rafael Barifouse, da BBC  O total de grávidas diagnosticadas com HIV por ano no Brasil aumentou 36% neste período em dez anos (Foto: Getty) Os casos de Aids, a síndrome causada por este vírus, estão caindo, assim como as mortes pela doença. O ano passado também foi o primeiro em que o número de novos casos de HIV notificados diminuiu ligeiramente, após uma década de aumentos. Mas um índice foge desta tendência no mais recente Boletim Epidemiológico HIV/Aids, divulgado anualmente pelo Ministério da Saúde: em vez de cair, o número de grávidas diagnosticadas continua a aumentar. Entre 2008 e 2018, o índice passou de 2,1 para 2,9 casos para cada mil nascidos vivos. Houve um aumento de 36% no total de casos notificados por ano neste ...

    Leia mais
    Getty Images/iStockphoto

    De 70 adolescentes grávidas a zero: como a educação sexual mudou a realidade de uma escola na Colômbia

    No país onde algumas farmácias chegam a negar aos jovens anticoncepcionais, um professor conseguiu por meio de aulas de educação e cidadania romper com um panorama desolador Por Elisa Silió Debiles, do El País Getty Images/iStockphoto Quando em 2010 o professor Luis Miguel Bermúdez chegou à escola Gerardo Paredes, em um bairro problemático de Bogotá (Colômbia), o panorama era desolador. Em média 70 adolescentes, ignorantes no que se referia ao sexo, viam todos os anos seu futuro travado por uma gravidez não desejada, fruto muitas vezes de uma relação violenta. De modo que Bermúdez, que se doutorou com uma tese sobre o assunto, colocou mãos à obra e em 2014 mudou o programa do colégio. Hoje o finalista do Global Teacher Prize 2017 (prêmio ao melhor professor do mundo) se orgulha de que as meninas educadas nesse formato não são mães, ainda que recebam gestantes que ...

    Leia mais
    Foto: Nappy

    Uma mulher grávida ou bebê morre a cada 11 segundos no mundo, diz Unicef

    Motivo é a falta de cuidados na atenção primária à saúde. Mas essa situação é a melhor já registrada, segundo relatório divulgado nesta quinta-feira pela agência da ONU e pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Do G1 Foto: Nappy Melhorias no acesso e na qualidade de serviços de atenção primária à saúde permitiram que as mortes de crianças recém-nascidas diminuíssem pela metade desde o ano 2000, enquanto as mortes de mães caíram cerca de 30%, de acordo com um relatório publicado nesta quinta-feira (19) pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Apesar disso, a cada 11 segundos, uma mulher grávida ou bebê ainda morrem em algum lugar do mundo. "Em países que oferecem a todos serviços de saúde de alta qualidade e com preços acessíveis, as mulheres e os bebês sobrevivem e prosperam", diz o diretor-geral da ...

    Leia mais
    Paciente vai receber R$ 5 mil por danos morais após médicos denunciarem suspeita de aborto. Investigação apontou aborto espontâneo
Imagem: Getty Images

    Grávida, ela teve hemorragia e foi presa no hospital, acusada de aborto

    Em 2014, a paciente S. deu entrada com fortes dores em um hospital em Marília, interior de São Paulo. Ela estava grávida e foi atendida pelos médicos. Horas depois, saiu presa em flagrante sob acusação de ter feito um aborto. por Marcos Candido no Universa Paciente vai receber R$ 5 mil por danos morais após médicos denunciarem suspeita de aborto. Investigação apontou aborto espontâneo Imagem: Getty Images De lá para cá, foram anos em busca de uma indenização pelo constrangimento. A paciente não quis dar entrevista para Universa, mas a reportagem teve acesso às idas e vindas do processo que envolveu Ministério Público e a Justiça de São Paulo. Na última segunda (19), ela venceu a ação de danos morais contra o hospital. A Justiça ordenou pagamento de uma indenização de R$ 5 mil. Ela chegou na emergência com dores, febre e taquicardia, de acordo com o ...

