‘Achei que fosse trote’, lembra Erika Januza sobre convite para ser rainha de bateria da Viradouro

Enviado por / FontePor Elisa Soupin, do G1

Fã das escolas de samba cariocas desde criança, a atriz mineira vive sonho à frente da bateria da escola de Niterói. Atriz promete ir à quadra nesta terça, e sábado é uma das atrações do 'Seleção do Samba'.

Mineira fã do carnaval carioca, a atriz Erika Januza está vivendo um sonho à frente da bateria da Viradouro. Tanto que nem acreditou quando o convite veio, por telefone.

“Quando me ligaram para convidar, achei que era trote, eu chorei muito”, conta ela, que, desde criança, gostava de assistir aos desfiles da Marquês de Sapucaí. “Recebi o convite do presidente Marcelão, depois conversei com o Marcelinho (Calil), pai e filho, eles estão sendo maravilhosos”, diz ela, sem esconder a felicidade.

Ela foi apresentada como rainha de bateria em junho deste ano e está torcendo para que o carnaval de 2022 aconteça e que a festa possa acontecer com segurança.

“O carnaval é muito grandioso, e muito além dos quatro dias. Ir no barracão e ver o marceneiro, a bordadeira, o cara soldando os carros alegóricos. Muitas vezes as pessoas não valorizam tudo que acontece por trás da festa”, diz ela, que transparece a animação ao falar do assunto.

“A bateria é o coração da escola. Estar vivendo esse momento é muito incrível. Não tenho como agradecer a forma como fui recebida pelos ritmistas e passistas. Sei que é difícil, que é um posto concorrido, tenho todo respeito também por quem estava antes.”

Raíssa Machado era quem ocupava o posto e, em 2020, quando a Viradouro foi campeã do carnaval. Erika promete fazer jus à substituição.

“Por enquanto eu estou gravando Arcanjo Renegado e não consigo estar no ensaio da comunidade, mas terça-feira que vem é minha folga e estarei lá”, garante.

+ sobre o tema

Álbum solo “Boogie Naipe” do Mano Brown é indicado ao Grammy Latino

Após anos de muita expectativa, o álbum de estreia...

Conheça Filhas do Pó, primeiro filme de uma cineasta negra distribuído nos Estados Unidos

Se Filhas do Pó fosse uma grande produção hollywoodiana,...

Conheça os nomes que deverão causar na cena musical em 2018

Entre IZA e Karol Conka, veja cinco artistas que...

Kendrick Lamar coloca soldados para marchar contra o racismo no Grammy 2018

Kendrick Lamar foi um dos grandes destaques da noite...

para lembrar

Ilú Obá De Min: a diversidade cultural no carnaval de São Paulo

Composto exclusivamente por mulheres e desde 2005 desfilando pelas...

A menina dos olhos de Oyá exuzilhou o racismo religioso na avenida

A menina dos olhos de Oyá foi reverenciada na...

Vila Isabel reverencia influência negra na cultura com enredo “O som da cor”

Escola fez desfile emocionante em primeira noite do grupo...

Campeã absoluta, Mangueira exalta Brasil que não te ensinaram na escola

Marielle, vive! Aceita. Dói menos. Pouco mais de uma semana...
spot_imgspot_img

Leci Brandão sai em defesa da Vai-Vai: ‘Nenhuma instituição está acima da crítica’

'A crítica social é necessária na medida em que ela força as instituições a se autoavaliarem e melhorarem', disse a parlamentar A deputada estadual Leci...

Nota de esclarecimento GRCSES VAI-VAI

Em 2024, a escola de samba Vai-Vai levou para a avenida o enredo Capitulo 4, Versículo 3 – Da rua e do povo, o...

Moção de solidariedade da UNEGRO ao Vai Vai 

A União de Negras e Negros Pela Igualdade (UNEGRO), entidade fundada em 1988, com  longa trajetória na luta contra o racismo e suas múltiplas...
-+=