Abilio Diniz: “espero que o legado de Lula não se perca”

Empresário prestou uma homenagem ao presidente da República e defendeu a continuidade de seu governo

O presidente do Conselho de Administração do Grupo Pão de Açúcar, Abilio Diniz, ressaltou o legado dos oito anos de governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o Brasil. Durante pronunciamento realizado ontem, na cerimônia de entrega de As Empresas Mais Admiradas do Brasil 2010, promovido por CartaCapital, ele destacou a redução da pobreza, o ingresso de milhões de brasileiros na classe média e a diminuição da fome no País.

Na categoria Líderes Mais admirados do Brasil, Abilio Diniz ficou com a segunda colocação na premiação. Já o Grupo Pão de Açúcar foi o vencedor da categoria Redes de Varejo – Supermercados.

Leia o pronunciamento completo do presidente do Conselho de Administração do Grupo Pão de Açúcar.

“Mino Carta, talvez você não se recorde, mas há cerca de uns 30 anos eu tenho um quadro pintado por você que está na minha casa. Mas você certamente deve se recordar que há 30 anos, ou algo mais, nós dois, cada um de um jeito, clamávamos por coisas semelhantes, clamávamos por democracia, clamávamos por eleições diretas, clamávamos por um País mais igual, com mais distribuição de renda, com mais emprego e muito melhor para todos os brasileiros.

Mino, cabe a nós agora, neste momento, ver isso acontecendo, após estes oito anos do presidente Lula a frente desse País, com a sua equipe, com seus ministros. Ver esse País muito mais solidário, muito mais humano, muito menos pessoas passando fome; os brasileiros vivendo muito melhor, passando de uma classe social para outra, podendo entrar no mercado de consumo, podendo fazer com que esse País caminhe para ser ainda maior do que ele realmente é. Mino, eu espero que você se lembre disso e que todos nós presentes aqui prestemos uma homenagem ao nosso presidente Lula.

Presidente, você mudou esse País. Eu espero, peço a Deus, que o seu legado não se perca, que haja uma continuidade e que nós continuemos crescendo e distribuindo renda. Muito obrigado Mino, muito obrigado Presidente, muito obrigado a todos”.

Fonte: Carta Capital

+ sobre o tema

Detenção de Mano Brown exemplifica a mensagem de Cores e Valores

Pedro Paulo Soares Pereira, 44 anos, também conhecido como...

Daniel Munduruku: Dia dos Povos Indígenas é “mudança de olhar sobre as populações originárias”

Na quinta-feira (2), em decisão publicada no Diário Oficial...

“Ai, não fala em Cecília Meireles, não, que nem durmo!” – Por: Fátima Oliveira

Hoje é aniversário de minha filha Lívia, mãe de...

Últimas tropas de combate dos EUA deixam o Iraque

Segundo redes americanas, tropas deixam o país em direção...

para lembrar

Justiça cassa 13 vereadores em São Paulo; advogado diz que lei não proíbe doações

Fonte:UOL - A Justiça Eleitoral de São Paulo cassou...

Um Brasil cada vez mais violento

Em 2017, a taxa de mortes violentas ultrapassou os...

Machismo e racismo dentro e fora do BBB

por Karen Polaz de Blogueiras Feministas Não sou fã...

Maioria acha que Obama não mereceu Nobel

Fonte: Blog Sérgio Dávila - Pesquisa Gallup divulgada hoje confirma...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=