    Leia mais
    Imagem de Marshae Jones divulgada pela polícia do condado de Jefferson. AP

    Grávida é processada por matar feto após ser baleada no ventre no Alabama

    Um grande júri do Estado conservador culpa Marshae Jones pela morte do bebê que gestava por ter sido ela quem iniciou a discussão Por ANTONIA LABORDE, do El País  Imagem de Marshae Jones divulgada pela polícia do condado de Jefferson. AP Em sete meses, a vítima se tornou a culpada. Marshae Jones, de 27 anos, estava grávida de cinco meses quando em dezembro passado participou em uma discussão que terminou com ela sendo baleada no ventre, o que não acabou com sua vida, mas sim com a do feto que gestava. Inicialmente, a polícia de Pleasant Grove, Alabama, determinou que a mulher que puxou o gatilho, Ebony Jemison, de 23 anos, tinha cometido homicídio involuntário. No entanto, um grande júri de Jefferson acusou Jones nesta quarta-feira de assassinato, argumentando que foi ela quem iniciou a discussão, informa o portal AL.com, um veículo de comunicação local do Alabama. ...

    Leia mais
    RAWPIXEL.COM/Nappy

    A gravidade da hipertensão entre pessoas negras

    Saybie, considerada a bebé mais pequena do Mundo, teve alta e deixou o hospital, em San Diego, nos Estados Unidos, a 31 de Maio. A pequenina veio à luz em Dezembro, com apenas 245 gramas. Cinco meses depois, pesa mais de dois quilos. A mãe estava com 23 semanas e três dias de gravidez, quando foi diagnosticada com pré-eclampsia – uma complicação na gravidez que se caracteriza por uma elevada pressão arterial, pelo que o parto teve de ser feito imediatamente. Tendo em conta o tempo de gestação, o casal não acreditava que a filha pudesse sobreviver. Os médicos avisaram o pai que teria provavelmente apenas uma hora com a bebé, antes dela morrer. Por Osvaldo Gonçalves, do Jornal de Angola  RAWPIXEL.COM/Nappy Embora a progenitora mantenha o anonimato, as fotos publicadas mostram uma bébé afro-descendente, o que reforça a tese de um risco maior de hipertensão ...

    Leia mais
    Paola Deodoro (Foto: Caroline Lima)

    Grávida (aos 42): Paola Deodoro fala sobre a decisão pela maternidade

    Em um texto emocionante, a editora sênior Paola Deodoro narra as aventuras da gestação depois dos 40, escolha cada vez mais comum no Brasil Por PAOLA DEODORO, da Revista Marie Claire  “Tenho 42 anos e estou entre o quinto e o sexto mês de gravidez (depende do dia em que você estiver lendo esse texto!) do meu primeiro filho. Não tive muito enjoos, mas tenho muito sono, fico louca tentando achar uma roupa para vestir de manhã, passo uns 12 tipos de hidratantes diferentes para evitar estrias, estou viciada em frutas, sinto falta daquele vinhozinho desestressante sem dia certo, quando chego em casa, sigo fazendo aulas de dança, pratico ioga e acho que até aqui estou indo bem na tarefa de preparar uma pessoinha. Pode ser que você não tenha percebido (provavelmente percebeu, né), mas lá no iniciozinho eu digo que tenho 42 anos, com chances de comemorar 43 na ...

