‘Fiz uma prótese de mão negra para meu irmão – e isso se tornou um negócio de sucesso’

Enviado por / FonteBBC

A depressão que acometeu Ubokobong Amanan Sunday não foi o único problema que ele teve que lidar quando perdeu dois dedos de sua mão durante uma festa de Réveillon, ao confundir uma bombinha com um rojão.

Sunday, que é negro, não conseguia encontrar próteses que fossem da mesma cor de sua pele.

“Confundi uma bombinha com um rojão. E explodi dois dos meus dedos. Fiquei deprimido. Minha família tentou encomendar próteses da Alemanha, mas elas não combinavam com a minha cor de pele”, diz.

Foi quando John, irmão mais velho de Ubokobong, teve uma ideia.

Ele havia trabalhado com efeitos especiais em filmes na Nigéria e usou sua experiência para criar uma nova mão para o seu irmão por conta própria.

“Uma mão africana e realista é importante no sentido de que é aceita, passa despercebida, segue oculta, porque ninguém consegue distinguir entre a prótese e a amputação”, diz John.

Ubokobong aprendeu aos poucos a usar sua nova mão.

Mas John não parou por aí. Ele mudou de carreira e começou um novo negócio para atender à demanda por diferentes próteses.

“Como artista iniciante, meu sonho sempre foi explorar o mundo, ser um grande artista, como Leonardo Da Vinci”, diz.

“Mas às vezes a própria natureza lhe dá oportunidades. Você se vê numa situação dramática e a única opção é enfrentá-la, desde que você tenha paixão”, acrescenta.

Para Ubokobong, seu irmão solucionou seu problema “que por sua vez o inspirou a solucionar o de outros amputados”.

“Tive que perder meus dedos para que outros pudessem ganhá-los”, conclui.

Fonte: BBC

+ sobre o tema

O novo realismo social no cinema da Nigéria

“Kasala!”, o filme de estreia de Ema Edosio, é...

Atração do Planeta Brasil, Mano Brown diz que o Brasil é refém do medo

Rapper critica a censura e o 'movimento orquestrado' dos...

As memórias da guerra no documentário “Angola nos Trilhos da Independência”

O projecto Angola nos Trilhos da Independência tem atiçado a curiosidade...

para lembrar

Mais que livros, um universo de axé…

Para além dos livros de receitas de magia, nossos...

Podcast Pessoas: Temporada Vidas Negras é destaque do mês no Museu da Pessoa

Nele, cada episódio apresenta a edição de uma entrevista...

Aparição distorcida do negro na literatura reforça preconceito

Os escritores Nei Lopes, Conceição Evaristo, Paulo Lins e...

Ouça dueto de Willow Smith com Nicki Minaj

  Willow Smith está gravando seu primeiro álbum...
spot_imgspot_img

Violência contra territórios negros é tema de seminário com movimentos sociais em Salvador

Diante da escalada de violência que atinge comunidades negras e empobrecidas da capital e no interior da Bahia, movimentos sociais, entidades e territórios populares...

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...
-+=