Jovem sergipana devolve cartão do Bolsa Família a Lula após se formar pelo Prouni

Iva Mayara agradece ex-presidente durante encontro na caravana Lula pelo Brasil

Foto: Mídia Ninja

Por Monyse Ravena Do Brasil De Fato

Iva Mayara é sergipana de Aracaju. Aos 13 anos “fugiu de casa” grávida para morar com o namorado no Morro do Avião, na periferia de Aracaju. “Eu casei e engravidei muito cedo, uma das oportunidades que eu tive foi receber o Bolsa Família”, conta. A garantia dessa renda mensal fez com que Mayara, mesmo com uma filha pequena e todo o trabalho doméstico da casa, conseguisse continuar estudando e terminar o ensino médio.

Nesse período a família dela também teve acesso ao Programa Minha Casa, Minha Vida, numa parceria entre o governo federal e o governo de Sergipe, na gestão do ex-governador Marcelo Déda (PT), falecido em 2013, de quem faz questão de lembrar com carinho. A casa fica localizada no bairro 7 de Março, e é um dos principais orgulhos de Mayara. “Ter uma casa boa, limpa, para mim e para minha família, um lugar seguro onde a gente pudesse chegar todas as noites, foi um alegria sem tamanho”.

Depois que conseguiu sua casa, Mayara ingressou na faculdade pelo Prouni (Programa Universidade para Todos) e se formou em Administração de Empresas. Na sequência, ela fez o desligamento voluntário do Bolsa Família. “Em todos esses momentos da minha vida o Bolsa Família foi quem mais me ajudou , inclusive na faculdade”, relata a jovem, que diz que o dinheiro do Bolsa Família foi o que garantiu que conseguisse pagar a internet, concluir o curso feito pelo sistema de Educação à Distância (EAD) e “alimentar a minha família nos períodos que não tínhamos [dinheiro]”. Agora, ela é cadastradora do Bolsa Família no bairro onde mora. “É uma forma de retribuir o que fizeram por mim”.

Foto: Mídia Ninja

“Só quem sabe a dificuldade é quem passa. Ter aquele dinheirinho todo final de mês para comprar alimentação ou outra coisa é um alívio. Para as mulheres que estão numa situação precária, é realmente uma coisa muito valiosa”, ressalta.

Hoje, Mayara tem 25 anos, é mãe de Adriana, de 11 anos e Cauã, de dois anos. Ela sonha em voltar para faculdade e estudar enfermagem.

Mayara contou sua história ao Brasil de Fato no ato da Frente Brasil Popular na tarde desta terça-feira (22), no sexto dia da caravana Lula pelo Brasil, quando entregou simbolicamente ao ex-presidente Lula seu cartão do programa. “Quando criei o Bolsa Família disseram que eu estava criando vagabundo, na verdade eu estava vendendo esperança”, disse Lula.

“Vocês viram a moça contar o significado do Bolsa Família para ela. É uma pena que ela não devolveu o cartão do Bolsa Família pro [Michel] Temer, porque ele não tem coragem de vir no meio do povo”, ironizou Lula ao se referir ao desmonte do atual presidente em relação ao programa, que cortou cerca de 543 mil beneficiários do Bolsa Família entre junho e julho deste ano.

A cobertura da caravana “Lula pelo Brasil” é realizada por meio da parceria entre Brasil de Fato, Mídia Ninja e Jornalistas Livres.

+ sobre o tema

Pobre Palmares!

  por Arísia Barros União,a terra de Zumbi, faz parcas e...

Lei 13.019: um novo capítulo na história da democracia brasileira

Nota pública da Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais...

Luislinda Valois nega que tenha recebido convite de Temer

Apesar da imprensa nacional ter divulgado que a desembargadora...

No Governo Dilma as mulheres estão reclamando de barriga cheia?!

Fátima Oliveira Estela e Gracinha tomavam uma fresca na calçada...

para lembrar

Jornal mineiro censura coluna de Fátima Oliveira sobre Patrus Ananias

Patrus é um prefeito inesquecível no imaginário popular belo-horizontino....

Cantor de soul Teddy Pendergrass morre aos 59 anos

O cantor Teddy Pendergrass, que se tornou um símbolo...

O que tenho a ver com os modernistas

Perfil e frente de Anita Malfatti Eu sei. Você talvez...

Juristas entregam anteprojeto do novo Código Penal para Sarney

Texto traz mudanças polêmicas, como ampliação do aborto legal...

MEC divulga nesta terça-feira segunda chamada do Prouni

O Ministério da Educação (MEC) divulga nesta terça-feira (27) a lista dos candidatos pré-selecionados na segunda chamada da oferta de bolsas da edição 2024...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Prazo para comprovar dados do Prouni termina nesta terça-feira

Termina nesta terça-feira (20) o prazo para que candidatos pré-selecionados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni) do primeiro semestre de 2024...
-+=