    Leia mais
    Claudia Santos saiu do emprego quando engravidou e só conseguiu carteira assinada dois anos depois

    Metade das mulheres grávidas são demitidas na volta da licença-maternidade

    Muitas se deparam com demissão e dificuldade em voltar para o mercado. Empregadores focam nas perdas que terão com as futuras mães Por Vera Batista, Do Correio Brazilense Claudia Santos saiu do emprego quando engravidou e só conseguiu carteira assinada dois anos depois (foto: Vinicius Cardoso Vieira/Esp. CB/D.A Press ) A maternidade permanece polêmica para empregadas e empregadores. Quando uma trabalhadora engravida, o foco das empresas continua sendo nas “perdas” que terá nos próximos anos. O tempo passa, mas os empecilhos são os mesmos: receio de a mãe faltar ao trabalho, caso o filho passe mal; de ela pedir para chegar mais tarde para ir a uma reunião escolar; ou de se atrasar, devido à exaustão da rotina. Os benefícios da maternidade para as empresas e até para a economia do país, mesmo comprovados por diversos estudos, ainda são ignorados. Na contramão do senso comum, especialistas ...

    Leia mais
    Imagem- Robert Deutsch:USA TODAY Sports

    “Ranking da WTA me puniu por engravidar”, reclama Serena Williams

    "Quando voltei ao tênis após a licença maternidade, fui punida por tirar um tempo: meu ranqueamento caiu do 1º para o 453º lugar do mundo" no UOL Imagem- Robert Deutsch:USA TODAY Sports Serena Williams deu seu depoimento no Dia Internacional da Mulher à revista "Fortune". Em um longo texto, a tenista relembra as dificuldades enfrentadas para as mulheres para poderem conciliar a vida profissional com a pessoal e afirma que o ranking da WTA a puniu por ter engravidado - ela era a número 1 do mundo e voltou na posição 453. "Desde que eu era pequena, sonhava em ser a melhor tenista do mundo. Mas também sonhava em ter uma família. O sonho não era dividido, era sobre ter sucesso nas duas áreas. Eu quero permanecer nesse esporte tempo suficiente para Olympia (filha dela) me assistir, torcer por mim e ter orgulhoso de dizer "essa ...

    Leia mais

    Menina de 11 anos, grávida por estupro, passa por cesárea, em vez de aborto, na Argentina

    "Tirem da minha barriga o que o velho colocou", disse a criança, que foi violentada pelo marido de sua avó. Do Crescer  Ativistas protestam contra a demora para interromper a gestação de Lucia. "Cesárea não é ILE", diz o cartaz. ILE é a sigla usada para Interrupción Legal del Embarazo, que significa "Interrupção Legal da Gravidez", prevista na lei argentina em casos extremos, como este (Foto: Reprodução/ Facebook) Uma criança de 11 anos passou por uma cesárea, em vez de um aborto, na província de Tucumán, na Argentina. A cirurgia, que aconteceu sem a autorização da mãe da garota, foi realizada nesta quarta-feira (27). De acordo com a ginecologista Cecilia Ousset, a cesárea foi necessária porque o corpo da menina, que tem sido chamada pelo nome fictício de Lucia pela imprensa local, para preservar sua identidade, ainda não estava completamente desenvolvido. "Via vaginal não era possível. O ...

    Leia mais

    Temer sanciona aumento de pena para feminicídio e prisão domiciliar para grávidas

    Foi sancionado ainda projeto que reconhece que a violação da intimidade da mulher como violência doméstica e outro que garante cirurgia reparadora às pacientes com câncer de mama. Por Fernanda Calgaro Do G1 Temer durante sanção de projetos de proteção à mulher, ao lado do ministro dos Direitos Humanos, Gustavo Rocha — Foto: Marcos Corrêa/Presidência da República O presidente Michel Temer sancionou nesta quarta-feira (19) um pacote de projetos de lei com medidas de proteção às mulheres, defendidas pelas parlamentares da bancada feminina no Congresso Nacional. Um deles aumenta de pena para feminicídio se autor tiver descumprido medida de proteção. Um segundo torna crime fotografar ou filmar, sem autorização, cenas de nudez ou ato sexual ou libidinoso de caráter privado de outra pessoa. Outro projeto permite a concessão de prisão domiciliar a grávidas e a mães de pessoas com deficiência. Um quarto garante às pacientes com câncer ...

