Guest Post »
Melvin Santhana, vocalista, guitarrista e produtor musical, lança Nascimento uma música poderosa!

Melvin Santhana, vocalista, guitarrista e produtor musical, lança Nascimento uma música poderosa!

O artista independente Melvin Santhana lançou seu primeiro videoclipe nesta sexta-feira, 8 de dezembro. A música escolhida para dar vida ao trabalho foi “Nascimento”, parte do álbum “Abre Alas”, previsto para chegar ao público em 2018. Em nome deste lançamento, Melvin sobe ao palco do Espaço Aparelha Luzia, ponto de resistência cultural negra de São Paulo, para realizar um pocket show nesta noite, às 21h.

no GGN

“Nascimento” é uma crônica que diz a respeito da rotina de alguém, que todos os dias se desloca e transita pelos extremos da cidade de São Paulo, trazendo à tona os problemas de urbanidade, sob a ótica de um cidadão afro-brasileiro. A música foi criada a partir de dados e pesquisas sobre a falta de estrutura social do país, questões raciais e a marginalização da população afro-brasileira.

“Nascimento é uma música que relata de fato a desestrutura social que afeta a comunidade afro-brasileira. As questões que eu percebo enquanto homem negro, enquanto artista negro, atravessando a cidade, visualizando e entendendo as problemáticas da urbanidade. É com esse olhar que perpassam pela faixa questões étnico-raciais, o racismo, o que é ser um cidadão afro-brasileiro e itinerante na cidade de São Paulo, e talvez no mundo. Nela, falo diretamente das pessoas periféricas, residentes das extremidades da cidade e pretas”, diz Melvin Sathana.

Esta faixa compõe primeiro álbum solo de Melvin, “Abre Alas”, que será lançado no primeiro bimestre de 2018. Neste trabalho o artista apresenta canções autorais e, na maioria, com influências de matriz africana. “Abre Alas” abordará assuntos importantes, discutidos em diferentes camadas, como as questões étnico-raciais e de ancestralidade, denunciando um sistema que corrompe a sociedade, com uma música afro-contemporânea.

“Minha música é som de preto que se preza, mas que possui algumas particularidades curiosas que levam a pensar/sentir dançando e isso fará com que os corpos/corações/mentes/almas do público sejam impactados por uma experiência sensorial única”, completa o músico.

Vocalista, guitarrista e produtor musical, Melvin Santhana, é integrante da Boogie Naipe – um projeto solo do rapper Mano Brown, que foi indicado ao Grammy Latino 2017. Entre suas parcerias, o músico já contou com Jair Rodrigues, Tony Tornado, Sandra de Sá, Paula Lima, Wilson Simoninha, Negra Li, Luedji Luna, entre outros.

Melvin também já integrou o grupo Os Opalas e, em seus trabalhos no teatro, atuou no espetáculo “Luz negra”, da Companhia Pessoal do Faroeste. Entre seus trabalhos de criação está a peça/show “Farinha com açúcar ou sobre a sustança de meninos e homens” (Jé Oliveira / Coletivo Negro). Melvin ainda assina a Direção Musical e Trilha Sonora – esta segunda em parceria com Manassés Nóbrega – da produção em dança “Rés”, da Corpórea Companhia de Corpos.

No cinema, Melvin Santhana protagonizou a série “Axogun”, uma produção da Aurora Filmes em parceria com os diretores Edu Kishimoto e Manuel Moruzzi. A série, de cinco episódios, apresenta a história dos irmãos Vitor e Clara, entre quadros de racismo, desigualdade social, moradia urbana e violência policial.

Related posts