Glória Maria rejeita volta ao “Fantástico”: “Nunca andei para trás”

Glória Maria escoheu um vestido vermelho para prestigiar o primeiro baile da ONG BrazilFoundation, na noite dessa quinta-feira (29), em São Paulo.

“Acho bárbaro, acho que temos que estar nesse circuito de ajudar. A gente gosta de ser ajudado, mas para isso tem que ajudar também, a Globalização não é só para se informar, é para se solidarizar também”.

Glória, que ficou à frente do “Fantástico” por anos, não escapou das perguntas sobre a crise de audiência no programa dominical e questionada se voltaria a ancorar a atração. “Nunca andei para trás. Eu sempre fiz várias coisas como ‘Jornal Nacional’ e outras, mas hoje estou no ‘Globo Repórter’, muito feliz, com alguns projetos em andamento. O ‘Fantastico’ é maravilhoso, tem gente espetacular lá fazendo, apresentando. Acho que é cada um no seu quadrado”.

 

 

+ sobre o tema

Rapt.fm: batalhas de rap a qualquer hora, em qualquer lugar

Rapt.fm: site foi lançado há um ano e já...

Palmares e Embaixadas de Países Africanos Preparam IV Fesman

A Fundação Cultural Palmares (FCP) e o Comitê Cultural...

Feliz Aniversário Antonio Pitanga – 13 de Junho de 1939

Neste 13 de junho é comemorado o aniversário de...

para lembrar

Festival de cultura da periferia celebra Mês da Consciência Negra

Celebrado como o Mês da Consciência Negra, novembro vai...

Jesse Jackson: “Agora temos liberdade, mas não somos iguais”

É uma figura icónica. Ajudou a abrir caminho...

Michelle Obama é gente como a gente. Confira o vídeo!

Enquanto estourava a bomba sobre a acusação de plágio de...

Lélia Gonzalez

Fato da maior importância (comumente “esquecido” pelo próprio Movimento...
spot_imgspot_img

NICHO 54 lança publicação inédita que investiga a história do Cinema Negro no Brasil 

Pesquisa que mapeou e consolidou dados sobre filmes produzidos por pessoas negras no Brasil de 1949 a 2022 encontrou 1.104 obras; 83% de toda...

Instituto Tebas celebra 194 anos de nascimento de Luiz Gama com caminhada e exibição de vídeo em São Paulo

 Liberdade ou Morte: histórias que a História não conta é o título da web série composta por sete narrativas (fotográficas, textuais e audiovisuais) que destacam a agência...

Obrigada Shirley

É com muita tristeza que compartilhamos a notícia do falecimento da Shirley Villela, nossa companheira e amiga, tecedora da Redes da Maré, de 2013...
-+=