Parlamentares evangélicos esclarecem aos fiéis sobre campanha rasteira contra Dilma

A tropa de choque evangélica da campanha Dilma entrou em ação, neste fim de semana, para esclarecer aos fiéis sobre as reais opções da candidata petista, Dilma Rousseff, acerca de temas caros a este público, como o aborto, entre outros pontos distorcidos pela propaganda adversária nos últimos dias. Os deputados federais Eduardo Cunha (PMDB) e Felipe Pereira (PSC) visitaram templos da Assembleia de Deus, denominação com o maior número de fiéis no país no sábado e no domingo.

Cunha, da igreja Sara Nossa Terra, disse em Madureira, Zona Norte do Rio, durante o culto, que Dilma é contrária ao aborto e que informações que circulam na internet “não passam de uma onda de boatos plantados pelos adversários”. Reeleito com 150 mil votos, ele é um dos parlamentares mais influentes do PMDB, e próximo do candidato a vice de Dilma, Michel Temer.

O parlamentar também acusou a campanha do PSDB de distribuir panfletos apócrifos para vincular a imagem de Dilma à legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo.

– Não podemos basear nosso voto numa mentira – afirmou o deputado no templo.

Noite passada, em Nova Iguaçu (Baixada Fluminense), Cunha reforçou, junto aos fiéis, a importância da verdade nestas eleilções.

– Sabendo da verdade, possademos decidir. “Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” – afirmou, com uma citação da Bíblia.

O deputado também negou que a candidata do PT tenha dito em algum momento que “nem Jesus Cristo me tira essa vitória”, como numa frase atribuída a Dilma na internet.

– Se aparecer uma gravação dela dizendo isso, eu até mudo meu voto – garante.

Fonte: Correio do Brasil

+ sobre o tema

O Brasil de Diogo e o Brasil de Luiza; por Wagner Iglecias

Wagner Iglecias A entrevista de Luiza Trajano ao Manhattan...

Hillary Clinton envia mensagem ao Brasil e fala sobre eleições de outubro

Para a secretária Hillary Clinton, as eleições de outubro...

Sem-tetos ocupam áreas para exigir Minha Casa, Minha Vida

MTST organiza ações na Região Metropolitana de São Paulo...

para lembrar

Fátima Oliveira: A capitania hereditária do Maranhão já deu até o que não teria de dar

Ana Clara Santos Sousa, 6, morreu sem acessar cuidados...

Fundação Ford celebra os 50 anos na América Latina

Esse ano marca a celebração de 50 anos da...

Mesmo avisada, prefeitura não tapa buraco

Por: ALENCAR IZIDORO e MARIANA BARROS   Gestão do...

Os jovens da classe C são os maiores consumidores do país: 129 bilhões de reais

Os mesmos jovens que os shoppings querem impedir a...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=