Disque Racismo completa um mês com quase 2 mil ligações

Lançado no dia 20 de março, o Disque Racismo completou no último fim de semana o seu primeiro mês de serviço público, prestado ao Distrito Federal. Ao todo foram 1.829 ligações recebidas pela central de atendimento 156 Opção 7.

Um número que mostra claramente a necessidade do Governo do Distrito Federal, por meio da Secretaria Especial da Promoção da Igualdade Racial, de criar o Disque Racismo.

Com o papel de acolher, registrar, encaminhar e acompanhar as denúncias de práticas discriminatórias étnico-raciais, recebidas pelo número 156 Opção 7, a SEPIR-DF por meio de sua Ouvidoria, registrou 21 denúncias de discriminação étnico racial.

A grande maioria das ligações é para esclarecimentos e questionamentos sobre o serviço e o que realmente é prática discriminatória. A discriminação racial pode ocorrer no local de trabalho, por parte das autoridades públicas, na escola, no comércio e no lazer. Mas é necessário que o preconceito, mesmo que de forma velada, tenha ocorrido.

Direito

A vítima do racismo ou da injúria racial, tem o direito de denunciar qualquer forma de ultraje, constrangimento e humilhação. Uma parceria da SEPIR-DF com a Ordem doa Advogados do Brasil seccional Distrito Federal, oferece advogados que acompanham os casos de discriminação racial, caso seja necessário.

Existe ainda um acordo com as Defensorias Públicas do DF para também oferecerem acompanhamento jurídico e psicológico às vítimas.

Com o serviço do Disque Racismo o Governo do Distrito Federal, por meio da SEPIR-DF cria condições de implantar e gerenciar políticas públicas referente a igualdade racial, além de criar mecanismos de combate ao racismo institucional, possibilitando o acesso de negros e negras e comunidades tradicionais, como quilombos, índios e ciganos nas políticas públicas.

Essa é uma forma de garantir a transversalidade nas políticas de ações afirmativas do GDF. (SEPIR)

Fonte: A Critica

+ sobre o tema

Seduc-SP oferece cursos de inglês, espanhol, Libras e mais

Os Centros de Estudos de Línguas da Secretaria da Educação...

Inscrições para o Enem 2024 começam hoje

Começa nesta segunda-feira (27) e vai até 7 de...

FGV e Fundação Itaú oferecem bolsas de mestrado em comunicação digital e cultura de dados

A FGV-ECMI (Escola de Comunicação, Mídia e Informação da...

Projeto de escolas cívico-militares é aprovado na Alesp após estudantes serem agredidos por policiais

O projeto de lei que prevê a implementação das escolas...

para lembrar

spot_imgspot_img

Projeto SETA reforça importância da aprovação de texto elaborado na Conferência Nacional de Educação (Conae), que inclui educação antirracista e ação para a equidade...

O Projeto SETA, iniciativa realizada pela ActionAid, cujo objetivo é transformar a rede pública escolar brasileira em um ecossistema de qualidade social antirracista, acompanha de perto...

Seduc-SP oferece cursos de inglês, espanhol, Libras e mais

Os Centros de Estudos de Línguas da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) estão com inscrições abertas para os cursos de idiomas do...

Inscrições para o Enem 2024 começam hoje

Começa nesta segunda-feira (27) e vai até 7 de junho o período de inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024. No...
-+=