    Leia mais
    (Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ/ Direitos Reservados/Agência Brasil)

    Brasil tem 477 grávidas e lactantes no sistema carcerário. A maioria, em SP

    Levantamento do CNJ mostra aumento de 12% no número Por Alex Rodrigues da Agência Brasil (Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ/ Direitos Reservados/Agência Brasil) Entre as cerca de 31 mil mulheres que cumpriam pena em todo o país em setembro deste ano, 477 estavam grávidas ou amamentando. Segundo levantamento do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o total representa um aumento superior a 12% em comparação a agosto, quando havia, no interior do sistema prisional, 425 grávidas e lactantes. De acordo com o Cadastro Nacional de Presas Grávidas e Lactantes, criado e mantido pelo CNJ, 302 presas estavam grávidas e 175 estavam amamentando, em setembro. São Paulo é a unidade da federação com o maior número (164) de gestantes e lactantes, seguida por Minas Gerais (39), Ceará (38), Goiás (33), Rio de Janeiro (26) e Pará (22). Mais cedo, o CNJ chegou a divulgar que o total de mulheres nestas condições, no mês passado, ...

    Leia mais

    “Em 2018, a contratação de uma mulher grávida não deveria ser algo extraordinário”, diz Grazi Mendes

    Empregar uma mulher grávida de nove meses é uma raridade. Mas não deveria ser, segundo Grazi Mendes, integrante do "hire team"  no processo de contratação de Marcela Caldeira, de 35 anos, para o escritório de Belo Horizonte (MG) da multinacional de tecnologia Thoughtworks. Marcela foi contratada nesta situação e acaba de deixar a empresa em licença maternidade de seis meses. Antes de entrar na multinacional, Marcela trabalhou durante três anos em uma startup e fez o processo seletivo para ingressar na multinacional, conhecida mundialmente por suas políticas de inclusão das mulheres no mercado de trabalho, com sete meses de gestação. Nesta entrevista à coluna Geledés no debate, Grazi, que tem o cargo People Partner (pessoa que amplia a atuação do time de Gestão de pessoas), destaca a necessidade “urgente de se interromper uma lógica sutil e perversa, que considera pessoas como recurso, que cria barreiras com justificativas focadas apenas em ...

    Leia mais
    Marcelo sentia ciúmes, segundo um parente de Andreia Foto: Facebook/Reprodução

    Denunciado por violência doméstica, homem mata a mulher grávida em Santa Catarina

    Um homem de 39 anos confessou ter matado a própria mulher, de 28 anos, que estava grávida de três meses, neste domingo, no interior de Santa Catarina. Segundo a Polícia Militar, ele tinha passagens criminais por vias de fato, ameaça contra a mulher e violência doméstica. O casal estava junto há quase um ano, segundo a família da vítima. por Louise Queiroga no Extra Globo Segundo um parente de Andreia Araujo, que preferiu não se identificar, as denúncias contra Marcelo Kroin foram feitas por ex-namoradas dele. O relacionamento dos dois era visto como "normal", mas o marido da jovem vinha se revelando cada vez mais ciumento. — Eles tinham um relacionamento normal, como todo casal, mas bateu um ciúme doentio nele, acabaram brigando, ele bateu nela, a matou — disse o parente ao EXTRA, por telefone, nesta segunda-feira. Após uma denúncia anônima, policiais militares encontraram o corpo da vítima enrolado ...

    Leia mais

    Grávida é morta e tem bebê arrancado do útero em Paraibuna

    Uma gestante foi morta e teve seu bebê arrancado do útero em uma estrada rural perto da represa de Paraibuna, na tarde desta quarta-feira (4). Ao lado do corpo da mulher estava a placenta, o que indicaria que foi feita uma cesárea improvisada e o bebê foi levado. Do Meon Mulher foi encontrada próximo a represa de Paraibuna  (Foto: Flávio Pereira/Meon) De acordo com a Polícia Militar, o corpo da vítima estava parcialmente queimado e apresentava um corte na barriga. A Polícia não soube informar de quantos meses era a gestação ou se há indícios sobre o paradeiro do bebê. Os policiais afirmaram que funcionários da balsa que opera na represa encontraram o corpo próximo a uma tubulação em uma estrada rural. Ainda de acordo com a PM, a mulher não foi identificada, na cidade não há queixa de desaparecimento e moradores da redondeza não reconheceram a mulher. A Polícia Civil informou que ...

