Geledés recebe a maior condecoração do Ministério das Relações Exteriores

Artigo produzido por Redação de Geledés

A organização e sua fundadora, Sueli Carneiro, foram homenageadas pelo governo federal por defesa dos direitos humanos e o combate ao racismo e sexismo

Geledés – Instituto da Mulher Negra recebeu ontem, em cerimônia do Palácio do Itamaraty, em Brasília, diretamente das mãos do presidente Luís Inácio Lula da Silva a comenda de Grão-Mestre da Ordem de Rio Branco, a maior honraria concedida pelo Ministério das Relações Exteriores. Sueli Carneiro, coordenadora e fundadora de Geledés também foi condecorada como personalidade nacional dedicada à defesa da democracia, da justiça social, dos direitos humanos, da igualdade de gênero, da igualdade racial.

A representante de Geledés para receber a medalha foi Carolina Almeida, cientista política e consultora internacional adjunta de Geledés. “Esse momento político permitiu esse reconhecimento de Geledés como uma instituição que combate o racismo e o sexismo”, disse Carolina.

Quem escolhe os homenageados é o presidente Lula como Grão-Mestre da Ordem de Rio Branco, ao lado do Conselho da Ordem, formado pelo ministro das Relações Exteriores, pelos Chefes das Casas Civil e Militar e pelo secretário-geral da República. 

Foram também contempladas com a medalha as entidades Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB); Central Única das Favelas (CUFA);Movimento Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR);Brazil-Canada Chamber of Commerce (BCCC); Korea-Brazil Society(KOBRAS) e Liceu Ruy Barbosa.

As ministras Anielle Franco e Margareth Menezes também receberam a condecoração. Entre os outros ministros condecorados estavam Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes, Rosa Weber, Nísia Lima e Silvio Almeida.

+ sobre o tema

para lembrar

Fundadores da CUFA, Celso Athayde e MV Bill, deixam ONG após 20 anos

Fundadores da Central Única das Favelas, Celso Athayde e...

Taís Araújo ajuda a doar R$ 1 milhão para mães que vivem em favelas

Preocupada com os impactos da pandemia do novo coronavírus,...

Taís Araújo ajuda a doar R$ 1 milhão para mães que vivem em favelas

Preocupada com os impactos da pandemia do novo coronavírus, Taís Araújo declarou em uma live no Instagram que, além de fazer suas colaborações como...

Fundadores da CUFA, Celso Athayde e MV Bill, deixam ONG após 20 anos

Fundadores da Central Única das Favelas, Celso Athayde e MV Bill, deixam a direção da CUFA no próximo dia 25, depois de 20 anos...
-+=