Guest Post »

PSDB: Lideranças negras deixam Partido

Fonte:Redação – Fonte: Afropress – 19/5/2009

S. Paulo – As desastradas declarações do Secretário de Relações Institucionais do Governo do Estado, José Henrique Reis Lobo, durante o ato solene de comemoração dos 25 anos do Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra, na segunda-feira, (18/05) no Auditório Franco Montoro, quando disse que “até simpatizava com a proposta de Ações Afirmativas”, porém, tinha consciência de que isso só aconteceria “quem sabe, nos próximos 500 anos”, provocaram a primeira baixa no Partido.

Indignado com a atitude, o conselheiro João Carlos Benício, protocolou ofício endereçado a Lobo, que também preside o Diretório Municipal do PSDB em S. Paulo, pedindo a desfiliação do Partido. “O PSDB de São Paulo não tem nenhuma política para a População Negra e o Conselho é um estorvo. O Secretário não resistiu a elegância do doutor Arruda que, acertadamente cobra em nosso nome respostas do Governador pelo seu artigo, e reagiu com o fígado”, afirmou Benício.

Em termos duros, Benício – que é também responsável pela Comissão de Monitoramento e Gestão da Diversidade da Secretaria do Trabalho – disse que “o secretário é a pessoa errada em lugar errado e acrescentou que o considera “incompetente para a pasta que ocupa. “Mas, como jabuti não sobe em poste, ele pode ser a pessoa certa em lugar certo”, ironizou.

Benício disse ainda que Lobo foi desrespeitoso com os presentes, “ao tratar de um assunto tão relevante de maneira personalista e rídicula”, “julgou-se superior e pretendeu que todos se curvassem à sua compreensão da cultura nacional”. “Eu até tenho simpatia, ora! A ninguém ali interessava e interessa se ele tem ou não simpatia. Ele é servidor público pago com nossos salários e deve fazer cumprir as leis, no caso, ouvir o CPDCN, que é o órgão do Estado que deve orientar as “simpatias” dele pela questão racial”, acrescentou.

Para Benício, o governador José Serra (foto) mandou um recado por meio do presidente do PSDB Municipal. “Ele está fazendo escolhas muito precisas no caminho para disputar a presidência. Nós, os negros e nossas questões, estamos fora. Eu me desfilei, ontem do PSDB. Protocolei o meu pedido e devo encaminhar cópia ao cartório eleitoral. Lamento pelo TUCANAFRO por quem o Secretário Lobo em audiência concedida ao CPDCN asseverou ter uma enorme “simpatia””, finalizou.

Repercussão

As declarações do Secretário de Serra também repercutiram fortemente no interior do Estado. O sacerdote e coordenador do Centro Cultural Orunmilá, de Ribeirão Preto, Paulo César Pereira de Oliveira, uma das principais lideranças negras do Estado ligadas ao PSDB disse ser “impossível a qualquer negro comprometido continuar filiado ao partido do governador depois destas declarações”. “Há algum tempo, já havia denunciado o papel do Conselho como aparador de demanda das aspirações do povo negro. Na conferência regional de Ribeirão Preto, Franca e Barretos realizada no último dia 16, propus e foi aprovada por unanimidade pela assembléia uma moção de repúdio ao governador. Temos que transformar a conferência Estadual em um grande manifesto de repúdio”, concluiu.

Matéria original: Lideranças negras deixam Partido

Related posts