Finalmente alguém sacou que para ser ‘nude’ um sapato deve variar de acordo com o tom de pele

Enviado por / FonteDo Hypeness

Nude é o que se conhece como “cor de pele”, no mundo da moda. A “cor” está realmente super em alta e já se tornou sinal de sofisticação, por alongar a silhueta. O único problema é que, para muitas marcas de roupas e sapatos, falar em nude significa algo parecido com bege.

Só que você já deve ter reparado que os tons de pele no mundo real variam bem mais do que a paleta de cores geralmente associadas a eles… Agora, finalmente a marca francesa Louboutin parece ter entendido que nude pode significar muitas cores.

Desde 2013, a marca mostrou ao mundo que a cor da pele não é um tom, mas um espectro de cores, que vai do porcelana ao marrom escuro. Foi em outubro daquele ano que a primeira coleção de sapatos com diversos tons de nude foi lançada pela marca, com cinco cores diferentes.

nude1
Foto © The Washington Post

A ideia deu tão certo que, no ano passado, a marca lançou novas cores em sua paleta de nudes, visando cobrir todas as tonalidades de pele, além de dispor mais dois modelos de sapatos nestas colorações. Desde então, a mulherada já podia desfilar de salto alto por aí independente de seu tom de pele – e se sentir super na moda. Mas ainda faltava uma linha de sapatos confortáveis que atendesse a essa demanda. Não falta mais!

Na semana passada, Louboutin lançou a primeira linha de sapatos confortáveis em sete tons de nude, permitindo que qualquer mulher adote o estilo em seu dia-a-dia. As opções são lindas e prometem combinar com qualquer tom de pele. Confere só:

nude2
Foto: Imagem retirada do site Hypeness

Foto em destaque: Reprodução/ Hypeness

 

+ sobre o tema

Projeto de Museu-Valise da História da Escravidão, parceiro da Unesco

Apresentamos a exposição  itinerante de Cooperação Internacional “As Aguas...

Meninas de comunidades pobres desfilam em busca de sonhos no Fashion Business

Oito meninas de comunidades pobres do Rio de Janeiro...

Encontro “Lendo Mulheres Negras” será com Cidinha da Silva e seu novo livro

“Encontros Literários aberto para todxs que queiram se debruçar...

para lembrar

Nicki Minaj, a “Lady Gaga do hip hop”, lança seu primeiro álbum

Por: Camilo Rocha   Como assim, Lady Gaga do hip hop?...

Centro Cultural do Brasil fala sobre cinema africano

  O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de Brasília...

Corpo-imagem: ecos e reflexos da negritude

Exposição multimídia projeta imagens que reverberam nuances e crenças...
spot_imgspot_img

Festival Latinidades chega à 17ª edição e convoca público para aclamar o trabalho de mulheres negras

Além da sua cidade natal, Brasília, evento volta a acontecer em Salvador e São Paulo, e apresenta uma programação especial no Quilombo Mesquita, localizado...

Filme biográfico sobre Luiz Melodia é o vencedor do Festival In-Edit Brasil

O documentário "Luiz Melodia - No Coração Do Brasil" é o grande vencedor da 16º edição do In-Edit Brasil, o Festival Internacional do Documentário Musical. Dirigido...

Autores negros podem concorrer a prêmio com romances inéditos

Novos autores negros com romances inéditos ainda podem participar do Prêmio Pallas de Literatura 2024, cujas inscrições foram prorrogadas até as 15h do dia...
-+=