Índios deixam acampamento no Distrito Federal com vitória parcial

 

Depois de uma semana de manifestações, representantes de mais de 100 etnias decidem desmontar o acampamento na Esplanada dos Ministérios. Lideranças ficaram satisfeitas com a decisão da Câmara de suspender a análise da PEC 215.

“O índio só vai se manter, depois de mim, se tiver cuidado com a cultura do homem branco, que é perigosa; o alcoolismo e as drogas enfraquecem o índio. Se os índios tomarem cuidado e protestarem, como eu faço, os índios vão se defender e ser respeitados”. As palavras de Raoni Metuktire, cacique Kayapó de 83 anos, foram proferidas depois de uma semana de manifestações em defesa dos direitos dos povos indígenas. Com a presença de mais de mil índios de cerca de 100 etnias em Brasília, os protestos fizeram barulho suficiente para adiar a instalação da comissão especial que analisaria a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 215. A iniciativa pretende transferir o processo de demarcação de terras do Poder Executivo para o Congresso Nacional e foi a motivadora da invasão do plenário da Câmara, em abril, por centenas de índios contrários à alteração.

Desta vez, com um acampamento montado na frente do Congresso, a discussão da PEC 215 foi adiada de forma preventiva. Mesmo com a suspensão temporária da proposta, centenas de índios tentaram forçar a entrada no Congresso Nacional, na quarta-feira, e protestaram até que um grupo de 30 lideranças indígenas foi recebido pelo presidente em exercício da Câmara, deputado André Vargas (PT-PR).

 

Fonte: Correio Braziliense

+ sobre o tema

Vannuchi: ‘Aprovação das cotas para negros no serviço municipal é evidência democrática’

Prefeitura de São Paulo publicou decreto regulamentando que 20%...

Trabalhadores haitianos em São Paulo são cobiçados por empresários do País

Cerca de 20 empresas já procuraram o Ministério do...

Carta aberta do CLADEM à jurista Flávia Piovesan

Nós do Comitê Latino Americano e do Caribe para...

Uso de algoritmos em processo seletivo de emprego pode prejudicar candidatos

As máquinas tomam mais decisões sobre as nossas vidas...

para lembrar

Zara se recusou a assinar acordo com ministério público sobre trabalho escravo

A grife espanhola Zara se recusou ontem (30) a...

Não acredite em combustão espontânea

Em uma área em que se encontram 114 favelas...

Chacina do Complexo da Penha: Entidades de direitos humanos apelam à CIDH pelo fim da violência policial

O Instituto Internacional sobre Raça, Igualdade e Direitos Humanos...

Mato Grosso: Mulher de presidente da Assembleia de MT é denunciada por trabalho escravo

A proprietária rural Janete Riva, mulher do presidente da...
spot_imgspot_img

SP inicia campanha de vacinação contra paralisia infantil na segunda

A partir da próxima segunda-feira (27) crianças até cinco anos de idade começam a ser vacinadas contra a Poliomielite (paralisia infantil) no estado de...

Governo define nova data para o ‘Enem dos concursos’; CNU será em 18 de agosto

O Ministério da Gestão divulgou, nesta quinta-feira (23), a nova data para o Concurso Público Nacional Unificado (CPNU), que ficou conhecido como "Enem dos concursos"....

Anemia falciforme: 1º paciente no mundo inicia terapia genética contra a doença

Na quarta-feira, Kendric Cromer, um menino de 12 anos de um subúrbio de Washington, tornou-se a primeira pessoa no mundo com doença falciforme a...
-+=