Médico é demitido após foto em churrasco vazar no WhatsApp durante o plantão

Profissional estaria escalado para cirurgia geral do hospital que atende urgência e emergência, mas, conforme a direção da unidade, ele não compareceu

O médico Wostenildo Crispim foi demitido do Hospital Regional de Patos, a 320 quilômetros de João Pessoa, no Sertão da Paraíba, após uma foto ter circulado no serviço de troca de mensagem por telefone, WhatsApp, mostrando que ele estaria participando de um churrasco no momento em que deveria estar em plantão da unidade médica.

A informação sobre a demissão do médico foi dada pela diretora do hospital, Sílvia Ximenes, na tarde desta quarta-feira (18). Ela disse que o profissional foi demitido porque abandonou o plantão. Ele estava na equipe de urgência e emergência do domingo (15) e teria ido à unidade médica, assumido o plantão, saído por um determinado tempo e depois voltado ao trabalho, conforme relatou a diretora.

“Consideramos o caso como abandono do plantão e estamos seguindo a resolução de nº 1451/95 do Conselho Regional de Medicina que expressa no artigo 2º a impossibilidade do profissional ficar de sobreaviso em unidades de atendimento em urgências e emergências traumáticas, como é o nosso hospital”, explicou.

Médico é demitido após foto dele em churrasco vazar no WhatsApp durante o plantão (Reprodução)

Sílvia disse ainda que na especialidade dele (cirurgia geral), não há a possibilidade de plantões de sobreaviso.

De acordo com a direção, o Hospital Regional Janduhy Carneiro, em Patos, atende mensalmente 6.500 pessoas no setor de urgência e emergência e são realizadas cerca de 50 cirurgias. O HRP atende 24 municípios da região de Patos e ainda de cidades do Rio Grande do Norte e Pernambuco.

Sílvia Ximenes informou que nessa unidade ficam três médicos na especialidade de cirurgia geral em plantões de 24 horas.

 

Fonte: Pragmatismo Político

+ sobre o tema

DESEMPREGO: Dados mostram barreiras contra mulheres negras

Por Mirian Leitão É para se comemorar a...

Empresa lança pacote de emoticons negros para celebrar a diversidade

Para promover a pluralidade, a companhia Oju Africa lançou...

Um adeus a Léia, guerreira Kaiowá Guarani

Além do ataque em Caaparó (MS), a assembleia dos...

para lembrar

A favela em Salve Jorge – Por Cidinha da Silva

A autora de Salve Jorge está esculachando a favela,...

O jornalista tem que “esconder” seus preconceitos, diz Rita Batista a nova apresentadora da Band

Repórter novata em ‘A Liga’, Rita Batista andou mais...

Mapa da Desigualdade: Por que falar em Desigualdade?

Fonte: Rede Nossa São Paulo Muitas vezes, quando se fala...

O analfabeto midiático

"Ele imagina que tudo pode ser compreendido sem o...
spot_imgspot_img

Cimi registra ataques a povos indígenas em três estados

Os conflitos entre produtores rurais e grupos indígenas continuam no Mato Grosso do Sul e Paraná. De acordo com publicação feita neste sábado (20) pelo Conselho...

Movimento Negro cobra e Brasil se posiciona na ONU sobre agenda racial

Nesta quarta-feira, 17, durante a sessão do Fórum Político de Alto Nível nas Nações Unidas, em Nova York, Geledés – Instituto da Mulher Negra...

46º Prêmio Vladimir Herzog: inscrições prosseguem até 20 de julho

Termina no próximo sábado, 20 de julho, o prazo para inscrições ao 46º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos (PVH).  A premiação...
-+=