Ativistas estrangeiros consideram Marco Civil da internet exemplo mundial

 

A aprovação pelo Brasil do Marco Civil da internet é um dos temas mais comentados nas rodas de conversa de participantes da NetMundial, a conferência que discute em São Paulo um modelo de gerência internacional da rede.

Para muitos, o Brasil deu exemplo ao mundo ao criar uma legislação que regula a internet. A lei foi aprovada na noite de terça-feira pelo Senado e sancionada pela presidente Dilma Rousseff na quarta-feira. Levando-se todo o trâmite no Congresso foram sete anos de debate.

“Antes eu pensava: ainda quero dizer para meus filhos que eu vivi nos tempos em que Mandela estava vivo. Hoje eu tambem quero dizer para eles que eu vi a presidente Dilma Rousseff sancionar o Marco Civil. É um momento historico”, disse a ativista Nnenna Nwakanma, fundadora da organização Free Software and Open Source Foundation for Africa (Fundação Sotfware Livre e Fontes Abertas para África).

“Eu digo que eu venho da internet. Essa é a minha luta, por uma inclusão digital, sobretudo na África. E esse desenvolvimento da internet precisa vir com princípios, com respeito a valores democráticos, aos direitos humanos, de privadade, da liberdade de expressão. E tudo isso está no Marco Civil”, disse.

Antes de chegar ao Congresso Nacional em Brasilia, o texto do Marco Civil da internet foi construído de maneira colaborativa na própria rede mundial de computadores. Um dos idealizadores e principais promotores da legislação, o professor Ronado Lemos, hoje na Universidade Estadual do Rio de Janeiro, contou à BBC Brasil que 70% do que se propôs foi mantido na versão final.

“Temos alguns detalhes a resolver ainda, mas acho que o Judiciário vai reverter algumas mudanças e o texto vai ficar ainda melhor. Estou muito feliz com a aprovação do texto”, disse.

 

Fonte: DCM

 

+ sobre o tema

Minissérie contará a vida de dom Pedro Casaldaliga

  A vida de dom Pedro Casaldáliga, 84...

Pronatec oferece mais de 32 mil vagas para presos

Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e...

para lembrar

Outubro Rosa: Super-heroínas ensinam autoexame para prevenir câncer de mama

Para lembrar que nenhuma mulher está imune ao câncer...

Empresa farmacêutica testará a primeira vacina contra o HIV

Teste será realizado nos EUA e na Europa; a...

MP abre concurso para 184 cargos de servidor

Fonte:Bem Paraná -   Estão sendo oferecidas vagas...
spot_imgspot_img

Marcelo Paixão, economista e painelista de Geledés, é entrevistado pelo Valor

Nesta segunda-feira, 10, o jornal Valor Econômico, em seu caderno especial G-20, publicou entrevista com Marcelo Paixão, economista e professor doutor da Universidade do...

Impacto do clima nas religiões de matriz africana é tema de evento de Geledés em Bonn  

Um importante debate foi instaurado no evento “Comunidades afrodescendentes: caminhos possíveis para enfrentar a crise climática”, promovido por Geledés -Instituto da Mulher Negra em...

Comissão da Saúde aprova PL de garantia de direitos à pacientes falciformes

A Comissão de Saúde da Câmara dos Deputados aprovou, na quarta-feira (5), o Projeto de Lei nº 1.301/2023, que reconhece a doença falciforme como...
-+=