    Leia mais

    A revolta do “não estou grávida, estou gorda”

    A guerra das barrigas felizes: Drew Barrymore é a mais recente celebridade a responder ao contínuo escrutínio sobre o corpo feminino Do El Pais  Drew Barrymore na apresentação de 'Santa Clarita Diet', a série da qual é protagonista na Netflix, em 22 de março. (RICHARD SHOTWELL ©GTRESONLINE) Drew Barrymore se encontra em plena promoção da segunda temporada de Santa Clarita Diet, série da Netflix em que é a atriz principal. Em 21 de março, quarta-feira, enquanto visitava o estúdio do The Late Late Show, de James Corden, decidiu se somar à lista de celebridades que reivindicam seu direito de engordar sem a pressão do mundo que as rodeia. No programa ela contou uma história sobre um encontro com uma fã em um restaurante de Los Angeles. A mulher lhe disse: “Meu Deus, quantos filhos você tem!”. A atriz, surpresa, respondeu que só tinha dois. “Mais o que vem a caminho, obviamente”, respondeu a fã. Barrymore decidiu lhe dar ...

    Leia mais

    ‘Ovário artificial’ pode ajudar mulheres a engravidar após quimioterapia

    Técnica foi testada com sucesso em camundongos, mas precisa de testes clínico Do O Globo Mulheres com câncer no ovário podem ter a fertilidade comprometida - WIKIMEDIA Mulheres que passam por tratamentos envolvendo quimioterapia e radioterapia têm risco elevado de terem a fertilidade afetada. Para resolver esta questão, pesquisadores do Rigshospitalet, em Copenhague, na Dinamarca, estão desenvolvendo um “ovário artificial”, construído com tecidos e ovos humanos, que pode ser implantado em sobreviventes do câncer. A técnica, ainda em estágio inicial, também pode beneficiar mulheres com outras condições, como esclerose múltipla e beta talassemia, que também exigem tratamentos que afetam a fertilidade. Hoje, mulheres diagnosticadas com câncer que desejem ser mães podem congelar tecidos do ovário antes dos tratamentos. Após a cura, os tecidos são reimplantados e elas podem recuperar a fertilidade naturalmente. Mas, em alguns casos, como tumores no ovário e leucemia, as células cancerosas podem ...

    Leia mais
    Gravidez: São Paulo é o estado com maior número de mulheres em tal situação. (Getty Images/Getty Images)

    Maioria das grávidas ou lactantes presas é parda ou negra

    No último dia de 2017, havia 373 mulheres grávidas e 249 amamentando seus bebês nas prisões brasileiras Do Exame  Gravidez: São Paulo é o estado com maior número de mulheres em tal situação. (Getty Images/Getty Images) Levantamento divulgado nesta quinta-feira (25) pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) revela que há 622 grávidas ou lactantes nas unidades prisionais do país. De acordo com o Cadastro Nacional de Presas Grávidas e Lactantes, no último dia de 2017, havia 373 mulheres grávidas e 249 amamentando seus bebês nas prisões brasileiras. Segundo o CNJ, por meio de um censo carcerário, foi possível identificar o perfil das detentas que tiveram filho na prisão: quase 70% delas tinham entre 20 e 29 anos; 70% são pardas ou negras; e 56% são solteiras. São Paulo é o estado com maior número de mulheres em tal situação. Das 235 que se encontram sob custódia do Estado, ...

    Leia mais
    Página 1 de 91 1 2 91

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist